História E no meio do caminho...Você. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 7
Palavras 987
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá! Não vou dizer nada sobre mim pois vcs estão aqui pela Fanfic então... Essa é minha primeira Fanfic e, modéstia parte, sinto muito orgulho do que escrevi. Espero que gostem <3

Ps. Leiam as notas finais.

Capítulo 1 - Realmente não lembra de mim?


1 mês antes


                       POV Sophie
 
Assim como toda manhã eu acordei, tomei café, tomei banho e coloquei minha roupa. Uma rotina um tanto robótica, não? O motivo é simples, eu definitivamente não acordo animada para ir a escola, mesmo que eu ame estudar, não suporto aquela escola. Peguei minha mochila, coloquei meus óculos, botei os fones de ouvido e, finalmente, saí de casa.

   POV Lucas

Eu já estava completamente pronto para o colégio. Aproveitei que meu irmão estava em casa e pedi para ele me levar na escola de carro. Claro que eu tive que implorar mas, só por não ter que andar, valeu a pena.
   Saimos de casa e passamos por uma garota que não me é estranha, mas, de qualquer forma, tudo que sei é que meu irmão estava chamando ela.
            - Adams! - gritou Hugo. Ela olha para ele e sorri - Quer carona?

-você não tem que ir para o caminho contrário ao meu?

-Não. Vou levar meu irmão no colégio.

-Não sei se é uma boa ideia. Não posso prometer ser gentil.

-Não tem problema, entra ai.

Ela entrou e logo em seguida me cumprimentou, de uma forma bem formal se querem saber. Engraçado. Apesar dela não me parecer estranha, não lembro dela. Eu lembraria de uma garota tão bonita. Quando meus pensamentos são interrompidos por uma risada, passo a prestar atenção na conversa.

            POV Sophie

Eu estava andando em direção ao colégio com meu fiéis fones de ouvido quando ouço alguém me chamando. Olho pro lado e sorrio para Hugo, um amigo do centro de artes e irmão de um garoto da minha sala.

 - Adams! - gritou Hugo -  carona?

-Você não tem que ir para o caminho contrário ao meu? - eu perguntei

-Não. Vou levar meu irmão no colégio.- ele respondeu indicando o garoto no banco do passageiro

-Não sei se é uma boa ideia. Não posso prometer ser gentil.-respondi 

-Não tem problema, entra ai.

Assim que entrei no carro de Hugo, cumprimentei Lucas da forma mais formal possível e logo comecei a conversar com Hugo. Mal começamos a conversar e já estávamos rindo. Sempre foi assim com Hugo, desde que nos conhecemos. Ele é uma das únicas pessoas em que eu confio e amo. Ele é tipo um irmão mais velho para mim.

-Então...Quando vai voltar para o curso? - ele pergunta cauteloso. Ele sabe que é...digamos, um assunto delicado.

-Pretendo continuar o de pintura e o de desenho. Quanto ao outro...você sabe que eu não...eu não...não sei como voltar.-Ele não disse nada. Então continuei - De qualquer forma, não acho q seja hora, e ,principalmente, nem lugar para falar sobre isso.

-Ok- ele levanta as mãos como se estivesse se rendendo- depois conversamos sobre isso, pode ser?

-ta, que seja!-eu respondo o fazendo rir.

-ótimo. Bom chegamos. Caiam fora, os dois.-ele disse, tão delicado quanto coice de cavalo.

-Tchau, seu chato.-eu disse ao mesmo tempo que Lucas.

O olhei surpresa e percebi que ele me olhava com a mesma expressão de surpresa. Saio do carro e ando em direção a entrada do colégio, quando percebo que Lucas andava ao meu lado, paro, olho para ele e pergunto

-Porque você esta andando do meu lado?

 -não posso?

-Digamos que as pessoas não vão gostar de ver o popular andando com a nerd. Então, não, não pode. E outra, depois de todo esse tempo, de todas as coisas que aconteceram, você ainda tem coragem, ou melhor, a cara de pau de perguntar se pode? Francamente!- assim que falo isso ele me olha como se não estivesse entendendo.Talvez não estivesse me reconhecendo, o que não é muito dificil de acontecer ultimamente, eu mudei muito durante as férias .-Quer parar de me encarar?! As pessoas estão olhando!

-Não, não quero parar. E O que foi que eu te fiz?


                     POV Lucas

Assim que passei a prestar atenção na conversa percebi que meu irmão e Sophie eram amigos, bem íntimos pelo visto.

-Então. Quando vai voltar para o curso? - ele pergunta para ela. Ele parece... cauteloso? Meu irmão NUNCA é cauteloso com as palavras.

-Pretendo continuar o de pintura e o de desenho. Quanto ao outro...você sabe que eu não...eu não...não sei como voltar.-Ela parou e logo continuo a falar-De qualquer forma, não acho q seja hora, e principalmente lugar para falar sobre isso.

-Ok-ele levanta as mãos como se estivesse se rendendo- depois conversamos sobre isso, pode ser?

-ta, que seja!-ela responde, o fazendo rir.

-ótimo. Bom chegamos. Caiam fora, os dois.-ele disse. Meu irmão é "tão" delicado.

-Tchau, seu chato.-eu falo ao mesmo tempo que ela.

Ela se assusta e sai do carro logo em seguida.
   Ela anda em direção a entrada do colégio, eu corro para alcança-lá e vou andando ao seu lado. Até que ela para, olha para mim e diz:

-Porque você esta andando do meu lado?

-não posso?

-Digamos que as pessoas não vão gostar de ver o popular andando com a nerd.Então, não, não pode. E outra, depois de todo esse tempo, de todas as coisas que aconteceram, você ainda tem coragem, ou melhor, a cara de pau de perguntar se pode? Francamente !- assim que ela fala ia olho com cara de quem não estava entendendo nada. E realmente não estava- Quer parar de me encarar?! As pessoas estão olhando!

-Não, não quero parar. E O que foi eu te fiz?-pergunto.

-Ou você realmente não sabe ou você esta se fazendo desentendido. De qualquer forma, é melhor nos não sermos vistos juntos. Você deveria saber porque.Tchau!

-espera! - eu disse, mas ela já tinha ido. Ela me deixou parado, com cara de tonto no meio do patio de entrada!. E curioso.O que eu tinha feito para ela? Por que ela não podia voltar pro tal curso? Por que ela é tão fechada? Agora eu preciso descobrir"

POV Autora

E é a partir daqui que começa a nossa história.

 

LEIAM AS NOTAS FINAIS!


Notas Finais


Espero que tenham gostado do primeiro capítulo, mas, antes do próximo capitulo, gostaria de esclarecer uns pontos na história.

1-Lucas sempre foi popular e Sophie sempre foi considerada nerd.

1.2-o nome da personagem principal era Anne, mas mudei para Sophie, então se eu chamar escrever Anne ao invés de Sophie, avise nos comentários se puder.

2-O grupo popular fez bullying com Sophie a vida toda, inclusive Lucas (que fazia para continuar enturmado, mas fazia e nenhum motivo justifica isso)

3- durante as férias do nono para o primeiro ano do médio, tanto Lucas quanto Sophie, mudaram muito. Sophie estava cada vez mais bonita e Lucas começou a perceber que o que ele fazia era errado. Por isso Lucas não a reconhece.

4-Sophie, além de sofrer bullying, passou por coisas muito difíceis ao longo da vida, o que fez com que ela se fechasse.

5-Para deixar claro desde o inicio, Sophie e Hugo não tem, nunca tiveram e nem nunca terão um envolvimento amoroso. Hugo é quase que a única família de Sophie.

Qualquer erro ortográfico, por favor, avise nos comentários. Comentem o que acharam, beijos e até a próxima <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...