História É Ódio ou Amor? - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Aaron, Alexa, Anthea, Ash Ketchum, Barry (Jun), Bianca, Black, Blue, Brock, Cilan, Clemont, Concordia, Crystal (Misao), Daisy, Dawn Hikari, Diamond, Drew, Ethan, Gary Carvalho, Gold, Leaf (Green), Lucas, Max, May, Misty, Paul, Pearl, Platinum Berlitz, Professor Carvalho, Red, Ruby, Sapphire Birch, Serena, Silver, Tobias, Trip, Yancy, Yellow, Zoey
Tags Ashxgary, Goldxsilver, Green, Red, Redxgreen, Silver, Yellowxleaf
Exibições 64
Palavras 434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Capitulo pequeno, me deixa.

Capítulo 12 - Treinamento ou Diversão?


Red

Que porra! Era pra eu e o Green estarmos treinando, mas ele está jogado no chão.

- Que chato, Green! A gente tinha é que estar treinando!

- Não precisamos disso. 

- Precisamos.

- Ok então, eu treino, mas com uma condição.

- Qual?

- Você tem que cuidar disso... - fez um sinal com a cabeça apontado para baixo e eu vi que o bendito ser estava com uma baita ereção no meio das pernas.

- Como isso aconteceu?

-  A culpa é sua.

- Minha?

- Sim. A culpa é sua. Você tem que tratar disso urgentemente.

- Aff... Ok.

Puxei o braço dele e adentramos a minha casa, minha mãe havia saido e estávamos só nós dois. Levei ele até o meu quarto e tranquei o mesmo. Empurrei para que ele se deitasse na cama. Quando ele caiu, eu rapidamente tirei a sua calça. 

- Você tá com uma baita ereção e eu nem tirei a cueca ainda.

Tirei a sua cueca e a ereção pulou para fora. Coloquei tudo na boca e fiz movimentos de vai e vem, ouvindo Green gemer e eu juro que adorei o que ouvi. 

- Mai-is r-aapid-do, R-Red.

Fiz o que ele pediu e aumentei a velocidade, senti seu membro pulsar dentro da minha boca e logo ele gozou e eu tive que engoli tudo.

- Valeu, Red... - Green disse tentando voltar a respirar novamente.

- Sem horário pra descanso, Green. Agora é a minha vez de me sentir bem.

Tirei a minha calça junto com a cueca.

- Red!

- Sem mais palavras, Green.

Me posicionei entre as suas pernas e perguntei:

- Posso, Green?

- Pode.

- Me diz se doer.

- OK.

Coloquei lentamente o meu membro dentro de Green e ele gemeu alto. Coloquei tudo e esperei que Green se acostumasse e quando ele parecia pronto comecei as estocadas. Green gemia cada vez mais alto e isso era musica pros meus ouvidos.

- M-Mai-is r-ra-a-a-pid-do... R-Red-d...

Estoquei mais rapido. Green me abraçou com força e cravou suas unhas nas minhas costas, não vou mentir que doeu. Logo chegamos no ápice e eu gozei dentro dele e Green no meu peito. Cai como uma pedra na cama e Green me aninhou em seu peito.

- Eu te amo, Red...

- Eu também te amo, Green... mas ainda tem odeio, seu Idiota.

- Te odeio mais.

- Não, eu te odeio mais.

- Só eu fosse você.

- Chato.

- Sou o chato que você ama.

- Merda, nem posso negar isso.

Ele riu e me apertou.

- Também não posso.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...