História É Ódio, ou amor - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Felipe Z. "Felps", Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Matheus Neves "Pk Regular Game", Rafael "CellBit" Lange, Thiago Elias "Calango"
Personagens Felps, Matheus Neves, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Thiago Elias "Calango"
Tags Cellbit, Cellps, Febatista, Felps, Jazzghost, Jazzpok, Jvnq, Jvtista, Mike, Mitw, Pactw, Spok
Visualizações 172
Palavras 1.218
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe não ter postado ontem

Capítulo 7 - Não vou te deixar aqui eu sério um namorado.... - Felps


Fanfic / Fanfiction É Ódio, ou amor - Capítulo 7 - Não vou te deixar aqui eu sério um namorado.... - Felps

Segunda na hora da aula (intervalo) 

P.o.v felps

Já estava na cantina com meus amigos (sim eu tenho ums) meus amigos são tarik e Batista 

EU tô desconfiado que o PAC é o Mike TAM tendo um caso eles andam juntos ficam trocando carinho e o Mike protege muito o pac, sabe vou tirar essa dúvida 

Felps - pac vc e Mike tam tendo um caso? - ele ficou muito vermelho meu Deus 

Pac- n-nao...... - eu e o Batista olhamos ele com cara de "fala a verdade poha" - t-ta muito n-nao cara?... 

Batista e Felps - sim esta

Felps - Batista oq tu tá falando do pac tu também parece ter um caso com o jotinha - ele tá vermelho também 

Batista - por que eu tenho sim admito amo ele e só. Eu só eu posso chamar ele de JOTINHA!!, -

Felps - n-nossa calma o cu ele tá quente de mais tá muito calor 

Pac - eles também lá vamos batista tchau Felps 

Felps - tchau meninas

Depois disso saio da cantina e vou a um lugar afastado que tem um banco lá tem árvores e tals me sentei pequei minha mochila abri a mesma e tirei de lá meu livro que o título é "me deixa te amar" começo a ler o mesmo me cinto observado mais vou tá de ombros continuo a ler até que duas mãos me rodeiam me pega pela cintura e me ergue para cima dou um grito pois não sabia em era podia ser uma brincadeira, podia ser um valentão querendo me bater, podia ser qualquer coisa, até que aqualas mãos me vaze virar para frente me fazendo ver aquela pessoa, nem mais nem menos que o...... Cellbit ele me botou o chão olhou para os lados e me deu um beijo rápido, eu já estava vermelho 

Cellbit - nossa quase fiquei surdo.... Pera ce tá vermelho que fofo - ele falou isso e aberto minhas bochechas fiquei mais vermelho ainda, ele mudou muito comigo antes ele me batia, hoje ele a muito carinhoso me dá beijo abraço 

Felps - fará que intimidade é essa me dando beijo e pegando minha cintura em? - falei isso só de brincar para ele tentando parecer brabo.... Por que já dei essa intimidade a tempos..... E se ele continuar assim ele vai ganhar mais e mais intimidade comigo (safado) 

Cellbit - dês-desculpa Felps eu não sabia - ele ficou corado eu revirei os olhos ele ia sair mais securo seu puço ele me olha tipo " me souta" eu dei um beijo nele ele se assusta mais retribui 

Até eu falar uma coisa que deve ter deixado ele muito "animado" (na malicia) me aproximo de seu ouvido e falo

Felipe - eu não de deu essa intimidade eu te dei muito mais e vc só faz isso? - ele se arrepiou e mordeu o lábio enferior

O sinal Bateu eu ia para sala mais rafa me puxa me da um beijo quente e fala

Cellbit - Felipe eu tenho dever de casa mais eu não sei fazer vc bode ir comigo para minha casa para me ajudar-ele falou sem malicia, mais claro que vou ajudar ele

Felps - claro, mais vamos para a sala 

ANDAMOS de mãos dadas olho para meus amigos que nos olhavam com um olhar Tipo " falou da gente ainda né?" rafa foi para sua cadeira no lado do jv eu eu foi para Minho no lado do pac ele me perguntou uma coisa

PAC - vcs tão tendo um caso? - falou dando um sorriso de deboche 

Felps - não sei ele não me pediu em namoro nem nada... 

PASSAGEM DE TEMPO

p.o.v cellbit 

EU E Felps já estávamos andando para minha casa nos esvaem os de mãos dadas e conversando até que chegamos 

EU abri a porta e não ouvi meu pai pedi para Felps ficar ali e ele acenou que sim entrei dentro de casa procurando meu pai não achei ele ótimo chamo Felps para entrar e fomos para meu quarto............ NÃO PENSEM MERDA..... Só vamos vaze o dever

Felps estava me ensinando uma conta eu mal prestei atenção por que olhava ele, ele tava muito lindo 

Felps - entendeu? - ele funciona mais nem dei bola continuei olhando ele, ele percebeu e ficou vermelho 

Cellbit - s-sim.... FELPS? - ele olha de novo para mim e me responde um "umm" não falai nada apenas peguei sua cintura e o beijei ele botou suas mãos em minha nuca e brincou com meus cabelos nos separamos e ficamos fazendo o dever e de vez em quando trocamos carinho e beijos

Até que meu pai abre a porta ele me olha e olhou Felps que estava no meu lado escrevendo 

Pdc(pai do cellbit) - cellbit quem é essa - ele me broepi de levar amigos lá então ele olhou para o Felps e pela cara dele ele. Gostou do Felps ele mordeu o lábio enferior o Felps nem viu então vou chamar o "meu pai" para "conversar" 

Cellbit - pai vamos conversar na sala? 

Ele aceitou eu foi até o Felps e falei 

Cellbit - daqui as um minutos eu volto fica fazendo o dever tá? - ele aceitou com a cabeça eu dei um beijo na sua testa por que eu sabia que depois não teria forças para isso

EU E meu pai fomos a uma sala no porão eu comecei a falar

Cellbit - pai vc não pode gostar do Felps ele é meu vc pode foder comigo mais com ele não - eu falei isso ele se aproxima e tirou minha blusa e.................... 

(não vou mostrar mais imaginem o cellbit gemendo de dor) 

P.o.v felps 

Cellbit disse isso e saiu depois de um tempo eu comecei a ouvir ums.... Gemidos que estranho mais não vou lá nem sei aonde eles tão.... Pera agora que percebi essa foz e do cellbit oq tá acontecendo lá..?? 

Que merda vou até a porta tendo abrir mais tá fechada vou até a cama de Rafael um 10 minutos ele abriu a porta ele estava com a mão na cintura e com "chupoes" no pescoço ele também tava com umas coisa nos braços coisa roxas...... Eu já sem muito bem agora oq aconteceu 

O Rafael fechou a porta se sentou no meu lado eu o abraço e ficamos em silêncio e ele chorava eu não sabia que isso acontecia com ele por isso que no piquenique ele estava muito mal para sentar....... Eu preciso ajudar ele.... Ajudar meu amor 

Cellbit - Fe-fel-felps vai pra casa p-por favor - falou tentando limpa as lágrimas 

Felps- eu vou só se vc for comigo não vou te deixar aqui para ele fazer isso de novo com vc que tipo de namorado eu..... - agora que me toquei eu disse namorado 

Cellbit sorriu se levantou pegou umas coisa botou numa muchila pegou a mochila do colégio me deu a mão para me levantar caiamos até as escadas de mãos dadas ainda passei por seu pai que olhou farael olhou para mim e mordeu o lábio..... Esse cara tem demência.... Quer fuder o filho e até o "namorado" do finlho

EU E o rafa estávamos perto de minha casa minha mãe estava viajando como sempre e meu pai e separado dela 

EU abri a por eu entrei e ele também........ 

Continua no próximo cap

Tchau meus cavalos de açúcar 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...