História É Que Você Me Faz Tão Bem...- Destiel - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Bela Talbot, Castiel, Charlene "Charlie" Bradbury, Chuck Shurley, Crowley, Dean Winchester, Jo Harvelle, John Winchester, Kevin Tran, Lilith, Mary Winchester, Meg Masters, Naomi, Rowena MacLeod, Ruby, Sam Winchester
Tags Destiel
Exibições 290
Palavras 1.342
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpaaaa a demora, mas enfim ta ai 😂❤
Boa leituraaa amoures.
Dsclp qualquer errinho :P

50 favoritosssss ❤❤❤🌚

Capítulo 9 - São seus olhos que refletem luz no meu coração.


Fanfic / Fanfiction É Que Você Me Faz Tão Bem...- Destiel - Capítulo 9 - São seus olhos que refletem luz no meu coração.

*POV AUTORA*

Dean sai com um sorriso largo de orelha a orelha em direção a sua sala e Castiel fica olhando-o ainda corado até ver o mesmo sumir no corredor.

- Licença Dona, posso entrar? - Dean bate na porta pois já estava atrasado.

- Entre Winchester. - A professora olha-o de canto mas desvia novamente a atenção para o quadro e volta a escrever.

Dean senta-se ao lado de Gabe. O loiro realmente não conseguia disfarçar sua felicidade e logo o baixinho percebe.

- Feliz hoje Dean... O que aconteceu? Cas te deu a bunda? - Gabe provoca-o falando baixo pois a sala estava quieta.

- Ele me deu enquanto você dava pro Sammy ontem. - O loiro tomba a cabeça pro lado retrucando.

Gabe apenas morde o lábio inferior e e fecha os olhos provocando uma risada do Winchester que logo depois começa a pegar seu material.

*

Castiel entra na sala e cumprimenta Ruby. Sentou na última carteira atrás da amiga e dormiu durante as três aulas inteiras por não ter dormido noite passada por conta de seus pensamentos no Winchester.

Acordou com Ruby cutucando-o e vendo todos saindo rapidamente da sala.

- Ei! Castiel! Já é intervalo. Maratonou a noite toda né? - A mesma cruza os braços e arqueia uma sobrancelha.

- Castiel levanta espreguiçando- se. - É... Pelo menos The 100 ta em dia...

Os dois saem da sala e vão em direção ao refeitório onde a turma toda já estava reunida.

Todos se cumprimentam e começam a falar sobre assuntos aleatórios, fazer piadas, fofocas... Vez ou outra Castiel e Dean trocavam olhares.

- Eu vou pegar alguma coisa pra comer, vem comigo Cas?

- T-ta. Alguém quer algo?

- Uma coca pra mim vadio! - Diz Charlie.

A fila estava lotada e muito barulhenta, eles chegam e aguardam sua vez.

Dean vai próximo ao ouvido do moreno e sussurra.

- Quero que me encontre no nosso lugar especial na saída. - O mesmo morde o lóbulo de sua orelha. Sua voz estava rouca fazendo Castiel se estremecer e sorrir de canto.

Os dois fazem seus pedidos e voltam para a mesa. Sentam-se e Charlie se lavanta da cadeira.

- Então vadios, eu tenho um comunicado. - Diz apenas para a turma sem chamar muita atenção. - Eu e Ruby estamos juntas! - Dá um sorriso animado e pega na mão da morena.

- Eu sabia! - Gabe bate na mesa fazendo todos ali rirem.

- Parabéns! - Diz Castiel.

- Que legal, felicidades pras duas. - Diz Sammy.

- Fico feliz por vocês. - Fala Dean.

- Sua mãe já sabe Ruby? - Pergunta Castiel.

- Sim... Eu contei pra ela ontem. - Diz encostando-se no ombro da ruiva.

- Como foi? - Pergunta Sammy.

- O que ela achou? - Pergunta Dean.

*FLASHBACK ON*

- Mãe!? Cheguei! - Grita Ruby entrando pela porta da sala.

- Filha vem comer, tá pronto! - Grita sua mãe da cozinha.

Elas sentam-se a mesa e começam a se servir.

- Mãe, espera...

- O que foi Ruby?

- Presta atenção, é importante.

- Tudo bem.

Sua mãe para, coloca os braços sobre a mesa e arqueia uma sobrancelha. Ruby suspira e a olha atentamente.

- Mãe, e-eu estou namorando...

- Que bom filha! - abri um largo sorriso.- Quem é o rapaz?

- B-bom... É uma garota. - Gagueja no começo mas logo fala tudo de uma vez.

- Bem... - Dá um leve sorriso forçado. - Não vou dizer que estou orgulhosa de você. - Ruby abaixa a cabeça. - Mas você é minha filha e não vou te amar menos por isso, você têm o meu total apoio e a minha única preocupação é se a menina que você escolheu é uma boa pessoa.

- É a Charlie...

- Tudo bem. - Pega em sua mão.

- Sério? Tipo... Tudo bem assim?

- Tipo tudo bem assim. - Dá de ombros.

O resto do jantar foi tranquilo, conversaram bastante, sua mãe havia lhe explicado algumas coisas e elas até fizeram variadas piadas sobre o assunto.

Elas acabam de jantar e arrumam a cozinha.

- Boa noite mãe. - Lhe dá uma beijo na bochecha e sai em direção a seu quarto.

- Filha! - Ruby se vira. - Eu amo você.

- Eu também te amo mãe.

*FLASHBACK OF*

- E... Foi assim!

- Não foi tão difícil assim foi? - Questiona Charlie.

- Viva a bissexualidade 🌈 - Diz Gabe abrindo os braços. - Viu gente? Não é tão difícil assim se assumir. - Gabe olha para Castiel e Dean provocando-os.

Sammy, Charlie e Ruby dão risada mas Castiel fica corado, enquanto o loiro apenas bufa. O sinal toca avisando o término do intervalo e todos se dirigem para suas aulas, que no caso seria a mesma para toda a turma, matemática.

Houve uma prova surpresa então a turma toda trocava bilhetes com a cola das respostas que sabiam. O que proporcionou que Dean mandasse bilhetes para seu moreno sem que ninguém desconfiasse.

"São seus olhos que refletem luz no meu coração..."

Castiel da um sorriso largo e olha o loiro de canto que em resposta pisca o olho direito para o moreno.

A prova havia acabado e a próxima aula seria de química. A turma ainda estava junta e estavam todos conversando muito. Conversaram tanto que a professora colocou cada um num canto.

Dean na primeira carteira da ponta  a frente da professora, Charlie na outra ponta, Gabe na última carteira do fundo numa ponta, Sammy na outra ponta e Castiel no meio da sala.

Deu certo, até porque todos calaram a boca e entenderam a matéria.

No meio da aula a vice-diretora Rowena bate na porta falando com a professora sobre uma aluna nova filha de um homem importante que chegaria daqui a alguns dias na escola, Bela Talbot.

*

*POV DEAN*

Até que enfim! A aula acabou. Esse horário integral é uma merda...

Agora posso ver meu Cas... Espera, meu Cas? Eu disse isso? Ah que se dane eu tenho que ir logo antes que...

- Hey vadio! Cadê o Cas? - Chega Charlie.

- Ué ele não ta com você? - Pergunta Gabe.

- Ah... Não, mas eu vou lá chamar ele.

Saio rapidamente dali e vou encontrar o Cas. Abro a porta do nosso "lugar especial" e tento chegar de sorrateiro mas nunca consigo.

Castiel estava de fones, devia estar ouvindo alguma música. Ele estava lindo, aqueles olhos azuis refletidos pela luz do pôr do sol encontrando-se nos meus verdes.

Ele me deixa louco, eu nunca senti algo por alguém como senti por ele, seu cheiro, seu jeito, tudo nele era especial.

Vou até lá, me encosto na árvore, coloco o mesmo sobre meu colo acariciando seus fios negros e lhe dou um beijo calmo e sereno.

- Oi...

*POV CASTIEL*

Dean estava lindo, ele sabe como me deixar louco... Aqueles lábios macios e doces, e ele realmente gosta de mim e eu, bom... Apesar do pouco tempo que nos conhecemos posso dizer que estou apaixonado.

- Oi...

- A gente tem pouco tempo, eu falei pra turma que só ia te chamar na sala.

- Dá tempo de ouvir uma música, toma. - pego um dos lados do fone e dou a ele colocando uma música; Can't Find My Way Home.

Dean estava distraído, de olhos fechados ouvindo a música baixa... Eu queria guardar aquela imagem dele pra sempre, então tirei uma foto disfarçadamente (que ficou linda) e coloquei o celular no bolso do jeans rasgado.

Ficamos ali até a música acabar, eu quase dormi ali mesmo com os carinhos de Dean. Mas assim que a música acabou fomos para a saída encontrar a turma e ir pra casa.

*POV AUTORA*

Uma semana havia se passado e Dean e Castiel se encontravam as escondidas, ninguém sabia além deles. Mas é claro que não dava para esconder os olhares entre eles, e a turma percebia.

Uma hora eles teriam de se assumir, mas quem garante que vai ser fácil?


Notas Finais


Tudo indo a mil maravilhas né? Mas não por muito tempo >.< Haha

Até a próxima ❤

Dean romanticoooo oq acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...