História E se... - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Colin O'Donoghue, Emilie de Ravin, Ginnifer Goodwin, Jared Gilmore, Jennifer Morrison, Josh Dallas, Lana Parrilla, Rebecca Mader, Robert Carlyle, Sean Maguire
Personagens Colin O'Donoghue, Emilie de Ravin, Ginnifer Goodwin, Jared Gilmore, Jennifer Morrison, Josh Dallas, Lana Parrilla, Personagens Originais, Rebecca Mader, Robert Carlyle, Sean Maguire
Tags Remilie
Exibições 7
Palavras 758
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - E se nós formos os piores de todos?


Fanfic / Fanfiction E se... - Capítulo 4 - E se nós formos os piores de todos?

 

Pov's Emilie


-Meu Deus Ben, você está pelando- disse enquanto tantava acalma-lo


Ve-lo chorando era como levar multiplos socos no estômago, ele era tão frágil, não tinha culpa de nada


E eu não conseguia nem fazer ele parar de chorar, eu era a pior mãe de todas


Tentando controlar o nervosismo peguei minha bolsa e a chave do carro, fui correndo até o estacionamento do estúdio até que Bex me viu


-Vai aonde baixinha?- ela me perguntou

-Ben está queimando de febre, eu vou leva-lo para o hospital- falei balançando Ben de um lado para o outro


A expreção de Bex mudou


-Tudo bem, eu aviso o Adam e o Eddie. Me liga depois, okay?- ela disse já preocupada


Concordei com a cabeça e segui até meu carro, botei Ben na cadeirinha e acelerei o carro até o hospital


Pov's Robert


Estavamos eu e todo o elenco na sala de reuniões quando Bex chegou toda esbaforida


- A Emi pediu pra avisar que levou o Ben para o hospital- ela disse recuperando o folêgo

-Oque? Porque?- perguntei preocupado

-Ela disse que ele estava com muita febre, mas ela disse que assim que poder vai me ligar- Bex disse visívelmente preocupada


Passei o resto da tarde preocupado, Ems não deu sinal de vida e isso estava me deixando maluco


E se acontecesse algo com Ben, droga eu não estaria lá para acalmar Emilie.

Eu sou um pessímo amigo, o pior de todos.

Pov's Emilie


Estava voltando para casa, minhas mãos pararam de tremer e o meu nervosismo desapareceu.


Ben tinha dormido e eu consegui livrar um pouco do peso das minhas costas


Ele tinha tido uma reação alérgica que tinha afetado sua respiração e ainda mais com o inverno que estava vindo era bem propício que ele tivesse mais ataques desses e talvez acompanhados de asma, mas nada gravissímo.


Já era tarde e não valia mais voltar para o trabalho.


Eu conseguia escutar a respiração pesada de Benjamin, eu ainda tinha que fazer nebolização nele.


O médico disse que era normal acontecer isso com crianças, principalmente no inverno.


Cheguei em casa e deitei Ben no sofa e coloquei uma almofada por debaixo de sua cabeça.


Peguei meu celular e liguei para Bex.


-Alô?- sua voz soou do outro lado da linha

-Oi Bex!- respondi

-Menina só agora que você resolve dar sinal de vida, eu e todos ficamos perocupados. Você sabe como todo mundo ama o Ben. E como ta meu sobrinho?- ela disse toda chorosa

-Calma Rebecca Mader, ta tudo bem! Ele só teve uma reação alérgica, agora ele já está bem mais calmo- falei calma

-Uffa, fiquei preocupada- ela disse aliviada

-Avisa ao Bobby que ta tudo bem, ele deve estar surtando- falei enrolando o meu cabelo com meu dedo indicador

-Tudo bem, eu aviso. Beijos!!- ela disse

-Beijos!- me despedi


Assim que terminei a ligação escutei os resmungos de Ben.


-Olha quem acordou!- falei pegando meu filho no colo


Beijei sua bochecha e ele soltou risadinhas.

Como eu amava aquele sorriso.

Sinceramente eu não sei oque faria se perdesse ele.

Senti suas mãozinhas em meu rosto e ele me deu um beijo na bochecha longo e demorado.

No final minha bochecha ficou toda babada.

-Vamos, eu vou te dar um banho- falei e subi com ele pelas escadas


Pov's Rebecca


Tinha acabado de avisar ao Bobby que meu lindo e fofo "sobrinho de consideração" estava bem.


Como eu amava aquele garotinho.


Ele fazia Emilie sorrir apesar de tudo que ela carregava, todos nós do elenco sabíamos como ele era especial para ela.


E sem contar que Ben era uma fofura, ele lembrava muito a Emi.


Não tinha absolutamente nada do pai. Graças a Deus!!


Aquele filho da mãe tinha machucado minha amiga em todos os sentidos, ela sofreu demais nas mãos imundas dele.


Me lembro de quando ela foi parar no hospital porque quase perdeu Ben e no nascimento dele o pai ao menos logou para saber como o filho estava.


Emilie teve que aguentar a emprenssa em cima dela, querendo saber qual era o nome do bebê, como ele era e até mesmo quem era o pai.


Um verdadeiro absurdo.


Mas agora ela estava ali forte e claro sendo uma mãe incrível.


Pov's Robert


Conseguia respirar normalmente agora.


Ben já estava em casa com Emilie.


Eu me preocupava tanto com ele e com Emilie e eu não sabia porque.


Era automático, eu estava sempre em alerta, sempre querendo saber se estavam bem e se precisavam de alguma coisa.


Eu precisava dela, ela era meu porto-seguro, ela me acalmava de um jeito que ninguém conseguia.


Eu encontrava paz dentro daqueles olhos azuis.


Nós conversavamos atrávez de olhares e sorrisos, ela não precisava falar nada quando estava com problemas.


Eu me sentia no dever de ajuda-la, porque ela já me ajudou tanto.


Peguei a chave do carro e fui correndo até o estacionamento quando as gravações acabaram, precisava ver Emilie.







Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...