História E se... ela fosse minha namorada? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Karin, Konan, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Brigas, Ciumes, Drogas, Gaaino, Irmãos, Naruhina, Nejiten, Romance, Sasusaku, Sexo, Shikatema
Visualizações 54
Palavras 5.704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi, desculpa pela demora, não me matem por favor... Mais ai esta aproveitem o capitulo. LEIAM AS NOTAS FINAIS!

Capítulo 2 - Confusões...


Fanfic / Fanfiction E se... ela fosse minha namorada? - Capítulo 2 - Confusões...

*Sakura. On.

 

- Tchau minha boneca, voltamos semana que vem! *Disse me abraçando*.

- Mais mãe, o porquê dessa viajem repentina? Não quero ficar sozinha! *falei, correspondendo seu abraço e fechando os olhos com força*.

- Sakura minha filha, nós precisamos ir ver o seu avô que está doente! *respondeu meu pai, logo abri os olhos o vendo passando segurando uma mala grande, provavelmente iria guardar no porta-malas do carro*.

- E você não vai ficar sozinha, a Nana vai estar aqui sempre que você precisar! *Minha mãe falou se desfazendo do abraço e me olhando*.

- Mais e por que eu não posso ir com vocês? *Perguntei com os olhos já marejados, não quero ficar longe deles*.

- Meu amor, olha não te levamos por conta da sua escola, você não pode faltar e sabe muito bem disso! *falou e limpou uma lágrima que escorria pelo meu rosto*.

- Vou sentir muita falta de vocês... *falei com a voz embargada*.

- Filha é apenas uma semana, não vamos ficar lá para sempre... *Falou meu pai entrando pela porta da sala, ele já não estava segurando a mala de antes*.

- Mesmo assim! *Olhei para o chão* Hahaha *comecei a rir quando senti meu pai começar a fazer diversas cócegas na minha barriga* PA-para kkkk, por fa-favor kkkkk! *ria descontroladamente, sentindo seus dedos percorrerem minha barriga*

- Eu sei que você gosta sua monstrinha! *Disse parando de fazer as cócegas e me abraçando* Também vamos sentir sua falta minha cereja! *falou por fim, desfez o abraço de urso e beijou a minha testa*

- Bom, eu sei vocês estão em um papinho bom, mais acho melhor nós irmos querido... *Minha amada mãe falou sorrindo fraco*

- Ah sim, vamos, te espero no carro! *Falou e novamente beijou minha testa logo após caminhou indo em direção a porta, senti meus olhos encherem de água, é eu estava chorando de novo* Tchau minha boneca papai te ama! *Disse e saiu, me deixando apenas com a minha mãe, logo Nana apareceu*

- Bom minha menina, infelizmente já temos que ir, mais eu prometo ligar todos os dias para saber como você esta, trate de se comportar e não dê muito trabalho para a Nana... *suspirou, e mais lágrimas escorriam pelo meu rosto* Mikoto me disse que amanhã vem te pegar aqui em casa, para ela passar o dia com você, tenho certeza de que vocês irão se divertir muito! *Falou me olhando dando mais um sorriso fraco*

- E só mais uma coisa, Mamãe ama você! E prometo voltar o mais rápido possível... *Me abraçou mais uma vez, senti minha blusa ficar úmida, ela estava chorando assim como eu* Tchau minha flor de cerejeira! *Disse assim que terminamos o abraço, logo a vi indo em direção a Nana limpando as lágrimas e também a abraçando* Nana, cuide bem da minha filha!

- Sim, eu cuidarei senhorita Haruno! *respondeu depois do abraço*

Eu a vi indo em direção a porta... eu a vi saindo por ela... mais lágrimas escorriam pelo meu rosto, comecei a sentir uma sensação ruim, não... Eles não podem me deixar, corri em direção a porta e sai de casa, logo a vi entrar no carro:

- MÃE, MAMÃE VOLTAAA, NÃO VAI EMBORA... *Comecei a gritar descontrolada, teria corrido até ela mais senti meus braços serem segurados claro que por Nana* ME SOLTA! *Gritei novamente vendo o carro começar a se movimentar* MÃEEE, MÃAAE... mamãe não me deixa... *O carro já estava longe, ELES já estavam longe, longe de mim.* Por-porquê? *perguntei abraçando Nana*

 

- MÃE! *Acordei assustada e suando frio* Droga, mais um pesadelo! *Passei a mão pelo meu cabelo, tentando controlar a minha respiração acelerada*.

Sentei na cama e peguei meu celular em cima da escrivaninha para olhar a hora, ah ótimo acordei as 2:42 da madrugada com mais um pesadelo, muito bom, deixei o celular na cama e fiz um coque mal feito em meu cabelo, calcei meu chinelo verde e fui em direção ao banheiro que havia em meu quarto, entrei e me olhei no espelho, meus olhos estavam um pouco inchados por conta de ter chorado antes de ir dormir, minha pele estava meio pálida por conta de eu não estar me alimentando direito, eu estava com uma feição de cansada e eu realmente estou, não consigo dormir bem ultimamente sempre acordo de madrugada com pesadelos do meu passado e depois não consigo voltar a dormir, queria poder voltar no tempo e impedir aquela maldita viagem...

Aproveitei estar no banheiro e fiz xixi, já que eu estava um pouco apertada. Depois de usar o banheiro, sai dele e novamente peguei meu celular em cima da cama, já que não consigo mais dormir vou assistir TV lá na sala, abri a porta do quarto e sai, passei pelo corredor extenso que havia na casa, bom na real nem sei pra que tantos quartos somos apenas em 5 pessoas então praticamente todos os outros quartos são totalmente dispensáveis, logo cheguei na imensa escada que dava ao andar de baixo, comecei a descer a escada com cuidado para não fazer barulho e acordar alguém, afinal das contas sou imensamente desastrada então nunca se sabe, ouvi o barulho da televisão, afs alguém além de mim ainda está acordado em plena 3:00 das manhã, cheguei na sala e pude ver aquele bendito cabelo moreno comprido, ufa pelo menos não é o Sasuke, logo Itachi percebeu minha presença e me olhou:

- Ainda acordada rosinha? *Perguntou bocejando, provavelmente por estar aqui a muito ele tempo esta com sono*.

- Éééé, na verdade acordei com outro pesadelo... *Respondi e suspirei me sentando ao seu lado*

- Hum, você quer... *fez uma breve pausa e continuou*Me falar sobre ele? *Perguntou me fitando*

- Não acho que seja uma boa ideia, más... *Falei sentindo meus olhos lacrimejarem, é o passado ainda me persegue*

- Não fica assim... *Disse me abraçando carinhosamente*

Logo correspondi o abraço, escondendo minha cabeça na curva de seu pescoço, e continuei a derramar minhas salgadas lágrimas. Gosto desse lado fofo de Itachi, ele sempre está aqui me consolando quando preciso, ele realmente é um bom “irmão”. Durante nosso abraço ele não disse nada, pois ele sabe que qualquer coisa que ele falasse me faria chorar muito mais... Depois de alguns minutos eu finalmente parei de chorar, me desvencilhei de seu abraço e ele apenas sorriu para mim, sorri de volta, já que Itachi não falaria nada eu resolvi perguntar:

- Bom o que você está assistindo? *me ajeitei no sofá, sim eu estava totalmente mudando de assunto*

- Ah! ham na verdade não sei. *respondeu também se ajeitando*

- kkkk típico, tu nunca sabe de nada! *falei rindo*

- Poxa Saky também não é pra tanto né... *Disse e riu também*

- Okay, okay me passa o controle. *Pedi e ele me entregou*

Comecei a mudar de canal procurando por alguma coisa legal, e puts está passando “A saga crepúsculo” as três e pouca da madruga como pode? Opa é isso mesmo que vou assistir, mds aquele delicia do Jacob, comecei a babar naquele homem maravilhoso, pena que ele está só no filme, ai se eu encontrasse aquele pedaço de mal caminho, ui subiu até um calorzinho. Comecei a me abanar com as mãos afe que carinha gostoso, ai e esse Edward? nem me fale:

- Sa-sakura você está bem? *Itachi me perguntou me olhando estranho provavelmente ele deve estar achando que estou doente já que estou babando e me abanando igual uma condenada*

- Eu? Ah eu estou ótima! *Falei e continuei me abanando* Está calor aqui né?

- Não Sakura não está! *Respondeu ainda me estranhando* Bom acho que já vou subir para dormir, amanhã ou melhor hoje tenho que ir cedo resolver uns problemas! *Disse se levantando*

- Tá, tá vai lá! *Respondi voltando a prestar atenção no filme*

- Entãoooo, boa noite! *Falou já a caminho da escada*

- Boa noite! *Disse e desviei meu olhar da TV para meu celular para ver as horas, nuss 3:58 a hora passou voando* Na verdade acho que também vou dormir ou pelo menos tentar de novo! *Falei, levantei calcei meu chinelo novamente, desliguei a TV e fui em sua direção*

- Então tá... *Respondeu e começou a subir as escadas*

Puts adeus Jacob e Edward seus delicias, terminamos de subir as escadas e cada um foi para o seu quarto, assim que entrei fechei a porta e me joguei na cama, me cobri e desbloqueei meu celular, comecei a ler um livro por ele. Depois de ter passado alguns minutos senti meus olhos pesarem e um cansaço invadir meu corpo, é parece que finalmente vou conseguir dormir em paz “eu acho” Conectei meu celular no carregador e deixei ele carregando em cima escrivaninha antes de fechar meus olhos e cair em um sono profundo.

 

 

Acordei com o barulho mais do que irritante do meu celular tocando, mais que droga, que horas são? Quem é o capeta que está me ligando logo agora? Eu quero dormir mais uma década se for possível, saco. Ignorei o fato de que estavam me ligando e fechei os olhos novamente, dormir agora é tudo o que eu mais quero, mais parece que essa bendita pessoa é insistente pois meu celular continua tocando mais que merda, peguei o celular e pude ver o nome da pessoa que estava me atazanando, a desgraça da Ino.

 

Sakura: O que você quer loira de farmácia? *Perguntei assim que atendi*

Porquinha: Nossa testuda é assim que me ama? *Perguntou fazendo uma voz de choro no final*

Sakura: Desembucha infeliz! *Falei*

Porquinha: Nossa que bicho te mordeu? *Perguntou, ai essa Ino ama me irritar, não é possível*

 Sakura: Para sua informação eu estava em um sono super gostoso até uma vaca me ligar e me acordar para encher o meu saco! *Respondi irritada*

Porquinha: Poxa testuda não fala assim não, nem sabia que você estava dormindo afinal já são 10 horas da manhã! *Se explicou*

Sakura: IDAÍ. *Meio que gritei*

Porquinha: Credo Sakura para de gritar vai me deixar surda aqui. *Ino respondeu*

Sakura: Ino sua piranha fala logo o que você quer e me deixa em paz!

Porquinha: Ah tabom, tabom afes *Deu uma pausa e suspirou antes de continuar* Sabe...

Sakura: Vish lá vem coisa. *A cortei*

Porquinha: Sakura sua testuda me deixa falar! Bom como estava dizendo ANTES DE ME INTEROMPEREM...*Gritou no final da frase*

Sakura: Sorry! *Disse a cortando de novo*

Porquinha: SAKURA! *Ouvi ela bufar do outro lado da linha* Eu queria te convidar para ir na praia! *Soltou de vez a loira*

Sakura: Hum.. Praia né... hã NÃO! *Respondi e sentei na cama, calcei meu chinelo e fui em direção ao banheiro*

Porquinha: Ahhh que isso Saky vamos lá! *Disse querendo me motivar, me olhei no espelho esperando ver uma Sakura estilo bruxa, e... é parece que essas poucas horinhas de sono fez diferença minhas olheiras estão menos fundas e minha boca está menos inchada, agora meu cabelo...misericórdia*

Sakura: Ino eu não estou no pique pra praia hoje, não pode ser outro dia? *Perguntei e cocei os olhos, peguei minha escova de dente tentei até consegui colocar a pasta de dente na escova apenas com uma mão, enfiei a escova na boca, borá tirar esse halito de bicho morto daqui.*

Porquinha: O que? Claro que não Sakura! O que deu em você? A Sakura que eu conheço nunca negaria uma farra! *Disse do outro lado da linha, rapidamente terminei de escovar meus dentes, já que estava no banheiro e estava apertada, resolvi usa-lo logo, com dificuldade já que estava com o celular em uma das minhas mãos abaixei meu short do pijama, me sentei na privada e fiz xixi*

Sakura: Porca eu não tenho nada, apenas não estou com vontade de sair de casa, bom para ser mais especifica da cama! *Respondi, terminei de usar o banheiro, abri a porta e voltei a me sentar na minha valiosa cama*

Porquinha: Aii testa para de ser preguiçosa, você vai sim nem que eu tenha que te arrastar, e outra está um solzinho maravilhoso lá fora! *Disse, novamente me levantei e abri a cortina do meu quarto, vi que realmente o sol parecia escaldante lá fora*

Sakura: Hum, quem vai? *Perguntei, suspirando*

Porquinha: Bom eu, o Gaara, o naruto, a Hinata, a Karin, o Sasori e talvez você! *Me respondeu, logo fiz uma careta ao ouvir o nome “Karin”*

Sakura: Por que a Karin vai? *Perguntei e novamente lá estava eu sentada na minha valiosa cama*

Porquinha: Bom sabe como é que é, Naruto primo da Karin, ela fazendo chantagem, acabou que se ela não fosse o Naruto também não ia, então... *Respondeu ela bufando, joguei minhas costas para trás me deitando na cama*

Sakura: Sei não Ino, você sabe que eu e a Karin não se bate! *Respondi suspirei novamente, lembrei de quando eu e ela brigamos feio no colégio, acabamos que levamos suspensão de três dias*

Porquinha: É eu sei testuda, mais vai por favor não vai ser a mesma coisa sem você! *Disse mais um vez tentando me convencer* 

Sakura: AHH tabom, tabom Porca eu vou! Mas só que se a Karin me irritar eu vou dar na cara dela! *Afes acabei que me rendi as chantagens dessa Yamanaka filha de um bom pai*

Porquinha: AHHHHHHH SAKURA SUA DELICIA, OBRIGADAAA, OBRIGADAA, OBRIGADAAA! *Gritou, tive que afastar o celular do ouvido para não ficar surda.*

Sakura: Tabom Ino Tabom, já chega né! *Disse, já me arrependendo de ter topado essa baderna*

Porquinha: Okay, okay bom tem mais uma coisa... *Ouvi ela falar e depois um silencio absurdo, o que essa porca quer?*

Sakura: O que? Ainda tem mais?  *Perguntei, já imaginando coisas*

Porquinha: É que... Você vai ter que chamar seu irmão gostoso pra ir com a gente! *Pera, não ouvi isso me belisca produção*

Sakura: NANI? CÊ TA DOIDA INO CLARO QUE NÃO! *Gritei, essa porca só pode ter fumado não é possível*

Porquinha: Sakura, o que custa você chamar ele? Ele é teu irmão tenho certeza que ele topa! *Falou, meu Deus ela fumou mesmo*

Sakura: Primeiro ele não é meu irmão, segundo Sasuke não é muito de sair, terceiro eu não quero a presença dele perto de mim! *Disse, afee já falei pra ela não fumar mais não adianta*

Porquinha: Sakura meu amor, deixa de frescura nessa sua raba grande, para sua informação o Gaara e o Naruto são muito amigos do Sasuke então não vem dizer que ele não sai muito de casa, por que você não me engana! *Falou, droga!*

Sakura: Mais, mais... ele, ele não deve estar disponível, não para ir a praia...*Tentei, mais com Ino nada cola*

Porquinha: Bom testa de marquise se você não quiser chamar ele tudo bem, o Naruto faz isso por você! *Disse, mais que merda* Ah esqueci de falar a Hina-chan vai passar ai na sua casa, provavelmente já deve estar a caminho, tenho que desligar agora, te vejo na praia. Tchau, beijos... *E desligou, mais o que?*

Como Ino podia ser tão vaca a esse ponto? Eu odeio quando ela faz esse tipo de coisa, aquela porca sabe muito bem que estou tentando manter uma certa distancia de Sasuke, não quero ter uma recaída perto dele igual da ultima vez, na verdade nem rolou nada, por sorte, mais ainda não consegui esquecer aquele dia, droga! Seus olhos negros como a noite me olhando com desejo, seus lábios carnudos semiabertos prontos pra mim, juro que me segurei muito para não agarra-lo naquele dia... Mais Que merda Sakura esquece isso!

Senti minha barriga roncar, e me levantei, sentei na cama novamente e calcei meu chinelo, fui em direção a porta e antes de tocar a maçaneta, voltei e peguei meu fone em cima da escrivaninha, abri a porta e sai, avistando um corredor vazio, olhei de relance para o quarto de Sasuke que fica ao lado direito do meu quarto, e respirei fundo, indo em direção as escadas, desci com a maior calma do mundo, desenrolando meu fone de ouvindo, conectei o fone com o celular colocando uma musica do Ed Sheeran que nem sei o nome, aumentei no ultimo volume e sai dançando em direção a cozinha, chegando lá avistei Marina fazendo lasanha, provavelmente para o almoço, Mds ela sabe que eu amo lasanha. Marina é a governanta da casa, sempre fazendo tudo o que precisamos, amo essa mulher ela faz cada comida maravilhosa que só por Deus, ela tem 62 anos mais tem energia de uma garota de 10 anos, dês de quando cheguei aqui ela é como se fosse minha terceira...mãe.

- Bom dia Mari! *Disse, espantando qualquer pensamento relacionado ao meu passado, tirei um dos fones e logo ela se virou e a ouvi responder*

- Bom dia menina, conseguiu dormir bem essa noite? *Perguntou, virando novamente e se concentrando em terminar de prepara sua lasanha, sua não né MINHA lasanha*

- Ééé mais ou menos! *Respondi e me sentei na mesa, onde o café ainda estava exposto*

- Ah...Bom hoje estou fazendo lasanha, sei que você gosta! *Ela disse mudando de assunto, ela sabe que falar sobre meus pesadelos me incomodam, então ela nem força, ainda bem*.

- Gostar? Eu amoooo! *Comecei a preparar um lanche para matar minha fome de leão* Mais acho que hoje... *Parei de falar para dar uma mordida no meu valioso lanche* não vou estar aqui no almoço! *Enchi um copo com suco de uva e tomei, logo dando outra mordida no lanche, hum presunto com queijo é muito bom*.

- Ué mais porque? *Perguntou indo colocar a forma da lasanha no forno, mordi mais um pedaço acabando com meu lanche*

- Porque hoje vou na praia! *Respondi, e terminei de tomar o suco, olhei para um bolo de chocolate com cobertura de brigadeiro que havia em cima da mesa e sem perca de tempo cortei um pedaço, aii como adoro chocolate, acho que gosto de tudo!*

- Hum, que bom que vai sair de casa, você realmente precisa se distrair! *Disse me olhando, terminei de comer o bolo e peguei mais um pedaço* Isso significa que só o Sasuke vai ficar em casa hoje... *Não sei porque mais senti um arrepio ao ouvir o nome Sasuke*

- Ham acho que não Mari, infelizmente aquela praga vai comigo. *Respondi e ouvi ela soltar uma risada, terminei de comer o bolo e me levantei, colocando a cadeira no lugar* Bom Mari vou subir para me arrumar, se a Hina chegar peça para ela subir por favor! *Falei indo novamente em direção as escadas*

- Tudo bem menina! *Respondeu e comecei a subir as escadas*

Assim que cheguei no andar de cima, fui em direção ao meu quarto, entrei e tranquei a porta, peguei minha toalha que estava pendurada na porta do guarda-roupa, e quando ia entrar no banheiro, ouço batidas na minha porta, ué, ah deve ser a Hina, rapidamente largo minha toalha em cima da cama e vou em direção a porta, com um sorriso no rosto abro a porta e me deparo com ele...Naruto.

- O que você quer? *Pergunto desfazendo o sorriso já meio irritada, poxa podia esta tomando banho agora*

- Nossa Sakura-chan é assim que você recebe seus amigos? *Perguntou fazendo cara de cachorro abandonado, afes misericórdia*

- Bom na verdade não, mais com você é diferente, porque sempre que vem aqui, só vem pra fazer confusão... E outra eu não sou amiga de animais igual você! *Respondi, fazendo cara de poucos amigos*

- Poxa magoou... *Disse e fez cara de ofendido, Jesus me segura antes que de na cara desse traste*

- Naruto dá pra você falar logo o que veio fazer aqui? *Pergunto quase batendo a porta na cara dele* Preciso ir tomar banho!

- Bom eu... *É interrompido*

- Sakura cheguei! *Ouvi a voz da Hinata, e passos de alguém subindo escada, logo a vi vindo em direção ao meu quarto, mais parou quando avistou o bendito loiro retardado* Naruto...

- Olá Hina-chan! *Falou quer dizer “gritou” Naruto do meu lado, e eu aqui que só queria poder ir tomar banho*

- Oi Hina, que bom que chegou! Estava aqui conversando com o Naruto sobre alguma coisa que nem sei o que era, mais tudo bem, vem! *Disse e a puxei para dentro do quarto* Tchau Naruto depois a gente conversa mais viu. *Fechei a porta na cara dele e depois a tranquei, ufaa*

- O que ele... *A cortei*

- Eu também não sei, e não tenho interesse de saber! *Falei e me sentei na cama, logo ela se juntou a mim*

- Será que ele já percebeu? *Pergunta com uma cara meio duvidosa*

- O NARUTO? *Pergunto e logo após começo a rir* Hina, desculpa mais o Naruto é idiota demais para perceber...

- Eu sei mais... eu... eu g-gosto tanto dele! *disse, afe o amor é cego*

- Hina você ama aquele babaca a quase 3 anos e ele nunca notou você ou pelo menos... ah sei lá! *Já nem sei mais o que dizer*

- É verdade, mais Saky eu ainda acredito que um dia esse meu amor será correspondido sabe?

- Não Hina eu não sei, mais bom chega de falar sobre isso porque eu... *Fui interrompida por gritos escandalosos que era de quem? Sim, Naruto*

- Mais o que? 

Hinata se levanta e vai em direção a porta, logo ela destranca e a abre, saindo do quarto, sem perca de tempo me levanto mais rápido que o flash e vou atrás dela saber o que diabos está acontecendo. Vejo Naruto em frente a porta do quarto de Sasuke gritando desesperadamente pelo mesmo... Ah caramba eu só queria ir tomar um banho.

- SASUKE! *Grita Naruto batendo na porta*

- Afe! *Resmungo baixo, ficando ao lado da Hinata*

- Naruto-kun o-o que houve? *Pergunta Hinata para Naruto*

- O que houve, é que o infeliz do teme esta trancado dentro do quarto e não me responde e nem da nenhum outro sinal de vida! *Fala e bate novamente na porta* SASUKEEE SEU IDIOTA ABRE A PORTA!

- Hey seu retardado, já pensou, e se ele não estiver no quarto e se ele tiver saído de casa? *Pergunto olhando para cara desse troço*

- O que? Obvio que não, conversei com Sasuke antes de vir pra cá, ele me disse que não iria sair de casa hoje... *Respondeu, e logo tampei o ouvido o ouvindo gritar de novo* TEME!

- Naruto-kun, já tentou mandar mensagem pra ele? *Pergunta Hinata*

- Já tentei de tudo nessa merda, mais a desgraça não houve! *Responde*SASUKE ABRE ESSA PORTA DOBE O QUE SE TA FAZENDO AII TRANCADO?? TA PLANTANDO BANANEIRA NA PRIVADA É??? *Grita novamente, produção me da uma arma, pelo amor de Deus*

- Hey Naruto não grita ta me deixando surda!! *Disse já ficando irritada novamente*

- Pensando bem *Parou e colocou a mão no queixo *Sasuke ainda não abriu a porta será que... HAM será que aconteceu alguma coisa? como ele ter entupido a privada e ter desmaiado com o fedor? *Agora sim, cadê a arma?*

- Afs Naruto para de falar besteira vai!! *Respondo antes que tenha um colapso aqui*

- SASUKEEE ABREE ESSA PORTAAA!!! *Grita novamente vou voar na cara desse loiro*

- Acho que ele deve estar dormindo! *Se manifesta Hinata*

- Impossível, com o Naruto gritando assim nem o papa rezando 10 milhões de vezes consegue dormir! *Respondo olhando para minha amiga*

- Pera vou tentar pela ultima vez! *Diz e se prepara para outro grito, é hoje que fico surda* SASUKEEE ABREE ESSA PORTAAA!!!

- NARUTO PARA COM ISSO, ELE NÃO ESTÁ TE OUVINDO CARAMBA! *Explodo com raiva*

- MAIS PRECISAMOS CHAMAR ELE DROGA! *Grita me olhando bravo*

- Gente dá pra vocês pararem de gritar? Meu ouvido agradece! *Diz Hinata nos olhando* Naruto tenta só mais uma vez, se não funcionar desista! *Ah não Naruto gritando de novo não*

- SASUKEEE SEU VIA... *O interrompo, ah meu já cansei*

- Aii sai daí Naruto minha vez estou cansada de você quebrar os vidros da casa com seu grito e ele não simplesmente ouvir, ou dar sinal de vida!! *Disse extremamente irritada, esse filho da puta vai sair daí agora ou não me chamo Sakura*

Quando estava me preparando para gritar, ouvimos a porta ser destrancada e logo ser aberta revelando um moreno com cara fechada;

- Olha não é que funcionou nem precisou gritar Sakura ele já saiu!! *Disse Hinata meio que evitando que eu gritasse é antes que fosse tarde de mais, juro que iria fazer um estrondo nessa casa*

Olhei para praga com um olhar mortal, e me segurei para não voar na cara dele, poderia estar no meu décimo terceiro banho, mais não estou aqui olhando pro desgraçado, sem paciência digo:

- Ótimo! Naruto é com você eu e Hinata vamos escolher os biquínis!! *Segurei o braço da Hina e sai puxando ela em direção ao meu quarto*

Entrei e novamente tranquei a porta, sentei na cama em perninha de índio, logo Hinata vai até uma mochila que estava em cima da cama, pera, como essa mochila foi parar ai? A Hina já estava com ela quando chegou? Estou tão avoada que nem percebi:

- Sakura o que acha desse biquíni? *Me perguntou segurando um biquíni branco (Autora: Link dos biquínis das meninas nas notas finais) *

- Maravilhoso amiga! *Respondi meio avoada, lembrando do que acabou de acontecer*

- Você acha que ele vai ficar bom em mim? *Perguntou olhando para o biquíni na mão com uma cara de duvida* Bom na verdade você acha que o Naruto-kun vai me notar com ele? *É o que? MEU DEUS MISERICÓRDIA*

- Hina esse biquíni vai ficar perfeito em você, agora se o babaca do Naruto vai notar eu sinceramente não sei, pra falar a verdade o que você viu naquele loiro retardado hein? Com tantos garotos por ai você escolhe logo o pior... *Respondi e me levantei pegando a toalha que ainda estava jogada em cima da cama* Mais mudando de assunto, será que você poderia por favor escolher o meu biquíni, é que sabe não tive tempo pra isso dês da hora em que acordei, e preciso urgentemente de um banho...

- C-claro, e-eu escolho sim! *Respondeu com a voz baixa, será que eu falei alguma coisa errada?*

- Hinata... Está tudo bem? *Pergunto já preocupada, ela ficou assim do nada*

- S-sim está t-tudo bem é que caiu um cisco no meu olho, só isso! *Responde passando as costas da mão nos olhos, pera ela estava chorando e eu não percebi?*

- Então tá né... *Falei estranhado esse seu comportamento repentino, eu fiz alguma coisa tenho certeza mais é melhor não forçar a barra.* Bom vou tomar banho!

Dito isso, não obtive resposta então simplesmente, entrei no banheiro do quarto e pendurei a toalha em um quanto qualquer, comecei a tirar minha roupa, “Porque será que ela ficou assim?” Me perguntei enquanto tirava meu short, “Eu disse alguma coisa errada?” Tirei minha regata, “Agora se o babaca do Naruto vai notar eu sinceramente não sei” Assim que terminei de tirar minhas roupas me lembrei desta frase.

- Ah droga... *Entrei no Box ligando o registro “Pra falar a verdade o que você viu naquele loiro retardado hein? Com tantos garotos por ai você escolhe logo o pior.” * Okay talvez isso tenha magoado ela! *Agora que lembrei as vezes a Hina é tão sensível, talvez eu falando isso ela tenha pensado que eu acho ela idiota... Tudo bem então, preciso conversar com ela depois*

Comecei o meu banho, pensando em como seria difícil essas nossas férias, pensei em como hoje seria estressante com a Karin em nosso na verdade em meu pé falando merda o tempo todo, pensei em como seria minha conversa com a Hyuuga e até pensei no que pode acontecer quando esse período de férias acabarem, será que vai estar tudo como era antes? Ou muita coisa vai mudar? Com estes pensamentos terminei meu banho e me enrolei na toalha, calcei meu chinelo e soquei minhas roupas que havia usado no cesto de roupa suja que havia no banheiro, destranquei a porta e sai, me deparando com o quarto vazio...

- Ué cadê ela? *Me perguntei vendo o biquíni que ela havia escolhido para mim em cima da cama* rosa com preto, é dá pro gasto! *Respondi pegando o biquíni na mão*

Me enxuguei com a tolha e comecei a me arrumar, coloquei a calcinha do biquíni deixando somente meu peito coberto pela toalha, fui até meu guarda-roupa e peguei um short jeans claro meio desfiado, um cropped branco e uma blusa azul claro com algumas florzinhas para colocar por cima (Autora: Link da roupa das meninas nas notas finais) assim que terminei de pegar coloquei tudo em cima da cama e fui até o espelho gigante que havia no meu quarto que dá pra ver o corpo inteiro, tirei a toalha que estava cobrindo meus peitos, ufa ainda bem que a porta e as janelas estão fechadas, encaixei o biquíni no formato do meu peito, e tentei amarrar o biquíni, só tentei mesmo porque não estava conseguindo...Cadê a Hinata ou a Ino nessas horas hein?

Do nada ouvi passos atrás de mim, Ah graças a Kami a Hinata voltou para me ajudar, me viro e olho para trás me deparando com a pessoa que eu menos esperava ver... Sasuke

Eu deveria saber que a sorte nunca esta comigo, e que ela nunca me da oportunidade de pelo menos uma vez não passar por um momento constrangedor como este, adivinha...levei o maior susto da minha vida quando vi a praga parada na minha porta e... por conta desse bendito susto do satanás deixei o sutiã do biquíni cair.

É eu sei a vida me ama, ela me ama tanto que sempre me prega peças, mais acontece que eu não amo a vida ou pelo menos a minha não, juro por tudo o que é mais sagrado que nesse momento comecei a rezar pedindo pra Deus que caísse um meteoro na cabeça desse idiota, mais infelizmente não aconteceu:

- HAM, SASUKE! MDS VIRA PRA LÁ, VIRA PRA LÁ RÁPIDO!!! *Grito desesperada colocando as mãos no peito o escondendo, que vergonha hein Sakura* VAI LOGO VIRA!!! *Grito novamente*

- Tabom, tabom!! Eu viro! *Falou e se virou, abaixei e peguei o bendito biquíni no chão, logo o encaixando novamente em meu peito, tentei o amarar de novo mais sem sucesso*

- Ham Sasuke! *caramba não acredito que vou fazer isso*

- O que foi? *Perguntou com a voz calma, mano depois de hoje eu me mato, pode ter certeza*

- S-será que vo-você poderia me ajudar com biquíni ? *pergunto gaguejando que droga! Porque diabos eu gaguejei?*.

Olhei para o ser na minha frente e o vi virar me olhando com aquela cara de sínico:

- Claro! Por que não? *Falou e vi ele abrindo um sorriso malicioso, maizoque? Esse safado... * Vira!

- O QUE? NÃO! *Falei na verdade gritei, o que ele quer fazer?*

- Sua burra estou pedindo pra você virar, como quer que eu amarre o biquíni? *Pergunta, Aaaataaa*

Me viro de costas pra ele e logo em seguida sinto mão suas mão geladas em minhas costa, não sei porque mais assim que senti o contado de sua pele com a minha senti um arrepio.

- Pronto! *Disse se afastando de mim e me virei para ele*

- Tá, o que você veio fazer no meu quarto? *Perguntei logo esse idiota, espera a porta não estava trancada? Droga Hinata*

- Nossa não mereço nem um obrigado? *Pergunta e eu cruzo os braços abaixo dos meus seios* hum...

- Obrigada, agora responda o que veio fazer aqui? *Pergunto novamente já me estressando, é eu tenho pavio curto*

- E-eu... *Começou mais não terminou*

- Você o que? *Olhei para ele e percebi que o mesmo estava olhando pros... PROS MEUS PEITOS?* SASUKE! *Gritei seu nome e logo ele desviou o olhar pra mim* responde!

- É que você estava demorando demais e ai eu vim te chamar! *Respondeu* Você sabe que se meus pais chegarem duvido que eles irão deixar a gente sair, quer dizer deixar VOCÊ sair! *Droga verdade*

- Hum, tabom já pode sair, estou descendo já! *Falei e o empurrei para fora do quarto* só vou colocar uma roupa e arrumar minha mochila! *Disse e ele assente, logo fechei a porta quando percebi que ele ia falar alguma coisa* Ah mds não acredito! *Suspirei* é melhor eu terminar de me arrumar logo!

Fui em direção a cama pegando minha roupa e a vestindo, peguei meu all star preto que estava guardado dentro de uma caixa e calcei. Prendi meu cabelo em um coque mal feito e peguei uma mochila que estava jogada em meu guarda-roupa, comecei a guardar algumas coisas dentro como protetor solar, toalha, meu chinelo e outras coisas... Depois de tudo arrumado coloquei a mochila nas costas, sai o meu quarto e desci as escadas, encontrando Sasuke, Naruto e Hinata sentados vendo algum programa na TV.

- Bom já que esta todos aqui, vamos! *Falou Sasuke me fitando, logo o mesmo levanta e vai em direção a porta*

- É estou louco para entrar na água! *Diz Naruto animado se levantando seguindo Sasuke*

- Ei Sakura tudo bem? *Me pergunta Hinata, assim que os dois saem de casa*

- Sim, Hina está tudo bem! *Respondo e pego meu celular* Pode ir na frente, preciso fazer uma coisa!

- Vai demorar? *Pergunta se levantando do sofá e desligando a TV pelo controle*

- Não já estou indo! *Falo*

- Então tá! *Ela diz e sai pela porta de casa*

Desbloqueio meu celular vendo que recebi algumas mensagens de vários grupos, também vejo que recebi uma mensagem da Temari, e outras três da TenTen, não abri nenhuma delas, depois eu vejo.

Fui direto ao ponto, abri meu chat de conversa com a Ino e logo mandei:

Sakura: Já estamos indo para ai porca, você não vai acreditar no que aconteceu, quando chegar ai te conto!

 

Enviei a mensagem e fui em direção a porta, logo saindo por ela...

 

 

CONTINUA.

 

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...