História E se eu ficar? - Capítulo 56


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Kushina Uzumaki, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Amizades, Colegial, Drama, Hentai, Hinata, Ino, Naruhina, Naruto, Neji, Nejiten, Romance, Sai, Saino, Sakura, Sasuke, Sasusaku, Tenten
Exibições 208
Palavras 1.091
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi seus lindos!
Tudo bem com vocês?
Eu espero muuuuuito que sim!

Como prometido, saiu um novo capítulo!
Espero que gostem!

BOA LEITURA!

P.S.: Me desculpem se houver erros de ortografia!

Capítulo 56 - Estou pronta para isso?


E se eu ficar?

Capítulo 56 - Estou pronta para isso?

Escrito por: Hana28

-Não pode ser... Não é possível! TenTen? E Sai?

-Sim, nós... - Antes que TenTen pudesse terminar a frase, a enfermeira os abraçou. 

-Como vocês cresceram! - Disse ela afastando-se. -Da última vez que os vi, tinham a recém poucos meses de vida!

-Então, nós somos... Irmãos, mesmo? - Perguntou TenTen.

-Claro! Que pergunta boba... É óbvio que são! Ah não ser que no parto de vocês, eu tenha imaginado um bebê a mais... - Disse ela. TenTen abriu um sorrio de canto.

-Espera, como a senhora nos conhece? 

-Longa história, meu querido. 

-E quando vai poder nos contar? 

-Sério? - Perguntou ela.

-Claro! - Disse TenTen. 

-Bem, falta um tempinho ainda para o meu expediente acabar, mas, se quiserem esperar... - TenTen e Sai se olharam e depois para a enfermeira. 

-Claro. - Afirmaram.

 

-Bem, por onde devo começar? - Perguntou Aiko.

-Do parto? - Sugeriu TenTen. A enfermeira bebeu um gole de café antes de falar.

-Claro. Eu estava trabalhando no hospital, estava lá à poucos meses...

" Terminando de atender um paciente, enxerguei Arata, mãe de vocês, sendo levada em uma maca para a sala de parto. Chamaram alguns enfermeiros, e um deles, era eu. Colocaram ela na cama e o médico entrou imediatamente na sala, me aproximei de Arata e peguei em sua mão. Me lembro de quando o médico perguntou à ela, se estava pronta, ela disse que não, mas que iria enfrentar o que for para salvar a vida dos bebês. E ela enfrentou e por conta disso... - Os dois a olhavam atentamente. -Ela não resistiu. -TenTen e Sai fizeram uma expressão, como se tivessem levado um tiro no peito. -Eu sinto muito... Vocês foram para o berçário, eu os levei. Nomeei vocês, Arata já tinha decidido que nome da-los e eu o fiz. Em algum tempo, foram mandados para o orfanato - Sai se escorou na mesa. -, e eu só soube depois... Quando fui visita-los, disseram-me que já tinham sido adotados, e que a família morava em uma cidade distante dali. Foi aí, a última notícia que tive de vocês... "

-Mas eu não fui adotado. - Disse Sai.

-Não? - Ele moveu a cabeça negativamente.

-Os maiores não são adotados com a mesma frequência dos pequenos... Então, acabei ficando até os meus dezoito anos no orfanato...

-Então, como vocês...? 

-É uma longa história... - Disse TenTen. 

-Eu sinto muito... Por tudo. - Disse Aiko. -Eu estou tão feliz por estar vendo vocês novamente! Têm as mesma 'carinhas' de quando eram bebes... - Os dois sorriram.

Após algum tempo...

-Mas... E o nosso pai? - Perguntou TenTen. 

-Bem... Ele abandou Arata, quando descobriu que ela estava grávida... Nunca mais o vi. Na minha opinião, foi melhor assim, ele não era daquelas pessoas que se orgulharia de alguém, a não ser de si mesmo... - Eles mantinham expressões tristes no rosto. -Me desculpem por estar falando isso à vocês... Eu não devia, afinal, é o pai de vocês...

-Não, tudo bem... - Disse Sai. -Nós entendemos...

 

Após alguns minutos de conversa, decidiram ir para casa. Durante o caminho inteiro, houve um silêncio profundo. Ouvia-se apenas o barulho que vinha de fora, as pessoas, os carros, tudo. Sai estacionou o carro e os dois desceram do mesmo, mas antes que pudessem chegar na porta, Sai quebrou o silêncio.

-Bem... Foi um dia longo. 

-É, foi mesmo... 

-É... - Sai tocou à campainha.

-Sai... - Chamou TenTen. -Isso não deveria ser assim... Esse clima... Afinal, descobrimos que somos irmãos, deveríamos estar alegres...

-É, eu também acho. Mas, isso é tudo muito estranho... Até ontem, eu era filho único... E orfão. E agora...

-Mas eu também sou, não se esqueça disso...

-Você não é orfão... Você foi adotada.

-Eu sei. E eu sinto muito, por ter te deixado lá, sozinho...

-Não tinha como você saber... 

-Nem você! - Disse ela. -Nós perdemos vinte anos longe um do outro, não acha que deveríamos recompensar? Recomeçar tudo, sendo uma família... E aí? O que você acha? - Sai sorriu.

-Isso é... Uma proposta irrecusável. - TenTen o abraçou, e o mesmo correspondeu. Neji abriu a porta e sua expressão mudou totalmente ao vê-los.

-GANHEI! BORUTO, É SUA VEZ DE COMEÇAR! - A voz de Sarada vinha de dentro da casa. 

-ALELUIA! DESSA VEZ EU GANHO! - Disse Sarada. Neji os encarava, sério. 

-E aí? Descobriram alguma coisa? - Perguntou o mesmo.

 

Entrando na casa, avistaram Sarada e Boruto, sentados em cima do carpete, na sala. Estavam jogando UNO. 

-Neji, é a sua vez de jogar! - Disse Boruto.

-Não quero mais crianças, podem continuar.

-Ah! - Pareciam tristes.

-Bem, eu posso jogar com vocês? 

-Claro! - Disse Sarada. Sai sentou-se perto deles, formando um círculo. 

-Quais são as minhas cartas? 

-Essas daqui! - Disse Boruto o entregando um bolinho pequeno de cartas. 

-Vocês não roubaram, né? 

-Claro que não! - Disse Boruto, dando uma piscadela à Sarada. Sai percebeu, mas fingiu que não viu nada. 

 

-Descobriram alguma coisa? - Perguntou.

-Muitas! - TenTen parecia animada, o que não deixou Neji muito feliz. -É, nós somos irmão, sim.

-Ah, ainda bem...

-Por que, ainda bem? - Neji não respondeu. -Ah, já entendi... Você e suas desconfianças!

-Você queria o que? - Disse Neji. Os dois foram para a cozinha, tentar evitar que eles os ouvissem. -O que você acharia se eu viajasse com uma prima minha? - TenTen não respondeu, apenas permanecia séria. -Viu só!

-Mas eu não viajei com ele! Além disso, ele é meu irmão!

-Mas descobriram isso agora... - Disse Neji. -Porque se fosse antes...

-Se fosse antes o que? 

-Eu não sei... Isso, quem tem que me dizer, é você! - Sai aproximou-se da cozinha, mas logo parou, ao perceber que o clima estava tenso naquele local.

-Eu acho que perdi a sede... - Disse ele voltando para perto das crianças, que se divertiam com o jogo.
 

Tempo depois...

Hinata estava em seu quarto, olhando-se no espelho. Através do mesmo, avistou Sakura entrando no quarto. 

-E então? A noiva está pronta? 

-Estou. - Disse Hinata, respirando fundo.

-Então, eu vou pedir para Sai já pegar o carro... - Disse a rosada saindo novamente do quarto. Hinata voltou a olhar para o espelho, respirando fundo, disse...

-Na verdade, eu não sei se estou pronta... Meu coração diz que eu estou, e à muito tempo. E eu espero que o seu - Ela pôs as mãos em sua barriga -, também esteja.

 

 

Continua...


Notas Finais


E aí? O que acharam?
Quero muito saber a opinião de vocês!

Eu confesso que estou muito ansiosa para o próximo capítulo... *-*

Enfim, até a próxima!

Kiss de nuttela

E

Falooou! *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...