História E se fôssemos apenas adolescentes - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Grover Underwood, Jason Grace, Leo Valdez, Luke Castellan, Percy Jackson, Piper McLean, Thalia Grace
Tags Amizade, Annabeth Chase, Drama, Percy Jackson, Romance
Exibições 74
Palavras 1.480
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi, gente!

Como vocês estão? Espero que bem, aproveitem o capítulo e obrigada a todos que comentam e que estão favoritando a Fic, significa muito pra mim, aliás, embora eu não goste dela, essa foi minha primeira Fic.
Convido vocês também a lerem as outras, são meus melhores trabalhos... Grande beijo no <3

Capítulo 32 - O Jogo


POV. Autora

O dia do grande jogo chegou, Percy estava muito nervoso, ele treinou feito um doido nas semanas que sucederam os jogos, estava mais nervoso ainda, pois não queria pagar vexame e não conseguir uma vaga em Harvard, coisa que Annabeth vivia dizendo que ele conseguiria.

- Percy! - chamou, mas o namorado não conseguia parar de se mover, ia de um lado pro outro. - Percy! – dessa vez gritou e conseguiu a atenção dele.

- Hmm... - murmurou. – Me chamou?

- Não, estava chamando o Bozo! – disse com sarcasmo. – É lógico que estava te chamando.

- Diga. – falou o rapaz, continuando a andar de um lado pro outro.

- Dá pra parar, Percy! – falou irritada. – Está me deixando irritada.

- Desculpa, é que quero impressionar o reitor de Harvard e nem sei como fazer isso. – ela se aproximou, tocou o peito do namorado e deu-lhe um beijo no rosto.

- Seja você mesmo e ganhe o jogo. - falou. – Não há melhor forma de impressionar alguém, que não seja sendo você mesmo! – ele a olhou incrédulo.

- Você fala isso, porque não é você que vai jogar contra o Colégio que não perde nenhum torneio há 5 anos.

- Percy! Para de neura, eles nunca perderam, pois nunca jogaram contra a Good e contra o melhor capitão do mundo. – o beijou mais uma vez. – Você vai se sair bem, e se ganhar... – ele a olhou curioso.

- Se eu ganhar? – incentivou e ela o olhou divertida.

- Volte a me perguntar quando ganhar. – ela o beijou.

- Como quiser. – respondeu sorrindo e curioso, deveria ganhar aquele jogo, não somente porque valeria sua ida à Harvard, mas também para saber o que ela faria.

Do corredor, onde estavam conversando, Percy ouviu Will chamar.

- Hey, Percy, venha cara, só falta você, o jogo terá início daqui 30 minutos e o Treinador está louco atrás de você. – Percy assentiu.

- Já estou indo. - respondeu, virou-se pra Annabeth a abraçou e sussurrou em seu ouvido. - Vou ganhar esse jogo por nós, mas principalmente por você. – a beijou e ela sorriu.

- É assim que se fala, amor. - respondeu. – Agora vai lá e arrasa, nos vemos no Ginásio.

Percy seguiu para os vestiários e Annabeth foi para o Ginásio esperar pelo início do jogo, a maioria do time de polo aquático do West Houver estava no Ginásio, Annabeth engoliu em seco ao ver o tamanho dos jogadores do time adversário, temeu por Percy e pelo time da Good, mas estava confiante, pois o namorado, quando estava em jogo demonstrava uma capacidade técnica incrível, mesmo sendo menos robusto que os caras do outro time.

Enquanto isso nos vestiários...

- Jackson! – gritou o treinador. – Por que a demora rapaz?

- Desculpe treinador, estava com Annabeth. – o treinador o olhou feio.

- Que isso não se repita mais, vá se trocar, não podemos deixar nossos convidados esperando! – Percy assentiu e seguiu para se armário.

Enquanto isso no Ginásio, Piper, Hazel e Annabeth conversavam sobre o casamento de Thalia, que aconteceria daqui 2 semanas, elas estavam superanimadas, pois seriam madrinhas, só que Piper não iria com Jason, pois ele se recusou a ser padrinho de sua irmã, no lugar, Piper entraria com Leonard, um primo distante de Thalia.

Calipso e Leo também seriam padrinhos de Nico e Thalia, assim como Marcos e Bianca, a irmã de Nico, estava tão animada com a ideia, que ela mesma se propôs a dar festa de casamento para os dois, eles em primeira estância recusaram, pois queriam uma pequena reunião apenas para os mais próximos e mais chegados da família, mas com a insistência da irmã, ele acabou por ceder, aliás, que mal seria ser paparicado pela irmã mais velha em seu próprio casamento.

Passaram-se 20 minutos e o time da Good High School, já estava em quadra, assim como o da West Houver, cumprimentaram-se e ambos ficaram de cada lado da piscina, como todo jogo de polo aquático, os times são divididos em 7 jogadores e 3 reservas, portanto, cada time tinha esse número, um goleiro e 6 jogadores em campo, a piscina tinha entorno 2 metros de profundidade e 30 metros de comprimento por 15 metros de largura, dando um largo e amplo espaço para que os jogadores pudessem se mover, como é dito nas regras do jogo, ao pegar a bola, poderá apenas movê-la com uma das mãos, o único jogador que pode pegá-la com as duas, é o goleiro, o maior número de gols feitos por uma das equipes dentro do tempo de 30 minutos de jogo, dividido em 15 minutos cada lado, ganha o jogo.

Os goleiros usam o gorro vermelho para sinalizarem que são goleiros, já os times, usam gorros de outras tonalidades, o gorro da Good High School é azul e o da West Houver, amarelo, ficando assim mais fácil para seus jogadores se acharem em meio ao jogo.

Percy joga na ponta esquerda, além de ser um bom capitão, sua mira do lado esquerdo é mais certeira, facilitando assim o acesso ao arremessar em direção ao gol.

Foi assim que a partida se iniciou, o time da casa começou com a bola, Will passou para Chris e esse para Travis, Connor era o goleiro, gritava para passarem pro Percy que estava livre, mas no momento em que Travis jogaria, o “zagueiro” do outro time a pegou e arremessou para o da ponta, que por um descuido de Connor, conseguiu fazer o primeiro gol, marcando assim: 1x0 para West Houver.

Percy não acreditou, na verdade acreditou, a estratégia que haviam montado não estava funcionando, chamou Travis e pediu para que fizessem a segunda formação, de acordo com o plano de estratégia montado por ele e pelo treinador Hedge, Trevis assentiu e passou a informação para os demais, mas conforme o jogo rodava, eles tomaram mais alguns gols, ficando em 3x0 para a West Houver, Percy já estava nervoso, o plano não estava funcionando, já havia se passado o primeiro tempo e eles haviam trocado de lado na piscina, antes do jogo começar, Percy reuniu seus liderados e disse para que seguissem a terceira formação, a formação da águia, como os garotos começaram a chamar, desde o último jogo.

No momento em que o apito soou, eles se puseram em posição e o jogo começou realmente a acontecer, Percy e toda sua estratégia como líder daquele time, estava mais ágil do que de costume, fez assim como a Alemanha contra o Brasil na copa, 3 gols de uma só vez, fazendo com que a Good empatasse o jogo, Annabeth pulava de alegria da arquibancada, seguida de Piper, Hazel e Calipso.

O placar agora estava empatado, faltando apenas 5 minutos para o fim do jogo, Good 3x3 West, o Treinador Hedge tirava cabelos de sua barbicha e resmungava, da arquibancada do mezanino, os Reitores observavam os jogadores dos colégios.

Percy chamou mais uma vez seus jogadores e deu a última ordem, que acontecesse o que tivesse que acontecer, ele deveria receber a bola para que acertasse o gol, todos assentiram e entenderam a estratégia, seguiram o plano, e faltando apenas 2 segundos para o jogo terminar, Percy acerta no ângulo, levando a Good High School inteira à loucura e lógico, a primeira vitória do torneio interestadual.

Todos deliravam, Percy saiu da piscina e Annabeth veio a seu encontrou beijando-o, não se importando que ele estava totalmente molhado, ela o abraçou e o beijou.

- Amor, você conseguiu. – sorria muito. – Viu só? Você é o melhor.

- Que isso, fiz isso por nós todos. – olhou para os meninos que seguravam a taça nas mãos, sorrindo pela vitória de 4x3 contra uma das melhores escolas em esportes.

- Somos campeões. – gritou um dos garotos.

Suspenderam Percy e começaram a gritar seu nome, Percy olhou para a arquibancada do mezanino e percebeu que o reitor de Harvard estava vindo em sua direção, parou em sua frente e esticou a mão para cumprimenta-lo.

Você deve ser Perseu Jackson, certo? - perguntou.

- Sim senhor, sou Perseu. – respondeu o garoto.

- Pois bem, faça-nos uma visita no próximo fim de semana, gostaríamos de tê-lo como aluno e atleta de nossa Universidade, posso contar com sua presença? – perguntou o reitor.

- Si-sim. – respondeu incrédulo. – Com certeza. – apertou a mão dele e olhou para

Annabeth, que o abraçou e sussurrou em seu ouvido, “viu só, falei que conseguiria.”.

Ele a beijou e deram as mãos, seguindo para fora do Ginásio, Percy se trocou e foram para casa dele, no caminho lembrou-se de uma coisa.

- Annie? – ela o olhou. – O que você tinha pra me dizer? – ela o olhou maliciosamente.

- Vamos chegar em sua casa e eu te mostro. – beijou próximo de sua orelha, fazendo-o se arrepiar inteiro.

- Tudo bem! – ele respondeu entendendo o recado, e com certeza, aquela noite seria a mais quente de sua vida.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...