História E se fôssemos apenas adolescentes - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Grover Underwood, Jason Grace, Leo Valdez, Luke Castellan, Percy Jackson, Piper McLean, Thalia Grace
Tags Amizade, Annabeth Chase, Drama, Percy Jackson, Romance
Exibições 82
Palavras 1.773
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa noite!

Aproveitem, capítulo novo... kisses

Capítulo 33 - O grande dia


POV. Autora

Uma semana após o jogo, Percy e Annabeth foram visitar o campus de Harvard, os dois ficaram maravilhados, ambos teriam que fazer as entrevistas para a Universidade, considerando que foram chamados, pois o currículo acadêmico de ambos chamou muito a atenção da Universidade.

Annabeth pelas notas altíssimas e Percy pela facilidade em lidar com estratégias e por ser capitão do time de polo aquático da Good High School, ele escolheu o curso de Biologia e Annabeth o de Arquitetura, ambos assinaram a lista e seguiram para suas entrevistas.

Durante a entrevista correu tudo bem, Annabeth se saiu melhor do que deveria, a entrevistadora ficou realmente impressionada com a genialidade da garota, com certeza teria um futuro promissor, Percy também não se saiu mal, ele até foi muito bem, explicou o porquê gosta tanto de Biologia e que seu maior sonho é lecionar a matéria na escola em que estuda hoje.

Harvard ficou de informar-lhes sobre a aceitação ou não, até o final de Junho, portanto, eles deveriam esperar pela carta, fosse ela positiva, ou negativa, no domingo de manhã, ambos retornaram as suas casas e começaram a se preparar, pois o próximo fim de semana seria o casamento de Thalia.

A Sra. Grace estava brava com Jason, ele não queria ir ao casamento da irmã de jeito nenhum, pois dizia que não aprovava o relacionamento deles, o que a fez ficar confusa, já que Jason fora um grande amigo de Nico.

- Jason? – falou a Sra. Grace. – Querido, porque você está com raiva?

- Eu não estou com raiva, tá legal! – resmungou. – Eu só não aprovo esse relacionamento deles.

- E por que não filho? – disse a avó. – Eles já terão um filho, Nico fez o certo, casar-se com sua irmã.

- É exatamente por isso vó! – falou com os olhos cheios de lágrimas. – Ele roubou a juventude da minha irmã e... pôs um pequeno verme dentro dela.

Nessa hora o sangue da Sra. Grace subiu, ela nunca havia se enfurecido com o neto, como agora.

- Jason Grace! – gritou. – Sua irmã não é nenhuma inocente, ela sabe exatamente o que fez e Nico também, ele está sendo homem o suficiente para assumir sua irmã e o filho, te dou razão por ficar bravo com ela, mas não te dou razão por ofender uma criança inocente, que logo será seu sobrinho! – exclamou brava, o que fez Jason olhar para ela com medo.

- Ele NÃO é o meu sobrinho! – gritou. – E nunca vai ser! Não quero vinculo algum com Thalia nunca mais, nem com o Di Ângelo.

Dessa vez ele conseguiu tirar a Sra. Grace do sério, ela se enfureceu tanto que virou o tapa na cara de Jason, o que fez com que seu rosto ficasse inteiramente vermelho.

- Vá já pro seu quarto, mocinho! – falou. – Pense bem sobre o que você acaba de dizer nessa sala, seu irresponsável, sua irmã te ama e dói nela saber que está sendo rejeitada pelo irmão. – ele pensou em falar, mas ela o cortou. – Não me venha com desculpas, vá pro seu quarto e só saia de lá quando voltar a si! – ordenou.

Jason abaixou a cabeça, com uma das mãos segurando a face dolorida, entrou no quarto e ficou lá o resto do dia, pensando na vida, não desceu aquele dia para o jantar, quando Piper foi visita-lo, a Sra. Grace contou-lhe o ocorrido e pediu para que ela só voltasse daqui dois dias, ela assentiu e foi para casa.

Uma semana se passou, e finalmente o dia do casamento chegara, Nico e Thalia se casariam em Nova Iorque, na catedral próxima ao Central Park, eles já haviam chegado de viagem, e estavam hospedados na casa da Sra. Grace, Jason não deu uma palavra aos noivos, resolveu ir ao casamento, mas apenas como convidado, Thalia sorriu em saber que seu irmão a veria casar pelo menos, dormiram aquela noite, sonhando com o outro dia.

No sábado de manhã, Nico levantou cedo e foi para a casa dos Jackson, se aprontar lá para o casório, já Thalia ficou na casa da avó, sua barriga estava grande, parecia até que estava com mais de 6 meses, mas tinha apenas 5 meses de gestação, Luke chutava com fervor e ela ria com isso, estava totalmente feliz por ser o grande dia, o dia em que se tornaria a Sra. Di Ângelo.

Quando estava perto das 18hs, Thalia já estava pronta, Piper a fizera ficar a mulher mais linda do Universo, Annabeth, Hazel, Calipso e Bianca também estavam lindas. Na casa de Percy, Nico já estava pronto, assim como Leonard e Leo, faltando apenas Marcos, Percy e Frank, que continuavam a se aprontar.

O casamento começaria as 20hs, quando o relógio estava mostrando que faltava apenas 5 minutos pra 20hs, a limusine chegou, nessa hora, todas as meninas já haviam ido embora para a igreja e só Thalia com seu vestido branco e véu, estava esperando na casa, ao toque da buzina, a garota mais linda de Nova Iorque desceu as escadas e foi de encontro o carro que fora alugado por Bianca, entrou nele e seguiu para a igreja.

Na igreja, Bianca entrou acompanhando Nico até o altar e Marcos estava esperando a chegada de Thalia para acompanha-la também, já que Jason não iria participar, o cunhado faria as honras.

Nico estava no altar, de frente para a porta, olhando ansioso, ao seu lado encontrava- se os padrinhos, e do lado que ficaria Thalia, as madrinhas, ele estava com o cabelo meio jogado de lado, o que lhe deu um charme, seu terno era preto, sua camisa branca e uma gravata borboleta, ele estava ansioso pela chegada de sua noiva, olhou pra irmã que acenou com a cabeça, o incentivando a ficar tranquilo.

Quando a marcha nupcial se iniciou, suas mãos começaram a soar frio, pois sabia que Thalia havia chegado, sua ansiedade só aumentava, Percy olhava pra ele com receio que o amigo desmaiasse ali, ficou se imaginando no lugar dele, esperando Annabeth, quem sabe aquilo um dia acontecesse com ele.

Ao romper das portas, Nico ficou perplexo e de queixo caído quando viu a noiva entrar acompanhada de Marcos, ela estava muito linda, com certeza era a noiva Punk mais gata que já vira, seu vestido era branco rendado, tomara que caia, quase não se percebia a barriga, apesar do volume estar ali, seu véu era comprido e arrastava pelo chão, segurava na mão direita um buquê de rosas bem vermelhas, que combinavam exatamente com o batom de seus lábios carnudos, Nico queria descer daquele altar e agarrá-la ali mesmo, não se importando com ninguém, mas por estar numa igreja, preferiu manter o controle e lágrimas começaram a escorrer por seus olhos, cada vez mais que ela se aproximava.

Ao mesmo tempo em que ele, ela o olhava com um olhar apaixonado, nunca vira o noivo tão belo como estava hoje, Nico era lindo naturalmente, aqueles olhos negros e seus cabelos levemente bagunçados davam o charme que o garoto alto precisava para chamar sua atenção, ele não era particularmente forte, mas para Thalia estava de bom tamanho, aliás, ele era dela, assim como ela era dele e aquela noite só confirmaria isso.

Quando chegou ao altar e Nico veio recebe-la, ele a abraçou e sussurrou em seu ouvido, “você está linda, assim como todos os dias, mas hoje está muito mais”, ela sorriu e beijou seu rosto, viraram para o Padre que sorria com a alegria de ambos, e ele começou a cerimônia.

- Nico Di Ângelo e Thalia Grace, viestes a igreja para que o vosso propósito de contrair Matrimônio seja firmado com o sagrado selo de Deus, perante o ministro da igreja e na presença da comunidade. Deus vai abençoar o vosso amor conjugal. Ele, que já vos consagrou pelo santo batismo, vai agora dotar-vos e fortalecer-vos com a graça especial de um novo sacramento para poderdes assumir o dever de mútua e perpétua fidelidade e as demais obrigações do Matrimônio. Diante da igreja, vou, pois, firmar uma aliança de vossas disposições. – os noivos assentiram.

- Nico Di Ângelo e Thalia Grace, vocês vieram aqui para celebrar o vosso Matrimônio. É de vossa livre vontade e de todo o coração que pretendem fazê-lo?

- Sim. – responderam os dois em uníssono.

- Vocês, que escolheram se casar, estão decididos a amar-vos e a respeitar-vos, ao longo de toda a vida?

- Sim. – responderam os dois novamente.

- Estão dispostos a receber amorosamente os filhos como dom de Deus. – apontou para a barriga de Thalia. – E a educa-los segundo os caminhos que devem seguir?

- Sim. – responderam e sorriram um pro outro.

- Uma vez que é de vossa vontade contrair o santo Matrimônio, unam as mãos direitas e manifestem o vosso consentimento na presença de Deus e de sua igreja. – os noivos uniram as mãos e Nico começou a falar.

- Eu, Nico Di Ângelo, te recebo por minha esposa, a ti Thalia Grace, e prometo ser fiel, te amar, te respeitar, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias de nossas vidas. – ele colocou a aliança que Thalia vira no sonho, no dedo anelar esquerdo de sua mão, sorriu pra ela e ela continuou os votos.

- Eu, Thalia Grace, te recebo por meu esposo, a ti Nico Di Ângelo, e prometo ser fiel, te amar, te respeitar, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, todos os dias de nossas vidas. – então ela também colocou a aliança no dedo de Nico e sorriu para ele, o padre tornou a falar.

- Perante a igreja e perante Deus, eu vos declaro Nico e Thalia Di Ângelo, marido e mulher, pode beijar a noiva.

E aquele foi um dos melhores beijos que Nico já dera em Thalia, ambos sorriam feitos bobos, cumprimentaram todos os padrinhos e seguiram para a festa.

A festa foi muito bonita, todos se divertiram, Nico e Thalia dançaram a noite toda, eles ganharam muitos presentes, Thalia matou a saudades de seus amigos e ficou feliz em receber a notícia que sua cunhada Bianca estava grávida de um mês, de seu primeiro filho.

O resto da noite foi fantástica, quando a festa terminou, Nico e Thalia foram pra um hotel 5 estrelas, pago por Bianca, para que pudessem usufruir da noite de núpcias, e assim eles fizeram, tiveram a melhor noite de núpcias que um casal poderia ter, só lamentaram que no dia seguinte teriam que voltar para Palo Alto e continuar com a rotina, só que agora, havia algo de diferente, Thalia não era mais Grace, era oficialmente uma Di Ângelo.


Notas Finais


Comentem ai, me farão feliz ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...