História E se... o ataque não tivesse ocorrido? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Aspen Leger, Astra Orders, Gavril Fadaye, Kriss Ambers, Maxon Calix Schreave, May Singer, Rainha Amberly, Rei Clarkson
Visualizações 16
Palavras 457
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - De volta ao lar


A atmosfera de Carolina estava tranquila e até um pouco mais quente que o inverno do ano passado. Assim que desemos do avião vimos a multidão com cartazes indignados e questionando o por quê não fui eleita princesa se de acordo com eles o príncipe sempre me amou, estavam tão errados que quase tentei dar um jeito de achar um alto-falante e explicar que o príncipe tinha me chutado para fora do palácio, mais não contaria a todos sobre eu e Aspen apenas para os familiares mais próximos. Quando chegamos na minha velha e modesta casa tive certeza que tudo voltará ao normal. Assim que cruzei a porta muito apertada por sinal - acho que demoraria para eu me acostumar - dei com minha mãe, May e Gerald que por sua vez estava todo suado jogando futebol. Antes mesmo de conseguir dizer um simples "oi" fui bombardeada de perguntas sobre a seleção e antes de tudo tinha que dizer a eles toda a história minha e do Aspen. Começei pedindo para que Gerald sai-se da sala:

- Gerald, vc não gostaria de ir treinar seu futebol para depois me mostrar como vc esta bom ? Menti. Acho que minha mãe percebeu que a conversa era séria.

-Vc vai ver hoje o melhor jogador de futebol do mundo, América!!!! Disse ela totalmente alegre. Percebi o ar de preocupação em sua expressão. 

- Mãe, a família Legar sempre esteve ao nosso dispor quando precisavamos, Aspen como vc sabe sempre me ajudou no que eu precisava e sempre fui grata a ele, só que nós comesamos a nos encontrar na casa da árvore dois anos atrás. Vi o espanto da May e da minha mãe claros no rosto de cada uma. Continuei 

- nos viamos uma vez por semana    como em um namoro secreto. Ao ouvirem "namoro secreto" as duas tiveram emoções muito distintas. Em quanto May olhava radiante dizia:

- Ames!!!! Isso é a coisa mais romântica do mundo, me conta mais. Essa era a reação de May mais a da minha mãe garregava ternura e ela parecia que explodiria:

- América Singer, vcs namoram a dois anos as espreitas e vc nunca contou isso para mim ? Estou muito desapontada ! E a mãe de Aspen sabia ?

- Não, creio que ele esteja contando a mãe assim como estou contando a vocês. Continuei:

- O príncipe Maxon iria me escolher, mais mudou de ideia assim que viu eu e Aspen juntos. Sinto mmuito mãe e May. Meus olhos marejaram.

- Filha não sinta muito se gosta do Aspen tem minha total aprovação,  mais se gostava tanto dele por quê se inscreveu na seleção ?

- Aspen queria que eu tive-se uma vida melhor, uma vida que ele nunca poderia me oferecer. Me increvi por ele.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...