História E se os meninos tivessem um diário? - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Comedia, Hoseok, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Suga, Taehyung, Talvez Uma Crac!fic, Todos Os Otp's Possíveis, Yoongi, Yoonseok
Exibições 34
Palavras 693
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Me perdoem se esse capítulo não enviar, minha internet tá uma negação ;-;
me perdoem pelo atraso também
Boa litura <3
Até lá embaixo <3

Capítulo 6 - Park Jimin...


Querido diário,

                        Eu realmente sinto muito por ter dedurado o garotos, mas veja pelo meu lado: eu não consegui aguentar a pressão do Jin Hyung, eu senti que ele já sabia a verdade e não seria nada legal mentir sendo que a pessoa já ficou ciente de tudo o que aconteceu, que ela está apenas lhe testando.

Jungkookie e TaeTae receberam a punição de lavar os banheiros do dormitório por uma semana, mas acredito seriamente que o pior castigo era o que eu estava recebendo.

Eu estava sendo ignorado totalmente por Jungkook.

Da pior forma possível. 

Depois de sentenciado o castigo deles por Omma Jin eu apenas me permiti ficar em meu canto, um pouco longe dos mais novos, pois estava triste comigo mesmo por ter feito aquilo com eles. Dois dias depois eu juntei toda a coragem que não tinha e fui até o quarto onde Taehyung e Jungkook estavam e lhes pedi desculpas. Do jeito que o TaeTae era me perdoou logo, dizendo que não era bom em guardar mágoas e que entendia o meu lado.

Mas Jungkook não.

Jungkook não me perdoou.

Jungkook não me perdoou porque queria que eu ficasse correndo atrás de si desesperado por perdão.

E do jeito que sou trouxa ele conseguiu.

Uma semana correndo atrás daquele projeto maligno de coelho e tentando chamar sua atenção, uma semana tendo que aturá-lo grudado com Taehyung para me fazer ciúme.

Mas bem, uma hora a gente cansa.

Depois desse período de tensão o abençoado Hobi Hyung me puxou para o seu quarto alegando que queria falar comigo e pediu que Yoongi Hyung – que estava praticamente dormindo em sua cama – se retirasse. Claro que o Hyung ficou irritado, mas se eu não o conhecesse tanto diria que ele também estava com uma pequena pitada de ciúmes estampada em seu rosto quando saiu do quarto.

– Jiminie, conte pro seu Hyung o que está acontecendo com você e o Maknae – perguntou depois de pedir para que eu sentasse ao seu lado na cama.

– Jungkook está bravo comigo depois do incidente com o Toddynho, Hyung – falei tristonho. – O Tae me perdoou, mas o Jungkook apenas me ignorou.

– Esse Jungkook é um pestinha mesmo! Não fica assim Jiminie – acariciou meu cabelo. – E pare de correr atrás do Maknae, se ele não quer te perdoar você não pode fazer nada.

-Eu sei Hyung, mas é tão chato ver ele me ignorando. Não sei mais o que fazer!

-Você sabe sim, no fundo você sabe que deve deixar Jungkook de lado, pare de ir atrás dele, tu já fizeste sua parte. – me olhou compreensivo – Eu sei que você tem um coraçãozinho tão bom que é capaz de ficar inquieto enquanto sentir culpa, mas lembre-se que a culpa deixou de ser sua desde o momento que Jungkook começou a ser idiota.

- Okay, Hyung. Obrigado por me ajudar – sorri – gora é melhor eu ir saindo porque o Suga Hyung saiu daqui com uma cara nada contente. – falei me levantando.

-O Hyung vive com uma cara nada contente, Jiminie – sorriu doce – Nada que eu não possa resolver. – riu arteiro e eu fiquei sem entender nada.

“Vamos lá, Park Jimin! Você pode não ter conseguido mentir para o Jin Hyung, mas ignorar Jeon Jungkook você consegue” falei para mim mesmo enquanto me direcionava á mesa de café.

E não é que eu consegui? Palmas pra mim, por favor.

Jungkook pareceu perceber que eu não estava me importando consigo e enquanto isso acontecia eu só me divertia com os meus Hyungs, pessoas que em hipótese alguma iriam me ignorar por conta de algo que eu fiz mesmo depois de eu pedir desculpas.

Isso mesmo Jeon Jungkook, essa indireta direta foi para você.

Bem, depois do café os demais se dispersaram pelo dormitório para fazerem sei lá o que, enquanto isso eu e o Hoseok Hyung fomos dançar. Querido diário, sinceramente eu acho que estou deixando de ser trouxa, me sinto tão feliz por isso.

 Com amor,

                        O Park Jimin agora evoluído e não mais trouxa.

PS: Não vou mentir, adoro ver o Jungkook com aquela cara de bunda enquanto o ignoro. Parece que o jogo virou, não é mesmo?

            


Notas Finais


E é só <3
Bem, o Jimin deixou de ser trouxa, palmas pra ele ~barulho de palmas~
Bem, eu não sei quando volto com um novo capítulo, já que eu tenho um livro pra ler - a.k.a Amor Líquido de Zygmunt Bauman - e ele consegue ser legal e super chato ao mesmo tempo. Paciência comigo T.T
BJS >3<
Até o próximo capitulo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...