História E se por acaso... Eu estivesse, me apaixonando? - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, F(x), TWICE
Personagens Baekhyun, Chen, D.O, Jungkook, Kris Wu, Lu Han, Nayeon, Sana, Suga, Sulli Choi, Tao, Tzuyu, V, Xiumin
Tags Baekhyun, Byun Baekhyun, Chen, Do Kyungsoo, Exo, Heterossexual, Incesto, Jungkook, Kim Jongdae, Kris, Lu Han, Naychen, Sanbaek, Sulli, Twexo, Twice, Tzuyu, Xiuhan, Xiumin, Xiuyu
Visualizações 69
Palavras 658
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie ^^

Mais ou menos como um milagre, eu estou aqui postando. Perdão mesmo a demora, tentei escrever e acabei perdendo metade do capítulo ;--; Vamos se dizer que não dei sorte.
Não tenho noção se ficou grande ou não, mas vou tentar deixar o próximo bem maior - coisas serão esclarecidas -.

Perdão qualquer erro :')
Tenham uma boa leitura!!

Capítulo 23 - Capítulo 23 - "Mentiras e falsidade"


Fanfic / Fanfiction E se por acaso... Eu estivesse, me apaixonando? - Capítulo 23 - Capítulo 23 - "Mentiras e falsidade"

Baekhyun POV


Baekhyun - Vem comigo Chen! - Falei puxando seu braço - A gente precisa ir atrás do Kyungsoo.

Chen - Quantas vezes preciso dizer que não vou? - Me encarou e segui caminho - Esquece essa loucura, vamos logo para casa.


Logo depois que deixamos a Tzuyu eu permaneci tentando ir até o Soo, Jongdae sempre me parava, falava que era doideira da minha cabeça, que eu precisava de ajuda e essas coisas. Pena que eu sou persistente e irritante, pena. Após aguentar longos minutos de ignorância, decidi ir sozinho, já que sou louco, vou fazer louquisses sozinho.


Chen - EI - Gritou enquanto eu atravessava a avenida - Aonde pensa que vai? Se voltar tarde pra casa sua mãe vai ficar preocupada.


Cheguei ao outro lado e comecei a encara-lo.


Baekhyun - Você não quer vir comigo, fiquei o caminho todo tentando te convencer e acabou não me ouvindo, então, vou sozinho!


Virei-me e comecei a andar. Faz anos que conheço aquela figura, por mais que eu fosse mais velho, eu nunca me deixaria sozinho, disso eu tinha certeza. Não demorou muito para que ele viesse atrás de mim.


Baekhyun - Ué - Ironizei - Melhor voltar pra casa, sua mãe pode ficar preocupada caso volte tarde.


Ele fez uma careta e eu ri; Parace que o jogo virou não é mesmo?


​Tzuyu POV


Tzuyu ​- M-M-Mãe...


Sim. Minha mãe estava na porta de minha casa. O pior era o seu estado. Completamente suja, saía sangue de suas pernas e em seu rosto várias lágrimascaiam. Só conseguia pensar em uma coisa pra isso tudo.


Xiumin - Entra agora mãe - Puxou a mesma pra dentro da casa - Vamos para a sala.


Desesperadamente fui atrás do meu irmão enquanto meu pai estava paralisado no tempo.


Xiumin - Mãe - Se sentou com ela - O que aconteceu com a senhora?


Ela tentava de todos os jeitos descrever mas no fim acabava em lágrimas. Clima estava tão ruim. Não dava pra acreditar naquilo.


Xiumin - Vamos mãe, você consegue.


Ela respirou fundo e explicou cada detalhe do que havia acontecido.


Baekhyun POV


Chen - Baek - Me cutucou - A-Aquele é o-o-


Parei de andar e olhei para onde Jongdae apontava. Como eu estava sentido, Kyungsoo estava sendo agredido e prendido fortemente por uns caras que cobriam seu rosto.


Baekhyun - Puta merda... - Abri a boca de espanto - Vamos lá agora.


Atravessamos a rua e chegamos perto dos caras, que por sinal já tinham deixado Kyungsoo inconsciente.


- O que vocês querem? - Disse rouco - SAIAM JÁ DAQUI SEUS VERMES!


Engoli a minha última saliva e respondi.


Baekhyun - Larga nosso amigo agora.


Tzuyu POV


Xiumin - Não podemos fazer com que ela se preocupe com a nossa situação agora Tzuyu - Disse com tom raivoso - Nossa mãe foi estuprada, você tem noção do jeito que a mente dela está? - Olhou dentro dos meus olhos.



Realmente, eu não fazia idéia de como ela se sentia. Acabei de descobrir que ela foi violentada mas, o fato do meu pai não sai da minha cabeça. Deveria esperar a poeira abaixar e contar?

Meu pai estava sentado no sofá de cabeça abaixada, Xiumin e eu estávamos na cozinha e minha mãe tomava um banho sozinha. Ela disse que não desejava que a visemos naquele estado.

Fui até a sala e sente longe​ do meu pai, Minseok me seguiu e tentamos ignorar tudo. Não íamos ser idiotas e voltar a discussão, isso era o que pensava. Após uns minutos, nossa mãe desceu e sentou ao lado do traidor.


​​Mãe - Querido - Aproximou mais do mesmo - Estou tão feliz por te ver, não sente o mesmo por mim?


Olhamos seriamente para o homem e deixamos que ele fizesse o trabalho, isso não vai durar muito tempo. Para começo de conversa, a senhora minha mãe não estava nem um pouco normal, foi violentada, voltou para casa sozinha e não disse quem foi o monstro. Não engoli, nem um pouco.


Pai - Claro que senti querida - Começou a passar a mão em seus cabelos - Eu te amo.



​Continua...


Notas Finais


É... Vendo assim, o capítulo ficou pequeno :v

Eu necessitava atualizar, ou postava isso ou mais dias sem atualizar. Tentarei ser mais rápida :')

Comentem o que acharam ^^

Obrigada por terem lido;; Bye~~

Xoxo s2.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...