História E Se Tudo Fosse Diferente - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Itachi, Naruto, Romance, Sakura, Sassaku, Sasuke
Exibições 999
Palavras 11.306
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Fantasia, Ficção, Hentai
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente estou tão feliz que consegui concluir essa One, ela é uma projeto antigo, estava praticamente pronta, mas eu não sabia se postava. Como estou sem poder postar os capítulos da Fic até quarta feira, pensei em dar essa One como presente para vocês enquanto esperam pelo capitulo que espero sai até domingo que veem.

Bem essa é minha primeira One, ela é simples e não sei se ficou boa, eu espero que gostem, tive ajuda de minha sobrinha que digitou a parte que faltava, da Letícia Birolin uma grande amiga que betou ela para mim, pois a Faby está sem notebook e de todas as meninas do Grupo da Fic que sempre me apoiam muito.

A capa quem fez foi minha amiga Leeh, autora da Fic maravilhosa The Flower of an alpha.

Então boa leitura e me digam o que acharam...

Capítulo 1 - E Se Tudo Fosse Diferente


Fanfic / Fanfiction E Se Tudo Fosse Diferente - Capítulo 1 - E Se Tudo Fosse Diferente

 

E Se Tudo Fosse Diferente

No campo de batalha o cheiro de morte prevalecia no ar, o céu estava encoberto por nuvens negras e o vento quente tocando a face dos soldados exaustos. Não havia mais como revidar os ataques ou como se defender, muitos feridos, mortos e nada de chakra para ser usado. Poucos estavam em pé ainda lutando, mas sabiam que o inevitável estava chegando. A derrota.

Uma nova equipe chega à frente de batalha e não é recebida com bons olhos, Sasuke, o último Uchiha vivo,traz com ele Itachi Uchiha reencarnado, Orochimaru, Suigetsu, Juugo, Karin e os quatro primeiros Hokage, também reencarnados, o que desperta a irá de algumas pessoas e o medo de outros.

Entre a discussão calorosa que se dá entre Sasuke, Shikamaru e Gaara, Shizune se aproxima tentando entender o que o Uchiha deseja.

- Está do nosso lado Sasuke? Veio ajudar?

Todos param para escutar a resposta do moreno que firmemente responde, olhando dentro dos olhos de Shizune, para que não restem dúvidas.

- Estou aqui para acabar com essa guerra e proteger a aldeia que meu irmão tanto ama.

- Sasuke veio ajudar! – Itachi se pronuncia chamando atenção de todos.

Os mais próximos se olham sem entender nada, Sasuke ao lado de Itachi, falando sobre o amor do irmão pela Vila, em meio à dor da guerra e o medo da derrota está tudo confuso e fora do lugar, no rosto de Orochimaru um sorriso debochado aparece, enquanto os Kages montam estratégias com Guy e Yamato. O Time Taka apenas observa cada passo, cada palavra de Sasuke nem mesmo eles sabem o que ele pensa ou sente a respeito daquelas pessoas, daquela situação.

- Onde está Naruto, Kakashi e Sakura? – Itachi pergunta a Yamato.

- Eles estão em uma missão, devem chegar a qualquer instante.

Eles estão à frente da batalha lado a lado conversando como atacar quando percebem que o inimigo está preparando um novo golpe, um jutsus que acertara em cheio os soldados, Sasuke pensa no que fazer e os Kages se posicionam para tentar criar uma barreira, mas antes que eles possam fazer alguma coisa, uma energia surge do chão erguendo-se até muito acima das nuvens e a força do jutsus do inimigo, que veio como um raio de fogo, bate nela e não atinge ninguém. Todos olham para frente, para uma pequena elevação de terra e encontram três ninjas defendendo o campo de batalha.

 Kakashi, Sakura e Naruto chegaram segundos antes do ataque de Madara.

Os olhos negros brilham com a visão, Sakura, Naruto e Kakashi acabam de chegar e a rosada está usando um dos seus jutsus para erguer uma barreira protetora em volta do campo de batalha. Ela está de costas para ele, os cabelos longos preços em uma trança frouxa, Sakura está vestida toda de preto, suas mãos estão em posição mantendo a barreira erguida, enquanto Madara mantém o ataque.

- Precisa agüentar Sakura! – Kakashi grita para ela enquanto todos observam o trio que acabara de chegar.

- Estou fazendo o que eu posso Sensei! – A rosada trinca os dentes para manter o controle e não deixar a barreira cair.

Kakashi se volta para campo de batalha e vê seus companheiros ali, muitos estão feridos e cansados, sua atenção se volta para Naruto e Sakura que enfim estabiliza o campo de força.

- Sabem o que precisamos fazer, vamos seguir o plano até o final! – O homem de cabelos brancos fala olhando para seus alunos.

Ao lado de Sasuke e dos outros que se aproximam Shizune grita...

- Sakura... Sakura!

A rosada se vira para ver quem está lhe chamando e encontra a morena com semblante preocupado, mas o que faz seu corpo estremecer é a pessoa que está ao lado dela. Certo moreno está com os olhos negros cravados em si e ela engole em seco, em questão de minutos todas as conversas que teve com sua mestra veem a sua mente e ela sabe que precisa controlar seus sentimentos, não pode se expor como fazia e ser motivo de chacota para os outros.

- Sakura! – A melhor amiga de Tsunade chama atenção dela que desvia o olhar dele.

- Há muito feridos, estamos sem chakra, não conseguimos ajudar ninguém.

Sakura volta seus olhos para campo de batalha atrás de si e vê muitos ninjas deitados, sentados, algumas pessoas tentando ajudar os feridos, o cheiro de sangue chega a suas narinas e ela sabe o que deve fazer, sobre o olhar de todos e sem dizer nenhuma palavra ela morde o dedo retirando algumas gotas de sangue, com movimentos rápidos ela se abaixa realizando uma invocação.

-Kuchiyose!

Uma enorme lesma chamada Katsuyu surge diante de todos.

- Sakura – Sama! – Katsuyu reverência Sakura.

- Katsuyu eu preciso que cure todos nossos aliados, por favor!

Ela realiza um novo jutsus...

- Katsuyu Daibunretsu. – Katsuyu divide-se em várias lesmas pequenas e Sakura lhe dá um pouco do seu próprio Chakra para curar os feridos. Ino que observe mais ao longe sorri ao ver a amiga mostrar suas habilidades diante de todos.

- Que nojo lesmas! – Suigetsu faz careta perto de Orochimaru.

- Que surpresa, eu achei que nunca veria outra pessoa invocar Katsuyu além de Tsunade! – Hashirama Senju fala para o irmão que está ao seu lado, o segundo Hokage apenas sorri e mantém seus olhos na jovem de cabelos rosa.

Karin estreita os olhos e aperta o pulso com força ao sentir a energia que emanava de Sasuke para Sakura e o olhar que eles trocam.

- Quem é essa porra de garota idiota? – A ruiva fala baixinho, mas Juugo escuta.

- Parece que ela é conhecida de Sasuke pela forma que ele está olhando para ela.

- Kakashi nós precisamos conversar! –Minato chama o ex-aluno e o filho fixa os olhos nele, esperando por algo.

- O que está acontecendo aqui? – Kakashi pergunta ao mestre.

- Orochimaru nos trouxe de volta a pedido de Sasuke! – Hiruzen Sarutobi responde a pergunta, então o homem de cabelos brancos volta-se para o moreno que se mantém firme ao lado de Shizune.

- Estou aqui para ajudar. - Sasuke fala antes que seu ex-sensei possa lhe pergunte algo.

- Porque Sasuke? – Kakashi pergunta automaticamente.

Naruto e Sakura assim como Kakashi estão à espera da resposta dele.

- Por Itachi! – O mais novo olha para irmão que apenas observa tudo.

- Itachi você contou a ele a verdade? – Sakura pergunta inquieta, com o coração disparado.

- Contei Sakura!

Sasuke olha do irmão para Sakura sem entender nada, que intimidade é essa entre eles.

- Ela sabia? – Sasuke pergunta há Itachi, cerrando os punhos.

- Sabia, antes de eu partir tenho mais coisas a lhe contar, mas agora precisamos lutar - Enquanto os irmãos discutiam, Minato e Kakashi conversavam sobre os Uchiha, o loiro resume os últimos acontecimentos para Kakashi.

- Entendo! – A verdade sobre Itachi Uchiha ainda não era conhecida por todos, mas Sakura, Naruto e Kakashi já sabiam de tudo.

Derrepente a atenção deles se volta para o barulho que vem de fora da barreira.

- Naruto, Sakura se preparem para atacar, lembrem do que falamos!

- Hai!- Sakura se posiciona ao lado de Naruto

- Entendido!- Naruto olha pai e sorri há tanto o que falar e perguntar, mas no momento precisa lutar e proteger a vila e os seus amigos.

- O que vai fazer Kakashi? – Yamato pergunta muito preocupado, eles não possuem nenhum plano.

- Aquela coisa está roubando Chakra, precisamos destruir ela. – A Kunoichi de Konoha responde apontando para o bijuu de 10 caldas.

- Precisa passar primeiro pelas criaturas que o protegem, como farão isso?

Sasuke encara seu antigo sensei com sorriso debochado no rosto, esperando que ele peça sua ajuda, mas Kakashi apenas pergunta a Sakura.

- Você está pronta?

- Estou! – A rosada coloca suas luvas e dá um passo a frente chamando a atenção de todos.

-Naruto nós vamos dar cobertura a ela!

- Vai colocar uma ninja médica a frente de uma batalha? – O primeiro Hokage pergunta ao homem de cabelos brancos espantado.

- Eu sou um cavaleiro, ás damas sempre primeiro!

- Naruto, você sabe o que tem que fazer antes! – Kakashi chama atenção do filho de Minato que sai pelo campo de batalha distribuindo parte e seu Chakra para todos os soldados para que eles possam lutar. Assim que ele termina volta para o lado de Sakura que se mantém firme analisando a situação, ela sente sua pele queimar sabe que Sasuke a olha.

- Pronto! – Naruto combina a Natureza da Raposa e o modo Seninn se tornando assim mais forte.

Sakura baixa o campo de força e ela, Naruto e Kakashi entram em combate direto com as criaturas, antes que alguém possa ir ajudar o campo de energia é restabelecido não deixando ninguém sair ou entrar.

Do lado de fora Sakura puxa suas adagas com lâminas curvas que ficam encravadas em chifres de veados elas se ligam uma a outra se prendem no cinto em suas costas. A rosada está com o uniforme muito diferente do que o normal, ela usa calça de couro justa, botas de cano longo até o joelho e na parte cima apenas um colete preto de couro deixando a pele de seus braços exposta, assim como o busto,o apertado colete oferece uma bela visão dos seus seios firmes, uma cinta que define mais ainda a cintura fina e delicada onde ela prende as adagas e outras coisas necessárias em uma luta.

Ela avança sobre os inimigos, assim como Naruto e Kakashi, a batalha entre os três e o exercito das criaturas do Jūbi estava só no começo, Sakura luta com muita habilidade derrotando os inimigos com suas adagas e golpes. Do lado de dentro do campo de força todos podiam apenas admirar a garota de cabelos rosa, assim como Naruto e Kakashi que mostravam todo seu poder. Kakashi usa seu Sharingan passando todos os elementos com uma rapidez fascinante, enquanto Naruto destruía os inimigos sem esforço nenhum. Sasuke observa seu antigo time brilhar e seu coração se contorce dentro do peito, cada grito que os soldados dão com cada inimigo caído no chão,mostra o quanto eles são amados.

Itachi coloca a mão sobre o ombro de Sasuke e fala baixo apenas para ele ouvir.

- Eles precisam de você, esperaram por você muito tempo!

Ao ouvir as palavras de Itachi o coração de Sasuke dá um salto, mas ao olhar a cena da luta que se desenvolve a sua frente, sua mente lhe diz o contrario.

Eles não precisam de mim!

Sakura usa toda sua habilidade no Taijutsu lutando contra as criaturas, ela desfere um soco no inimigo com o Punho Adamantino, mandando-o para longe. Depois a rosada corre até o adversário e novamente entrega um soco, dessa vez mandando-o para cima. Por fim, vindo de cima, Sakura usa uma versão mais forte do Impacto da Flor de Cerejeira, destruindo o oponente e tudo ao seu redor.

No lado de dentro do campo de força todo gritam eufóricos ao vê-la destruir uma enorme das criaturas, até mesmo Suigetsu grita fazendo Karin lhe dar um soco nas costelas.

- Bruxa!- Ele retruca com ela.

Naruto se posiciona do lado esquerdo e Kakashi do lado direito, a rosada fica no centro.

- Agora, vamos triangular! – O mais velho fala, fazendo os dois mais novos se posicionarem.

Naruto junta às mãos, criando uma rajada de vento única que gera um tufão, enquanto Sakura invoca uma imensa quantidade de água, que toma a forma de um vórtex. Com o controle de chakra perfeito a rosada começa a fundir os dois jutsus dela e de Naruto criando assim um tufão de proporções gigantescas e com uma força de destruição maciça, como se ele precisasse ficar mais forte ainda Kakashi invoca o Raiton, uma esfera de raio se une ao tufão e os três ninjas jogam o poderoso Jutsus contra a barreira formada pelas criaturas que protegem o 10 Caldas, o estrondo do choque do Jutsus contra o corpo das criaturas é enorme e muitos são destruídos instantaneamente.

- Agora Sakura! – Kakashi fala enquanto ele e Naruto recuam para perto da barreira.

Em movimentos rápidos ela atinge o chão mais a frente e tudo vai pelosares, inclusive os inimigos que haviam restado como uma onde de choque criada por ela tudo á frente destruído.

- Que força monstruosa! – O primeiro Hokage comenta rindo, enquanto Kakashi e Naruto apenas observam a força destruidora Sakura.

- Tenho que me lembrar de nunca mais irritar ela, senão ela pode me matar!  Naruto comenta com Kakashi enquanto eles aguardam Sakura retornar para o lado deles.

- Agora! – Kakashi grita e os dois mordem o dedo se abaixando e invocando seus animais.

- Como ela vai lutar se Katsuyu está curando os feridos! – Orochimaru pergunta em voz alta.

- Kuchiyose! – Os dois jovens invocam e para surpresa de todos até mesmo de Sizune, Sakura aparece em cima de um enorme Tigre Branco com armadura.

- Byakko! – O segundo Hokage não acredita no que vê.

- Quem esse animal? Nunca ouvi falar dele! – Sasuke está com os olhos brilhando diante da visão que têm Sakura em cima da cabeça do enorme animal imponente que ruge para o inimigo fazendo a terra tremer.

 - Byakko é um dos quatros animais sagrados, ele é governante da parte ocidental do quadrante do mundo, e é representado por um tigre. Governa os signos do Macaco, do Galo e do Cão. Seu elemento é o Gelo, sua estação é o outono e sua virtude é a retidão. O tigre é considerado o rei de todos os animais e o senhor das montanhas na China. O tigre macho era considerado, entre outras coisas, o deus da guerra, e nessa qualidade não só ajudava os exércitos dos imperadores, mas lutava contra os demônios que ameaçavam os mortos em seus túmulos. Os tigres brancos eram versões míticas de tigres, que se dizia só aparecem quando o mundo está em paz ou quando um imperador virtuoso governa. A sua cor branca é, possivelmente, originada de um mito, que afirma que um pedaço de Gelo deixado na sepultura de um rei supostamente se transformou em um tigre branco para protegê-lo de ser profanado. Nunca ninguém conseguiu o fazer aceitar como mestre, isso é incrível! – Itachi fala sorrindo, orgulhoso de Sakura.

Enquanto todos estão eufóricos eles partem para o ataque, usando seus poderes e de seus animais conseguem chegar até bijuu de 10 caldas, onde com ataques combinados entre Sakura, Kakashi e Naruto conseguem libertar Óbito para surpresa de todos. Os três ninjas lutam lado a lado giros e golpes combinados com tanta perfeição que deixam todos admirados. Sakura enfrenta os inimigos saltando sobre Byakko e Gamabunta desferindo golpes e destruindo os inimigos.

- Nunca vi uma equipe assim, eles são muito unidos, sabem exatamente quais movimentos os outros usaram e combinam seus movimentos com isso, é a coisa mais incrível que eu já vi. - Hashirama fala empolgado, Tsunade e os kages chegam ao campo de batalha a tempo de presenciar a incrível luta.

- A Flor da Folha está dançando em campo de batalha! -Tobirama comenta para que todos escutem enquanto seus olhos não desviam da silhueta de certa rosada que está lutando ao lado de Kakashi, Sensei e aluna estão de costas um para outro e com movimentos combinados eles acabam com os poucos inimigos que restam. Kakashi está com Sharingan ativado para acompanhar os movimentos de Sakura o que torna o equilíbrio entre seus golpes perfeitos.

- Ela é acostumada com o Sharingan, luta ao lado de Kakashi a vida toda, por isso os movimentos são precisos, eles se conhecem muito bem assim como Naruto também. – Tsunade comenta orgulhosa de Sakura.

- Eles são uma grande equipe Tsunade! – Minato completa.

- Eles são uma família Minato, seu filho encontrou uma família que o ama e acredita nele. - A loira fala com a voz cheia de emoção.

Sasuke respira pesado diante dos comentários e de tudo que está assistindo sua cabeça gira e as lembranças de uma época que ele chegou a considerar o time Sete uma família lhe invade a mente.Os ataques cessam e eles voltam trazendo o antigo membro do time de Kakashi junto, eles são recebidos com gritos e muitas palmas, todos estão eufóricos com a vitória da batalha.

Óbito está sobre os cuidados de Tsunade que recém tinha chegado com os outros Kages e Sakura e correu para prestar socorro aos mais feridos, enquanto Kakashi, Yamato e Gaara planejavam o que seria feito, os ataques de Madara haviam dando uma trégua, então alguns estavam de vigia enquanto outros descansavam.

Sasuke, Itachi e os membros da Taka estavam mais afastados apenas observando tudo, o Uchiha mais novo acompanhava com o olhar os passos de Naruto, ele estava entre os ninjas da Folha brincando mesmo num momento sério como aquele, uma grande fogueira estava acessa e algo estava sendo preparado para comer, havia muitas conversas paralelas.

- Sasuke, você e sua equipe podem ficar com aquelas barracas, devem estar cansados. – Yamato aponta para quatro pequenas barracas no lado esquerdo.

- Se quiserem comer, estamos preparando o que pudemos achar, fiquem a vontade! – O moreno apenas concorda com tudo que Yamato fala.

- Eu estou com fome! – A ruiva olha para o moreno em busca de alguma palavra, mas ele não fala nada.

- Vocês podem ir comer, ouviram Yamato! – Itachi fala encarando eles que se encolhem diante do olhar frio, eles sabem que Itachi não suporta eles.

- Yamato como está Sakura e Naruto? Eles me pareciam muito cansados. - Itachi se apressa em perguntar antes que o capital se afaste.

O integrante do time de Kakashi analisa a situação, ali está o time Taka todo, Orochimaru que mal se pronuncio desde que chegou, apenas observa tudo com seus olhos âmbar e Itachi, o Uchiha que passou de vilão para um herói como ele nunca tinha ouvido falar, nunca pensara que alguém fosse capaz de fazer um sacrifício desse tamanho pela Vila. 

A história de Itachi não é mais segredo para Yamato, ele sabe do carinho e da preocupação que o Uchiha mais velho tem com Naruto e Sakura, mas dar informações deles na frente do restante não é algo prudente.

- Eles estão bem Itachi, eles estão vindo de várias lutas sem parar, mas estão bem, são muito fortes. Naruto tem o Chakra da Raposa e Sakura controla muito bem seu Chakra, às vezes acho que ela tem tanto Chakra quanto um Bijus.

- Ela conseguiu se tornar mestre de Byakko, a última vez que nos falamos ela estava partindo para treinar.

- Sakura treinou muito, suas habilidades vão muito além do que vimos em campo de batalha hoje, não vimos nem a metade do que ela é capaz ainda.

- Eu acredito nisso!

- Vá até lá, Sakura irá gostar de conversar com você Itachi.

- Eu irei, mas antes vou conversar com Sasuke.

O capitão se despede e segue em direção aos times da Folha que estão reunidos.

- Quero saber de tudo! – Sasuke olha para Itachi.

- Vamos conversar em particular.

Eles caminham em direção a um rio perto de algumas arvores que há ali e sentam-se em duas pedras. Sobre a lua que abrilhantava o céu naquela noite sangrenta os irmãos enfim vão conversar.

- Desembucha!

- Calma meu irmão, não precisa ficar irritado e com ciúmes de mim.

- Tsc! – Sasuke trinca os dentes e Itachi sorri para ele.

- Tudo começou quando Sakura começou a revirar o passado dos Uchiha em busca de respostas que pudessem ajudar ela e Naruto a entender você, como discípula de Tsunade a Quinta Hokage ela teve acesso a tudo, a toda nossa história, a verdadeira história e acabou descobrindo tudo e muito mais. Ela pegou briga com o conselho, com Tsunade. Ela lutou contra todos eles por nós.

-Por quê?

-Porque ela queria que Danzo fosse castigado, condenado a morte por mandar assassinar um clã todo, queria que eu fosse reconhecido como um herói e queria que você soubesse de tudo antes que nos enfrentássemos.

Sasuke escuta Itachi falar de sua companheira de Time com certa devoção e admiração, isso lhe causa um desconforto, mas ao descobrir que ela se empenhou tanto para descobrir a verdade sobre ele e seu clã, para ajudar seu irmão e para salva-lo seu coração se aquece, se aquece como naqueles dias que ele vivia na aldeia ao lado dela e do Time Sete.

- Ela foi atrás de mim Sasuke, sozinha. Como eu a observava e há Naruto também o tempo todo para protegê-los de Madara, eu sabia que ela estava vindo atrás de mim, então fui ao seu encontro.

- O que aconteceu?

- Conversamos irmão, por longas horas, depois de escutar ela e ter a certeza que ela já sabia de tudo e que estava apenas confirmando comigo eu contei toda a verdade para Sakura, cheguei a mencionar sobre minha doença, que há anos eu lutava contra ela para poder chegar o dia que enfrentaria você. Sakura decidiu me ajudar, procurar uma cura junto a Tsunade, em troca me fez prometer que eu contaria a verdade a você e não deixaria que uma luta entre nós acontecesse. Depois de nossa conversa ela se encheu de esperança, seus olhos verdes brilharam de felicidade. Antes de Sakura voltar a Folha eu perguntei por que ela estava tão feliz.

- O que ela disse?

- Disse que estava feliz porque você me teria de volta, teria parte da família de volta, que ela sabia que eu significava muito para você, que você sentiria orgulho de mim, que poderia ser feliz novamente.

- Nii-San porque não fez o que ela pediu?

Eles se olham e Sasuke está com um brilho diferente no olhar.

- Hoje eu acredito que ela estava certa Sasuke, mas na época voltar atrás no que eu havia planejado há anos não me parecia nada bom, eu tinha planejado tudo irmão. – Itachi volta ao olhar o rio que as águas correm calmamente.

- Eu imaginei que você me mataria, e durante a luta eu forçaria você ao ponto de livra-lo de tudo que Orochimaru havia colocado em você, do selo e então voltaria para Vila da Folha como um herói. Voltaria para Time Sete, e com tempo pediria Sakura em namoro e formaria uma família, seria feliz novamente.

O Uchiha mais novo arregala os olhos diante das palavras do irmão.

- Como pode planejar isso? Como pode achar que eu serei feliz novamente?

- Você pode ser feliz Sasuke, você pode ter uma família ainda.

- Nunca! Isso não é para mim!

- Você a ama, sempre amou. Eu sempre observei você irmão, muitas vezes eu vi vocês dois juntos e eu sei como um Uchiha age com a pessoa amada.

- Eu não a amo e mesmo que amasse isso já ficou no passado, essa idéia de família não existe para mim.

- Então vai abrir mão dela para outro?

- Eu não me importo com ela, com ninguém!

- Não é isso que estou vendo em seus olhos Sasuke!

O mais novo se levanta e sai apressado indo até a barraca destinada a ele, Itachi volta calmamente para o acampamento seguindo até onde os Kages reencarnados estão com Kakashi, Tsunade e os Hokage.

Sakura está com Òbito que já está consciente e bem melhor, Itachi chega e começa a conversa com eles. Naruto se intromete na conversa e Itachi e Sakura apenas se olham, antes da Kunoichi sair para descansar Itachi troca duas palavras com ela.

- Ele está muito confuso ainda, precisa de ajuda Sakura!

- Acho que quem deve fazer isso é Naruto e Kakashi, eu não sou a pessoa mais indicada a tentar ajudar ele Itachi, ele me odeia.

- Ele te ama do jeito dele!

 Ela sorri de forma triste.

- Só você para acreditar nisso Itachi!

- Me perdoe por ter traído sua confiança, deu tudo errado. Eu nunca imaginei que ele se juntara a Madara para destruir a vila, nunca cogitei isso. Em minha mente ele voltaria a vila e vocês se acertariam, você é a única capaz de curar as feridas abertas no peito e na alma dele Sakura.

- Há verdade é que ninguém o conhece Itachi, nem mesmo você. Eu nem sei o que ele faz aqui, diz que é por você, será mesmo que é por você? Ou por ele? Não quero sofrer mais que já sofri por ele Itachi.

- Não desista Sakura, ainda não!

- Ele tentou me matar Itachi!

Ela sai deixando Óbito e Naruto sem saber o que dizer.

- Eu preciso fazer algo Itachi, eu devo isso a você.

- Do que está falando Óbito?

- De todos nós você foi o que mais sofreu e o que carregou o fardo mais pesado, sempre pensando no bem estar dos outros, o que mais se sacrificou e tudo que você desejou e deseja não era para si, mas para seu irmão e a Vila. Vai exigir um grande sacrifício meu, mas eu vou fazer, só me dê algumas horas.

Itachi não entende o que o amigo quer dizer, mas fica conversando com Naruto até a chegada de Sasuke e o time Taka para o jantar. O loiro senta-se ao lado de Sasuke, eles não trocam nenhuma palavra apenas se olham. Orochimaru chega em seguida, a comida é servida todos estão jantando em silêncio.

- O turno de vigia vai ser trocado agora! – Kakashi anuncia e alguns ninjas se levantam entre eles Sakura surge seguindo para o lado oeste, Sasuke a acompanha com olhar até ela sumir na multidão de soldados, ele baixa a cabeça.

- Ela só está cansada, ela é muito forte, consegue dar uma surra em nós dois hoje se quiser!

Ele ergue a cabeça e encara Naruto que lhe dá um sorriso sincero e continua.

- Ela foi atrás de você porque te amava demais e não queria ver você descer mais, chegar mais no fundo do que já estava, mas não conseguiu nem sequer te machucar porque isso seria o mesmo que ela arrancar o próprio coração do peito. Ela nunca quis cortar os laços com você, nunca desistiu de você, apenas agiu na hora do desespero, ela achou que se você tivesse que morrer que fosse pelas mãos de alguém que te ama mais que a própria vida.

Sasuke sente a garganta ficar seca, não há o que falar diante da descoberta, para ele,Sakura foi para matá-lo, para cortar o laço que tinham e isso o feriu demais, ele já estava perturbado, mergulhado na dor profunda de descobrir que seu irmão era inocente e havia sido uma vítima de Danzo e ela aparece para matá-lo, ele apenas revidou mesmo que nunca tivesse desejado aquilo e se tivesse conseguido com certeza teria enlouquecido de vez.

- Ela se esforçou muito Sasuke para se tornar forte e te trazer de volta, ela se dedicou e treinou dia a após dia para ser digna de você, para que você a reconhecesse, ela superou Tsunade e continuo treinando, se aperfeiçoando por você, para você.

Eles ficam se olhando e antes que ele possa falar algo um vento sopra e uma energia estranha aparece diante deles formando um redemoinho temporal. Diante de todos ali Óbito surge e no colo dele uma menina de cabelos negros, olhos ônix se encontra.

Todos se levantam e Óbito fica em pé diante deles colocando no chão a pequena jovem que ele trouxe com ele. Ela olha para o homem que a trouxe e depois para as pessoas a sua á sua frente. Itachi, Sasuke, Naruto, Orochimaru, Karin, Suigetsu e Juugo estão sem entender nada.

- Itachi eu devia isso a você, meu amigo! – Óbito fala calmamente.

- Ei Sasuke, ela é a sua cara! – Suigetsu grita apontando para a menina que sorri.

- Oji! – A menina fala olhando para Itachi e sorrindo com lágrimas nos olhos.
- Oji? Quem essa menina? – A ruiva olha para a pequena e depois para Itachi que está abalado diante do que vê, só não mais que Sasuke e Naruto que se engasgaram com a comida.
- Perdão eu não apresentei a jovem como se deveria, mas acredito que ela fará isso melhor que eu! – Óbito sorri e toca no ombro da pequena.
- Diga a eles quem você é!
Ela ergue a cabeça e com muito calma e orgulho olhando para Itachi fala.
- Eu me chamo Uchiha Sarada.  – Ela sorri para Itachi e volta sua atenção para Sasuke, ônix versus ônix, instintivamente ela leva a mão ao peito onde há uma corrente e um pingente contendo uma foto de sua família. Itachi se aproxima emocionado, se abaixa junto dela fazendo a pequena Uchiha voltar sua atenção para ele novamente.
- De onde você a trouxe Óbito? – Itachi pergunta sem desviar o olhar da menina.
- Do futuro Itachi, você merece vê-la, não pude trazer os outros dois são muito pequenos, não iam entender.
- Me fale onde você mora?
- Eu moro na Aldeia da Folha com meus pais e meus irmãos! – Itachi sorri encantando.
- Tem irmãos?
- Tenho dois irmãos, eles são gêmeos e um se parece muito com você Oji, o outro é uma copia do papai. – Ao pronunciar a última palavra ela olha para Sasuke que está se sentando na pedra que servia de banco, Naruto e outras pessoas de boca aberta e olhos arregalados.
- Como eles se chamam? Quantos anos eles tem?
- Itachi é o mais velho e Daisuke nasceu 20 minutos depois, eles tem sete anos Oji, papai quer que mamãe engravide novamente, estamos torcendo pra isso. Papai quer uma grande família.
Itachi sorri emocionado passando os dedos delicadamente nos traços do rosto de Sarada.
- Você é igual seu pai! – Itachi fala voltando seu olhar para Sasuke que está pálido olhando para figura a frente lhe chamando de pai, sem acreditar no que está acontecendo.
- Todos dizem que eu sou uma versão feminina dele, mas meus irmãos também são muitos parecidos, Daisuke é uma copia perfeita do papai, mas Itachi é parecido com você.
- Obrigada Óbito, você não tem noção do que me proporcionou, não há palavras para explicar o que ver Sarada significa para mim.
- Você merece saber que o clã Uchiha continuara e que seu irmão será feliz, terá uma família.
- Você é igual fisicamente com seu pai, mas será que é forte como ele?
 Orochimaru passa a língua em seus lábios nojentos e seus olhos brilham diante da pequena Uchiha, num movimento rápido Sasuke se levanta sentindo o perigo e se coloca em frente à Sarada, deixando todos admirados.
- Tire seus olhos dela se não quer que eu acabe com você agora mesmo!
- Sasuke-Kun quem diria que seus instintos paternos se mostrariam com tanta facilidade, essa criança mal acabou de chegar e já está mexendo com você.
- Cala a boca Orochimaru! – Dessa vez é Itachi que fica ao lado de Sasuke para proteger Sarada.
- Itachi eu preciso levar ela daqui a pouco! – Óbito parece cansado e Karin aproveita a deixa para fazer a pergunta que não quer calar, ela está eufórica olhando para a menina.
- Quem é sua mãe menina? – os olhos da ruiva brilham diante da possibilidade dela ser a mãe.
- Você que não é Karin, senão ela já tinha de chamado de mãe! – O albino ri da ruiva que se mostra esperançosa.
- Cala boca idiota!
Todos se voltam para Sarada esperando a resposta dela, ela encara Sasuke com os olhos negros brilhando.
- Minha mãe é a única mulher que meu pai amou, não há outra pessoa para ele, nunca ouve. Como você mesmo diz mamãe foi à única que preencheu sua existência solitária com o amor.
A terra treme e todos se voltam para o lado esquerdo do campo de batalha vendo o imponente tigre branco caminhando vigiando a barreira e Sakura sobre a cabeça dele, Sarada dá alguns passos em direção a rosada e seus olhos brilham.
- Acho que isso responde sua pergunta Karin! - O homem de cabelos longos fala debochando percebendo o quanto Sarada está admirada ao ver Sakura.
- Mamãe! – Ela fala emocionada, Sasuke sente o chão sumir embaixo de seus pés, Itachi o segura colocando suas mãos em seus ombros largos.
- Calma meu irmão, eu sabia que encontraria a felicidade, precisa proteger ela de Orochimaru enquanto ela estiver aqui, os olhos dele estão sobre ela.
- Não pode ser!
- Você é filha da Sakura e do Teme, eu não acredito! – Naruto se aproxima da menina que sorri ao ver aqueles olhos azuis como de Boruto que ela tanto ama.
- Nanadaime!
O loiro leva um choque ao ouvir as palavras de Sarada.
- Como me chamou?
- Nanadaime, você é o Sétimo Hokage!
A emoção toma conta de Naruto que não sabe o que dizer, Sasuke observa ela conversar com Naruto.
- Você é meu tio, pai de Boruto e Himawari.
- Parece que você também encontrou alguém para te aturar Naruto! – Itachi fala encantando com Sarada.
- Achei! – Ele fala sem acreditar que possui uma família.
- Você é casada com tia Hinata, ela está grávida novamente de um menino.
- Hinata! – Ele cai sentado para trás, Sarada dá uma risada gostosa.
- Mamãe sempre conta como você nunca percebeu que a tia Hinata sempre te amou desde que vocês eram pequenos, ela diz que você sempre quis o que papai tinha que achava que amava a mamãe porque ela amava meu pai, e você queria ser amado assim por outra pessoa, mas tia Hinata sempre foi apaixonada por você como minha mãe sempre foi apaixonada por meu pai.
- Sarada você está revelando muitas coisas! – Óbito fala sorrindo. – Você vai deixar elas loucos com tantas informações, ela está eufórica por voltar alguns anos e está decidida a ajudar seus pais, ela sabe a historia toda e sabe como sofreram por estarem separados, como seu pai demorou para admitir seus sentimentos.
- Quero ver minha mãe!
- Eu levo você até ela Sarada! – Naruto se levanta e estende a mão para a pequena Uchiha.
- É perigoso fora da barreira, ela não vai. – Sasuke se aproxima da filha meio sem jeito.
- Eu vou proteger ela Sasuke, ela quer ver a mãe.
- Ela vera Sakura quando ela voltar da ronda, a segurança dela é prioridade.
- Não adiante discutir, eu o conheço Nanadaime, papai não costuma mudar de idéia fácil, só a mamãe pra fazer ele voltar atrás. – Sarada fala naturalmente fazendo Sasuke se sentir constrangido ao imaginar Sakura como sua esposa.
- Você vem comigo! – Sasuke coloca a mão no ombro dela e a puxa em direção a sua barraca.
- Aonde vamos?
- Você ficara em minha tenda até Óbito levar você de volta, é perigoso para você aqui.
Sasuke se afasta com a filha e Naruto corre ao encontro de Sakura para contar a ela que há alguém esperando por ela no acampamento. Itachi volta-se para Óbito.
- Precisamos conversar.
- O que deseja saber?
- Você a trouxe, chegou a pensar como isso vai afetar o futuro de Sasuke e Sakura e de todos aqui.
- Não se preocupe, assim que eu á levar vocês esqueceram-se dela, quer dizer os vivos esqueceram-se dela. – Itachi suspira.
- O que está pensando Itachi?
- Como eu queria que as coisas fossem diferentes, agora mais que nunca!
- Ela é linda Itachi, e os pequenos são incríveis.
- Onde eles moram?
- Na Vila, na mansão Uchiha!
- Tem certeza disso?
- Tenho amigo, quando você revelou a verdade para Sasuke o futuro se modificou e Sasuke adquiriu uma família feliz.
- Então Sakura sempre esteve certa. Eu deveria ter ido atrás dele e falado a verdade.
- Se tivesse feito isso, estaria com eles agora. Eu lamento Itachi!
- Quando vai levá-la?
- Assim que me recuperar um pouco, eu acho que vou precisar da ajuda da Sakura.
- Entendo! Vai descansar Óbito eu vou ficar de olho em Orochimaru e o time Taka, eles não chegaram perto de Sarada.
- Eu confio em você Itachi, nada pode acontecer a ela.
- Eu sei!
Enquanto isso Sasuke anda de um lado para outro em sua barraca, Sarada está sentada sobre o Futon improvisado.
- Você precisa respirar papai, senão mamãe vai ter que cuidar de você.
Ele para na mesma hora de andar e encara a criança sentada em sua cama.
- Como posso ter certeza que o que você fala é verdade? Que é minha filha?
- Basta olhar pra mim, para saber que eu sou sua filha! – Ela ergue a sobrancelha diante da pergunta ridícula dele, Sasuke passa a mão no rosto tentando entender a situação, sua cabeça está mais confusa ainda.
- Olha papai, sei que estamos na grande guerra ninja e que você e a mamãe não se entenderam, vocês vão meio que se acertar no final da guerra, mas você vai embora da Vila mais uma vez.
- Se vamos nos acertar porque eu vou embora?
- Porque tem medo dos seus sentimentos. Tem medo de se entregar ao amor que sente por ela e quando estiver feliz alguém pode tirar ela de você, você vai fazer uma viagem de redenção por três anos e no final vai estar com medo de voltar e encontrar ela com outro, por que se você a perder vai voltar aquele mundo de solidão e escuridão que viveu enquanto esteve longe dela.
- E o que eu vou encontrar quando voltar?
- Vai encontrar ela te esperando fielmente e então você vai abrir seu coração para ela e assim nossa família começa. – Sarada pega o colar na mão e ele nota que ela sempre aperta o pingente.
- O que significa esse coração para você toda hora levar a mão nele?
Ela sorri para o pai e retira o cordão do pescoço estendendo ele para Sasuke.
- Abra papai!
O moreno pega o objeto com cautela e desconfiado abre o pingente em forma de coração, uma música começa a tocar quando o dispositivo é aberto e a foto ao fundo faz o Uchiha sentir suas pernas fraquejarem. A imagem de uma família completa e feliz é o que ele consegue ver. Sakura está ao seu lado na foto com Sarada na frente deles sorrindo, no colo do casal dois meninos pequenos de aproximadamente três anos de idade sorrindo.
O que está no colo de Sasuke é muito parecido com Itachi, possui até as olheiras que Itachi tem e os cabelos são longos como os dele isso faz um arrepio percorrer a coluna de Sasuke, o outro está no colo de Sakura grudado nela, ele realmente é uma copia de Sasuke em todos os detalhes, os cabelos arrepiados, o formato do rosto, os olhos, a cor da pele. Sasuke sem perceber acaricia a foto com dos dedos e Sarada sorri.
- É nossa Kazoku! Só falta tio Itachi para sermos completos, mas isso não é mais possível.
Sasuke percebe que Sarada ama Itachi, ele viu isso enquanto ela falava com ele.
- Nós falamos muito dele em casa?
- Sempre!
Sasuke suspira.
- Sua mãe está grávida?
- Você quer mais filhos, queria ter cinco filhos, mas mamãe diz que os gêmeos dão muito trabalho e se vier mais gêmeo. – Ela dá uma gargalhada.
- Isso é bem possível!
- È sim papai, mas mesmo com a vida corrida que á mamãe têm, ela também quer mais filhos, vocês estão tentando.
Sasuke cora, como uma menina pode saber dessas coisas.
- Como sabe disso?
- Ora papai eu não sou mais criança, tenho 12 anos. Mamãe falou que em breve teremos mais Uchiha.
- Que musica é esse que está tocando nesse pingente.
- Você comprou para mamãe quando voltou depois de três anos e disse a ela que essa musica lembrava seus sentimentos por ela, foi a musica que dançaram no casamento de vocês.
- Então esse cordão é da sua mãe?
- Vocês me deram quando sai na primeira missão com meu time, eu estava tão insegura. Mamãe tinha mandado colocar uma foto da nossa família e me disse que se eu mantivesse ele perto do meu coração nunca me sentiria sozinha, vocês sempre estariam comigo.
Sasuke ia perguntar mais, mas a barriga de Sarada ronca na hora e ela cora de vergonha.
- Está com fome?
- Estou papai!
- Fique aqui, vou ver algo para você comer. – Ele se vira para sair da barraca, mas lembra-se que não sabe nada sobre crianças.
- O que você gosta?
- De tudo que você gosta papai, temos os mesmo gostos. – Sarada vê um leve sorriso surgir nos lábios de Sasuke ele começa a sair da tenda quando a escuta e para.
- Queria ficar com Oji, eu vim para conhecer ele. Me deixa com ele enquanto você busca algo para eu comer.
Sasuke sente seu coração se apertar, sua filha ama seu irmão como ele.
- Claro!
Ela se levanta e vai até o moreno pegando na mão dele, Sasuke a olha espantado e ela age normal.
- Que foi papai?
- Nada Sarada!
Eles saem da barraca e avistam Itachi sentado observando a barraca, sarada se solta de Sasuke e corre até Itachi se jogando nos braços do tio, Sasuke observa a cena encantado e vários sentimentos que ele nunca pensou que pudesse sentir invadem seu peito. Felicidade, alegria, euforia e o sentimento de estar completo ao ver a filha e o irmão juntos.
- Sasuke! – Kakashi chama o moreno que volta sua atenção para seu ex-sensei.
- Kakashi!
- Nós precisamos conversar, eu já sei o que Óbito fez.
- Preciso ver algo para Sarada comer primeiro, depois eu lhe procuro para conversar.
Kakashi veja seu ex-aluno sair e fica parado tentando entender a atitude de Sasuke, ele olha para Itachi com a menina no colo e vai até eles, Sarada está abraçada ao tio quando Itachi sussurra que alguém quer conhecê-la.
- Ojīchan!
Kakashi para no mesmo instante a metros dele e escuta Itachi gargalhar, ele pisca varias vezes e meio sem graça coça a nuca.
- Ojīchan?
- Sim para mim e meus irmão você é como nosso avô! Para os filhos de tio Naruto também, somos uma grande família feliz.
Kakashi sente seus olhos se marejarem, ele também sofreu muito e o Time Sete foi sua tabua de salvação e agora ver Sarada ali dizendo que eles são uma grande família feliz o emociona muito.
- Sarada! – È o que ele consegue dizer.
- Ela é incrível Kakashi! – Itachi fala orgulhoso, mas seus olhos não perdem nada ele percebe o ódio de Karin, e o olhar ambicioso de Orochimaru sobre ela.
- Eu acredito, sendo filha de quem é deve ser a ninja mais forte da aldeia.
Sarada ri e corre até Kakashi abraçando ele sem pressa, o homem de cabelos brancos meio sem jeito corresponde ao abraço.
Sarada se afasta do abraço de Kakashi ao sentir o Chakra doce e forte de sua mãe se aproximar, a barreira é aberta e por ela Sakura passa com seu tigre, Naruto está ao lado dela. Sakura salta chegando ao chão rápido e seguindo até onde Tsunade se encontra, a pequena Uchiha acompanha a mãe com o olhar de admiração e vê o Byakko se aproximar do acampamento ela vai até ele deixando Itachi e Kakashi em alerta, Byakko é um guerreiro fiel a Sakura, mas são poucas pessoas fora ela que ele aceita ficar perto dele.
A filha de Sakura corre e salta sobre uma pedra, um elevado de terra, ficando de frente para o grande tigre.
- Byakko! – Ela balança os braços, Itachi, Kakashi e Sasuke que já estava voltando com a comida dela correm até lá para socorrer ela caso o animal tente atacá-la.
O imponente Tigre olha para aquela criatura a sua frente balançando as mãos e dá alguns passos.
- Quem você pensa que é criança para dirigir a palavra a mim? – A voz dele sai grossa e grave, ele está irritado e Sarada se retrai, ela sabe como ele não possui paciência e é bravo. Mas quando ele se aproxima dela sente um cheiro familiar, que o faz recuar e observar mais de perto aquela menina.
- Byakko pare! – Kakashi grita as pressas, mas antes que qualquer um possa fazer algo a Kunoichi aparece diante da menina e as esmeraldas encontra os olhos negros da filha. Sem saber quem ela é a rosada sente seu coração se aquecer.
- O que faz em um campo de batalha criança, aqui é muito perigoso para você.
- Estava esperando minha mãe!
Todos param a metros delas observando a cena, o encontro de mãe e filha.
- E onde está sua mãe?
- Sakura essa menina...
- Não seja ranzinza Byakko, é apenas uma criança que deve ter se encantando com você, um tigre enorme vestido com uma armadura, não se vê isso todo dia. – Ela se vira para sarada e fala baixinho como se tivesse contando um segredo para ela. - Não liga para ele, ele não é mal, não lhe machucaria.
Sarada sorri diante das palavras doces de sua mãe.
- È claro que eu não machucaria Sakura, essa menina tem seu cheiro nela.
Sakura olha para Byakko e depois para Sarada, todos se aproximam e ela encontra o olhar de Sasuke.
- O que quer dizer Byakko?
- Que ela é sua cria Sakura, sua cria com o Uchiha. Ela possui o cheiro de vocês dois.
Sakura fica pálida e sem entender nada, mas as palavras de Naruto lhe vêem a mente.
- Óbito trouxe alguém do futuro, alguém muito especial que está esperando por você!
Ela olha para Sarada e depois para Sasuke que fica ao lado da filha, eles são muito parecidos.
- Onde está sua mãe querida? – Sakura pergunta.
- Minha mãe está na minha frente, ela se chama Uchiha Sakura!
Toda atenção se volta para Sakura que não sabe como reagir diante da revelação, suas esmeraldas ficam molhadas pela emoção, não somente por conhecer sua filha, mas por descobrir que a terá com seu grande amor, o que isso deve significar?
- Ela precisa comer Sakura, estava com fome! – Sasuke tenta acalmar a rosada tirando ela dos pensamentos intensos que ele veja que ela está perdida. Ele estende o prato com comida para que ela dê a filha.
- Claro!
Sarada se aproxima e abraça a mãe pela cintura, a futura Uchiha olha para todos e vê Kakashi e Itachi sorrindo. Ela acaricia os cabelos negros e lisos da filha com uma mão enquanto pega o prato de comida da mão de Sasuke com a outra.
- São iguais os seus! – Ela comenta olhando para ele se referindo aos cabelos da pequena.
- Tsc!
Ele sai dali indo em direção a barraca sem olhar para trás.
- Ele precisa de tempo mãe, mas vai ficar bem e está feliz pode ter certeza.
- Vamos querida eu vou alimentá-la.
Elas passam por Itachi e Kakashi que a seguem até a barraca de Sakura, onde as duas entram. Elas conversam por horas lá dentro e Itachi não arreda o pé do lado de fora. Kakashi foi a tenda de Sasuke para discutir certas coisas com ele e ao sair ele fala algo que o está preocupando.
- Agora que Sakura está forte, ela vai poder ajudar Óbito a levar sua filha de volta ao tempo dela.
- Porque a pressa, ela parece estar feliz aqui com Itachi.
- Óbito disse que o tempo passa diferente nos dois universos, enquanto aqui se passa um dia lá se passa um minuto, mas a qualquer hora eles vão sentir falta dela e que você vai procurar por Sarada em todas as dimensões.
- O que tem isso?
- Óbito tem medo que algo de errado se você de agora e seu futuro se encontrar na mesma época, algo pode acontecer, algo ruim. Temos que evitar isso.
- Entendo!
- Fale com Sakura, fique com sua filha até o amanhecer e antes que os ataques de Madara comecem novamente, precisamos mandar ela de volta para o futuro.
- Onde elas estão?
- Na barraca de Sakura.
O moreno meio relutante se encaminha para lá e se depara com Itachi parado como uma estatua em frente á barraca, Sasuke suspira.
- Baixe á guarda irmão. - Itachi fala preocupado com a reação de Sasuke ao conversar com Sakura. Todos no acampamento estão agitados, a história já correu o acampamento todo e Ino está louca para ver a menina e conversar com Sakura, mas Kakashi está amenizando á situação, eles possuem uma guerra para vencer e Sarada está sendo uma distração.
 
Enquanto isso Sasuke entra na tenda de Sakura e encontra a filha deitada e coberta com uma manta lilás e Sakura deitada de lado acariciando os cabelos da pequena. A cena faz ele dar um passo para trás, ele precisa se manter firme diante do que está acontecendo, mesmo que seu coração diga para ele se entregar.
- Posso entrar?
- Sasuke-kun!
Ele sorri de canto ao escutar ela o chamar assim, há quantos anos ele não a escuta o chamar assim com tanta ternura. Sasuke se aproxima e senta-se ao lado de Sarada.
- Ela comeu?
- Comeu estava com muita fome e cansada, essa viagem no tempo a esgotou e a emoção de ver Itachi também abalou muito ela.
- Ela o ama muito!
- Sim Sasuke, ela sentia muito a falta dele mesmo antes de conhece-lo, acho que será mais difícil para ela agora. – Sakura pega o pingente na mão e abre o moreno a observe atentamente.
- Ela te mostrou também?
- Sim, nossos filhos são lindos Sasuke, você irá me dar uma família linda, obrigada!
O moreno abaixa a cabeça e eles ficam em silêncio a musica se torna auditiva para ambos.


Soube Que Me Amava

 

Desde o principio quando com você sonhei,
Desde o momento em que os meus olhos levantei,
Desde esse dia em que sozinho eu estava,
Foi quando o teu olhar no meu se encontrou,

Soube que me amava,
Entendi,
Soube que buscava mais de mim
Que muito tempo me esperou, então cheguei

Soube que me amava
Entendi, eu já não podia resistir
E com um beijo e com amor
Te entreguei meu coração
Me apaixonei

E quando longe eu estava percebi
Que o teu carinho e o teu amor eram pra mim
Como um sussurro ouvir tua voz no meu silêncio
Me chamando cada dia mais pra ti,

Soube que me amava,
Entendi,
Soube que buscava,
Mais de mim,
Que muito tempo me esperou, então cheguei

Soube que me amava
Entendi, eu já não podia resistir
E com um beijo e com amor
Te entreguei meu coração
Me apaixonei...ieh...
ohh...

Soube que me amava,
Entendi,
Soube que buscava,
Mais, mais de mim,
Que muito tempo me esperou, então cheguei

Soube que me amava
Entendi, eu já não podia resistir
E com um beijo e com amor
Te entreguei meu coração


Me apaixonei,Me apaixonei
Estou aqui.


Sakura cora diante da musica, ela já havia escutado duas vezes depois que Sarada contou sobre o que se tratava aquele colar, aquela musica falava diretamente dos sentimentos de Sasuke para com ela, isso era algo ainda irreal para Sakura, saber que ele sempre a amou faz seu coração disparar ela quase parar de respirar. Para tentar amenizar o clima ela muda de assunto fechando o pingente.
- Ela é linda, inteligente.
- Ela é parecida como você, agitada como você!
- Você acha? Bem os três são fisicamente Uchiha perfeitos, não terão nenhum traço físico meu. – Sakura acaricia o rosto da filha.
- Pela foto eu percebi que terão seu sorriso.
Sarada se mexe e abre os olhos lentamente.
- Mamãe!
- Acordamos você querida, eu e Sasuke conversamos muito alto, nos desculpe.
Ela coça os olhos e se vira para o outro lado.
- Papai!
- Hun!
Sarada sorri.
- Você sempre responde assim quando não sabe o que dizer.
Sasuke olha para Sarada e pensa como ela o conhece mesmo.
- Vocês vão ficar mais de um mês fora daqui a alguns dias. – Ela se vira de barriga para cima ficando no meio dos pais.
- Vamos? – Sakura a questiona curiosa, louca para saber mais de como é a vida deles no futuro.
- Sim, vocês vão partir para uma cidade turística.
- Alguma missão? – Sakura procura saber mais.
- Não, vão comemorar 15 anos de casamento mamãe. Eu e meus irmãos vamos ficar com o vovô e a vovó.
Sasuke sente suas bochechas esquentarem diante do comentário que ainda não terminou.
- Papai disse que quer você só para ele por alguns dias e que vocês merecem uma segunda Lua de Mel, espero que meu irmão ou minha irmã venha junto quando vocês voltarem.
- Sarada! – Sakura a repreende na mesma hora, mas Sasuke nada fala.
- È melhor você dormir, amanhã quando o sol sair Óbito levara você embora para seu lugar. - Ele fala seco, tentando disfarçar o constrangimento.
Ela se levanta e dá um beijo rápido nele fazendo Sakura sorrir, depois beija Sakura e se deita fechando os olhos.
- Durma querida, estamos aqui!
Um silêncio toma conta do lugar, eles apenas admiram a beleza da filha enquanto um turbilhão de sentimentos passa por seus corações, mas nenhum ousa falar nada, até que Sakura se abre com Sasuke.
- Nós conversamos muito e ela contou muitas coisas Sasuke, e eu tive uma idéia louca.
- Que idéia?
- Óbito foi para o futuro para trazer ela para Itachi, e se ele viajasse para o passado antes de vocês lutarem e levar ela para Itachi ver, ele mudaria de opinião e então poderia te contar tudo e tudo mudaria.
 
O moreno absorve cada palavra de Sakura e então os olhares se encontram com tanta intensidade que ambos se arrepiam.
- Ele estaria com a gente no futuro! – Sasuke fala e ela cora diante das palavras dele, pois elas significam que ele deseja a família que Sarada falou que eles teriam.
- Sim!
- Acha que isso é possível?
- Não sei Sasuke, foi uma idéia. Eu não sabia que vocês Uchiha podiam viajar no tempo, achei que era apenas entre dimensões.
- Nem eu sabia disso, Óbito deve ter uma habilidade especial.
- Então vamos falar com ele, podemos salvar meu Oji! – A Uchiha mais nova senta-se no Futon fazendo os dois mais velhos olharem para ela.
- Sarada!
- Sarada!
Os dois falam ao mesmo tempo quando percebem que ela fingia que estava dormindo o tempo todo.
- Mamãe eu entendo agora quando você fala que papai deu muito trabalho para você!
- Tsc!
As duas gargalham e Sasuke estremece diante da sensação de felicidade que lhe invade.
- Vamos nos apressar!
Ele se levante e elas o seguem para fora da barraca, Itachi se levanta na mesma hora quando percebe o agitamento deles.
- O que aconteceu?
- Tivemos uma idéia Oji, alias mamãe teve uma idéia maravilhosa.
- Que idéia?
- Vamos perguntar se Óbito consegue voltar para o passado, assim como ele foi ao futuro! – Sakura fala quase sem fôlego.
- Porque?
- Pra salvar você Nii-San!
Itachi dá um passo à frente...
- Nossa prioridade é a guerra, vocês estão esquecendo que estamos em um campo de batalha, isso vai ter que esperar. – Kakashi se pronuncia saindo das sombras.
- Sensei você não entende. Se Óbito conseguir voltar no tempo, podemos salvar Itachi, podemos fazer ele mudar de idéia e contar a Sasuke toda a verdade e também informar ele o que está acontecendo, ele poderá tomar uma providência e podemos evitar essa guerra.
Kakashi para um instante para analisar o que Sakura está propondo.
- Isso é possível?- Kakashi olha para Itachi.
- Não sei dizer. Como pretendem me fazer mudar de idéia, não sera fácil.
- Óbito levara Sarada para você ver, eles devem encontrar você antes da nossa luta. – Sasuke fala com os olhos brilhando.
- Vocês dois sabem que isso mudara tudo? – Dessa vez é Óbito que se aproxima e pergunta.
- Do que está falando? – Sasuke questiona com os dentes cerrados.
- Isso alterara o futuro, eu não sei como vai atingir a família de vocês, entendem? Entendem que podem perder tudo que possuem no futuro? Estão dispostos a correr esse risco para salvar Itachi?- Sakura e Sasuke se olham intensamente diante de todos, e antes de se pronunciarem sentem Sarada pegar em suas mãos e unirem elas. Eles olham para ela.
- Eu conheço meus pais, conheço a historia deles, o sofrimento que passaram separados e principalmente eu convivo com eles e vejo e sinto o imenso amor que há entre eles. Não há nada que possa mudar esse sentimento Óbito, meus pais sempre vão esperar um pelo outro, sempre vão buscar um pelo outro porque são almas gêmeas, foram feitos um para outro. Então não tenham medo, nossa família existira e sera completa com Tio Itachi junto.
Sakura e Sasuke concordam com ela diante de todos.
- Não sei quantos anos posso voltar, nunca tentei!
- Itachi está morto a cerca de um ano! – Sasuke se pronuncia em sua voz a tristeza se faz presente.
-Precisamos calcular as datas, o local e torcer para dar certo. Itachi nós precisamos que nos diga onde te encontrar e como chegar a você, instrua Sarada o que ela precisa falar para te fazer mudar de ideia. - Óbito fala rápido, não pode perder tempo.
Todos ficam empolgados inclusive Kakashi.
- Sakura eu preciso que me ajude com seu Chakra, não consigo sozinho estou muito fraco!
- Estou pronta!
Eles partem para programar tudo, Sasuke está tenso diante da possibilidade de ter seu irmão ao seu lado, Itachi instrui Sarada e Óbito para onde podem o achar e em que data, Sakura se prepara para doar Chakra para o Uchiha.
Naquela madrugada Sakura libera o selo da força de uma centena colocando as mãos sobre o ombro de Óbito que está com Sarada no colo, seus olhos adquirem uma forma diferente e um vértice temporal se abre diante deles, Sakura se esforça para manter aberta a passagem, mas isso exige muito esforço, muito Chakra quando ela pensa que não vai conseguir sente as mãos de Sasuke sobre seu ombro esquerdo, lhe apoiando ela sorri com ato tímido dele. Em seguida outra mão no outro direito e no mesmo instante um poder gigantesco toma conta dela e de Óbito a passagem se alarga ela se vira e encontra Naruto ao seu lado dividindo seu poder com ela e Óbito. O Uchiha caminha para a passagem com a jovem no colo eles atravessam o portal e então tudo some o que resta é esperar e torcer para que tudo de certo como o programado.
 
UM ANO ATRÁS...​


Óbito e Sarada chegam ao local que Itachi falou, apenas precisam ter a certeza que chegaram à época certa, meses antes de Sasuke o achar. Eles seguem até algumas ruínas e antes de entrarem nelas são alvos de algumas emboscadas, o Uchiha consegue perceber e Sarada se defende sem precisar de sua ajuda.
Em uma sala escura encontram Itachi Uchiha a espera deles, eles caminham até ele pela escuridão apenas conseguindo escutar sua respiração e ver seus olhos vermelhos de longe.
- O que faz aqui Óbito nessa forma?
- Eu lhe trouxe um presente meu amigo, um presente do futuro!
- Futuro?
Sarada surge diante de Itachi que se levanta ao ver a menina.
- Oji! - o irmão de Sasuke desce os degraus que separam ele de Sarada sem tirar os olhos dela, analisando cada detalhe dela.
- Que brincadeira é essa Óbito?
- Não é brincadeira Itachi, essa criança é filha de Sasuke e ela veio falar com você.
- Sasuke é uma criança ainda, um menino não pode ter uma filha dessa idade. Essa criança tem 10 ou 12 anos.
- Sarada não é desse tempo. Ela vive a alguns anos a frente, mas Sakura e Sasuke me pediram para tentar voltar no tempo para trazer ela para você ver e tentar convencer você a mudar de idéia sobre Sasuke, seu plano não irá se realizar Itachi e as coisas vão ficar muito feias para ele, ele vai enlouquecer com sua morte e Madara se aproveitará disso para colocar ele contra a Vila.
Itachi fica paralisando diante da revelação de Óbito.
- Me deixe contar tudo Oji, me escute e depois decida! – Sarada pede a ele com os olhos marejados.
Ele concorda e os convida a entrarem em seus recintos por uma passagem secreta. Depois de escutar tudo que a pequena Uchiha tinha para lhe contar, o filho mais velho de Fugaku sente-se sem chão. Saber que Sasuke vai se juntar com Madara e matar Danzo por causa dele, que vai se tornar um procurado como ele só que por motivos errados, vai tentar matar Sakura, vai lutar com Naruto e perder um braço para enfim depois retomar o juízo, trás uma sensação de vazio e impotência para o homem de cabelos longos que leva a mão ao rosto.
- Eu imaginei tudo errado!
- Ele precisa de você vivo Itachi, você é tem que contar a verdade para ele antes da luta de vocês.
- Por favor, Oji, nós precisamos de você. Nossa família precisa de você!
- Vocês falaram da guerra, eu não imaginava que isso fosse acontecer. Achei que os Kages e Naruto poderiam deter ele antes com a ajuda de Sasuke e Sakura.
- Nada que você imaginou aconteceu meu amigo, o mundo ninja precisa de você, precisa de Itachi o herói da Folha.
- Não sou um herói Obito, sou uma pessoa que apenas percebeu que o bem estar das outras é mais importante que o meu próprio e tudo que eu mais desejava é que meu irmão encontrasse a luz ao lado de Sakura.
- Ele encontrou Oji, mas foi muito difícil e é até hoje sofre por sua causa, se você estiver com ele será mais fácil.
Itachi se levanta e respira fundo.
- Ele está chegando vocês precisam partir!
- Chegando?
- Sim, eu esperava por ele e não por vocês!
- Mas achei que havíamos chegado meses antes da luta!
- Não meu amigo, vocês chegaram horas antes.
Óbito então percebe que se não fosse Naruto ele nem havia conseguido chegar até ali e que seus poderes possuem limites quando se trata do passado, suas esperanças de voltar no tempo e salvar Rin caem por terra, ele consegue voltar apenas um ano para o passado e seguindo Kakashi, Rin está morta a cinco anos.
- Vamos Sarada precisamos nos apressar já fizemos tudo que podíamos, temos que confiar em Itachi agora!
A menina corre até o tio e se joga em seus braços sentindo o calor que vêem dele pela primeira vez.
- Por favor, pare opapai, nos precisamos de você. – Ela tira o cordão do pescoço e entrega a Itachi, ele abre o pingente e se emociona ao ver a foto.
- Eles se chamam Itachi e Daisuke!
- Obrigada Sarada!
Itachi devolve o cordão para a sobrinha e vê-os partir em seguida, a menina olha para trás suplicando que ele tome a decisão certa. O mais velho de Fugaku senta-se a espera do irmão mais novo e sua decisão já está tomada.
 
DIAS ATUAIS...

O dia começou a amanhecer e nada de ocorrer alguma mudança, Madara comandando um ataque agressivo, violento contra a barreira que quase não se matem em pé. Naruto e Sakura se preparam para lutar assim como os outros soldados sobre o comando de Kakashi. Sasuke invoca Aoda e se posiciona ao lado de Sakura e Naruto que estão com Gamabunta e Byakko.

- Sasuke- Kun! – Sakura suspira ao ver seu amado ao seu lado para lutar.

- O Time Sete está de volta! – Naruto grita!

- Tsc! Vamos acabar com isso de uma vez.

Antes de começar o contra ataque eles sentem a presença de Óbito, olham para o lado e vejam o vértice temporal se formar Óbito aparece com Sarada e eles estão em um gramado, há uma casa ao fundo ele coloca ela no chão e Sarada corre em direção a casa parando no meio do caminho e se virando para eles acenando um até logo sorrindo. Óbito deixa o vórtice aberto e volta para tempo atual e antes que ele se feche Sakura e Sasuke podem ver um casal de mãos dadas e dois meninos correndo em volta deles, Sarada chegando e se jogando nos braços dos pais que a abraçam a pequena Uchiha junto com os outros dois filhos. Sakura sente suas lagrimas descerem quente pele rosto emocionada com o que vê e Sasuke não está diferente ao ver seu futuro.

O vértice fecha e eles se olham...

- Não chore, chegara nossa vez. Não desista de mim ainda!

- Nunca meu amor!

- Óbito deu certo, acharam Itachi? – Kakashi se aproxima do homem de joelhos no chão exausto.
- Sim Kakashi, apenas temos que esperar!
A batalha tem inicio e todos se empenham muito, horas se passam e derrepente o céu escurece e um vento forte sopra, Sasuke olha para cima e como folhas arrancadas de um caderno o céu começa a se desfazer diante de seus olhos, o presente esta sendo mudado, mas eles não sabem se isso é bom ou ruim. Sakura está afastada dele e o desespero toma conta do peito de Sasuke ao imaginar que pode perde-la para sempre, ele corre em sua direção.
- Sakura!
Ela se vira e os cabelos balançando com o vento forte, todos estão apavorados sem entender o que está acontecendo. Ela corre em direção a ele e quando ficam a metros de distancia param e se olham.
- Me espere! – Ele fala com urgência para ela.
- Sempre!
Ela se joga nos braços dele e Sasuke puxa Sakura para um beijo, o primeiro beijo deles. Os lábios se encontram de forma apaixonada e o beijo já começa intenso, Sasuke morde o lábio inferior e depois coloca sua língua dentro da boca de sua amada sem saber direito o que fazer, deixa os instintos o guiarem, ela entrelaça seus dedos nos cabelos negros e os puxa com certa urgência chupando a língua dele de leve, ele geme na boca dela e a rosada sente ser levantada por ele, os corpos colocados com a urgência de sentirem o calor um do outro. Uma dança sensual é travada entre as línguas, ambos querem sentir o gosto um do outro, Sasuke lambe o céu da boca de Sakura que entrelaça suas pernas na cintura dele, ele segura ela pelas nádegas apertando com força. Quando o ar falta, eles se afastam e não se importam com todos gritando apavorados ao redor deles.
-Eu sempre te Amei! – Ele sussurra na boca dela, ela chora ao escutar as palavras.
- Eu Te Amo!
Os lábios voltam a se encontrar com urgência e tudo começa a se desfazer, Óbito e Kakashi olham para o casal apaixonado se beijando e vêem eles sumirem como uma pagina virada de um livro. Óbito abre a mão e sorri ao ver a foto no cordão que Sarada deixou para ele.
- Kakashi olha para isso!
O homem de cabelos brancos com os poucos segundos que os restam antes de sumirem na linha do tempo vê a foto do pingente que sarada usava.
Na foto estão Sasuke e Sakura ao centro com seus filhos no colo, Sarada na frente deles no colo de Itachi que está agachado sorrindo.
- Eles conseguiram!
Ele fecha os olhos e sente o vento levar seu corpo e sua mente...
 


Notas Finais


Era isso pessoal, espero que tenham gostado eu gostaria mesmo de saber a opinião de vocês. BJs

Corrente:

http://mlb-d1-p.mlstatic.com/pingente-com-corrente-em-ouro-amarelo-18kmais-brilhantes-14668-MLB155104849_8445-O.webp?square=false

Kazoku – Familia

Ojīchan - Vovô

Oji - Tio


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...