História É Simplesmente Amor ♡ - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Christa, Kanato Sakamaki, Laito Sakamaki, Reiji Sakamaki, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Yui Komori
Tags Escolar, Romance, Yaoi
Visualizações 194
Palavras 1.076
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Realmente desculpa a demora, eu estou na bad (acho que vocês já sabem), também estou fazendo uma maquete da minha escola com o meu grupo, e é um pouco demorado, e dia 11/10 foi meu aniversário★✩, mais uma vez desculpa e...
Boa leitura ♡!♡!♡!

Capítulo 11 - Confusão em pleno Baile


Fanfic / Fanfiction É Simplesmente Amor ♡ - Capítulo 11 - Confusão em pleno Baile

Ayato

Acordo bem cedo, não era nem hora de voltar para colégio interno, ainda faltava 2 horas. Faço minha higiene diária (escovar os dentes, lavar o rosto, alguns outros detalhes e tomar banho? Tomo depois do café) e desço de pijama (regata branca e short curto cinza claro) até a cozinha...

Christa - Acordou cedo hoje filho?

Sim mamãe, eu não estou com muito sono, nem precisei de despertador para acordar agora - (para vocês deve ser óbvio mas para a mãe de Ayato não kkk) - Papai já foi trabalhar?

Christa - Sim, que pena que ele não terá tempo de se despedir...

Tomo café, espero um pouco deitado e vou tomar banho e me arrumar para ir até o colégio...
Coloquei uma calça jeans meio que apertada (vocês sabem como são né?) e escuro (aquela cor que não chega ser preto) e ela tinha tipo umas partes desfiadas (não à ponto de ser uns buracos, era só... vocês sabem kkk), coloquei uma regata totalmente branca (não é o pijama kkk, essa era nova), por cima um colete jeans e coloquei um coturno marrom...

Ao chegar no internato Yui já chegou com um pulo pra cima mim para me abraçar, e também me encheu de beijos, gosto desse lado louco dela, mas também gostava do jeito inocente, selvagem, doce, aghr, amava o jeito do Shū :'(   ...

Entrei na sala, não tinha ninguém, até que quando entro só mais um pouco, escuto a porta fechar e alguém me abraçar. Eu senti a mesma coisa que eu sentia quando Shū me abraçava, e quando viro, era Shū, um sorriso veio em meu rosto, e uma felicidade explodiu dentro de mim...

Shū, v-você... p-por que está me abraçando? - estava corado de vergonha, até gaguejei.

Shū - Porque você ficou longe de mim, estava com muita saudade!

Mas só ficamos um dia sem se ver - estava realmente gostando daquilo ♡

Shū - Já te disse... um dia é muito...

Á, como adorei ouvir aquilo, apenas virei e lhe dei um beijo de língua (sabe aqueles beijo que eles dão em filmes? Aqueles que eles rebolam na boca um do outro e mexem bastante a cabeça de um lado para o outro? Kkkkk, tipo assim).
Nos separamos com um sorriso em casa rosto e fomos para os nossos lugares antes que alguém chegasse...

A aula passa, o intervalo passa, e no final da aula...

Prof Reiji - Teremos um baile de fim de ano, os pares já estão escolhidos - já sabia o que ele ia falar - os pares serão as duplas de sala - acertei.

Todos bateram palma (eu não podia ficar de fora), menos Shū pois sabia que eu não seria seu par (mas de qualquer jeito dois homens não iriam dançar juntos)

[Quebra de Tempo]

Chegou finalmente o final do ano, iremos dançar (Eu e Yui), estava triste, mas eu não tinha culpa (tinha sim, praticamente a culpa era toda minha, não, a culpa ERA toda minha).

Christa - Meu filhinho, já ta grandinho, aquela sua amiguinha - risadinhas pois ela sabia que ela era minha namorada - ela é bem bonita, você tem sorte, e claro, ela tem sorte de ter você!

Para mamãe - estava corado.

Subo para meu quarto, e no banheiro de lá tomo um banho demorado, gostoso, um banho de deus ("deus" tipo "deuses", não de "Deus").
Para roupa, coloco uma camisa branca e depois um terno preto (deixo o terno aberto), uma calça jeans preto, um sapato social preto e como caía neve, coloquei um cachecol verde (como na foto)... e parto para festa (esqueci de dizer, fomos para as nossas casas para nos trocarmos).

Quando saí de casa, rapidamente o carro de Shū para em minha frente (Shū estava com um roupa quase toda branca, terno branco, mas o dele estava fechado, uma calça branca, um sapato social branco, e a única peça de roupa de cor diferente nele, era uma gravata borboleta vermelha, mesmo todo branco ele estava divino, era o floco de neve mais bonito da noite)...

Shū - Deixe que eu te levo? - ele estava dando risadas tão bonitas (imaginem aquela cena de anime que a pessoa é tão bonita que aparecem uns brilhinhos em volta do rosto do personagem, nesse caso o Shū) fiquei até corado.

S-shū? - estava meio confuso - N-não seria muito incômodo?

Shū - Ayatozinho-Senpai, você é o amor da minha vida e um ser humano perfeito - ele disse isso porque eu era acostumado à ajudar muito qualquer pessoa, sempre tive respeito com qualquer um, etc... - Você nunca seria um incômodo, o seu sorriso, o seu rosto, o seu corpo todo me encanta!!!

Estava à ponto de chorar, mas segurei com um lindo sorriso (de uma maneira ou de outra eu estava feliz) e entrei no carro. Conversamos, demos risadas, nos encaramos (fofamente kkk) muitas vezes, foi uma bela ida ao colégio. Quando chegamos Shū disse saindo do carro:

Shū - Agora nos despedimos, você vai com a Yui né? Eu só digo que não se esqueça de mim.

Vi seus olhos lacrimejar, e eu também quase chorei, mas tínhamos que segurar de um jeito ou de outro.
Entrei na escola e Yui estava linda com um vestido comprido rosa claro e com vels brancos que pareciam brilhar, usava um batom vermelho e seu cabelo estava preso (estilo baile, não sei explicar). Nos abraçamos ali mesmo, e escutei ela sussurrar em minha orelha...:

Yui - Você está perfeito amor ♡!!! - ela disse com a voz suave e doce.

Você é quem está - disse à beijando romanticamente.

Entramos, comemos e bebemos um pouco e fomos dançar...
A noite foi bela, muito romântica...
Yui foi para sua casa e quando eu ia sair do salão do colégio sinto um mão né puxar, não sei como mas conseguiu me puxar até um jardim branco (devido à neve) da escola (estava escuro, e não havia ninguém lá)... essa pessoa acendeu uma luz e ao fazer isso, revelasse o anjo, o lindo, o perfeito, revelou o Shū...

Shū - Vamos ter uma noite romântica juntos também - ao dizer isso, me puxa para bem perto de seu corpo, e como sabia que era para uma dança, ô envolvi com meus braços, fazendo que o mesmo fizesse igual. Percebi que ele ligou uma música romântica não muito alta (Não queríamos que mais ninguém escutasse). Agora tive uma madrugada romântica...


Notas Finais


Vou tentar voltar à postar um por dia (o horário é variado), se quiserem, deixem ideias para a fanfic (ela pode já acabar depois de alguns capítulos), mais uma vez desculpas e até ♡!♡!♡! (Não fiquem bravo por causa dos últimos acontecimentos dessa fanfic, já que é um yaoi vai ter yaoi)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...