História É tão difícil assim me amar? - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae Jaejay
Visualizações 72
Palavras 1.675
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Então povo, a fic ta chegando a fim ;)

Capítulo 10 - Procurando Jae






   ai Jaebum, porque você tem de ser tão idiota?– perguntou Jackson em seu posto de trabalho encarando o amigo

–Jack, eu não estou para seus sermões– disse o Im virando o primeiro copo de Whisky. –a única voz que quero ouvir é a de Youngjae, Mesmo que seja me xingado, eu me arrependo tanto de demorar anos para lhe dar valor–

–mas é simples, pegue ele o amare em uma cadeira e o explique–

–você tem cada ideia, e se ele não acreditar em mim? Sem contar que agora ele nem se da ao trabalho de rejeitar minhas chamadas, chama chama e chama mas ele não atende, e só de pensar que ele passou a noite com aquele tatuado!!!– Jaebum jogou o copo o quebrando na parede.

–hey! Vou botar isso na sua conta!– avisou Jackson e foi pegar outro copo voltando a enchelo

–Jackson, problemas– disse Yugyeom chegando ali.

–aff, oque foi agora?–

–é o Boss–

–o que ele tem?– Yugyeom olhou para Jaebum –não tem problema, ele é de confiança–

–hoje os outros foram la na cobertura dele e encontraram um monte de policiais, tinha dois ferridos e ele não estava la, parece que o sequestraram e tinha alguem lá com ele mas não tem vestígios dessa pessoa também–

–aff merda– Jackson bateu a mão no balcão

–o pior é que a polícia descobriu evidencia do que ele realmente faz–

–a gente esta ferrado– Jackson puxou os cabelos.

–ele te deixou como o segundo na linha de comando então... Você da as ordens e nos obedecemos–

–seu Chefe? Aah, o tal de Jay Park que faz coisas clandestinas?– perguntou Jaebum sem muito interesse afinal só conhecia pelo nome.

–é, ele mesmo, o irmão mais velho do garoto que...–

–que oque?–

–que tentou abusar o Youngjae–

–Youngjae? Aquele amigo de Bamie?– perguntou Yugyeom.

–não é amigo, é cunhado, o Jaebum aqui é o Irmão do Bamie e marido do Youngjae–

–o Youngjae é casado?–

–ue, porque o espanto?–

–me desculpe irmão mas... Você esta carregando chifres–

–o que?–

–em...sabe o Boss tem andado com esse Youngjae dizendo que é namorado dele e ontem...ai meu Deus– Yugyeom olhou para Jaebum que estva para quebrar o copo em sua mão –a pessoa que estava com o Jay é o Youngjae–

–o que?– pronto, o copo foi quebrado.

–vocês suspeitam de alguém? Algum inimigo ou cliente não satisfeito– perguntou Jackson

–nós estavamos desconfiando do Saeroon, mas ele esta na america e você sabe que ele gosta trarar seus problemas pessoalmente então a única susprita é o Jinyoung–

–aquele pirralho revoltado?–

–ele mesmo, ultimamente tem ameaçado o Jay e bom...tem certos motivos para querer se vingar do Youngjae–

–aff, organize 5 equipas, se é o Jinyoung eu sei de lugares onde ele possar estar–

–é pra já– Yugyemo saiu dali correndo.

–eu vou com vocês– disse Jaebum

–o que? Esta louco? Isso é muito perigoso, o Jinyoung comanda um grupo de bandidinhos perigosos que andam armados, você fica aqui e eu trago o Jae–

–ficar aqui de braços cruzados enquanto meu esposo esta nas mãos de de um criminoso da pesada e outro criminoso estuprador?–

–aff Jaebum... –

–Jackson eu vou com vocês e pronto!–




00000




Jinyoung deu o útimo berro anunciando que tinha chegado ao seu limite pela segunda vez e mordeu o ombro de Youngjae afim de o saborear melhor.

–você é tão gostoso meu lindinho, eu posso passar o resto da minha vida comendo essa sua Bundinha linda que nunca me enjoarei!– Jinyoung deu um tapa bem estalado na bunda de Youngjae que estava de bruços apenas derramando lágrimas, e se levantou indo jogar a camisinha num cesto de lixo que tinha ali no quarto e depois colocou uma calça caminhando até o irmão mais velho que estava ali amarado a uma cadeira sendo obrigado a olhar aquela sena do homem que amava ser brutamente estuprado e espancado por um garotinho mimado que Jay não se importava se era sua única família, iria lhe matar a primeira oportunidade.

–ta vendo irmão? É assim que se fode uma vadia, e não levando flores presentinhos e jantares romanticos, vai logo direto ao ponto, você levou o que? Um mês e umas semanas para tranzar com ele enquanto podia simplesmente o colocar de 4 na sua cama e lhe foder, aff maninho, eu não sei Porque você mantem essa aparência de bom moço se você já faz tanto mal as pessoas, as armas que você vende matam pessoas, as boates que você tem destroem a vida dos pobre garotos e garotas que se vendem nelas mas emfim, eu só queria te mostrar que eu não sou mais um garotinho como você me ve, agora sou um homem e quando fizer 18 anos, coisa que não esta longe, irei assumir aminha parte nos "negócios" sim eu serei seu sócio porém isso é a única coisa que iremos dividir Porque o Youngjae, ele é meu! Só meu!–

–chef, temos problemas...–

–aff eu vos pago para meterem bala na cabeça dos problemas e não para ficar me enchendo com eles– Jinyoung pegou uma camisa e vetiu seguindo o outro e fecharam a porta antes de sair

–Jae? Sunshine esta me ouvindo?– perguntou com o coração partido, ver Youngjae daquela forma lhe fazia sentir tão mal ate Porque a culpa era dele, ele quem o tinha trazido ha aquele mundo dele e agora o Choi estava ali completamente sem alma, se ao menos pudesse lhe cobrir a nudez.

–me perdoe, tudo isso é culpa minha e por favor me perdoe Youngjae, te ver assim me magoa muito, eu te amo mas te arastei para cá por isso por favor me perdoe–

Quem era aquele homem para falar de dor perante oque Youngjae sentia? Seu marido o odiava, seu namorado era um idiota que vendia armas e prostituia gente e agora vinha falar de amor? Dor? A vida era muito irónica mesmo e depois do que Youngjae tinha passado, não pretendia mais continuar naquela porra de mundo que só fodia com ele, a primeira oportunidade tiraria sua vida para acabar com aquele sofrimento todo.




00000




Jackson, Jaebum, Yugyeom e mais 6 homens estavam se infiltrando em uma das várias residência que a familia park tinha enquanto outras equipes faziam o mesmo nas outras, já tinha neutralizado alguns capangas para se colocarem dentro da residência e os disparos continuavam tendo a ajuda de suas armas com silênciador para sua localização não ser descoberta.

–ok, vamos nos separar– disse Jackson –eu o Minhyuk e o Bang vamos para cima, Yug Enzo e Sing vão para baixo, Jaebum, Jvin e Song vão ver nos quartos, tomem cuidado e vocês dois cubram o Jaebum– avisou e logo todos foram nas suas direções. Tendo o maximo de cuidado.




–Merda!– Jinyoung murnurou entrando ali no quarto –como vocês podem ser tão incompetentes ao ponto de deixar eles se infiltraem aqui?– perguntou pegando uma camisa sua enorme e a colocou em Youngjae que estava parecendo um boneco pela forma que se deixava manejar.

–eles são profissionais Chefe– disse um dos dois homens que olhavam para porta apontando arma para mesma.

–proficionais é o cacete! Andem vamos sair daqui– Jinyoung saiu puxando Youngjae pelo pulso e um dos homens foi até um armário o afastando e retirou o tapete abrindo uma porta que estava ali no chão.

–nos vemos Por ai maninho– Disse Jinyoung entrando ali com Youngjae e logo os outros dois entraram.

Segundos depois a porta foi arrombada e logo Jay Viu seus homens entrarem ali e...Jaebum?

–Boss você esta bem?– perguntou Jvin indo desatar Jay que ainda estava com uma bala em seu ombro.

–cade o Youngjae?– perguntou Jaebum se aproximando do outro.

–sairam por ali, é uma saida secreta que da direto ao parque dos jatos da família– Disse Jay e logo se levantou pegando a arma de Jvin porém mal acabou de falar e viu Jaebum entrar naquela lugar.

–Jaebum!– exclamou Song correndo para lá também.

–ande vamos!– mandou Jay se aproximano da tal saia secreta.

–mas boss você esta magoado e parece que isso foi ha horas, vai ficar infectado, você presisa ir ao hopital ou isso vai ficar grave– dise Jvin preocupado com o Chefe.

–cala a boca e vamos logo, posso perder um braço mas não o Youngjae– disse e entrou ali sendo seguido pelo outro.




–ande mais rápido sua vadia!– Mandou Jinyoung enquanto corriam pelo túnel mas acabou que Youngjae tropeçou pois suas pernas não estavam em bom etado.

–ande, eu pego ele– Disse um dos capangas colocando Youngjae nas costas e voltaram a correr ouvindo um berro de algue que ja estava proximo.

Felizmente para Jinyoung o tunel acabou e subiram as escadas ali saindo e logo voltaram a correr para a espécie de aeroporto.

–Youngjae!!!– Jaebum berrou e um tiro foi dado quase acertando o homem que carregava Youngjae.

–não atire ou vai machucar ele– disse Song enquanto corriam a alguns poucos metros de distância dos outros 3 enquanto outros dois estavam atrás deles.

–ande vamos logo!– Disse Jinyoung pulando a cerca e recebeu Youngjae voltando a correr para o jato que ja estava preparado.

Jinyoung chegou ali e se assustou ao ver Jackson e Minhyuk sairem do mesmo.

–lamentamos ma o voo foi cancelado!– Disse o Chibês saindo dali apontando a arma para Jinyoung que dava passos para trás e logo ouviu 5 tiros, quando olhou Viu seus ultimos dois homens no chão e 4 homens se aproximando dele lhe mirando as armas.

–esta cercado, Junior– provocou Jackson sabendo que o outro não gostava daquele nome.

–ainda não– disse Jinyoung sacando uma arma a mirano na cabeca de Youngjae e tirou um sorriso. –quem dita as regras agora sou eu, e vai começando Por abrir caminho Jackson–

Jackson olhou par Jay que fez um sinal positivo com a cabeça e se afastou dali com seu colega.

–ótimo– Jinyoung foi caminhando de costas entrendo no jato e parrou a porta sorrindo grande –até mais maninho!– Jinyoung sorriu enquanto a porta se fechava porém um tiro foi ouvido e Jinyoung e Youngjae caíram.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...