História É tão doce amar você - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bts, Justin Bieber, Naruto, One Direction, Originais
Exibições 5
Palavras 850
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Ecchi, Escolar, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Aqui estou eu, com mais um capítulo! :D
~Fefa-fanfics

Capítulo 2 - Yumi


Fanfic / Fanfiction É tão doce amar você - Capítulo 2 - Yumi

O primeiro dia de aula de Aisu. O barulho irritante do despertador acordou-a. Ela, murmurando, desligou-o e se levantou. Aisu vestiu-se com o uniforme da escola e desceu as escadas até a cozinha, onde encontrara sua mãe.

—Bom dia, filhota! Animada para o seu primeiro dia de aula?

—Não...

—Ah, não se preocupe! Vai ser muito bom! O café já está na mesa...

— Legal, eu estou morrendo de fome aqui...

— E como você parece meio triste, eu decidi fazer panquecas!

—Ah... Valeu mãe!

  Aisu comeu as panquecas e pegou sua mochila.

—Tchau, mãe!

—Tchau, querida! Divirta-se!

—Acho difícil, mas... Tudo bem, né...

  Ao caminho da escola, Aisu se depara com Yumi.

—Oi, Aisu! Eu vou com você!

—Bom dia, Yumi!

—Sabe... Eu sei que esse negócio de casa nova e escola nova pode não parecer legal pra você...

—Pfft, nem um pouco! Eu queria estar em casa, com os meus amigos!

—M-mas eu não sou sua amiga?...

—O que? Ah, claro que é! Eu só estava dizendo que gostava da minha antiga casa!

—Entendi... É por que eu gosto muito de você e nossa... Amizade é especial!

—Mas nós apenas nos conhecemos há um dia...

—Pois é, mas eu vejo em seus olhos que você será boa par mim! Seus olhos azuis... Lindos, brilhantes e profundos... Ah, desculpe!

—Está certo...

  As duas chegaram à escola, Aisu se deparava com gente de que nunca tinha visto.

—Venha, Aisu! A sala de aula é por aqui!

  Yumi puxou Aisu pelo braço e levou á até a sala delas.

—Por que aqui está vazio?

—É que ainda não deu o horário... Falta um minuto! 57, 58, 59...

  Então, uma “multidão” de alunos entrou na sala. A única coisa que dava para se ouvir era o som alto de pessoas conversando. A professora entrou, e restaurou o silêncio.

—Hunf! Vocês alunos deveriam se comportar mais! Isso aqui não é mais maternal, embora muitos de vocês deviam estar nele... Sentem-se!

  No meio da aula, Yumi cutuca o braço de Aisu e, sussurrando disse:

—Ei, quer sair da sala? Eu quero lhe mostrar um lugar legal!

—Nós podemos fazer isso?

—Não, mas eu tenho um plano.

  Yumi ergueu sua mão e disse para a professora:

—Com licença, professora! Eu tenho que ir ao banheiro e a caneta de Aisu se estourou na mão dela!

—Hmm... Certo, mas voltem logo!

  Yumi levou Aisu para uma sala no fim do corredor.

— Legal, não é? Essa é a sala da outra turma, que fez uma viagem!

—Não consigo ver nada de interessante... Só carteiras vazias e um quadro que não foi apagado...

—Ah, eu posso providenciar algo bem interessante para nós!

  Yumi “deitou” Aisu em uma das carteiras e beijou-a.

—Yumi!

—Por favor, faça silêncio, senão algum professor pode ouvir agente!

  Yumi continuava beijando-a, passando a língua na sua boca e nos seus lábios. Então, ela começou a lamber o pescoço de Aisu e apalpar seus seios.

—Como eu imaginei... Seus seios são bem macios!

  Aisu sentia o peso dos seios de Yumi no seu corpo... Não sabia se deveria interromper ou apreciar o sentimento de prazer... Então, Yumi desabotoou a camisa de Aisu e massageou os seus seios.

—Ah, Yumi! Por favor, tome cuidado, se nos formos pegas, teremos de trabalhar na cantina por uma semana!

—Fique quietinha, sim?

  Enquanto Aisu gemia baixinho, Yumi lambia e chupava delicadamente seus mamilos.

—Yumi... Ahh...

  Yumi passava gentilmente sua mão sobre a vagina de Aisu e ia fazendo inúmeros movimentos, cada um despertando o prazer sexual de Aisu. Então, Yumi desabotoou-se e tirou a calcinha de Aisu, os gemidos ficavam altos, a classe quase podia percebê-los.

—Eu amo ouvir seus gemidos doces, Aisu, mas tente gemer mais baixo!

  Yumi, circularmente apalpa o clitóris de Aisu e esfrega seus dedos no interior da vagina de Aisu, enquanto acompanha com lambidas nos lábios vaginais dela.

—Ahh, Yumi! Eu vou, eu vou, eu vou... Ahhh!

  Aisu gozou nos dedos de Yumi e o líquido viscoso e quente transbordou até pingar no chão.

—Hehe... Aisu!

—(respiração ofegante)

—Vamos voltar para a classe, a professora já deve estar preocupada!

  Assim, Yumi e Aisu voltaram para a sala de aula, quando foram interrompidas pela professora.

—Aham! Posso saber o que as duas moçinhas estavam fazendo para demorar tanto?

—É que... Eu estava com prisão de ventre e a tinta da ceneta de Aisu demorou á sair!

—Certo, certo, agora se sente em seus lugares!

    Depois da aula, Yumi estava sentada na beira da calçada, olhando para sua merendeira vazia, que sua mãe havia se esquecido de arrumar. Então, chega Aisu e senta-se ao lado dela.

—Está sem comida?

—Sim...

—Ah, então tome um pouco do meu!

  Aisu ofereceu um onigiri e um pequeno sushi

—Sei que não é muito, mas é o que eu tenho!

—Mas você vai ficar sem lanche?

—Não se preocupe, já estamos indo para casa mesmo!

—Obrigada! (ela comeu o sushi e o onigiri)

—Disponha!

—Olha Aisu... Sobre aquilo tudo... Eu peço desculpas, eu só...

— Está bem! Quer me acompanhar até em casa?

—Claro!

  Yumi sorriu e as duas voltaram para suas casas.

 


Notas Finais


Muito obrigada por lerem, você são a minha inspiração! :3
~Fefa-fanfics


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...