História É Tudo o que Tenho - Gumlee <3 - Capítulo 2


Escrita por: ~

Visualizações 13
Palavras 1.377
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Hentai, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi novamente meus amores <3 aqui e a Carly, espero que gostem desse capítulo, fiz com muito amor para você, obrigado pelos favs e pelos comentários do capítulo passado.
Já amo vocês e novamnete espero que gostem 😙😙😙

Capítulo 2 - Algo estranho está acontecendo


Marshall e eu fomos caminhando até a saída sem dizer nada, as vezes olha para ele, parecia tranquilo e nem ligando para o que aconteceria se fossemos pegos, mas ligo desviava o olhar. Quando estávamos quase chegando puxei seu braço o fazendo parar.

- O que foi mudou de idéia? - perguntou ele ainda tranquilo.

-não é que a monitora tá lá no portão e não tem como fugir por ali, está trançado - expliquei.

Ele arqueou as sobrancelhas mas logo desfez, olhou em volta, e voltou a atenção para mim quando provavelmente viu a monitora.

-é, - fez uma pausa coçando a nuca- vamos ter que pular o muro -quando disse isso arregalei os olhos.

-Está ficando louco, Marshall lee? -disse incrédulo- não vou pular o muro do colégio.

-porquê? Tá com medo de cair e quebrar uns ossos - disse isso é e logo em seguida riu de mim- qual é Gumball, é só pular - disse valendo um jeito com a mão, que formará um seminário sirculo meio que oval.

-não! -não tinha medo, também era impossível quebrar alguns osso o muro não era alto o bastante para isso- é que é errado e também é alto...

-não acredito - disse ele colocando as mão na cabeça e arregalando os olhos- você tem medo de altura -corei e então Marshall riu alto o bastante para chamar a atenção da monitora, que não estava muito longe.

Ele pelo o que parece ouviu as gargalhadas de Marshall e vem em nossa direção.

-quem está aí?- perguntou ela quando nos viu- voltem para a sala está em horário de aula! - disse brava se aproximando.Marshall para um de rir agarrou meu pulso e saiu correndo, me puxando é claro, corri tropeçando e vi que a monitora acelerou também é vem atrás de nós

-é little Gumball - disse me soltado e me olhando nos olhos- agora você pula ou é pego- disse ele fazendo pezinho para mim.
Quando Marshall disse isso não pensei duas vezes aceitei sua ajuda e agarrei o murro sentado no topo.

-parem vocês dois irei pegar vocês, levalos para o diretor e vocês não vão se dar bem - disse a monitora que agora já não estava trotando estava correndo.

Então Marshall estendeu a mão para mim e eu o puxei levantando ele e o fazendo também sentar no topo do murro, então olhei para baixo e percebi que era mais alto que eu esperava, então Marshall pula para o outro lado e grita:

-vai pular ou não! - arregalou os olhos com medo, sim eu tinha realmente medo de altura- pula eu te seguro, pula!

Fecho os olhos com força respiro fundo e então pulo, caindo em cima de Marshall.

Nossos rostos estavam tão perto que podia sentir sua respiração, eu e ele estávamos assustados, corei e olhei para seus olhos arregalado e então em seguida se formou um sorriso em seu rosto, achei aquilo muito estranho então após alguns segundos admirando aquele sorriso bobo em seu rosto me levantei envergonhado. 

Limpei a garganta e estendi a mão para Marshall se levantar, ele aceita a ajuda e sr levanta.

-é -ele sorriu de lado e começou a limpar a roupa- você pulou.

-uhum, vamos sair daqui antes que alguém chegue- disse saído de lá.

Marshall e caminham um pouco etéreo acho que o parque, mas nesse tempo todo nenhum de nós disse sequer uma palavra, o silêncio predominava, eu eu está constrangido, fiquei pensando naquele sorriso que ele deu, foi muito estranho, mas, mas a sei lá. Caminham só mais um pouco e então decidi quebrar aquele silêncio constrangedor.

-então - eu realmente não sabia o que dizer, então disse a primeira coisa que veio a minha cabeça - aonde vamos?
Marshall sorriu de lado.

-não sei, achei que você estava indo algum lugar e decidi te seguir.

Então parei.

-achei que você estivesse indo a algum lugar - disse incrédulo.
Marshall riu.

-é, isso é estranho - disse coçando a nuca- mas então já que um tá segindo o outro vamos tomar um café lá na cafetaria- disse com um sorriso charmos.

-está bem - disse meio envergonhado.

Caminham só até a cafetaria entramos e pedimos dois cafés simples e nos sentamos a mesa, ficamos nos encarando até que por fim Marshall falou e desviei o olhar.

-Gumball, me diz porque seu cabelo é rosa? -a é acho que não mencionei, meu cabelo é rosa.

-porque eu gosto dessa cor- sem olhar para ele respondi rápido.

-Porquê? - ele perguntou e eu o olhei, ele estava com as sobrancelhas arqueadas.

-como assim "porque"? -perguntei novamente incrédulo e Marshall deu de ombros- meu cabelo é rosa porque eu decidi pintar de Ross para ser diferente.

-Ata -ele sorriu e ia falar alguma coisa mas percebemos duas garotas rindo alto, provavelmente para chamar nossa atenção, as olhei e percebi que estavam rindo mais para Marshall, oque eu era de se esperar, ele ara alto tinha o cabelo preto que sedoso, seus olhos eram pretos, sua pele era branca, ele tinha um olhar sedutor e seu estilo era despojado e sexy meio que num estilo meio punk, ele era o que as garotas diziam "o garotos dos sonhos" pelo menos era o que eu minhas amigas diziam baixinho, mas alto.

-estão olhando para você - disse rindo.

- é também  para você- disse ele olhando as garotas,  então olha para mim um pouco vermelho.

Não sei direito mas também sorri, e corei então olhei para as garotas, que por sinal estavam vindo em nossa direção.

-Olá garotos, eu sou Álice e essa é minha amiga a Chloe, a gente estava ali e vimos vocês e decidimos vir qui conversar.

Dei um sorriso para elas, eram muito bonitas, Álice era loira e tinha olhos castanhos e Chloe tinha cabelo preto e olhos verdes, as duas altas e aparentavam ter entre 16 ou 17 anos, estava as admirando quando Marshall me olhou fechou a cara e disse:

-assim pra ser meninas, sou Marshall lee e ele é Gumball - disse apontado para mim

- gostaria até de conversar com vocês, mas já estávamos de saída, sinto muito - disse se levando e tirando a contra para ganhar seu café - Vamos Gumball?

Fiquei meio confuso, porque ele fez isso as garotas pareciam ser legais, mas de qualquer jeito queria sair daquele lugar então terminei meu café em um gole só peguei o dinheiro e deixei na mesa.

-tá bom - Dei de ombros, Marshall se dirigiu a saída e eu o segui dando um tchau para as garotas que ficaram lá boiando.

-Marshall lee, porque isso? As garotas pareciam legais.

- é que, hum eu, eu hum - ele estava tentando arranjar uma desculpa?- estava querendo tomar um ar? É um ar é isso.

Aquilo foi muito estranho mas ignorei.

-então vamos até ao parque fica logo ali -apontei para o caminho- vamos?

-sim, sim - ele sorriu de lado.

Chegamos no parque e nos sentamos em um banco, Marshall não se sentou ele praticamente se jogou.

-então Gumball, quais são seus Hobbes? - perguntou curioso com minha resposta.

-eu leio, estudo, faço projetos de química que eu gosto muito... - quando comecei a me animar fui interrompido.

-isso não é hobbe, isso é chatice -disse incrédulo - qual é Gumball oque gosta de fazer que não seja chato?

!need que eu falece algo ele me interrompeu novamente.

- Qual é Marshall lee esse dia está chato - Marshall disse para si mesmo- vem Gumball vamos nos divertir de verdade -disse me puxando.

-não! -quando o respondi ele ficou meio decepcionado.

-porquê?

-porquê está ficando tarde, e eu preciso ir para casa tabem, ainda preciso fazer muita cois lições da escola, tentar pegar o que perdi de lição de hoje...

Marshall bufou.

-que chato! - então olhou no relógio e sorriu - você disse que queria pegar as lições que perdeu de hoje né?

-sim, mas...

-não terminei ainda, olha daqui a uma hora Marceline estará em casa e ela deve ter todas essa suas preciosas lições -disse levantando as mão, quando disse "lições" zoando como se fosse mágica.

-onde que chegar com isso?

Marshall bufa novamente.

-simples Gumball, você pode ir para lá comigo e esperar ela chegar aí quando ela chegar você pega as lições e fica feliz da vida -disse com um sorriso bobo, que me distraía.

-tá bom -pera ia com o que eu acabei de concordar? eu vou para a casa de Marshall? meu deus.

-okey então vamos -disse se levantado com um sorriso estampado no rosto.


Notas Finais


Okey eu sei, que falei que o capítulo seria maior mas não tinha muito assunto para o desinvestimento desse capítulo. Então espero que me desculpem, e amo vocês.
Se gostaram da fic favoritem e comentem, isso me deixa muito feliz.
Beijinhos e até o próximo capítulo 💙💙💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...