História É um recomeço? - Yoonmin, V-Hope. - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Romance, Taehope, V-hope, Vkook, Yoonmin
Exibições 74
Palavras 488
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Slash, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eiii, olá! <3
Darei explicações nas notas finais, por enquanto só leiam. HSAUSAHUAS
Mas tenho que me desculpar.
SEM MAIS DELONGAS, VÃO LER.

O CAPITULO ESTÁ CURTINHO, DESCULPE. q

Capítulo 7 - Sentimentos?!


- Park Jimin

Depois de um longo tempo com Yoongi no restaurante, nós comemos, já que o pedido de "dez minutos" havia demorado quase meia hora. O garçom retornou e colocou os pratos a mesa, e se desculpava com a demora.

                                                                                                            [...]

Comemos, e logo depois de algumas horas nós pagamos toda a refeição, e então resolvemos nos retirar do local e voltar para o edifício, já que estava anoitecendo.
Já lá fora, nós também decidimos de voltar andando, já que o trafego de Seul estava pesado. Haja coragem para aguentar andar de carro aqui as vezes!
Nós andávamos com barulhos de buzinas e de movimentação, mas nossas bocas permaneciam fechadas. Será que ele ainda está mal?

- Hyung, você melhorou? - quebrei aquele "silêncio" e perguntei ao mais velho, meio hesitante.
- Sim, eu estou melhor. Obrigado dongsaeng, você realmente me deixou melhor. - sorriu, com a pouca coragem que tinha, meio tímido.

Depois de mais ou menos uns vinte minutos, nós chegamos ao nosso local de trabalho juntos.
Sinceramente, eu estou achando o hyung mais estranho ultimamente. Normalmente ele se contenta com uma coisa, mas ele parece mais triste que o normal.
Mas é claro, sua anta! Ele acabou de ser rejeitado pelo cara que gostava, como ele sairia por aí com um sorriso enorme?
Dei um tapa em minha testa, e segurei no pulso do mais velho por iniciativa e adentramos ao edifício, até porque já estávamos parados ali uns cinco minutos.

- Hm? Por que está fazendo isso? - Yoongi perguntou curioso e soltou um riso, soltando seu pulso de minhas mãos.
- Se eu lhe deixasse ali, você passaria uns três dias parado ali que eu sei. - eu também ri, mas imediatamente parei.
- Então vamos subir logo, "hyung.". - fez aspas com ambas as mãos, e apertou o botão do elevador.
- Sim, vamos "dongsaeng". - segui a dança de sua piada, e me apoiei em uma de minhas pernas, paciente.

- Min Yoongi

O elevador desceu em instantes, e então subimos até o terceiro andar.
Cada um seguiu o caminho de seu quarto; ele foi para o seu lado e eu para o meu.

- Por quê? Por que ele faz isso? - falei sozinho, e soltei um riso, acompanhado de um sorriso enorme em meus lábios. - Eu não entendo, por que eu me sinto assim perto dele?

Entrei em meu dormitório, e fechei a porta rapidamente. Dei passos curtos até a minha cama, e me joguei sobre ela.
Eu direcionei meu olhar apenas para o teto, e pensei nos momentos anteriores. Passei a minha tarde inteira com Park Jimin!
Soltei um riso que me desconcentrou, mas segundos depois eu voltei a lembrar-me. Selei minhas pálpebras oculares, e dei um sorriso de canto de boca.

Acredite, não demorou muito tempo para este pegar no sono! Rapidamente eu havia apagado.
Sendo sincero, eu estava precisando disso. Eu estava exausto.

                                                                                                            [...]


Notas Finais


"O que aconteceu contigo?" - Gente, sim, eu sumi. Me perdoem! Vamos dizer que uma grande decepção passou por mim, e eu preferi ficar sozinha. Até a fanfic que não tinha NADA a ver com isso eu apaguei, já que alguns capítulos estavam me deixando mal (ê pessoa complicada, mds).
Bom, eu tentei até escrever outra, mas eu desisti porque um bloqueio de criatividade passou por mim também. E agradeçam a ele, porque ele me "ferrou" tanto, que a nuvem negra de decepções foi embora.
Só que dias depois, meu gato aparece doente, e eu tive que tirar todo o meu tempo livre para cuidar dele.
Certo, minha criatividade voltou. Enquanto eu cuidava dele eu ficava me lembrando da fanfic, e digamos que eu me arrependi de ter apagado ela. "Por que você não a restaurou antes?" - Porque cinco dias depois de meu gato adoecer, ele morreu. Eu fiquei muito abalada com isso, e novamente a nuvem de decepções voltou a minha cabeça.
Mas ela foi embora, e tomara que não volte por um bom tempo. xD

Resolvi então restaurar logo essa fanfic e soltar o próximo capítulo.
(Eu estou agradecendo muito ao Spirit por ter essa ferramenta, haha! ❤ )

Novamente, eu estou pedindo desculpas.
A explicação ficou meio confusa, mas se ler direitinho dá para entender. HSAUHSAU.

Bom, é isso! Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...