História Eco - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bad, Curta, Drama, Eco, Oneshot, Originais, Rebeldia, Romance, Som
Exibições 12
Palavras 302
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Ooi! Boa leitura!

Capítulo 1 - Sobre o eco (Capítulo Único).


Sobre o eco

(E um pouco mais das palavras que eu não disse)

Capítulo I.

(E único)

 

O som perde a intensidade enquanto se propaga. Você é a prova viva (ainda que não totalmente) disso.

Eu lembro de como era antes. Dos gritos rebeldes, do sorriso esperançoso, de quando você vivia e sabia viver.

Não foi de repente.

Não foi porque as coisas não acontecem do nada, só parecem assim para quem não entende a história toda. E ninguém entendia você. Nem mesmo eu, que despejava suspiros na sua direção. Por isso pareceu ser de repente quando os olhares desafiadores ficaram abatidos e as discussões acaloradas foram substituídas por seu silêncio.

E demorou apenas um conjunto médio de números para que você não fosse mais você. Os discursos de quebra de paradigma viraram piadas idiotas e ofensivas. Os textos de revolta nas redes sociais, só uma montanha de postagens conservadoras e vazias. Mas nada estava mais vazio que os seus olhos.

Antes, eram terra depois da chuva: cheios de vida e possibilidades. Depois, chocolate belga que passou tempo demais na geladeira: frios e duros.

O som perde a intensidade enquanto se propaga. As palavras que se perdem do teu coração até a tua boca são exemplos disso. As de consolo que poderiam ter sido dadas para te salvar do esquecimento de si mesmo também. E pensar que um simples “bom dia” teria feito diferença.

Eu poderia ter falado. Eu falaria, se soubesse. Mas ninguém nunca sabe. Talvez eu só devesse ter falado porque eu era o que eu mais queria, em vez de esperar o destino me dar motivos. Destino é só desatino de coração enamorado e medroso.

O fato é que não falei.

O som perde a intensidade enquanto se propaga. Mesmo assim, você continua em eco constante na minha cabeça.


Notas Finais


Espero que tenha gostado :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...