História Edom: Reino Infernal - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Instrumentos Mortais
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Jocelyn Fairchild, Sebastian Morgstren
Tags Clace, Clastian, Os Instrumentos Mortais, Sebastian Morgenstern
Exibições 169
Palavras 1.065
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olha quem voltou. Eu. Bom, gente, muito obrigado por vocês não terem desistido da fic, e sempre me incentivarem a continuar. Bom a minha criatividade não voltou totalmente, por isso esse capítulo, ficou meio fraquinho. Mas fiz o melhor que pude.
Boa Leitura!!!

LEIAM AS NOTAS FINAIS, É IMPORTANTE.

Capítulo 8 - Are You Free!!


 

Clary abre os olhos lentamente, sentindo como se tivesse sido atropelada por um caminhão. Olhou ao redor tentando reconhecer o lugar onde estava, era o quarto de Sebastian. Se sentou lentamente, ainda sentido dores no corpo. Estava tentando se lembrar do que aconteceu, apenas lembrava de ter vindo até Sebastian dizer quem ela tinha escolhido, e acabou desmaiando.

- Você está bem? - perguntou, uma voz ao seu lado. Clary se virou, dando de cara com Sebastian. Ele não estava mais sujo de sangue, e usava apenas uma calça de moletom. Sua expressão estava ilegível. Assentiu minimamente, sem encontra voz para falar qualquer coisa. - Que bom. - seu tom de voz estava tão gelado quanto o polo norte. Clary queria saber o motivo de ele está agindo assim com ela.

- O que aconteceu? - perguntou. Sebastian levantou da cama, ele parecia imensamente perturbado, com algo, ou alguém. Virou para olhar para Clary. 

- Eu não sei, você desmaiou, e... - Sebastian começou, mas Clary o interrompeu. 

- Não, Sebastian. Não foi o que eu quis dizer. Quero saber o que aconteceu para você está me tratando assim. - disse, de uma vez. Logo depois recuperou o fôlego. Sebastian abaixou o olhar, estava evitando olha-la nos olhos. Isso já estava incomodando Clary profundamente. Será que ele tinha descoberto que Clary tinha transado com Jace? Clary tentou espantar o pensamento, e também conhecia Sebastian o suficiente para saber que se ele tivesse descoberto ele estaria soltando fogo, mas ele parecia calmo, calmo até demais. 

- Clary eu... - começou, mas não conseguiu concluir a sua frase.

- O que? - Clary perguntou em um fio de voz.

- Eu sei quem você iria escolher. - disse por fim. Clary ficou completamente surpresa, por ele saber de sua escolha. Mas Sebastian não parecia feliz. - Eu sei que você prefere ele. - Clary franziu as sobrancelhas. - E é por isso, que eu tomei essa decisão. 

- Que decisão? 

- Você está livre. - disse, ainda sem olha-la.  Clary o olhou completamente incrédula. 

- Como? - Clary levantou de supetão e foi até Sebastian, parando a sua frente. Sebastian ergueu o rosto para olha-lo, seu olhar estava frio e duro. 

- Isso mesmo que você ouviu. Sei que você sempre vai escolhe-lo. - Clary abriu a boca para falar, mas foi impedida por Sebastian. - Pode ir embora com ele, e com seus amigos. Estão todos livres. - Dizendo isso, se virou e saiu do quarto. 

Clary ficou parada, em pé, completamente perplexa com o que tinha acontecido. Sebastian estava enganado, ela não tinha escolhido Jace, tinha escolhido ele. Sebastian. Ele era a sua escolha. Mas Sebastian não quis ouvir, e a deixou livre. Isso era bom, não era? Era isso que ele queria. Mas agora, não conseguia se sentir feliz. Sentiu seus olhos, enxerem de lágrimas. Saiu do quarto, não adiantava chorar sobre o leite derramado. Andou em direção a ala dos prisioneiros. Chegou em frente a sala onde Jace estava. Tomou um fôlego, antes de entrar. Jace estava sentado na cama, olhando para seus dedos. Ergueu o olhar quando Clary entrou.

- Nós estamos livres. - disse Clary, antes de qualquer coisa. Jace ficou visivelmente surpreso, assim como Clary ficou quando Sebastian lhe disse isso. 

- Sebastian disse isso? - perguntou. Sua voz não continha nenhuma emoção. Clary assentiu.

- Nós temos que ir. Você pode chamar os outros? - Clary perguntou, se referindo á Izzy, Alec e Simon. Jace assentiu. Clary se virou para sair, mas algo a segurou pelo braço. Clary foi virada bruscamente, batendo seu corpo contra o de Jace. Este a beijou, ferozmente. Clary se viu retribuindo seu beijo. Clary sentia arrepios pelo corpo, era óbvio que ainda amava Jace. Era óbvio que ela amava os dois. Se separou Jace. Virou-se e saiu dali, sem falar nada. Ela estava tão confusa. Ela andou pelo corredor, sem tentar chegar a lugar específico, e acabou chegando ao Jardim. Lá era tão bonito. 

Ela permitiu-se sentar em um dos bancos e pensar na reviravolta que sua vida estava dando. Quase um mês atrás, ela foi entregue a Sebastian pela Clave. Agora Sebastian estava a deixando livre. O que era muito estranho. Ele tinha obsessão por Clary, jamais a deixaria livre. Algo não estava certo. Ela definitivamente não sabia o que fazer. Ela deveria voltar para Idris, e tentar viver sua vida feliz ao lado de Jace. Mas Sebastian tinha despertada algo nela, que seria impossível de esquecer. Nem que ela quisesse. Fechou os olhos com força, sentiu o mundo girar, se ela estivesse em pé, com certeza teria caído pela força da tontura. Estava tão perdida em seus pensamentos, que nem percebeu quando um Crepuscular parou a sua frente. Ele nem precisou falar nada, para Clary entender o que ele queria. Ela se levantou e o seguiu. Ele foi até a sala do trono. Lá tinha um grande portal.

- Seus amigos já passaram. - disse uma voz atrás dela. Ela se virou. Sebastian estava atrás dela com o seu uniforme crepuscular. - Só falta você. - ele dizia aquilo naturalmente, como se não se importasse. Talvez não mesmo. Clary virou de volta para o portal, ele estava lá, refletindo a imagem do Gard. Ela respirou fundo, deu uma olhada para Sebastian e pulou no portal. Sempre era a mesma coisa, como se estivesse dentro de um liquidificador. De repente parou, e ela caiu com no chão. Levantou lentamente,sentindo tonturas. Olhou ao redor todos estavam lá. Jace, Alec, Izzy, Simon, sua mãe. Todos. Clary os abraçou, soltando um suspiro de alívio. Mas ela sabia que algo faltava. Algo não. Alguém.

***

Sebastian sentado em seu trono, observava tudo em Idris. Inclusive Clary.  Sebastian a observava meticulosamente. Tudo era um plano, a liberdade. Ele sabia que Clary não o escolheria, por vontade própria,e  ele não podia aceitar isso. Então, deixa-la livre foi o caminho mais fácil. Mas nem tudo o que parece é...

- Mestre Sebastian. - disse Amatis se aproximando. Sebastian se permitiu tirar os olhos do portal e olhar para ele. - Quando devemos atacar?

- Em breve. - Sebastian era sempre muito evasivo em suas respostas. Amatis percebendo que ele não responderia mais, se retirou. Sebastian voltou a olhar para o portal, visualizando Clary novamente. Sorriu malicioso. Se Clary não seria dele, ela também não seria de mais ninguém.

 

NOTAS FINAIS!!

 


Notas Finais


Obrigado a todos que comentaram no capítulo passado. Bom, falando em comentários teve algumas leitoras novas que disseram que a Clary tinha que ficar com o Jace, só que não votação que eu fiz o Sebastian ganhou. Então, eu resolvi fazer uma nova votação. Dessa vez será definitivo, então o que for decidido esse será. É só colocar nos comentários: #TeamClastian, ou #TeamClace. Só vale um voto por comentário. Você pode votar quantas vezes quiser, desde que seja em comentários diferentes. Bom, leitoras novas sejam bem vindas. Bom, não esqueçam de votar.

Outro aviso: A fanfic está na reta final, não irei estendê-la muito. Eu iria excluir a fanfic, mas foram tantos pedidos para eu não exclui-la que eu resolvi esperar minha criatividade em relação a ela voltar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...