História Efervescência Mulher - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Efervescência, Mulher, Poema
Visualizações 1
Palavras 200
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Poesias

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse poema é de minha autoria e já foi publicado por mim sob pseudonimo de Dama da Noite.

Capítulo 1 - Efervescência Mulher


Rubro...

Flamejante...

Vívido...

Assim como ela.


A rosa incandescente a iluminar,

Encantar,

Seduzir.


Ela arde nas mãos de quem souber colhê-la.


Manusear suas pétalas em brasa

E regá-la no puro desejo.

Ela é a luxúria em formas venusianas.


É clamor,

É fogueira ardendo em noite fria,

É a gitana que encanta em seu rebolar

Hipnotizando através do olhar.


Ela é brisa acolhedora quando preciso repousar em um lar.

Ela é lar.

Ela é fogo que queima, mas também sabe aquecer

Se a pena valer.


Ela também é terra

Embora não seja firme

E nem afirme.


Ela é tudo isso e um pouco mais.


Nascida do magna dos prazeres

Moldada para ser livre indo onde bem entender.


-O fogo queima!


Só quem não souber como tratá-la.

Ela não é de esperar fogo alto

Sua essência é faísca.


E na faísca ela se faz vulcão pleno em erupção

De calores

E amores.


Ela é fogo e se não tomares cuidado ao manuseá-la...



Toda mulher tem em si a brisa, a faísca e o fogo propriamente dito, mas nem todos sabe como lhe ser permitida a entrada. E se ela não quiser... Mas se for da vontade dela, jogue-se. Porque não há nada mais gostoso que ser envolvido por sua chama e embriagar-se de amor.


Notas Finais


Gracias a quem leu.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...