História Eighteen - Capítulo 50


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts Bangtan Boys
Exibições 32
Palavras 1.830
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


MUITO OBRIGADA POR LER, BOA LEITURA E ME DESCULPEM POR QUALQUER ERRO <3

Capítulo 50 - San Diego


[POV’S JungKook]

Já eram quase duas da manhã aqui na Coréia quando meu celular começou a tocar, me avisando que alguém estava me chamando no FaceTime.

Pego meu celular, e vejo que era o Yoongi.

 

[FACETIME]

- Como estão às coisas ai? – ele fala assim que a tela liga.

- Não faço ideia – o respondo.

- Como assim? – ele faz uma cara de confuso.

- Onde você está? – mudo de assunto, vendo que ele estava em um local fechado.

- No avião – ele me responde – tem um casal do meu lado – ele vira a tela do celular para o casal.

- Quanto tempo falta para você chegar?

- Umas três horas eu acho.

- Você vai ligar para a Mari?

- Vou tentar fazer isso assim que eu descer desse avião, e antes do meu pai pegar meu celular.

- Pegar seu celular?

- É, ele vai colocar um chip que funcione lá na Europa, porém ele antes decidiu me ameaçar e falou que vai bloquear ligações da Coreia do Sul. Isso é possível?

- Acho que é – falo e começo a pensar em como vai ser as coisas agora – porque você ligou pra mim ao invés de ligar para a Mari?

- Ela não viu minhas mensagens, e nem atendeu as ligações do FaceTime... – ele faz uma pausa e passou a mão pelo rosto – eu estou preocupado com ela.

 - Não é para menos né, nem um tchau direito vocês conseguiram – falo e ele concorda.

- Só para você e pra Ana que eu dei um tchau descente. Os outros foi tudo por mensagem – ele fala.

- E vocês se separaram então?

- Ainda estou usando meu anel – ele levanta a mão e mostra na tela o anel dele – não pretendo tira-lo – ele olha pro anel – em fim, vamos mudar de assunto antes que eu faça o que eu fiz até agora.

- É... – tento pensar em algum assunto – você vai pra San Diego?

- Infelizmente não – ele fala e parece decepcionado – queria tanto ir. Decidiu sua roupa?

- Decidi – falo feliz, tentando animar nossa conversa – vou de Homem-Aranha, a Ana pediu.

- E ela? Homem de Ferro? – ele fala e da risada.

- Como você sabe? – eu falo fingindo indignação.

- Eu sei que seu herói favorito é o Homem de Ferro, e a Mari me disse que o da Ana é o Homem-Aranha... então se você vai de Homem-Aranha... – ele faz uma cara sugestiva.

- Prefiro a roupa da Isa e do Hoseok. Eles vão de treinadores Pokémon e a Júlia vai de Piplup, que é um Pokemon que parece um pinguim.

Yoongi da risada.

- Vai ser um ataque de fofura – Yoongi fala e olha pro lado.

- Com quem você tá falando? – era o pai dele.

Yoongi vira a tela e o pai dele aparece.

- Ah, oi JungKook – o pai dele fala e depois acena e sorri pra mim.

Vendo assim nem parece que fez da vida do próprio filho um caos.

- Oi tio – falo com um sorriso bem falso no rosto.

A câmera vira de novo pro Yoongi.

- Pronto, ele foi embora – Yoongi fala e bebe alguma coisa numa taça.

- O que é isso?

- Vinho –ele responde – é a única coisa com álcool que tem aqui.

- Já voltou a beber?

- Nunca parei – ele me responde – e isso me faz esquecer que agora não vou mais ser feliz.

- Não seja cruel com você mesmo. Você pode encontrar outra menina – falo e vejo a expressão de raiva e de surpresa do Yoongi.

- Encontrar o que?! – ele fala perplexo.

- Outra garota?

- Não quero outra garota seu idiota.

- Abaixa as armas, eu só falei. Você arruma meninas fácil, podia tirar proveito disso.

- Eu quero voltar por dois motivos agora. Um deles é pra dar um soco no meio da sua cara – ele fala.

[FACETIME OFF]

...

{quarta-feira, dez e meia da manhã, intervalo}

Me reuni com os outros na cantina. Nós estávamos um pouco tensos com tudo.

- Em fim, ela não veio mesmo? – Lucas fala.

- Não – Ana fala – ela não apareceu o dia todo.

- E também não atende o celular – eu falo – eu e o Yoongi tentamos ligar para ela desde que ele chegou lá.

- Yoongi está vivo? – Bianca pergunta.

- É, naquelas. Ele está bem deprimido e agora eu nem posso falar com ele. Ligações da Coreia do Sul estão proibidas no celular dele, não sei como.

- O que aconteceu com o pai dele? – Bianca fala – ele não era assim antes.

- Isso é falta de dar – Lucas fala como se tivesse chegado a essa conclusão.

- Crianças – ouço a voz do diretor, do diretor mesmo, não do pai da Mari.

- Pai? – Bianca fala – o que você está fazendo aqui?

- Eu vim salvar minha faculdade, o William fez isso aqui virar um inferno – ele fala e eu vejo suas muletas, que ele devia estar usando por causa de seu pé, que alias estava enfaixado até o joelho e tinha uns ferros aparecendo de um dos lados.

- Ele deixou isso aqui mais divertido – Taehyung fala – sorvete de graça. Eu voto William para diretor.

- E eu voto para você deixar de namorar minha filha – o diretor fala e da risada – diretos iguais.

Taehyung arregala os olhos, fazendo todo mundo dar risada da cara dele.

- Eu voto no senhor diretor para diretor – Taehyung fala e bate na mesa.

- Muito bem – o diretor fala – cadê os um milhão de filhos daquele ser humano.

- Um esta aqui – Jimin fala e levanta a mão.

- O outro tá aqui também – DK fala e levanta a mão igual o Jimin.

- E a Marienne ninguém sabe – Lucas fala – será que morreu?

- Não fala isso menino! – Isa fala e da um tapa no braço dele.

- Será que foi por isso que o William falou que ia ficar fora o dia todo hoje? – o diretor fala pensativo – tá, eu vou pra minha sala e ver os rombos do orçamento que o William fez.

Assentimos.

- Quem vota em ir pra casa da Mari agora? – eu falo.

- Não é melhor dar um tempo para ela? – DK fala – pelo o que me disseram a coisa foi bem pesada.

- Vai só um – Ana fala – se não muita gente vai também deixa-la pressionada.

- É – concordo – quem vai?

- Você é amigo do namorado dela – Jimin fala.

- Mas você é o irmão – falo – tem que ser menina, meninas se dão bem com outras, certo?

- Eu tenho um trabalho para fazer – Bianca fala e o Taehyung assente com ela.

- É, o substituto do pai da Mari é um saco. Só sabe passar trabalho – Taehyung fala.

- Ana? – falo.

- A gente não ia sair hoje? – ela fala e eu me lembro que a gente marcou de ir almoçar juntos.

- Puts, verdade.

- Eu vou – Mingyu fala e se levanta – já estou indo na verdade.

- Vocês sabe onde ela mora? – Lucas fala.

- Não, mas talvez eu ache ela, sei lá – Mingyu fala e sai da mesa.

...

{segundo dia de férias, e o dia que iriamos viajar}

- SAN DIEGO, CHEGUEI! – Lucas grita assim que pisamos fora do aeroporto – VENHAM BOYS... – ele faz uma cara de duvida – como se chama quem mora aqui?

- Não faço ideia – Bianca fala e os dois dão risada – vamos chamar de americanos.

- BOYS AMERICANOS VENHAM ATÉ MIM! – Lucas grita.

...

Quando chegamos no hotel, nós nos dividimos por casal. Eu e a Ana, Lucas e o Coups (sim, ele veio também), Neide e Namjoon, Bianca e Taehyung e Isa e Hoseok e com eles é claro, a pequena Júlia.

Caso você esteja se perguntando dos outros, Renata foi para a Austrália, que era onde seus pais moravam. Jin foi para Londres ver sua família. E a Mari não quis vir com a gente. E falando nela, ela estava “bem”. Quando o Mingyu foi falar com ela, ele disse que ela só não atendeu os telefones porque estava sem bateria. Não acreditei nisso, mas tudo bem. E em fim ela não queria mais saber de nada e também não veio com a gente.

...

Quando cheguei no meu quarto e da Ana, nós já nos vestimos para ir a praia, junto com os outros. Estávamos eufóricos, nunca havíamos ido a praia juntos e tinha tudo para ser divertido.

...

Assim que chegamos lá, nós arrumamos alguns guarda-sóis e espreguiçadeiras e já fomos para o mar, que foi onde o Lucas tomou vários caldos e se fez de vitima para o salva-vidas cuidar dele (Coups decidiu que iria primeiro a um shopping, porque ele se esqueceu de trazer roupa de banho, por isso o Lucas fez isso). Depois é claro que o Lucas foi pegar o salva-vidas, porque se bem o conheço, quando ele some é para fazer isso.

Eu fiquei bastante com a Ana, mas teve uma hora que não resisti e tive que fazer um castelo de areia com o Taehyung. E olha, estou orgulhoso do nosso castelo. Ele tinha até uma estrada que levava para ele.

Depois eu fiquei com a Júlia e o Taehyung, porque o Hoseok e a Isa tinham que aproveitar também, né? A Júlia ainda não podia ir no mar, então eu e o Taehyung enchemos uma piscina de bebê para ela e enchemos de água e depois a colocamos ali. Ela adorou, mesmo sendo um bebê de um mês e meio, ela pareceu se divertir um pouquinho.

De noite nós fizemos uma fogueira ali na praia mesmo, e ficamos conversando e comendo marshmallow com chocolate e biscoito, bem americanos mesmo.

...

O dia seguinte foi de compras. Nós fizemos compras o dia todo praticamente. E além disso tivemos que alugar um carro, porque o Lucas e a Bianca quase faliram uma loja de tanta roupa que eles compraram.

Eu tentei ser moderado, mas ai eu entrei numa loja de Comics e pronto, lá se foi meu dinheiro.

...

{Sexta-feira, dia da Comic Con San Diego}

Assim que acordei, foi para me arrumar de Homem-Aranha. Eu via nos olhos da Ana a satisfação dela ao me ver assim, e estava tentando tirar proveito disso, porém ela se vestiu de Homem-de-Ferro e quase me matou. Duas coisas que eu amo em uma só? Puts!

Quando chegamos lá, foi bem engraçado porque DO NADA brotou o Vernon vestido IGUAL a Bianca. A Bianca e o Taehyung iriam de vampiros guerreiros (não me pergunte o que é isso que eu não sei) e a gente nem sabia que o Vernon ia até ele aparecer. E gente, a cara do Taehyung quando ele viu o Vernon foi a melhor. Ele ficou bem enciumado e ficou abraçado a Bianca o tempo todo.

Quando entramos, a Júlia chamava muita atenção. Ela estava vestida de Pokémon, e com a febre mundial do Pokémon Go, ela realmente atraia olhares por onde passava.

 

...


Notas Finais


pediram 80, irão ter 80.
(não tentem entender isso que eu falei hkjahsd)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...