História El Fruto de Mi Amor - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Delfina, Gaston, Jazmin, Jim, Luna Valente, Matteo, Nico, Nina, Pedro, Personagens Originais, Ramiro, Simón, Yam
Tags Gastina, Gravidez, Lutteo, Simbar
Visualizações 148
Palavras 1.546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Visual Novel
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Capítulo fresquinho pra vcs <3
Eu gostaria de agradecer a todos que comentaram a fanfic, eu estou imensamente feliz por isso e está me motivando a trazer um capitulo pra vocês todos os dias.
eu acabei de terminar o capitulo, por isso pode haver alguns erros.

Espero que curtam.

Kisses de chocolate.

Capítulo 3 - Capitulo 3


Luna Narrando:

 

 

 

Não acredito no que estou ouvindo. Não acredito que o Matteo tenha tido coragem de fazer isso comigo.

 

 

_ Anda Jazmin, me explica esta historia ai  de Ámbar com o Matteo_ digo para a ruiva que me olha assustada.

_ Eu .. eu.. acabei ouvi.._ tentava  dizer a ruiva se enrolando com as palavras.

_ Anda Jazmin, que historia é essa da Ámbar está grávida do Matteo?_ digo impaciente.

_ Eu ouvi a Ámbar conversando com uma menina e essa menina falava que o Matteo era o pai do filho da Ámbar_ disse Jazmin de uma vez.

_Jazmin_ Falou Delfina repreendendo a ruiva.

_ O que? Ela já tinha ouvido mesmo_ Disse a ruiva.

_ Obrigada por me conta a traição do meu namorado Jaz, agora se me derem licença, eu preciso conversa com certos papais_ digo com raiva saindo do Roller.

 

 

 

Que ódio do Matteo! Como aquele menino é falso, primeiro diz que me ama e depois vai lá fazer um filho em outra.

 

 

 

 

 

_ Fiquei sabendo sobre a sua aventurazinha com o meu namorado, Ámbar_ digo irritada assim que vejo a loira trairá.

_ Que aventura Luninha?_ perguntou ela se fazendo de desentendida.

 

Ai que ódio dessa garota! Faz as coisas e ainda dá uma de dissimulada.

 

_ Não vem com essa de Luninha não sua falsa, eu sei muito bem o que você e o meu EX namorado fizeram_ digo dando ênfase no EX, pois não tem condições de continuar com Matteo sabendo que ele me traiu com essa loira falsa.

_ Ex namorado? Eu? Não sei do que você está falando_ disse ela com a maior cara de sonsa do mundo.

_ Eu sei que você transou com o Matteo, Ámbar. Você não se respeita mesmo né_ disparo tudo de uma vez só.

_ Luna, eu realmente não sei do que você está falando. Eu nunca transei com o Matteo_ E ela continua se fazendo de sonsa. Que ódio!

_ Como não sabe?! Para de se fazer de sonsa garota, eu sei de tudo_ rebato com raiva.

_ Olha só garota, eu entendendo que você não vai com a minha cara e que eu já aprontei muito com você, mas dessa vez eu realmente não fiz porra nenhuma. Só vou dizer uma vez tá: EU NÃO TRANSEI COM A PORCARIA DO SEU NAMORADO_ disse a loira  traíra ficando alterada.

Ficou nervosinha é?! A corna aqui sou eu amor, então só eu posso ficar com raiva.

_ Você deve achar que eu nasci ontem, mas eu tenho uma péssima noticia para você: Eu não nasci ontem sua falsa, eu sei que você foi para cama com o Matteo e que agora está grávida daquele vagabundo_ digo e vejo a loira arregalar os olhos em sinal de surpresa.

 

Duvido se fazer de sonsa diante desse fato, queridinha.

 

_ Luna, eu não..._ iria dizer ela se uma voz não a interrompesse.

_ Que historia é essa de gravidez?_ pergunta Sheron chegando no quarto onde estávamos_ Anda Ámbar, responda_ falou ela novamente vendo com que nem eu e nem a loira mais nova iriamos nos manifestar.

_ Tia, eu..._ tenta a traíra falar mais uma vez, mas é interrompia pela tia mais uma vez.

_ Luna, nos dê licença_ disse Sheron com  voz autoria e uma cara assustadora.

_ Sheron, eu e a Ámbar..._ tento falar algo, pois, mesmo estando com raiva da loira, eu conheço a Sheron e sei que Ámbar está em grandes apuros.

_ SAI DAQUI LUNA_ grita ela me expulsando do quarto.

 

Eu saio do quarto de Ámbar, mas continuo no corredor para caso as coisas ficarem ruins lá dentro.

 

 

 

 

 

 

 

Ámbar narrando:

 

 

_ Que historia é essa de gravidez?_ pergunta minha tia novamente assim que Luna deixa o quarto.

_ Eu estou grávida de quase três meses_  falo, pois mesmo que não fosse dessa maneira que queria contar,não adiantava mais esconde dela.

 

TAF

 

Ponho a mão no rosto, onde a minha tia tinha acabado de me acerta um tapa  e sinto a quentura e a ardência do local.

 

 

_ Eu não te criei para ser uma vadia que abre as pernas pra qualquer um_ disse ela me olhando com nojo.

_ Eu não abri as pernas pra qualquer um, eu me deitei com o homem que eu amo_  digo irritada pelo modo que ela estava falando comigo e pelo tapa que ela havia me acertado.

_ Mas é uma puta barata mesmo né, não consegue ouvir nem um “eu te amo” besta e já sai dando para o primeiro que passar_ disse ela me pegando pelo braços.

_Você está me machucando_ digo me referindo ao local onde sua mão me apertava e onde com certeza iria ficar roxo.

_ Isso é pouco ainda, você merece muito mais_ disse tia me olhando com muita raiva.

_O que eu mereço então titia?_ digo a enfrentando.

 

Eu sei que nesse momento eu não deveria está batendo de frente com ela, mas o modo que ela está me tratando, está me dando muita raiva.

 

_ Você merece uma surra, só não te bato porque não quero ser acusada de ter feito ninguém perder um bastado. Mas sabe, a vida vai te ensina que não se deve sai abrindo as pernas pra a qualquer vagabundo que passar. Agora você irá ter que cuidar desse bastardo sozinha, pois tenho certeza que o pai desse fedelho, isso é se você sabe mesmo quem é o pai,  não irá assumir uma vadia como você_ disse ela apertando ainda mais o meu braço.

_ Sabe de uma coisa, eu não ligo da vida me ensina, pois sei que ela vai me ensinar a não ser uma mulher mal amada e amargurada como você, titia. Mais uma coisa, eu não abri as pernas pra qualquer um, eu me deitei com homem que eu amo e o meu filho, mesmo não vindo no momento certo, é o fruto do meu amor_ digo com raiva.

_ MAS VOCÊ É UMA VADIA MESMO NÉ_ Disse ela me puxando pelo braço e me jogando com força na cama_ TE QUERO FORA DAQUI HOJE MESMO, QUERO QUE VOCÊ ME ESQUEÇA E ESQUEÇA TUDO QUE JÁ FIZ POR VOCÊ_ continuo ela pegando minha mochila  e jogando na cama junto com algumas peças de roupas.

_ Eu realmente vou esquece de você, titia. Vou esquece de tudo que NÃO fez por mim e do carinho que NUNCA me deu_ digo pegando as roupas que ela jogava em cima da cama e enfiando na mochila_ Adeus titia, pode deixar que você nunca mais irá me vê_ digo pegando minha mochila e o meu celular.

Quando sai do quarto pude vê Luna me olhando com um misto de pena e de culpa.

_ Obrigada por me ajudar a dá a grande noticia Luninha_ digo irônica, pois se não fosse por seu escândalo, a minha tia não iria saber da minha gravidez agora.

_ Ámbar.._ a ouço dizer antes de dá as costas para ela e sair daquela casa que não pertencia mais a mim.

 

È meu pequeno, parece que eu e você estamos desabrigados agora.

 

 

 

 

 

Simón Narrando:

 

Estava de boas limpando as mesas quando vejo um furacão moreno passar por mim e se sentar em uma mesa mais ao fundo.  

O furacão atendia pelo nome de Luna e não me parecia muito bem, por isso fui até ela para vê o que estava lhe acontecendo.

 

_ Posso saber o que te deixou desse jeito, minha minion?_ digo a chamando pelo apelido que ela odeia, porém sua atitude foi diferente dessa vez, pois ela não me xingou, apenas me ignorou_ Serio, o que está acontecendo ?_ pergunto novamente sentindo que coisa era grave.

 

_ Eu fiz merda_ disse ela transmitindo um sentimento de culpa pelo olhar.

_ Me conta o que você fez_ peço me sentando na cadeira vaga ao seu lado.

_ Eu ouvi uma coisa da Jazmin, ai fiquei nervosa e acabei brigando com loira e a tia dela chegou e mandou ela embora por minha culpa_ disse ela tudo de uma vez, mas eu não entendi uma virgula do que ela disse.

_ Ei Luna, respira. Agora conta com calma, quem brigou com quem ? Quem foi expulsa de casa?_ peço a vendo dá um longo suspiro antes de voltar conta a historia.

_ A tia da Ámbar a expulsou de casa.

_ Por que a tia dela expulsou ela de casa?_ pergunto meio preocupado com a loira.

_ Porque a gente brigou_ disse a baixinha parecendo se sentir culpada.

_ E qual foi o motivo da briga?_  eu sabia que a coisa era seria, só não sabia que era tão seria assim.

_ O Matteo_  eu sabia que tinha que ter esse topete tosco no meio.

_ O que o Matteo fez?_ pergunto revirando os olhos. Esse garoto só traz problemas.

_ Ele junto com a Ámbar né, pois essa loira traíra está grávida do meu EX namorado.

 

A Ámbar está grávida do Matteo...

A Ámbar está grávida do ...

A Ámbar está grávida...

A Ámbar está....

A Ámbar ....

 

A minha Ámbar está grávida

 

Calma Simón, respira que não é nada demais.

 

Porra, é demais sim.

 

Eu, Simón Àlvarez, vou ser pai.

 

Ai caralho, bendita hora que fui me render aos encantos daquela loira gostosa.


Notas Finais


Aeeee ele finalmente descobriu que vem um baby por ai..rsrs.
No fim a Àmbar realmente não contou pro coitado que ele vai ser pai.
Enfim, espero que tenham gostado,

P.s: Eu não odeio a Luninha ok, eu só acho ela bem impulsiva e imaginei que ela teria uma reação assim diante dessa situação.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...