História Ela... - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Irmã, Irmão, Monstro, Poesia, Princesas, Romance, Yaoi
Visualizações 14
Palavras 289
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Kon'nichiwa leitores-kun
Esse é uma one-short
Sobre uma pessoa
Espero que gostem
Desculpa qualquer erro de ortografia
Boa leitura

Capítulo 1 - Capaz de amar


Ela era a coisa mais importante para mim...

Eu a amava mais que tudo na minha vida...

Ela era otimista

Como a luz na escuridão

E eu um monstro

A própria escuridão

Feita da depressão

Mas mesmo assim, ela estava lá

Mesmo com seus problemas

Ela estava lá e insistia em ficar

-Vá embora eu sou errado, sou um monstro!_dizia tentando me afastar

-eu não vou partir tão cedo_Dizia insistindo

-porque?! Eu sou a própria escuridão

-eu gosto do escuro... Sabe um dia você vai amar alguém e vai entender porque ficar ao lado do outro é tão importante, irmão... _Dizia dando aquele sorriso puro

-monstros não são capaz de amar... _dizia revirando os olhos

Era sempre assim...

Minha única família

Até que um dia, ela se foi...

Como uma vela que se apaga

Como uma brisa leve

E Diante de teu túmulo...

Apenas eu...

"SORRIA!Um dia você vai amar alguém,sei que assim será feliz"

Como não lembrar de sua doce voz

Espero até hoje o dia que poderei voltar a encotra-la

Tento seguir seu conselho...

Mas como um monstro como eu poder ser feliz?

Não há jeito...

Hoje é o dia de sua morte

Quando ela se foi

Minha pequena...

Vivo me perguntando como um mostro como eu pôde ser irmão de uma princesa como ela...

Isso não importa

E agora cá estou eu andando pelas calçadas, em um dia frio lembrando que hoje conheci alguém que me entendia!

Outro monstro?Talvez...

Tão lindo...

Ele me faz lembra ela...

Seu sorriso...

Seu otimismo...

Não pode ser um monstro como eu!

Ele me fez sorrir com ela fazia...

Sorrio para o nada e digo

"você estava certa irmã, monstros podem amar"

Muitos ouviram oque eu disse,me achando louco mas como minha irmã Zura dizia: Todos somos não é?

Limpei às lágrimas que saiam sem pedir licença e voltei à caminhar


Notas Finais


BASEADO EM FATOS REAIS
FELIZ ANIVERSÁRIO ZURA!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...