História Ela adora provocar - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Brigas, Drama, Romance, Sasusaku, Traição
Visualizações 736
Palavras 1.285
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Capítulo 08


Uma dose de tequila cairia muito bem para aclamar os nervos da Haruno, e mulherzinha complicada, desfilando no saguão da empresa com o melhor sorriso no rosto bancando a mulher  fatal “Hinata'' cumprimentou a colega de trabalho.

– Vou logo avisando o chefe tá uma ferra. – disse Hinata a recepcionista.

– É mesmo.– disse a Haruno com um ar de divertido.

Hinata sempre foi muito gentil meiga, mas uma tola por ter caindo nos encantos do sócio do Uchiha o Naruto Uzumaki, oque esses homens tinha para deixar as mulheres enfeitiçadas, um pinto magico só podia ser isso. Sakura talvez fosse a menos indicada para questionar as decisões da colega, já que por muito tempo se submeteu a ser um casinho secreto do chefe.

– Tenho uma bomba para contar.

– Então desembucha criatura.

– Sabe quem é o novo affair do chefe?!

– Não. – mentiu. – Ele tá saindo com alguém e.

– Uhum, nem te conto miga. – tagarelou a Hinata.

– Oque. – fingiu falsa curiosidade.

– A escolhida da vez é uma Russa e modelo.

– Há ele tem mesmo uma quedinha por modelos. – acrescentou a rosada.

– Ela é lindíssima. – murmurava Hinata.

Cara já não bastava ter que aturar a Ino que era uma baita curiosa agora tinha que lidar também com a língua solta da Hinata fofocando da vida pessoal do filho de cruz credo '' Mas a bomba não termina ai'' continuou tagarelando virando a cabeça pros lados certificando-se de que ninguém passava e sussurrou '' Não sabemos como ou porque, mas ele tá com o olho roxo''. Sakura fingiu espanto.

'' Serio, mentira'' Há se hinata imaginasse que a causadora disso era o diabinho cor de rosa. Sakura gargalhava internamente cantando vitória ele teve oque merecia e ainda era pouco considerando o fato de ter sido um cafajeste de primeira classe. A gente perde o equilíbrio, mas não desce do salto.

– Seríssimo, não se fala noutra coisa.

– Nossa. – murmurou ela.

A danada da Haruno estava um verdadeiro furação, agora digam de onde tiraram a ideia de que mulher é o sexo frágil, quem disse isso com toda certeza não sabia do estava falando. Hinata focou os olhos na rosada reparando na mudança da Haruno meia hora depois '' Uau, você tá sensacional'' comentou elogiando '' Oque aconteceu com você nesse fim de semana'' balbuciou morrendo de curiosidade.

– Muita coisa. – disse maliciosamente.

– Me passa a receita, porque eu também quero?!

– Sentar na pica é tire e queda. – mulherzinha da mente suja.

– RSRSSsr . – gargalhou, atendeu o telefone da empresa. – Uhum, ela esta bem aqui. pode deixar. – murmurou desligando.

– Quem era?

– O chefe, tá uma fera exigiu sua presença na sala de agora.

– Ele amanheceu com a macaca hoje.

– Boa sorte. – desejou Hinata.

A segunda vez no dia que escutava um boa sorte e isso só podia significar que de bom o dia não teria nada, o filho de cruz credo pensava que era quem para exigir alguma coisa só podia ser piada, não ele era o dono da empresa e o chefe, e podia mandar e desmandar, gritava a mente da Haruno pondo um pouco de juízo naquela cabecinha avoada então se ainda presava pelo emprego deveria baixar a crista e ficar de boa as portas de ferro se abriram ela saiu, jogou a bolsa de grife que ganhou do cretino sob a mesa que ocupava, respirou fundo tomando folego para ir falar com o filho de cruz credo.

Pronta para o combate. 

A danada bateu na porta de madeira umas duas vezes escutando um “entre” daquela voz que só de escutar podia jurar está excitada. Tenha santa paciência para aturar o filho de uma quenga. Entrou no escritório luxuoso do Uchiha o-procurando com os olhos. Encostado na mesa de vidro fumê de braços cruzados e com um olho roxo de assustar qualquer um e com uma carranca dos diabos.

– Sente-se. – ordenou mostrando quem mandava ali.

– Prefiro ficar de pé mesmo. – contrariou as ordens dele.

Sakura queria foder literalmente com o psicológico do Uchiha, mantenha a calma se controle você precisa do emprego, não encontrará outro tão fácil e ainda por cima que pague tão bem quanto a empresa Uchiha, Sakura se segurava para não rir da cara do chefinho.

– Chegou atrasada. – questionou descendo os olhos nela.

– Tenho uma ótima justificativa, Senhor Uchiha.

– Não estou interessado em justificativas, vou descontar do seu salário . – decretou.

– Ah....que... você não tá falando serio tá.

– Pode acreditar, Senhorita Haruno odeio funcionários incompetentes.

– Isso não é justo. – filho da puta queria ferrar legal com a rosada.

– Exijo pontualidade dos meus funcionários. – falou serio.

– Pronto acabou com os sermões, posso ir chefinho. – ela estava uma fera.

'' Não'' Filho da puta 5 minutinhos de atraso oque isso significava nada e ele queria descontar do salario, graças a quem a idiota da porca. Sasuke estava puto da vida e queria que ela se arrepende-se da humilhação publica que o fez passas no Pub mulher alguma brincava com ego do Uchiha, se ela não tivesse vindo com aquele papinho de compromisso estariam nesse exato momento trepando em todos os cantos do escritório, mas como toda mulher ela complicou tudo. Sakura veio toda sexy com a intenção de provocar e atiçar o Uchiha e isso estava claramente dando certo via pelo brilho nos olhos dele, então ela teria que arcar com as consequências o Uchiha que de bobo não tinha nada avançou como um lobo faminto a prensando na parede.

– Ei oque você pensa que tá fazendo senhor Uchiha.

– Você gosta disso tanto quanto eu Haruno.

Podia até ser verdade, mas a-partir do momento em que foi descartada sem mais nem menos quando haviam acabado de trepar . Sakura não se deixaria enganar e cair outra vez nos braços do machão, apesar de ser tentador, tinha orgulho próprio dignidade foda-se que ele trepava bem, encontraria outo macho alfo que abaixa-se seu fogo.

– Pode me soltar. – os braços dele pareciam duas paredes a cerando.

– Não, não posso você me deve explicações não acha. – falou possessivo.

– Eu te devo explicações ficou louco. – disse irônica. – Sou livre, leve, solta.

– Puta que pariu Haruno. – as testas estavam coladas uma na outra.

– Foi você mesmo que pós um ponto final no nosso casinho secreto.

– Achou divertido rir da minha cara ontem.

– Eu não tenho culpa se você ficou morrendo de ciúmes chefinho.

– Você ficou provocando confessa, Haruno.

– Chefinho você não é o centro das atenções, nem a único pinto do mundo.

Toma essa distraindo isso foi um soco no estômago do machão convencido. Sakura fez dele prioridade e ele a fez de opção algo descartável, e jamais seria boa o suficiente para o poderoso Uchiha. Essa mulher sabia como mexer com psicológico de um homem '' Sabe do que você precisa'' sussurrou mordicando o pescoço dela sentindo a maciez da pele dela o cheiro, as mãos firmes e grosas do Uchiha desciam pela bunda da Haruno ''Ser comida'' afirmou invadindo a boca da danada que não negou fogo. Até parece que a Haruno se deixaria enganar tão fácil na seduçãozinha barata dele.

Ele queria uma trepada uma gozada que procura-se a Russa anorexia.

Sakura entrou na brincadeira tirar uma casquinha não faria mal a-ninguém aprofundou o beijo, as línguas se enroscavam uma na outra. O pau do Uchiha pulsava para entrar na boceta da Haruno. Pronto para subir a saía dela, ela foi mais agiu o empurrado para longe.

'' Esse corpo aqui não é pra você'' garantiu a rosada Sasuke travou o maxilar '' Você não merece isso aqui'' Por essa o chefinho não esperava '' Até patrão, vou verificar alguns documentos'' mulher quando quer pisar no orgulho de um homem e saber fazer isso direitinho.
Sasuke ficou com cara de tacho fitando aquele avião retirar-se do escritório.
Mostra quem é que manda Haruno.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...