História Ela deve ser minha - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Em Família, Glee
Personagens Blaine Anderson, Brittany S. Pierce, Clara Fernandes, Kurt Hummel, Marina Meirelles, Mercedes Jones, Noah "Puck" Puckerman, Quinn Fabray, Rachel Berry, Sam Evans, Santana Lopez, Sue Sylvester, Will Schuester
Tags Dramas, Revelaçoes, Romance, Violencia
Exibições 31
Palavras 1.677
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Novas amizades


Narrador Pov’s

Nasceu um lindo sol em Ohio, Rachel acordou com sorriso no rosto a morena não parava de pensar nos olhos verdes de Quinn que lhe arrepiava a todo momento. Sentiu um braço em sua cintura lhe apertar e sentiu alguns beijos em sua costa:

Ash: Bom dia amor. Desejou carinhosa o que não era do fértil da rockeira.

Rach: Bom dia love. Desejou sonolenta. – Dormiu bem?

Ash: Com você por perto, sempre. Beijou os lábios de Rachel e logo suas mãos foram tomando vida e começou acariciar o corpo da namorada, mas foi interrompida pelas batidas na porta.

Hiram: Rachel querida o café está na mesa. Avisou.

Rach: Já estou indo. Falou alto. – Você vai ter que sair pela janela papai Hiram me mata se descobrir que você dormiu aqui. Deu um selinho na loira e foi pro banheiro.

Ash: Eu não ganho uma rapidinha de manhã? Fez biquinho.

Rach: Eles vão viajar daqui a pouco, vão ficar fora por duas semanas o que acha? Mordeu os lábios.

Ash: Acho que esse corpo vai ser só meu Morena. Beijou a namorada e foi se trocar.

Enquanto isso Rachel tomava banho gelado para tentar esquecer os olhos de avelã que lhe possuía a mente, terminou seu banho e viu que Ashley não estava mais lá optou por vestir uma regata cavada branca mostrando seu sutiã, shorts jeans azul royal e vans azul, fez um coque mal feito no cabelo e desceu para tomar café com seus pais.

 ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

Já na casa dos Fernandes todas já estavam tomando café, Clara Fernandes uma das melhores pintoras sentava na ponta, Fernanda Medeiros sua esposa dona de duas agências de modelos sentava a sua direita e Victoria Fernandes Medeiros sua filha que sentava a sua esquerda:

Clara: Como foi o primeiro dia de escola ontem? Perguntou sem olhar para filha.

Vick: Foi ótimo, as pessoas de lá são mais adoráveis que as de Nova York. Sorriu.

Nanda: E o ensino? É bom? Perguntou mastigando sua panqueca.

Vick: Sim mami o ensino é muito bom. Falou animada.

Nanda: É bom que seja mesmo, não criei filha pra ser burra e ignorante. Falou rude e saiu sem pedir licença.

Vick: Mãe Mari ligou ontem. Comentou em sussurro, porém Fernanda ouviu.

Nanda: O que aquela vadia queria? Rosnou fazendo Victoria se encolher. – RESPONDE VICTORIA MEDEIROS. Já gritava assustando a filha.

Clara: Calma amor. Pediu e viu a esposa ir ao seu escritório atrás de seu whisky. – Quantas vezes eu pedi pra você não manter contato com a Marina? Sabe que sua mãe a odeia. Falou brava.

Vick: Desculpa. Sussurrou. – E-ela só queria saber seu e-eu cheguei bem. Falou amedrontada.

Clara: Não quero que você ligue pra Marina sem minha permissão ouviu? Rosnou.

Vick: O-ouvi. Gaguejou, pegou sua mochila e correu para o colégio, não queria que sua mãe brigasse com ela novamente.

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

Todas chegaram praticamente juntas, se cumprimentaram e foram para seus armários Rachel viu que sua amiga estava praticamente pálida o que não passou despercebido por Charlie também:

Rach: Vick você está bem? Perguntou preocupada.

Vick: E-eu e-estou por que? Gaguejou.

Rach: Parece que viu um fantasma ou algo pior.

Charlie: Tem certeza que está bem Flor? Perguntou mais preocupada que Rachel.

Vick: Estou é que e-eu hum... não dormi direito... é não dormi direito... é isso. Sorriu amarelo. – Eu vou indo tchau pra vocês. Se despediu e sumiu entre os alunos.

Rach: Acha que tem a ver com a Fernanda? Perguntou pra namorada que deu de ombro.

Ash: Provavelmente.

Charlie: Quem é Fernanda? Perguntou curiosa.

Rach: A mãe da Vick, bom mãe adotiva já que ela é filha legitima de Clara Fernandes e Marina Meirelles, mas esse nome é proibido na frente da mãe dela.

Quinn: Por que? Perguntou interessada.

Rach: Pelo o que a Vick disse a tia Clara na época escolar namorava a tia Nanda só que a mesma tinha lhe traído com outra e ela descobriu, tia Nanda tentou pedir perdão só que a tia Clarinha negou, com o tempo tia Clarinha conheceu a tia Mari que é super legal gente. Falou animada. – Elas ficaram e casaram já que a tia Mari engravidou a tia Clarinha, quando a Vick completou três aninhos a tia Mari e tia Clarinha tinha se separado por ciúmes da parte da tia Mari. Suspirou e continuou. – Depois de se divorciar da tia Mari a tia Clara deu uma chance para tia Nanda que já tinha amadurecido bastante desde a época escolar e desde então elas cuidam da Vick juntas.

Charlie: Uau. Falou impressionada.

Ash: Tia Nanda é muito durona e carrasca, sempre via a Meirelles como inimiga então desconta toda suas frustrações em cima da Medeiros. Falou tragando seu fiel cigarro.

Charlie: Quer dizer que ela bate na Flor? Perguntou raivosa.

Ash: Não temos certeza, mas suspeitamos. Assoprou a fumaça.

Rach: Vick aparecia com algumas manchas nos braços, usava óculos escuro no colégio sem precisar então deduzimos que ela apanha da tia Nanda. Deu um suspiro triste.

San: E por que diabos ela não conta pra outra mãe?

Ash: Medo. Tragou novamente e jogou o cigarro no lixo. – Até parece que a Medeiros mãe não iria ameaça-la se ela contasse para alguém. Rachel concordou com a cabeça. Foram cada uma pra suas salas dando aquele assunto por encerrado.

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

No intervalo Vick estava sentada num canto mais afastado quando leva um susto por ver Mercedes, Sam e Puck sentarem ao seu lado:

Vick: O-oi. Sussurrou.

Mercedes: Olá. Sorriu para morena de cachos. – Quem vê pensa que você é toda tímida, cadê aquela garota que arrasou no Clube Glee? Perguntou bem humorada.

Vick: Ficou em casa quando a mãe lhe deu um sermão grosseiro. Sussurrou.

Sam: Quer falar sobre isso? Perguntou amigável.

Vick: Por enquanto não, obrigada. Sorriu.

Puck: Sabe do que você está precisando, é de uma boa noite de festa. Falou sedutor.

Charlie: Ela precisa é de ombro amigo Puckerman e não de bebedeira e sexo. Rosnou. – Vem Flor vou te levar para um lugar tranquilo. Estendeu a mão e Victoria a pegou e saiu junto de Charlie. Passaram perto das meninas e Vick sibilou um “te conto mais tarde” para Rachel que acenou com a cabeça.

Quinn: Então, por que saíram de Nova York? Puxou assunto, seu olhar era sempre em Rachel.

Ash: Os pais da morena foram chamados pra trabalhar aqui e eu vim junto com ela. Falou firme.

Quinn: Oh! Tendeu. Respondeu sem ânimo.

Rach: Meus pais são médicos, um é cirurgião e outro é pediatra. Sorriu pra loira e Ashley rosnou baixinho.

Kurt: Olá meninas, estão sabendo da festa que o Puck vai fazer nesse final de semana? Perguntou animado.

San: Não, mas obrigada por nos avisar Porcelana. Sorriu para o amigo que revirou os olhos por causa do apelido.

Blaine: Não sei o que o Puck falou ou como falou, mas Charlie está brava com ele. Comentou.

Mercedes: Puck convidou a Cachinhos do modo sedutor de um Puckerman o que deixou a Fabray furiosa. Falou chegando junto com Sam.

Sam: Puck não fez por mal, é só jeito dele. Deu de ombro. E logo o sinal havia batido e todos foram para suas salas.

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

Charlie puxou Victoria até a arquibancada e ficaram olhando para o nada por alguns segundos até Vick falar:

Vick: Ela sempre descontava em mim sua raiva pela mama M. Uma lagrima ousou sair de seu olho. – Ela não admitia ter perdido minha mãe para mama M, ela sempre a odiou com todas suas forças, então sempre que pode desconta toda seu ódio em mim. Já não segurava mais suas lagrimas.

Charlie: Eu sinto muito. Abraçou a morena tentando lhe passar conforto, quem visse Charlie Fabray confortando alguém se assustaria na hora já que a punk não se importava com ninguém a não ser sua família.

Vick: Temos que ir, estamos atrasadas. Sussurrou. – Tenho certeza que vou levar bronca da Rach por matar aula.

Charlie: Eu te protejo Flor. Deu um beijo na testa de Vick e foram para sala de aula.

~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

Logo depois da aula Rachel foi atrás da melhor amiga saber o que tinha acontecido com ela já que não tinha a encontrado o dia inteiro:

Rach: Hey PandGirl o que aconteceu, você sumiu o dia inteiro. Falou preocupada.

Vick: Eu não queria falar com ninguém Rach, eu não quero que as pessoas tenham dó de mim porque minha mãe me odeia. Falou chorosa, Rachel lhe abraçou apertando dizendo “está tudo bem, eu estou aqui”. Rachel deu carona para Vick já que Ashley entrou no time de handebol e ficaria no colégio até tarde, enquanto saiam avistaram o Clube Glee vindo em sua direção.

Puck: Hey cachinhos eu queria pedir desculpa pelo jeito que lhe convidei pra festa hoje. Coçou a nunca envergonhado.

Vick: Está tudo bem Noah. Sorriu para o garoto de moicano.

Puck: Então vocês vão na festa né?

Rach: Claro, só precisamos do seu endereço e o horário da festa. Sorriu gentil.

Puck: Mando por mensagem pode ser?

Rach: Pode. Continuaram conversando por alguns minutos e logo Rachel e Victoria foram embora pra casa da judia. – Papai, Pai cheguei. Falou alto.

Hiram: Cozinha, estrelinha. Falou de volta.

Vick: Oi tio Hiram, Oi tio Leroy. Saudou dando dois beijos em cada um.

Hiram: Oi minha princesa, vai ficar pro almoço?

Vick: Vou sim se não for incomodo. Falou tímida.

Leroy: Incomodo nenhum meu amor você sempre foi e sempre será bem-vinda em casa.

Vick: Obrigada tios vocês são os melhores. Sorriu.

Rach: Hey eu ainda estou aqui. Se fez presente com um biquinho nos lábios.

Vick: Own meu amor desculpa esquecer de incluir você na conversa. Abraçou a amiga e beijou seus cabelos. Almoçaram entre conversas e risadas, Victoria ficou na casa da amiga até Clara ligar pedindo que voltasse pra casa antes da janta.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...