História Ela se foi - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carter Reynolds, Magcon, Matthew Espinosa
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Carter Reynolds, Magcon, Matthew Espinosa, Romance
Exibições 88
Palavras 1.680
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Seu erro


Fanfic / Fanfiction Ela se foi - Capítulo 12 - Seu erro

 -VOCÊ VAI FAZER O QUE IDIOTA?
Cameron gritou do outro lado da linha quase me deixando surdo, a reação dele é exatamente a que esperei de todos os meninos, exceto Taylor que provavelmente me jogaria a sete palmos abaixo da terra, com a ajuda de Lox e Peh óbvio

Eu:Cara, já foi decidido só preciso da tua casa
Cam:Nem pensar
Eu:O que?
Cam:Olha vocês podem vim pra cá quando quiserem, menos pra anunciar um noivado idiota, com uma garota idiota que você nem se quer ama
Eu:Quem disse que não amo?
Cam:O jeito como você olha para LUCY! Lucy Carter, não Maggie -bufei- ela já sabe? 
Eu:Lógico que não
Cam:Imaginei já que nem na festa dela tu apareceu 
Eu:Como ela está? 
Cam:Vai perguntar isso pra ela
Eu:Porra Cameron! 
Cam:Tu sabe que eu sou seu brother, mas você tá vacilando e muito

Desliguei o celular eu não preciso de sermão,será que é pedir muito que os meus amigos entendam meu lado

Maggie:Hey amor, tudo bem? 
Ela se encostou na soleira da porta somente de peças íntimas,mas isso não despertou minha atenção,a única coisa que passava em minha cabeça era a resposta de Cameron "o jeito como você olha para Lucy, Lucy Carter, não Maggie"
Eu:Na verdade não,minha mãe ligou e disse que não está se sentindo bem, vou pra casa

Sai dali o mais rápido que pude, ouvindo Maggie berrar meu nome da porta da sala, adentrei meu carro, eu precisava pensar, minha cabeça estava a mil encarei o anel de noivado que agora estava em meu dedo, me perguntei se Lucy usaria um desses e quem seria o cara de sorte,Matthew? Talvez.
Alguém que não a trate como eu tratei, alguém esperto o suficiente para não a perder nunca

Olhando pra trás, para dias melhores
Quando éramos jovens, pensávamos que sabíamos tanto
E agora parece tão distante

Eu:Cara,Jacob não sabe perder
Lucy:Você que não sabe perder -ele riu e me abraçou, estávamos deitados na grama em frente ao lago que refletia o céu poucas vezes nublado- Posso ter perguntar uma coisa? 
Eu:Não vou te da sorvete
Lucy:Idiota não é isso!
Eu:Então pode
Lucy:Você beijou a Tiffa? 
Eu:Não,écaa! 
Lucy:Não é pra tanto, ela é bonita
Eu:É, mas não beijaria ela
Lucy:Beijaria quem então? 
Eu:Bom -senti minhas bochechas queimarem- Eu me apaixonaria por você
Lucy; Qual é japinha, não pode se apaixonar pelo melhor amigo, é tipo se apaixonar por um irmão -ela olhou pra Jacob e fez cara feia-
Eu:É tão errado assim?
Lucy:Não mas depois da merda e a amizade acaba, tipo nos livros
Eu:Mesmo assim -dei de ombros- ainda beijaria você -ela me encarou corando um pouco-
Lucy:Bem, eu não me importaria -uni nossos lábios em Beijo, não sabia direito o que fazer mas queria que fosse bom pra ela
 

Nós tivemos os melhores anos de nossas vidas 
Mas você e eu nunca mais seríamos os mesmos Setembro me pegou de surpresa 
E eu fiquei vendo as estações mudarem

Me joguei naquela grama, encarando o lago que agora refletia a luz da lua, aquele lugar me acalmava,me trazia uma certa paz, senti o perfume de Lucy paira no ar

*Pov Lucy*

   Já eram mais de 01:00 horas quando todos foram embora,eu sentia meu corpo inteiro pesar,eu não sou mais a mesma,me sentei na sacada e observei o tipico céu estralado de Carolina do Norte, senti o vento bater contra minha pele,estava tarde mas as paredes do meu quarto pareciam me sufocar,eu precisava de ar, precisava ficar sozinha,me certifiquei de que todos estivessem dormindo e sai de casa em silêncio,eu andava sem rumo enquanto flash backs invadiam minha cabeça

Eu:Posso pedir qualquer coisa mesmo?
Carter:Claro pequena! É teu niver
Eu:Quero que as coisas nunca mudem ~disse logo em seguida soprando as velas que formavam o número 12~ 

Senti as lagrimas teimosas escaparem rolando pelo meu rosto,segui o caminho até a praça,tudo bem que estava tarde e talvez perigoso,mas naquele segundo nada me importava,eu não conseguia pensar com clareza

Eu:Eu não quero mais passar por isso mamãe,eu to com medo ~eu agarrava a mão dela com força,antes de adentrar a quimioterapia~
Mãe:Meu bem,você precisa fazer isso pra ficar melhor
Eu:Mas eu to com medo!
Carter:Hey sua anã,eu to aqui eu vou continuar aqui e quando acabar você vai poder vim correndo pra mim,igual eu faço quando chove  

Está tão calmo sem você
E todo dia parece mais um ano 
Às vezes eu gostaria de poder seguir em frente 
Todas as lembranças iriam simplesmente desaparecer

Meus passos pareciam incertos e quanto mais as lembranças invadiam minha mente mais lágrimas molhavam minha roupa deixando minha visão confusa.
Me sentei em frente ao lago ele refletia o reflexo da lua, deixando a paisagem cada vez mais linda.
Senti alguém se sentar ao meu lado, logo entrelaçando seus dedos aos meus,não precisei olhar para o garoto ao meu lado, teu perfume já me indicava quem era,encostei minha cabeça em seu ombro

Lucy:Como sabia que eu estava aqui?
Matt:Deixei as chaves do meu apartamento na sua casa, como não consegui entrar, voltei pra buscar mas achei mais interessante te seguir -ele disse e eu ri-
Eu; Pietra não quis te deixar entrar ?
Matt:Fico te devendo um beijo se adivinhar onde ela está
Eu:Johnson? 
Matt:O próprio 
Eu:E a Emily? 
Matt:Ela terminou com Nash
Eu:Procurou você? 
Matt:Ainda procura -ele suspirou- 
Eu:Porque não escuta o que ela tem a dizer? 
Matt:Não quero me machucar mais pela mesma pessoa
Eu:Eu entendo completamente -disse como um desabafo-
Matt:E quanto ao Carter? 
Eu:Parece que ele não faz mais parte da minha vida -engoli seco-
Matt:Sabe que ele te ama
Eu:Algumas vezes amar não é suficiente

(.....)

Na manhã seguinte acordei com uma ligação do meu médico, o resultado dos exames haviam saído, minha mãe tentava esconder o nervosismo mas eu sabia muito bem como ela se sentia, na nossa última ida ao medico ela não estava nem um pouco bem,me lembro bem

Dr.; Os remédios diminuíram algumas células cancerígenas com sucesso - minha mãe apertou minhas mãos- porém algumas celular são auto regenerativas -senti meus olhos arderem e no se formar em minha garganta-
Mãe:Você quer dizer que? 
Dr.; Os remédios apenas atrasaram oque temíamos
Jacob:O que temíamos era que as células aumentassem
Dr.; E é oque ocorreu 
Mãe:Mas há outro medicamento não é doutor? 
Eu:Mãe! 
Dr.;Precisamos fazer exames para saber até onde esse câncer atingiu
Eu:Eu entrarei para a lista dos 27? Ou não chegarei lá? 
Mãe:Lucy não fala assim.
Dr. Só poderei lhe dizer com os exames
Eu:Seja sincero, com os exames que você tem em mãos, quanto tempo me daria?
Dr.De 6 meses,6 anos, talvez 10 é difícil dizer sem exames mais específicos, mas acho bom vocês se prepararem
Jacob:Então me diga  como se prepara pra perder alguém?

Estacionamos em frente a clínica,um arrepio percorreu meu corpo, senti Jacob depositar um beijo em minha testa, engoli seco, saímos do carro e todos entraram, mas eu travei na porta

Jacob:Lucy? 
Eu:Eu tô com medo -ele me abraçou- eu tô com muito medo

*POV Carter*

Taylor:Você é um tremendo babaca
Eu:Você já disse isso
Jack G:Imbecil
Eu:Também já ouvi isso
Mandy:Você não tem noção do que tá fazendo
Eu:Mandy 
Peh:Escuta aqui queridinho eu quero castrar você
Eu:Okay, essa nunca ouvi
Cameron:Ela tá grávida por acaso? -engoli seco-
Nash:Você engravidou ela?
Eu:Não cara! Tá louco
Shawn:Não, louco está você 
Matt:Você não está pensando direito cara-ouvimos passos de saltos enfurecidos se aproximarem,fudeu-
Lox:QUE HISTÓRIA É ESSA SEU IMBECIL? -ela adentrou o quarto furiosa sendo segurada por Jacob-
Eu:É uma decisão minha okay, vocês tem que respeitar
Aaron:Você é uma criança cara! 
Peh:Realmente
Nash:Até o Hayes é mais maduro que você
Hayes:Se bobear até Skylynn
Jacob:Okay gente, chega de apedrejar
Lox:Na verdade isso é tudo que eu quero fazer,mas vou deixar pra Lucy -senti meu coração disparar-
Jacob:E é bom que você saiba que ela está vindo junto com Johnson
Eu:O QUE?
Matt:Qual é cara!
Taylor:Vai falar que você não ia contar pra ela?
Lox:Realmente deve ser difícil olhar para a cara da mulher que você ama e dizer que vai se casar com uma vagabunda qualquer
Jacob:Amor! 
Lox:Não Jacob ele tem que aprender a lidar com isso, você tá cometendo um erro horrível, e eu nem preciso dizer que como consequência você tá perdendo o amor da sua vida, me desculpa mas eu não vou ficar pra esse noivado ridículo -ela pegou sua bolsa e saiu dali cuspindo fogo em passos firmea-
Eu:Otimo! Mas alguém afim de me virar as costas? 
Peh:Sinto muito 
Mandy:Eu sou amiga da Lucy, eu não vou ficar aqui assistindo você destruí lá
Jacob:Eu acho bom tu arranjar um jeito certo de contar pra ela, porque o dia da Lucy tá péssimo e se eu ver que você tá discutindo com ela,eu entro aqui e te pego de porra
Eu:Ou cara...
Jacob:Você pode ter certeza que pela minha irmã eu jogaria nossa amizade no lixo sem nem pensar

Os dois se retiraram também,o clima de festa passava longe, na verdade acho que nunca houve um clima tão tenso na casa de Aaron,percebi Johnson adentrar a sala junto com Pietra e Lucy, ela estava deslumbrante dentro de um short jeans claro e uma regata azul escuro

Lucy; Jacob o que você fez? -ela gritou chamando a atenção de todos-
Jacob:O que?
Lucy:O que tu fez pra Lox está tão furiosa? -ela cruzou os braços o encarando-
Eu:Ela não está furiosa com o Jacob, é comigo!

Ela me encarou, seus olhos esverdeados puxavam um tom mais azulado,senti meu coração disparar, a presença dela meche comigo de todas as formas possíveis

Matt:Vamos deixar eles conversarem

Todos se retiraram e somente nós dois ficamos ali nos encarando, todo aquele silêncio parecia uma muralha entre nós,tirei a aliança jogando sobre a mesa a minha frente, ela me olhou sem entender, então ela se aproximou e a pegou lendo o nome gravado, seus olhos focaram em mim e a frieza do mesmo me dilacerava lentamente por dentro

Eu nunca pensei que isso poderia acabar
Eu nunca pensei que perderia minha melhor amiga
Está tudo diferente agora
Nós podemos fazer o mundo parar de girar?

 


Notas Finais


Hey hey,não se esqueçam de comentar é muito importante


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...