História Elastic Heart. - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Tags One Direction
Exibições 71
Palavras 1.807
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi, amores!
tudo bem? Sei que fiquei um tempo fora, me desculpem por isso. Estou com alguns probleminhas pessoais, mas tudo já está resolvido. Irei atualizar PIO amanhã,novamente me desculpem.

ps. O que acham que vai acontecer daqui para frente? haha

All love! <3

Capítulo 34 - Welcome to Alexia's game!


Screaming, crying, perfect storms
I can make all the tables turn
Rose garden filled with thorns
Keep you second guessing like

Taylor Switf – Blank Space

Pov. Alexia

Deixei os gêmeos na escola, hoje pela tarde Ben e Abbie já iriam busca-los, estava ansiosa para que meus pais voltassem logo, para termos uma conversa definitiva. Sei que a ida deles a Boston, só pode ter algo a ver com a morte da Amélia, ninguém abandona seus afazeres e vai viajar assim, se nenhum motivo.

Hoje o resultado de quem passou para entrar nas Angel’s estaria disponível, queria muito ter passado, não só para jogar isso na cara de Sky, mas porque seria ótimo ter com o que ocupar a mente. Estacionei meu carro na vaga de costume, e notei uma pequena aglomeração no pátio, os resultados já deviam estar disponíveis, conforme eu ia caminhando em direção da aglomeração, algumas pessoas me olhavam de formas diferentes e isso estava começando a me deixar desconfortável. Quando já estava em uma distância considerável, vi minha vida exposta ali, meu maior segredo, a tragédia que tinha acontecido em minha família estava ali para todos verem.

Senti que iria começar a chorar, mas não daria esse gostinho para a Sky, precisava sair dali e ir para o meu carro, para pelo menos tentar me acalmar um pouco. Quando fiz o caminho de volta, adivinhem que apareceu na minha frente? Isso mesmo, Sky.

- E aí, gostou da surpresinha? – perguntou com um sorriso presunçoso. – Eu mandei você ficar longe do Harry, essa pequena lembrança nas paredes é só o começo.

Sky queria jogar sujo, mas ela não devia saber que eu não abaixo a minha cabeça para qualquer um. Ela quer jogar? Então vamos jogar.

- Sabe o que você é, Sky? – me aproximei dela, deixando todo o ódio que estava sentindo vir à tona, não iria mais me reprimir. – Uma vadiazinha, que acha que pode tudo. Mas más notícias para você, comigo as coisas não funcionam assim, você mexeu com a garota errada, ou melhor, com a família errada. Vou tirar tudo que você ama!

- O que a sua irmãzinha morta acharia disso? – provocou, do jeito que eu estava só levantei o braço, e dei a mão na cara dela. Foi o melhor tapa da minha vida, joguei a minha mochila para o lado e fui empurrando Sky até que ela caísse, subi por cima dela e comecei a enche-la de tapas.

Só parei porque alguém me puxou pela cintura, Liam e Zayn estavam tentando me acalmar, para que eu não voasse para cima de Sky novamente.  

- As duas na minha sala, imediatamente! – a diretora brotou nomeio do pátio e a rodinha que se formou a nossa volta se dispersou rapidinho.

- Vou te acompanhar até lá! –Liam avisou, não disse nada, encarei Sky sorridente, tinha conseguido o que queria. Caminhei a frente e Sky vinha logo atrás mais despenteada que um leão.

A diretora parecia estar furiosa, parei na frente de sua sala ajeitando meu cabelo, e minha camisa. Encarei Liam e lhe dirigi um sorrisinho de agradecimento, assim que passamos pela porta a direto logo a fechou e nos encarou furiosamente.

- O que vocês acham que estão fazendo? – bradou – Isso aqui é um colégio de elite, e não de marginais. Querem brigar? Brigue fora da minha escola, nunca pensei que duas garotas de famílias tão respeitosas e importante seriam capazes de fazerem algo tão selvagem.

- Foi essa maluca que me atacou! – vitimizou Sky.

- Eu terei que te suspender, Alexia! – me fuzilou – É inadmissível um comportamento como esse.

- Aceito a suspensão diretora! – disse tranquilamente, retirei meu celular do bolso do casaco que vestia. – Mas antes gostaria de informar que irei processar a escola e Sky. – coloquei o celular em cima da mesa dando play na gravação.

- E aí, gostou da surpresinha? Eu mandei você ficar longe do Harry, essa pequena lembrança nas paredes é só o começo. – a voz de Sky soo pelo autofalante do meu celular, a deixando chocada.

- A senhora sabe, que é dever da escola assegurar que nenhum aluno seja recriminado, ou sofra qualquer tipo de opressão.  O meu pai te pediu para que isso não acontecesse comigo, e a dor da minha família está exposta por cada parede daqui, parece que a desgraça alheia serve de combustível para essa escola. Mas eu te asseguro uma coisa, não deixarei que fique assim, a senhora cruzou os braços quando isso aconteceu com o professor de laboratório, e até com a senhora mesmo. Vou me certificar de que isso não voltara a acontecer. A dor da minha família não deve servir de entretenimento para as pessoas e sim ser respeitada. – disse por fim, nunca agradeci tanto na minha vida por te um pai juiz. – E Sky, pode ir esperando a intimação chegar na sua casa.

- Eu... eu – gaguejou, fitei a diretora sentindo toda minha autoconfiança emanar de mim.

- Posso ir, ou terei que assinar uma suspensão?

- Você está liberada, Alexia!

- Muito obrigada! – sorri vitoriosamente, passei rapidamente pela porta, a verdade é que eu mal estava me aguentando em pé, minhas pernas estavam tremulas, e eu temia que a qualquer momento meus joelhos fossem ceder e eu caísse. Me encostei a pare e comecei a respirar calmamente, tentando fazer que pelo menos meus batimentos cardíacos se regulassem.

Pov. Harry

O pessoal e eu retiramos todos os cartazes das paredes, que não eram poucos. Sentei no murinho do pátio. Tivemos que fazer a maior operação, para impedir que a Sam entrasse na briga também, ela estava quase pulando nos pescoços das amigas da Sky, o dia hoje não estava nem perto do normal.

- A quanto tempo essa escola não ficava agitada assim? – Niall perguntou, e todo mundo lhe enviou u molhar de censura. – Alô é brincadeira, estava tentando descontrair, credo!

- Será que a Alex vai ser suspensa? – inqueriu Zayn, não queria que isso acontecesse com a Alexia.

- Provavelmente sim! – Liam fez careta.

E para a nossa surpresa, Alexia apareceu bem na nossa frente, um pouco pálida e bagunçada devido a briga, mas parecia bem.

- Aí, amiga! – Sam a puxou para um abraço apertado, eu sabia de tudo que tinha acontecido com Alexia, porque ela confiou em mim o suficiente para me contar, mas os meninos estavam completamente no escuro. E eu não poderia quebrar a confiança depositada em mim, e explicar para eles. Mas apesar de tudo todos aqui estavam tentando ser o mais compreensivo possível e evitar perguntas desconfortáveis.

Quando as duas se separaram, Niall a encarou.

- Você foi suspensa? – perdi o ar ao ouvir a pergunta.

- Na verdade não, ameacei de processar a escola já que é um dever assegurar a integridade física da escola. É ótimo ter um pai juiz as vezes, pode ser muito útil. – rimos, suspirei aliviado não queria que Alex fosse suspensa.

- Já falei que sou seu fã hoje? – Louis fez graça, depois de dez minutos de atraso o sino finalmente tocou e seguimos cada um para sua respectiva sala.

Pov. Liam

Sky achava que todo mundo tinha medo dela, mas Alexia literalmente tinha feito um truque de mestre, fez a situação que era literalmente contra ela, virar a seu favor. As aulas passaram rapidamente, os professores nesses últimos dias estavam destinando as aulas, mais para atendimento e suporte para os nossos trabalhos.

Decidimos que almoçaríamos todos juntos em um restaurante que era a algumas quadras da escola, para tentarmos dá uma melhorada no clima ruim. Caminhamos para fora da escola todos juntos, e para variar Sky estava no estacionamento encostada em seu carro, já estava até vendo o circo armado.

- Harry, será que podemos conversar? – perguntou com voz de choro, a minha vontade era de gritar para que ela ficasse o mais longe do Harry possível, ele era muito bom para alguém como Sky, que não conseguia ter respeito e empatia nem por ela mesmo.

Me sentia tenso, ou ele iria dar um fora muito grande nela, ou dar uma de otário e tentar ajuda-la o que eu espero que ele não faça, porque senão eu ria chuta-lo para bem longe daqui.

- Não! – respondeu firme. – Quando você faz algo para alguém que eu gosto, diretamente está fazendo algo contra mim. Então, por gentileza não me procure mais, já me sinto mal o suficiente por descobrir só agora a pessoa horrível que você é, me sinto frustrado o suficiente por um dia ter acreditado que você era uma garota maravilhosa. – troquei um olhar com Niall, e aposto que estávamos pensando a mesma coisa ‘ Harry finalmente tinha enxergado a víbora que sua ex-namorada é, talvez ele não fosse tão burro assim. ’

- Harry! – se fez de vítima, mas ele simplesmente saiu andando em direção ao seu carro, ela com certeza tinha sido suspensa, até poderia ficar com dó, mas ela estava colhendo exatamente o que tinha plantado. Mas algo me dizia que Sky não deixaria isso passar batido, ela não é o tipo de pessoa que aceite que alguém bata de frente com ela, sem dar o seu cheque mate.

Dei carona para Louis e Zayn que estavam sem carro, dirigir a esse horário em Londres era um pouco tenso devido a movimentação, mas conseguimos chegar ao nosso destino em menos de quinze minutos, já que não era tão longe.

Escolhemos uma mesa grande, para que acomodasse todos nós. E fizemos nossos pedidos, o clima de descontração aos poucos ia voltando, e isso é maravilhoso.

- Ai, meu Deus! E os gêmeos? – Sienna perguntou preocupada, encaramos Alexia achando que ela tinha esquecido dos irmãos.

- Não se preocupem, Benjamin e Abbie foram busca-los hoje. – fez uma careta – Meus pais vão chegar a noite, aí eles meio que me deram folga hoje à tarde. – rio.

 

-Já tiveram curiosidade para saber quem escreve aquele blog da escola? –Zayn perguntou do nada, o encarei.

- É alguém que está inteirado em tudo, o cara é tipo um Deus do mal. – Niall comentou – Está em todos os lugares, sabe de tudo.

-Podem ser duas pessoas! – Sienna comentou, achei isso válido. Porque é quase que impossível que uma única pessoa saiba de tudo.

- Podemos fazer festas especifica para uma quantidade de pessoas e as observar. – Harry sugeriu – Minha casa vai estar vazia na sexta depois do jogo, podemos fazer esse experimento.

- Eu cuido das pessoas, alguém fica responsável por fazer algo escandaloso que chame a atenção, e outra cuida dos celulares. – Alexia sugeriu. – No fim da noite cada um volta com dois nomes, e os que forem repetidos a gente investiga primeiro.

- Concordam? – perguntei.

- Concordamos! – responderam em uníssono. Me sentia em um filme de espionagem, mas tinha a clara sensação de que se descobríssemos que estava por trás daquele blog, iriamos descobrir muito mais coisas importantes. 


Notas Finais


Espero que gostem! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...