História Eldarya : The New Guardian - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Eldarya
Personagens Ezarel, Jamon, Keroshane, Leiftan, Mery, Miiko, Nevra, Personagens Originais, Valkyon
Tags Alajéa, Eldarya, Ewellïn, Ezarel, Jamon, Kareen, Kero, Leiftan, Miiko, Nevra, Valkyon, Ykhar
Visualizações 90
Palavras 616
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Welcome to the hell


Ayano P.O.V 

Eu queria gritar, queria chorar, queria poder me mover naquela hora... Mas nada disso aconteceu. Eu chamei por ajuda

"Mas ninguém veio" 

Então, tentei me levantar e por sorte eu consegui andar até alguma porta e achei a maçaneta. Meio desgovernada procurei a cama de alguém, rezando para que realmente esteja no quarto. E logo em seguida, passei a mão pelo abdômen de alguém. 

- Meus... o..lhos - Eu tecnicamente murmurei, mas era o máximo que eu poderia fazer no momento. 

- Hum? Ayano? O que faz fora do seu --- POR ELDARYA! SEUS OLHOS!! - Reconheci a doce e calma voz de Valkyon que gritava. - O QUE TE FIZERAM AYAMI?! 

- Ele... me deu.... pode... - Eu queria me segurar, mas não consegui. Logo sendo corrompida pela fria e dolorosa escuridão. Onde era eu e mais ninguém. 

Valkyon P.O.V 

Ela desmaiou antes de terminar a frase e eu a coloquei em cima da minha cama, e fui chamar os meninos para podermos conversar sobre isso. 

- Ghaan, que isso? Valkyon fecha  a janela burro, ta a noite. - Ezarel como um bom preguiçoso resmungou. 

- Perca seus olhos e ai você vai dormir todo dia. - Fui ríspido ao respondê-lo. 

- Hein? Meus olhos? O que tem eles? - Ele me olhou com sono e curiosidade. 

- Não sei a razão mas Ayano teve seus olhos arrancados brutalmente Ezarel. Acho que tem algo a perseguindo. 

- OS OLHOS ARRANCADOS?! PRECISAMOS AJUDÁ-LA VALKYON! 

- Calma Ezarel, ela está desacordada. Não dá para fazer nada. 

Ele abriu a boca para fazer alguma reclamação, mas se calou. E nesse momento Nevra apareceu, pálido, com os olhos arregalados. 

- V-V-Valkyon, l-leia isso. - Nevra me entregou uma carta vermelha que dizia:

" Deveriam prestar mais atenção no mundo em volta de vocês, foi simples entrar aqui. A protegida de vocês é um alvo muito raro, afinal de contas não é nada fácil nascer com a alma dourada. O pesadelo dela só começou." 

- Merda! Ashkore de novo?! - Eu estava no ápice do ódio. - Ela não tem nada a ver com o que aconteceu no passado!!

- Valkyon, se acalme! Isso não vai ajudar! Devemos primeiro pensar em como vamos fazer para ela poder voltar  a enxergar. Por hora, vamos descansar, não dá para fazer nada agora. - Ezarel disse firme e sério. 

- Tem razão... 

No dia seguinte... P.O.V Ayano

Eu acordei com dor nos olhos, mas por algum motivo enxergando com um olho. Eu peguei um espelho em cima da mesinha e olhei. Eu não tinha um olho, apenas uma vazia escuridão com uma chama azul saindo dela. Eu me afastei do espelho com horror a mim mesma, então tentei tentar tampar aquilo, mas nada dava certo, suspirando fundo eu deixei de lado essa ideia e fui para fora do quarto e logo fui recebida por um abraço de um certo vampiro.  

- Você está bem?! Não fique sozinha denovo Ayano! Sabe o quanto eu fiquei preocupado com vossa senhoria? - Ele desfez o abraço e começou a dar uma palestra sobre como eu deveria ter agido no momento e de outras coisas do gênero. 

- Espera... Por que você tá com um olho? - Ele ficou me rodeando pata ver se achava uma pista. 

- Nevra,  eu não sei o porque de um dos meus olhos terem voltado, mas a minha energia está tão forte quanto antes.... 

Eu vi os olhos derem perderem o brilho rapidamente, e entendi o que era. Ele sente a força e energia das pessoas. 

- CHEGAMOS!!! GRAÇAS AO ORÁCULO! - Ezarel fez uma dancinha estranha e me fez rir um pouco. 

Assim que nós descemos uma vila completamente devastada nos recebia... 








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...