História Eldorado - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Suho
Tags Abo, Boy×boy, Casamento Arranjando, Egito Antigo, Faraó, Gay, Kaisoo, Menção Chanbaek
Visualizações 36
Palavras 1.020
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olaaaaaaaaaaa
Cá estamos novamente com um nova fanfic! Psé meu povo, nós não paramos quietas. A estória da vez é denovo sobre o exo sjsnsjsnjs

Fiquem com a leitura, byeee

Capítulo 1 - Príncipe dourado


"Pai, eu não quero ir pro harém..." O pequeno ômega resmungava para seu pai.

"Querido, eu já lhe disse que eu te esculpi em barro e implorei a Rá para te dá vida. Não posso deixá-lo ir para o treinamento." O rei falava ao filho com toda ternura.

"Eu já sou um rapaz grandinho!" O menino alvo dizia fazendo um bico.

"KyungSoo, já lhe disse que você é um ômega. Você deve ficar junto aos outros." O alfa progenitor falara sério.

O menino com olhos de corujas apenas foi ao harém contra a própria vontade. Resmungando aos quatro ventos.

Andando pelo extenso corredor lapidado a pedras de diversos tamanhos e com pequenas estátuas em respeito aos deuses. O pequeno KyungSoo fora para o harém, e chegando lá foi de encontro com seu acompanhante, Baekhyun. Um ômega que era mais velho que si.

"Soo, vamos para a piscina. Está muito calor.." O ômega moreno falava se abanando.

"Vamos!" O ômega herdeiro aceitara a proposta e estes seguiram para o jardim, onde localizava a grande piscina.

Chegando perto ao local desejados, os pequenos ômega viram um rapaz de pele amorena, e de um estatura forte. Parecia ser um alfa. De imediato, viram o faraó do lado deste. Eles estavam tratando de algum assunto, pensou o menino de olhos de coruja.

"KyungSoo, meu filho, este é o príncipe do baixo Egito, Kim Jongin." O faraó quando chegara perto dos rapazotes apresentara o rapaz de pele quente. "Este é meu filho KyungSoo, Jongin."

"Prazer príncipe KyungSoo." O timbre suave do alfa adentrou aos tímpanos do ômega, que apenas corou.

"O prazer é meu, Senhor." Este falou baixinho.

"Se nós derem licença." O faraó falara saindo do recinto.

Os ômegas apenas voltaram seguir seu caminho e assim que este estavam longe o sufiente dos alfas, o príncipe herdeiro solto o ar que sequer percebeu ter prendido. Nada comentaram, apenas entraram na piscina e se deliciaram da temperatura agradável da água.

"Soo, você nunca..." O Byun quebrou o silêncio "Entrou no cio?" Completara baixinho.

"Ainda não, sabe, todos os ômega a parti doa seus 14 anos entram no cio, eu já estou próximo aos 17 e nunca me aconteceu.." O menino de pele alva suspirava. "E você Baek?" Indagou também seguindo a curiosidade.

"Bem, assim que eu completei os 15 o cio veio. Logo depois eu fui prometido ao general Chanyeol." Disse pasando a água cristalina entre os dedos.

"Não achou ruim ser prometido?" O pequeno ômega perguntara aflito.

"Eu já o conhecia, então foi fácil. Até hoje temos encontros, uma ideia até eu me acostumar.." Disse.

"Eu sou o príncipe herdeiro, hora ou outra meus pais aparecem com essa história." Dizia sem emoção.

Pobre garoto, este que apenas seguia o instinto de submissão. Ao contrário de muitos ômega, o menino KyungSoo era um ômega de um gênio um tanto difícil, e por incrível que pareça, adorava a arte de desenhar.

Os ômegas passaram a tarde no jardim, trocando ideias, rindo de asneiras.

Mas durante um sério debate político, um alfa não conseguia se concentrar no assunto de extrema importância. Sua mente vagava em uma pele alva, e olhos de coruja, que contrastavam em um rosto infantil.

Pobre alfa.

¤•°•○¤•°•¤

Durante os dias que se passaram em sua estadia no Palácio do Alto Egito, o príncipe Jongin adorava conversa com KyungSoo. Estes trocavam assuntos dos mais variados temas, as tardes eram regadas a risadas e brincadeiras. O marmanjo do alfa, se trocava por uma criança.

"Yah, ganhei mais uma vez!" O príncipe herdeiro do Alto Egito proclamara assim que ganhara mais uma vez do alfa de pele amorenada no jogo.

"Por Rá, como consegue ser tão bom?" O alfa perguntava com admiração.

"Simples, eu apenas sou bom." O sorriso arteiro do menino de pele alva era deslumbrante.

"Que ômega mais cheio de si." O mais velho falava.

"Jongin, eu nunca perguntei, mas, qual sua idade?" O ômega pergunto se debruçando em cima do tabuleiro.

"Vinte e seis." O príncipe do Baixo Egito respondeu e o primogênito D.o arregalou mais os olhos.

"Pelos Deuses! Não creio!" Sua carinha espantada fazia o alfa rir de si.

"Acredite Soo." Esta fora a primeira vez que o herdeiro Kim lhe chamara por um apelido.

"Sem tantas intimidades.." O ômega disse baixinho e corado, fazendo o alfa rir.

O moreno nada respondeu ao príncipe. Apenas continuaram as partidas, KyungSoo ganhando e se gabando de sua ótima tática, e Jongin perdendo mas ganhando belos sorrisos daquele ômega delicado como uma flor de lótus.

Assim que os príncipes engatavam mais uma partida, o rapaz de companhia de KyungSoo, Baekhyun, veio lhe informa que haveria uma festa no palácio, e que o príncipe deveria se aprontar para tal.

"Me desculpe, preciso me retirar. Até mais ver." O príncipe de pele leitosa se dirigiu ao alfa e o mesmo apenas lhe lançou um sorriso.

D.o tomou um belo banho, com óleos aromatizantes e pétalas de flores. Fora vestido com a mais fina seda azul céu, maquiado como forma de manter sua saúde intacta, e banhado em jóias belíssimas que destacavam mais ainda sua beleza natural. Mas isto tudo poderia ser o suficiente, mas ainda tinha algo que era o estopim para o pobre ômega, espartilho. A tal peça era usada por ômegas e alguns betas, para valorizarem sua cintura. Muitos alfas escolhiam seu pretendente pela cintura.

O menino alvo segurava a respiração para que pudessem aperta mais a peça em si.

"Aii... Por Osíris, eu vou morrer sem ar!" O príncipe herdeiro do Alto Egito exclamava choramingando.

"Calma príncipe, falta uma última fileira." Byun falava para o amigo.

Este apenas bufou e continuou choramingando.

"Prontinho!" Byun disse me soltando. "Agora vamos." Disse e eu o acompanhei.

Assim que os ômegas entraram na sala do trono, onde ocorria a festa, alfas e betas olhavam para KyungSoo com admiração nos olhos. O ômega de pele leitosa se aproximou de seus progenitores e se curvou mostrando respeito.

"Faraó." Cumprimentou o pai. "Papai." Disse para seu outro pai, o primeiro esposo do Faraó. Os mesmos sorriram em orgulho ao verem seu filho belíssimo e deslumbrante.

KyungSoo mal prestava atenção a festa, ele apenas procurava um certo alfa.

A música animada fazia até mesmo alfas se balançarem, e beberem a vontade.

"É com um grande prazer que agradeço a presença de todos! Como sabem, esse banquete é em homenagem para o príncipe dourado, Kim Jongin."


Notas Finais


Nada a declarar. Como sabem, a atualização vai ser bem aleatória.
Beijos da Omma Soo ♡

Jabá maravilhoso:

https://spiritfanfics.com/historia/delight-9734388

https://spiritfanfics.com/historia/meu-instrutor-9774163


Vamos brincar de pega pega no Twitter? 🐦: Minseqsual || Park_Nuvem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...