História Ele desejou estar morto - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias VIXX
Personagens Leo
Tags Angst, Depressão
Visualizações 30
Palavras 361
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Droubble, Festa, Terror e Horror, Violência
Avisos: Estupro, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - ;único;


é dia 10 de novembro, e todos estão ali na casa de Jung Taekwoon, fingindo que tudo está bem.

lhe parabenizam pelo seu aniversário, afinal ele agora já é um rapaz de maior, mas ele não entende o motivo de tanta alegria. não é como se ele quisesse ter vivido mais aquele ano, e sinceramente ele não via nada de feliz no fato daquele pequena planetinha ter dado outra volta em torno do sol.

enquanto está sentado em um canto, Taekwoon observa as pessoas presentes, e quase consegue sentir a falsidade que emana delas. ele sabe que elas não se importam realmente com ele.

a única pessoa que talvez se importe um pouco seja a sua psiquiatra, mas provavelmente é mais pelo fato de ela ganhar um bom dinheiro com suas consultas.

começa a repassar as conversas com a mulher, se lembrando de quantas vezes lhe afirmou o quanto odiava estar ali, o quanto odiava estar vivo. como acordar era seu pior pesadelo e como a cada passo que dava ele sentia todo aquele peso da existência indesejada sobre o seu corpo.

e não é como se ele já não tivesse tentado se livrar desse problema. os deuses sabem quantas vezes ele tentou se livrar dessa vida de merda, quantas cartelas de comprimidos ele já tomou as escondidas, quantos cortes tem em seus pulsos e coxas.

um pouco mais distante na sala viu seu pai, e pensou que talvez devesse agradecer a ele por não ter fudido só seu corpo como também a sua cabeça. não poderia deixar de agradecer a sua mãe, por ter deixado o homem que estuprou seu filho em casa.

eram muitos créditos a dar por aquele desastre que era ele.

pensou seriamente se deveria sair correndo dali, em busca de algum lugar que ele pudesse descansar, relaxar. porque naquilo que chamavam de casa, ele só vivia inferno.

foi tirado de seus pensamentos quando as luzes se apagaram e um bolo surgiu no meio da sala. foi puxado para lá, e ao seu redor soou a famigerada música de parabéns.

lhe mandaram fazer um pedido, e ele deu um leve sorriso antes de fechar seus olhos e assoprar as velinhas.

Jung Taekwoon desejou estar morto, e todos aplaudiram.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...