História Ele é famoso - Capítulo 2


Escrita por: ~

Exibições 29
Palavras 441
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - "A festa é minha".


Fanfic / Fanfiction Ele é famoso - Capítulo 2 - "A festa é minha".

Chegamos no local da festa, Rebeca saiu toda animadinha, puxando o Julio pra mais perto dela, apertando o garoto me fazendo rir, pelo fato do Julio ficar incomodado com aquilo. Entramos no evento e já veio uma menina morena que usava franginha abraçar Rebeca.. As duas ficaram elogiando a festa e a menina não comprimentou ninguém. Sara revirou os olhos e me puxou até um balcão que dava bebidas, pegamos uma caipirinha pra cada e voltamos pro lugar onde os "vips" estávam. Por incrível que pareça a Rebeca autorizou que eu fosse da área vip, pois tinha vários YouTubers lá e misturar famosos com os fãs não dão tão certo. Tinha gente gritando o nome "Cocibeca" eu ri pelo fato do Julio ir falar com todo mundo e a Rebeca passou que nem uma estrela, ela não falou nem com as proprias fãs. Daí a Sara passou e falou com alguns fãs dela e eu passei com ela, nós finalmente fomos pra mesa, porque a festa não tinha realmente começado. Quando começou o Julio , Sara, Igão e Rebeca foram pro palco e eu fiquei sozinha os observando, até a Sara me chamar pro palco eu fui com muita vergonha porém tomei coragem. Ouvi os gritos eufóricos: "Gostosa". Eu ri e fiquei entre Sara e Julio, acenei pro público e Sara me apresentou como "Anitta" Porque ela me chamava assim quando a gente via uma novela eu achava lindo o nome. Daí chegou uns mcs no palco cantando "Bumbum Granada" Rebeca começou a dançar e todos também, Rebeca usava um vestido colado e nem dava pra mexer, eu comecei a dançar e no meio da música os mcs me puxaram pro meio do palco pra mim dançar eu me acabei, olhei pro lado e a chatinha estava com os braços cruzados pegou o microfone e soltou uma coisa que pegou mal pra ela.

-Oxi, a festa é minha, não dela-A música parou e eu desci do palco maluca da vida, eu hein Garota escrota, escutei vaias que em vez de ser para ela eram pra mim. 

Não quis ficar na mesa eu fui pro banheiro e fiquei lá me olhando no espelho raciocinando, minha mente estava longe. Até eu me assustar eu senti uma mão quente na minha cintura ficcionei meus olhos para o espelho e era ele.. Júlio, ele sorriu fraco e eu retribui.

-Eu peço desculpas pra você, oque a Rebeca fez não foi certo oque ela fez.

-Não peça desculpa por ela-Me virei pra ele ficando bem perto.

-Eu sei que agora a mídia vai pegar no pé mais..-Ele falava e o cheiro de álcool que saia da sua boca era forte.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...