História Ele é um babaca - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Culpa É Das Estrelas
Visualizações 6
Palavras 278
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor



Capítulo 8 - Ainda na festa


Logo vi que Eduardo percebeu um clima entre eu e o Nathan, ele estava com cara de que iria dar um soco na cara de alguém, claro que não me importo. Lara me ofereceu bebidas, confesso que não recusei,  eu estava me divertindo bastante, quando fiquei levemente tonta por causa da quantidade de gente que estava esbarrando em mim naquela pequena pista de dança que Lara tinha improvisado perto da piscina, fui pra calçada e percebi que alguém estava vindo atrás, ainda tonta olhei pra ver quem era, vi o Duzim 

Duzim: Está rolando alguma coisa entre você e aquele tal primo da Lara? 

Eu: Se quer saber mesmo, ficamos, Nathan o nome dele 

Respondi com um pouco de dificuldade, recuperando o ar 

Duzim: Não gostei de ver aquela cena de vocês se olhando

Eu: Olha, porque não vai vigiar sua namoradinha e me deixa em paz? Eu olhei ele sim, problema meu né?

Duzim: Falta de educação

Eu: Babaca 

Duzim: Sem educação

Eu: Babaca

Duzim: Sem educação 

Eu: Babaca

Duzim: Linda... 

Era disso que eu precisava, ouvir a Voz dele dizendo isso, posto de durona sumiu, amoleci completamente, me dei conta de que estava apaixonada, e sim eu ia beija-lo, mas o Nathan resolveu quebrar o clima e sentar entre eu e Duzim... 

Nathan: Eai gente, vamos entrar, a festa ainda não acabou

Duzim se levantou, olhando com uma cara péssima pra mim, Nathan pegou na minha mão me levando pra dentro, observei o Eduardo indo pra esquina e sentando na calçada, pensativo. Entrei e por mais que meu  corpo estivesse lá dançando, minha mente estava buscando pelo Eduardo, minha vontade De ir atrás dele estava incontrolável, mas me mantive forte, ele simplesmente sumiu. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...