História Ele é um idiota - Capítulo 84


Escrita por: ~

Postado
Categorias Júlio Cocielo
Tags Youtubers
Exibições 364
Palavras 983
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


PEQUENO POR QUE TO SEM TEMPO.
não revisei.
Finais.
Ah, esse capítulo é depois da cirurgia s2

Capítulo 84 - 8.4


[...]

Acordei meio perdida, olhando para todos os cantos daquela sala de hospital e não via ninguém. Tentei me levantar mas não consegui, depois que me dei conta que a anestesia ainda tava sobre efeito.

Minutos depois com os olhos fechados, ouço a porta abrindo. Aos poucos fui abrindo meus olhos e vi que era o Júlio, com moletom da adidas, boné laranja pra trás e um sorriso no rosto. Eu estava feliz, mas não tinha reações, apenas olhava pra ele se aproximando de mim. Ele sentou na poltrona perto da minha cama, respirou fundo e segurou na minha mão cheia de agulhas.

Eu: Obrigado! -Falei enquanto ele me olhava.

Júlio: Eu disse que faria o possível pra te ver bem e assim vai ser pro resto de nossas vidas -Sorriu.

Eu: Eu pedia pra você me esquecer, me abandonar, mas o meu maior medo era que você me ouvisse e fizesse oque eu falava.

Júlio: Eu jamais te abandonaria, Bia! -pausou- Agora temos que esperar ansiosamente você se recuperar pra finalmente nos casarmos.

Eu: Te amo muito.

Ele se levantou, selou nossos lábios e foi lá fora chamar o pessoal que queria me ver.

Igor: Estamos felizes por você, Bia -Falou enquanto beijava minha testa.

Babi: Foi uma das piores fases da sua vida por que Deus estava preparando a melhor.

Cazzle: Que com certeza é casar com o Júlio -Sorriu.

Eu: Vocês são a minha maior virtude, obrigado por se preocuparem -Sorri.

Conversa vai, conversa vem, chega a Maju com o Luba. A Maju estava com uma cara aparentemente triste e o Luba aflito ao lado dela.

Eu: Pensei que a Suellen ia vim com vocês -Falei fazendo com que a Maju tirasse os olhos do chão e me olhasse.

Maju: Não, faz uns dias que não vi ela -Sorriu fraco.

[...]

Pedi pro Júlio e pro Igor irem buscar algo pra mim comer no refeitório, o Luba acabou indo junto com eles.

Eu: O que tá acontecendo aqui?

Babi: Você acabou de sair de uma cirurgia super delicada, por favor, não faça esforços.

Maju: A Babi tem razão, estamos aqui pra ficar do seu lado não pra te preocupar.

Eu: Mas vocês falando assim já está me preocupando.

Maju: Faz alguns dias que a Suellen não aparece.

Babi: Estamos procurando desesperadamente, já fomos no aeroporto, já ligamos pros amigos dela do Canadá e nada.

Eu: Você não ameaçou ela, né?

FLASHBACK ON BABI

Estacionei meu carro em frente a garagem do condomínio do Júlio e subi pro seu apartamento, ele estava no Rio de Janeiro fazendo a retirada da medula pra minha irmã, eu, como não tinha o que fazer, me ofereci pra limpar a casa enquanto ele não voltava pra São Paulo.

Antes de abrir a porta, ouvi barulhos, provavelmente seria alguém no apartamento do lado. Mexi na maçaneta da porta e em seguida abri. O barulho não era na casa do lado e era o Igor e a Suellen rindo enquanto assistia filme no sofá do Júlio.

Igor: Oque você ta fazendo aqui? -Perguntou depois de se levantar do sofá.

Su: Eu tinha esquecido que ela ia vim limpar aqui -Disse após se levantar.

Eu: Esquecido? Como você é sínica.

Igor: Você quis vim pra cá, só pra Bárbara ver nós juntos?

Su: Claro que não Igor, jamais eu faria isso.

Eu: Você faria isso e mais um pouco, Suelen.

Su: Olha aqui, o Igor foi um amor de infância que agora eu encontrei de novo, eu não sabia que logo ele seria quem você ia gostar um dia Babi.

Eu: Eu namorava com ele quando você se abrigou lá em casa, mas tudo bem, ele é seu, você venceu, que você seja feliz, mas faz um favor? Some do meu caminho.

Igor: Estou me sentindo um objeto.

Eu: É oque você é, as pessoas te olha, acha interessante, compra, usa bastante e depois põe de lado, quem sabe um dia não sente saudade e volta a usar por alguns minutos, era assim que eu fazia com meus bonecos -pausei- E você Suellen, espero que suma e se sumir mesmo, não leve nada meu,  viu? Procura outra amiga pra magoar.

FLASHBACK BABI OFF

Babi: Claro que não ameacei ela, Bia -Respirou fundo.

Minutos depois os meninos chegam com minha comida. Enquanto eu comia, eles conversavam e riam, a Maju assim como tinha chegado continuou, aflita. Com certeza a Margo e a Rebeca fizeram algo pra ela ficar daquele jeito "O sumiço" da Suelen mexeu com ela mas não o suficiente pra deixa-la com o pensamento tão distante.

[...]

Igor: Vai ficar tudo bem aí?

Júlio: Vai cuzão, eu tenho que tomar soro mais tarde, aproveito e peço pro médico deixar eu tomar aqui do lado da Bia.

Igor: Então eu vou pra casa, qualquer coisa me liga, cuida da nossa menina -Sorriu.

Todos tinham ido embora do hospital, só ficou eu e o Júlio, hora dormia, hora se olhava, hora se amava verbalmente, hora chorava, e foi assim a noite toda. A sensação de te-lo do meu lado era totalmente maravilhosa, eu gostava tanto de sentir sua mão me tocando carinhosamente, era como se eu fosse ao céu e voltasse na velocidade da luz.

Eu: Eu quero ter um filho com você! -Falei e ele se assustou com o tom firme da minha voz.

Júlio: Tá decidida?

Eu: Eu quero ter uma família, quero ver várias meias sujas na máquina de lavar e gritar com nosso filho o quão sapeca ele é, quero que nós 3, viaje o mundo, que ele ou ela, seja assim, como você, talentoso, saudável, amoroso, quero que a gente seja feliz.

O sorriso que tinha em seu rosto enquanto eu falava era verdadeiro, eu podia ver a felicidade dele ao me ver falando de uma criança.

A criança que um dia vai vim pra compensar toda a tristeza que tivemos durante esse tempo.


Notas Finais


Me perdoem a demora, provavelmente vai ser assim um tempo, até acabar essa correria pro enem. Os horários que tenho vago, é aquele momento que eu não quero ver texto, sabe? Uheuehe por fim, me amem pf


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...