História Ele era uma garota - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, JR, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags Got7
Exibições 28
Palavras 1.053
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


BOA TARDE
Consegui voltar
Agora eu me sinto livre(com bastante tempo)para escrever
Boa leitura, bjs

Capítulo 12 - Sempre do meu lado


  A semana na escola estava piorando a cada dia, ter um momento a sós com JB já estava sendo quase impossível. O grande problema era enfrentá-lo nos treinos. Levando tudo na brincadeira, não queria lutar de verdade.
-O que deu neles? - ouvi alguém dizer, apenas ignorei e tentei manter foco na luta.
-Se concentrem! - gritou o senhor Kang, o nosso respeitado mestre. Não tira a expressão séria do rosto, parece indefeso por conta da altura, apenas parece.
Eu parti para o ataque, mas JB não revidou em nenhum momento, apenas se defendia e aquilo já estava me tirando do sério
"Vamos, lute de verdade..."- pensei
Quando a luta chegou ao fim, o mestre nos encarou e seguiu em direção de JB.
- Sem gracinhas na próxima vez, entendeu?
- Sim, mestre...- respondeu com a cabeça baixa
No fim da aula quando todos já haviam saído, segurei JB pelo braço guiando-o para um local vazio atrás da escola.
- Não envolva nossa relação com a luta, aqui eu sou um garoto. Eu quero que lute de verdade comigo.
- Mas eu não consigo lutar com você, tenho medo de quebrar seus ossos...
Arregalei meus olhos e tentei me segurar para não achar aquilo engraçado.
- Calma, não precisa quebrar meus ossos, ok? Apenas prometa que vai lutar de verdade comigo. Aqui somos apenas dois alunos.
Ele ficou em silêncio por alguns segundos e assentiu com a cabeça em sinal de entendimento.
- Promete?- falei insistindo no assunto
- Sim...
- Ótimo! Agora vamos, precisamos de um bom banho
- Vamos tomar banho juntos?
- Não! Claro que não!
- Pensei que você...
- Pensou errado! Primeiro eu, depois você! Também tem o banheiro que os meninos compartilham, por que não vai com eles?
- Prefiro o do quarto
- Então vai esperar. Eu serei a primeira!
- Por que eu não posso ser o primeiro?
Virei de costas e segui em frente.
- Sem perguntas, apenas siga os meus passos, aprendiz!
- A... Aprendiz?! Ei, volte aqui! Aish...
                          [...]   
Chegada do jantar, Mark estava sentado ao lado de Shi-yoon e JB ao meu lado, estávamos de frente para eles na mesa quadrada do refeitório. 
- O que estão pensando em fazer no Sábado? - Mark perguntou enquanto encarava sua comida
- Não sei... - respondi olhando para JB que me encarava enquanto mastigava
- Estou pensando em algo divertido. Vamos todos sair no Sábado, o que acham?
- Bom, mas para onde vamos?
- Não sei, preciso pensar...
- Vamos apenas ser os solteiros da história...- Shi-yoon disse nada entusiasmado
- Como assim? - perguntei
- É que o meu próprio AMIGO... - disse e todos olharam- me escondeu a verdade, sabe...  
- Yoon... - falei envergonhada  
- Já sei de tudo, não precisam se preocupar 
- Tudo o quê?
- O namoro
- Mas... como que você...? - olhei para Shi-yoon confusa e em seguida olhei para Mark procurando uma resposta
- Não contei, ele descobriu sozinho. - disse ele
- Pelo visto você não confia em mim... - Shi-yoon falou e sorriu irônicamente
- Eu confio. Mas ainda é muito recente, tem poucas semanas...
- Vou fingir acredito
- Desculpa, eu deveria ter dito antes...
Ele me olhou, tentou desviar o olhar várias vezes, mas meu olhar entristecido amoleceu seus sentimentos.
- Está bem, agora pare com esse olhar triste... tão insuportável
Um sorriso grande se formou em meu rosto, o fomoso sorriso de "orelha a orelha". Olhei para o lado e avistei Bambam e Yougyeom, eles estavam na compainha outros garotos, não eram da nossa sala. Bambam acenou e eu fiz o mesmo. Yugyeom estava destraído conversando com um colega á sua frente.
Terminamos o jantar e voltamos para o dormitório, como sempre. Shi-yoon chegou no quarto contando sobre o seu primeiro beijo, ficou bem falante depois do jantar.
- Acho que você lembra, Hyeri. Ela sempre usava um lacinho rosa no cabelo. Eu fiquei tão assustado e ela tão calma... não demonstrou nervorsismo algum.
- Eu lembro. A garota vivia correndo atrás de você, era engraçado.
- Nunca mais a vi...
- Tudo mudou depois do sexto ano...
- Mark, você já beijou alguma vez? - perguntei tentando escolher um pijama para dormir.
Ele sorriu e acenou com a cabeça.
- Eu já tive uma namorada, era um namoro bobo, mas eu gostava muito dela...
- O que aconteceu?
- Foi embora sem se despedir. Fiquei sabendo da notícia através de outras pessoas...
- Sinto muito...
- Tudo bem. Mas e você, como que foi o seu primeiro beijo?
- E-eu?
JB sentou na cama de Mark e me olhou atentamente esperando minha resposta.
- Sim. Na sua infância, quem foi o seu primeiro amor?
- Eu não...- olhei para todos, me contendo para responder- Eu não tive um amor na minha infância...
- Nunca havia beijado alguém antes do Jaebum?- Mark perguntou surpreso
Jaebum rapidamente sentou ao meu lado.
- Seu primeiro beijo foi comigo?- perguntou no mesmo momento em que sentou ao meu lado
- Foi! Agora chega desse assunto. - falei envergonhada
- Que fofa! - ele disse me abraçando
- Vai começar... deu até sono.- Shi-yoon disse enquanto subia a escada da beliche - Boa noite, pessoal- finalizou
- Boa noite - respondemos ao mesmo tempo.
JB tomou posse do meu lugar no colchão, insistiu em ficar.
- JB, irei escovar os dentes... quando eu voltar quero lhe ver deitado em sua cama.
- Ah, não posso dormir aqui? Apenas hoje...
- Sabe que não pode
- Você que é mal...
                           [...]
Pensei que todos já estavam dormindo, mas fui enganada por mim mesma. JB voltou para ficar ao meu lado sem ao menos pedir permissão. Chegou me afastando para o lado.
- Sabe que não pode dormir aqui.
- Shiu... vai acordar os dois
- Você não respondeu a minha  pergunta
- Estou com medo, vi algo estranho no teto. Parecia um monstro, não sei explicar...
- Um monstro no teto? Essa é sua desculpa?
- É sério... me abrace, estou com medo... - disse fazendo drama
- Está bem. Mas isso não pode acontecer novamente, entendeu?
- Entendido- disse e deu um beijo em minha testa- Te amo... - complotou e me abraçou
 - Também te amo...- falei sorrindo 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...