História Ele não é um anjo como parece (imagine Jeonghan) - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO, EXO, IKON, Jay Park, Seventeen
Personagens Bobby, Boo Seungkwan, Eunwoo, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jay Park, Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Personagens Originais, Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi", Wen Junhui "JUN", Xiumin, Xu Ming Hao "THE8"
Visualizações 250
Palavras 1.339
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Fluffy, Harem, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


To sem ideia de título pra esse cap então finge que eu deixei um título cheio de mistérios incríveis.
O cap ta um pouquinho mais curto, mas espero que isso não seja problema já que posto todos os dias(pelo menos tento)

Capítulo 42 - 최 승철 ❤


Fanfic / Fanfiction Ele não é um anjo como parece (imagine Jeonghan) - Capítulo 42 - 최 승철 ❤

Vamos até seu carro e entramos no mesmo, ele liga e começa a dirigir, dito o caminho para a casa do Jeonghan e logo chegamos. Paramos na porta de sua casa e saímos do carro. 

S/n - promete pra mim que não vai tocar nele nem me fazer passar vergonha? - peço temerosa. 

Eunwoo - tem medo que eu bata nele? - pergunta com um sorriso maligno. 

S/n - se você encostar nele quem te bate sou eu. - digo dando um olhar mortal para ele. Bato delicadamente na porta e espero um tempinho. 

Jeonghan - já vai! - grita de dentro da casa. Logo abre a porta, sorri ao me ver e faz uma expressão confusa ao ver Eunwoo. 

S/n - oie, Jeonghan. - digo dando um sorriso constrangido para ele. 

Jeonghan - oque aconteceu para você vir aqui com o seu marido, ein? - pergunta cruzando os braços, me sinto corar constrangida, ele faz sinal para nós entrarmos e assim fazemos. 

Eunwoo - quer dizer que ele sabe, né amor? - pergunta cruzando os braços. 

S/n - ok, parem de me constranger, por favor... Jeonghan, ele sabe de tudo, até que Seungcheol me abusou... Eunwoo, eu falei um pouquinho de você para ele. - digo corada. 

Jeonghan - Ah, que bom! - me agarra e sela nossos lábios desesperadamente me beijando de uma forma necessitada. Logo separa e ficamos arfando. 

Jeonghan - eu ainda vou cobrar os dois vacos que você me deu ontem. - diz me dando um olhar malicioso, Eunwoo faz uma tosse forçada fazendo a gente se separar. 

Eunwoo -... Então você é o tal namorado da minha filha... - diz o olhando dos pés à cabeça. 

Jeonghan - Sim, é o meu pau que ela pega quando está excitada. - diz cruzando os braços, dou um forte tapa em seu braço me sentindo muito constrangida. 

Jeonghan - ué, to mentindo?! - diz inconformado. 

S/n - parem de me constranger, inferno! - grito cobrindo o rosto com minhas mãos. 

Jeonghan - desculpa mô, é que você fica muito fofa com as bochechas vermelhas. - diz me abraçando. 

S/n - Cade sua mãe? - pergunto tentando mudar de assunto. 

Eunwoo - nossa, já até conhece a sogra. - diz batendo palmas, faço careta mostrando a língua. 

Jeonghan - foi conversar com o meu pai lá na casa do caralho, deve voltar de madrugada mancando depois de levar surra... - diz sério abaixando A cabeça. 

S/n - acha que ele vai bater nela? - pergunto preocupada. 

Jeonghan - se eles brigarem e ele estiver bêbado, provavelmente. - diz parecendo chateado, eu o abraço e acaricio seu cabelo. 

S/n - quer ir atrás dela? - pergunta preocupada. 

Jeonghan - o lugar em que ela foi encontrá-lo é um pouco longe. - diz pensativo. 

S/n - eu vou assim mesmo. - digo de uma forma fofa tentando fazê-lo sorrir e assim consigo. 

Jeonghan - não precisa, ela apanha mas também bate. - diz me abraçando parecendo carente. 

Jeonghan -... A gente vai sair com os meninos hoje? Acho que Seungkwan ficaria chateado se não fôssemos... - diz manhoso, olho Eunwoo fazendo uma expressão ferrada.

S/n - e-esqueci que iríamos sair hoje.... - digo culpada. 

Jeonghan - ta cedo, eu posso ligar pros meninos e pedir para eles nos encontrarem em algum lugar, de boas... - diz manhoso. 

S/n -... E-Eunwoo... Eu posso ir com eles? - peço manhosa abraçando Jeonghan. Ele me olha e cruza os braços. 

Eunwoo - seus pais sabem que você saiu de casa? - pergunta desconfiado. Faço um expressão culpada e abaixo a cabeça mordendo o lábio inferior. 

Eunwoo -... Entendi... Eu deixo você ir, mas vou ligar para seu pai avisando que você está comigo antes que ele tenha um ataque... E eu ainda não desisti de conhecer esse tal Seungcheol, ok mocinha? - diz me dando um olhar desconfiado. 

Eunwoo - pode ligar para os seus amigos, vou ligar para seu pai. - ele diz pegando o celular, sorrio contente e vou com Jeonghan até seu quarto. 

S/n - liga primeiro pro Seungcheol e pede para ele ligar para os outros meninos. - peço me sentando na ponta de sua cama. Ele fecha a porta e pula em cima de mim me agarrando, começa a beijar meu pescoço e entrelaça nossos dedos com uma mão enquanto me acaricia com a outra. 

S/n - H-Hannie, o-o Eunwoo é como m-meu pai... N-não faça isso perto d-dele. - peço manhosa, ele chupa meu pescoço me fazendo gemer manhosa. 

S/n -... H-Hannie... A-ah. - me morde e aperta minha cintura, inverto as posições ficando por cima e me sento e seu colo, seguro seu rosto e beijo seus lábios com carinho. Desço até seu pescoço traçando um caminho de beijos e dou um doce selinho em seus lábios. 

Jeonghan - s/n... Hoje eu e-estou carente... F-foi bom você ter vindo... - diz arfando manhoso. Paro de beijá-lo e sorrio encantada. Colo nossas testas e acaricio seus cabelos. 

S/n -... Estou feliz por você está ficando mais sincero que antes... - digo baixinho acariciando seu rosto. Dou um último selinho e saio de cima de seu colo. 

S/n - ok, chega de safadeza e liga logo para os meninos. - digo constrangida me encolhendo no canto de sua cama. Ele ri e pega o celular. Liga e faz oque tem que fazer sem tirar os olhos de mim nem por um segundo. 

... 

Jeonghan - ok, a gente combinou de se encontrar no shopping daqui a meia hora. - diz pondo o celular no bolso. 

S/n - não estamos atrasados? - pergunta preocupado. 

Jeonghan - o shopping é aqui pertinho, da tempo de sobra. - diz indo para frente do guarda roupa. Ele tira as calças e eu tapo meus olhos com minhas mãos me sentindo corar como um tomate. 

S/n - H-Hannie, avisa! - grito constrangida, ele ri e troca de roupa. 

Jeonghan - Calma, não é como se você já não tivesse me visto só de cueca. - diz rindo fechando o zipper da calça, ele troca de tênis e penteia o cabelo. 

S/n - deixa eu arrumar seu cabelo? - peço tímida, ele ri e se senta na ponta da cama. Caminho com os joelhos até ele e pego o pente, penteio com cuidado e carinho cada mecha de seu cabelo, me sinto corar quando noto que não tirava os olhos de mim me olhando com uma expressão encantada. 

Jeonghan -... Você está tão fofa de human doll... - comenta me olhando com atenção, me abaixo e o olho desconfiada. 

S/n - como você sabe que eu estou de human doll? - pergunto o olhando desconfiada. 

Jeonghan - ué, você está perfeitamente montada como human doll tipo Lollita. Miga, se você convivesse com a diva Boo saberia o porquê eu sei essas coisas. - diz de uma forma engraçada que me faz rir. 

S/n - Sério que ainda pareço human doll? Pensei que você tinha borrado meu batom todo quando me beijou, tanto é que tem batom na sua boca. - digo rindo, ele passa a mão sobre os lábios tentando tirar o batom. 

Jeonghan - ok, vamos? - pergunta olhando para os lados. 

S/n - Sim. - saímos de seu quarto e vemos Eunwoo mexendo no celular sentando no sofá. 

S/n - Mr pickles, nós já vamos sair. - ele se levanta e vem até mim, passa o dedo sobre meus lábios e olha meu batom desconfiado. 

Eunwoo - pra onde vão e que horas voltam? - pergunta desconfiado. 

Jeonghan - para o shopping, não se preocupe que eu vou levá-la para casa. - diz abrindo a porta, nós saímos e ele tranca a porta de casa. 

Eunwoo - quero que me ligue quando voltar para casa se não seu pai me mata, ok mocinha? - pergunta segurando meu rosto. 

S/n - ok, appa. - digo manhosa, nós nos abraçamos e ele vai pra seu carro. Jeonghan segura minha mão e nós vamos caminhando até o shopping que por sinal era bem perto.


Notas Finais


Só digo uma coisa ;
Não vai prestar esse povo todo junto.
Spoiler do próximo cap ;






























Seungcheol vai fazer merda.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...