História Elementary - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Colegial, Comedia, One Direction, Personagem Original, Romance, Zayn, Zayn Malik
Exibições 51
Palavras 3.012
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Vodca


Fanfic / Fanfiction Elementary - Capítulo 5 - Vodca

CAPÍTULO QUATRO - VODCA

Após alguns drinks nada convencionais e uns bons quarenta minutos após perder na sinuca para McDaniel e Zummach, Liam deu falta de Zayn aos arredores; olhou no segundo andar, onde geralmente Zayn ficava fumando quando estava entediado e também olhou na área da piscina e nem sinal dele.

Puxou seu bolso da calça e discou o número do amigo que já estava guardado nos favoritos e discagem rápida. Os primeiros segundos foram aqueles tediosos, esperando pela aceitação da chamada. Alguns segundos a mais, Liam começou a ficar incomodado porque Zayn sempre atendia as ligações, não importasse se fosse uma da manhã ou três horas da tarde.

A ligação caiu na caixa postal.

Liam discou o número outra vez, agora andando de um lado para o outro esperando que Zayn atendesse naquela vez.

- Alô?

- Onde diabos você está? – A voz de Liam saiu tão rápido e nervosa que ele apostaria que estava falando mais alto que o comum.

- Eu estou aqui fora – Zayn respondeu e Liam percebeu que ele estava com aquela voz relaxada, como se estivesse acabado de levantar.

- Mas eu fui na área da piscina e não te encontrei – Liam disse, descendo as escadas (conferindo novamente o quarto das gêmeas).

- Eu literalmente estou aqui fora, Liam. Na rua.

- Porque você está na rua?

- Helena está aqui comigo – Zayn diz com uma voz realmente feliz.

No mesmo instante em que Zayn dizia tais palavras, Liam abria a porta da casa de Louis Tomlinson se deparando com a cena mais inusitada da sua vida. Zayn Malik, seu melhor amigo, estava sentado no capô do carro de Helena Rose Clarke e com a mesma ao seu lado, rindo lado a lado. Liam se aproximou devagar, tentando entender o que se passava direito. Não era possível que, em apenas algumas horas, Zayn tivesse virado o melhor amigo do mundo de Clarke.

- Olá, Liam – Helena sorriu, animada.

- Como vai, Helena? – Liam pergunta, claramente envergonhado.

- Hum, tudo bem – Ela desce do capô do carro – Eu só vim entregar a mochila do Zayn. Tenho que ir.

A cara de decepção de Zayn foi visível. Liam pigarrou dando uma olhada para o amigo como se dissesse ‘você está dando na cara que quer casar e povoar a terra com pequenos filhos de cabelos coloridos’.

- Eu... Hum, eu vou voltar para festa – Liam coça a cabeça, sem saber muito bem o que fazer – Bom te ver, Clarke.

- Idem, Liam – Helena acenou e Liam deu uma última olhada em Zayn antes de virar as costas e voltar para a casa de Louis.

- Você tem mesmo que ir?

Zayn ainda não havia saído do capô do Toyota, pensando infantilmente que, se ele saísse, ela iria embora e ele realmente não queria isso. Essa sexta deveria ter sido a mais louca da vida de Zayn, não só porque estava com Helena Rose Clarke, mas também porque havia feito coisas que jamais imaginou que faria e que gostaria de fazer. Mas o que mais surpreendia Zayn é que ele não mudaria nada desse dia e que sim, ele queria fazer essas programações de novo.

- Só se você quiser que eu vá – ela brincou.

- Na verdade, eu quero que você fique – Ele afirmou com muita convicção.

A verdade é que Zayn nunca fora um cara de relacionamentos. Não porque ele não queria, mas indiretamente ele esperava que Helena algum dia olhasse para ele com outros olhos. Claro que ele já havia saído com outras garotas e até namorou Perrie Edwards, uma vizinha de rua que estudava na Lessness Heath High School.

Parte dele realmente queria tomar coragem e dizer que desde que ela pisou em St. Paul, ele sabia que ela era diferente. Não porque ela vinha com meias coloridas demais quando estava no primário (e acredite, Zayn as detestava) ou porque quando ela entrou no colegial e descoloriu seus cabelos castanhos e os substituiu por cabelos roxos.

Ela era diferente porque ela não se importava com o que eles diziam sobre ela. Ela permanecia do mesmo jeito que ela era desde que entrou na St. Paul. Por esse motivo que Zayn começou a pensar se era por isso que ela e Chloe McDaniel eram tão amigas.

- Então eu ficarei – Helena diz fazendo os olhos de Zayn se aprofundarem nos seus.

- Sério?

- Você está pedindo para eu ficar, porque não? – Ela sorriu – Então, o que vocês geralmente fazem em uma festa?

Helena havia perguntado de um modo estranho. Zayn nunca a vira em nenhuma festa dos alunos da St. Paul, o que era bem estranho já que Chloe e Colin eram quase os maiores promotores de eventos alcoólicos do colégio.

- Bem, o que se faz em qualquer festa – Zayn saiu do capô do carro de Helena num cuidado excepcional e se aproximou da menina – Bebemos, conversamos, jogamos sinuca, dançamos...

- Ah... Isso parece... legal.

- Helena... Você já foi em alguma festa?

- Claro – Ela rapidamente respondeu – Bem, festa de casamento, formatura e de aniversário contam, né?

Zayn tombou a cabeça para trás e riu – Eu estou falando de uma festa adolescente!

- Eu nunca curti esse tipo de coisa – Ela deu os ombros – Nunca fez diferença. Nada de diferente que vocês fazem aqui que eu não poderia fazer no conforto da minha casa.

- No conforto da sua casa sozinha? – Zayn argumentou – Bem, a grande diferença é que aqui você se socializa.

- Você está me chamando de anti-social?

- Estou falando que eu vou te apresentar o meu mundo. Uma noite para você dar uma chance as festas – Zayn estendeu a mão para ela, um tanto ansioso para ela o tocar novamente.

Helena pegou a mão de Zayn e entrelaçou seus os dedos com os dele.

- Surpreenda-me, Jawaad.

Ele e Helena atravessaram a rua e a cada centímetro avançado, mais alta era a música. Claro que dava para ouvir a música de onde o Toyota de Helena estava, mas agora, de frente para a porta, era quase como se a música estivesse estourando os tímpanos de Helena de tão alto que estava.

Algumas pessoas olharam para eles quando atravessaram a sala, indo em direção ao salão de jogos. Na mesa de sinuca, não havia as mesmas duplas de antes. O local ainda estava mais cheio que os outros cômodos da casa, mas era ali que se encontravam os amigos de Zayn. Quando Harry percebeu a entrada deles, cutucou Louis, que estava conversando com Erik Donovan. Donovan era amigo de Styles e estavam na mesma série.

- Clarke! – Louis pediu um minuto para Donovan e se aproximou do casal, ainda parados na frente da porta – Bem-vinda a minha humilde casa, ou como eu gosto de chamar, paraíso na terra.

Helena riu – É uma casa muito bonita, Louis, mas não é como se eu já não conhecesse.

Zayn levantou uma sobrancelha para os dois e Louis logo tratou de responder:

- Lottie já trouxe Helena aqui uma vez... Mas isso é passado! Finalmente você se entregou a uma Louis Party! O que quer beber?

- O que tem no cardápio? – Helena brincou e o Tomlinson sorriu animado (dando uma rápida olhada maliciosa para as mãos dadas de Helena e Zayn). Puxou Helena pela mão livre (fazendo-a se locomover já que Louis saiu andando para fora do salão e automaticamente puxando Zayn junto porque ela realmente não queria soltar a mão dele) e a levando para a cozinha.

- Temos vodca, cerveja caseira, gin e tônica, energético...

- Gin e tônica? – Helena franziu o cenho.

- Menina, você nunca bebeu? – Louis riu.

- Na verdade não - Ela respondeu, corando um pouco.

- Zayn! Você me trouxe uma virgin alcohol para dentro de uma Louis Party? – Louis fez uma falsa cara de chocado – Vamos resolver isso agora, Clarke!

- Você nunca bebeu mesmo? – Zayn poderia dizer que estava bem impressionado.

- É minha primeira festa, lembra? – Ela sussurrou, como se não quisesse que Louis escutasse aquela confissão.

- Certo, vamos começar com uma coisa tranquila, ok? – Zayn sugeriu olhando para ela e depois vendo Louis colocar vodca num copo – Louis, pega leve com ela, cara.

- Zayn, se a Clarke está na chuva ela vai se molhar – Helena riu da comparação que o irmão de Lottie fez. Louis abriu a geladeira e pegou uma jarra cheia – Mas como eu sou um cara legal, Clarke...

Louis colocou um pouco da bebida rosa da jarra no copo de vodca e misturou. Entregou para uma Helena (que teve que largar a mão de Zayn para pegar o copo) um tanto receosa olhando para Zayn como se esperasse uma confirmação.

- Eu disse uma coisa tranquila, não vodca com morango, Louis - Zayn revirou os olhos para o amigo, mas voltou a prestar total atenção em Helena - Pode tomar, é bom – Zayn confirma, sorrindo para ela. Malik passou para o lado de Louis, ficando de frente para Helena. A garota coloca o copo entre os lábios e bebe um gole mínimo para testar o sabor.

- É batida de morango? – Helena pergunta, surpresa. Claro que ela ouviu Zayn dizer sobre morango, mas não imaginou que seria uma batida de verdade.

- Sim. Morangos frescos de hoje de manhã, açúcar e leite – Louis se gabou – pode assumir, Clarke! É bom, não é?

- No começo é doce e depois vem um gosto amargo – Ela começa a estalar a língua como se o sabor ainda estivesse lá.

- É a vodca – Zayn conclui, rindo da cara da garota – Mas você gostou ou não?

- É bom. Gostei – Ela responde – Obrigada, Louis.

- Sempre as ordens, Clarke – Louis fez uma pose exagerada de agradecimento fazendo Zayn rolar os olhos.

- Hels?

Helena virou e se deparou com Colin parado na frente da entrada da cozinha, com um copo vermelho em uma mão e a outra no seu bolso. Usava uma blusa branca e jeans como sempre. Zayn praguejou baixo deixando apenas Louis ouvir seu xingo. Helena se aproximou do amigo e o abraçou timidamente.

- Oi Cool.

Cool? Que merda de apelido era aquele?

A boca de Zayn fez um estalo involuntário deletando que ele estava claramente incomodado com a aproximação de McDaniel e Helena.

- O que você ‘tá fazendo aqui? Pensei que sua mãe chegasse hoje – Colin olhou de Helena para os dois garotos atrás dela e voltou os olhos para Helena de novo – Você está bebendo?

- É, isso é realmente gostoso – Helena tomou mais um gole e inclinou o copo para Colin – Você quer um pouco?

Colin levantou seu copo para ela – Não, obrigado. Chloe sabe que você está aqui?

- Não encontrei com ela – Helena deu os ombros – Eu estava lá fora com o Zayn.

- Ah – Colin pôs seus olhos em Malik e Tomlinson de novo – Bem, vem, vou te levar na Chloe.

Zayn já estava a ponto de protestar quando viu a mão de Colin puxar Helena para fora da cozinha, mas Helena protestou, ficando no mesmo lugar.

- Ah, Cool, você não se importaria de chamar Chloe para vir aqui não? Eu estou conversando com Zayn e Louis.

Se Colin ficou chateado, irritado, assustado ou incomodado com o pedido, ele não demostrou. Ele simplesmente sorriu, acenou e saiu da cozinha. Louis deu uma olhada para Zayn com a sobrancelha levantada como se perguntasse ‘que merda acabou de acontecer aqui’ e Zayn estava com uma expressão que representava a mesma coisa.

- Enfim, o que mais vocês fazem em festas?

A pergunta de Helena animou um pouco ambos os amigos. Então Louis começou a contar sobre alguns fatos que aconteceram em festas passadas, inclusive o vômito no quarto das gêmeas (e rindo da cara de nojo de Helena), sobre a dificuldade de arrumar a casa depois pela manhã entre outros fatos.

Chloe apareceu mais de quinze minutos depois junto com o irmão gêmeo. Ela estava um pouco suada, levemente descabelada e literalmente bêbada.

- Hells Kitchen – Chloe riu da própria piada – Colin me contou que você estava bebendo!

- Só tomei um copo, não foi nada demais – Helena garantiu – Já não posso falar a mesma coisa de você, em Koko?

Zayn estava começando a duvidar da capacidade de criação de Helena para os apelidos dos irmãos McDaniel.

- Já estive pior, acredite – Ela riu – Vem! Tem uma pista de dança improvisada nos jardins lá dentro.

Chloe puxou Helena para fora da cozinha, não deixando a menina de cabelos azuis sequer protestar. Colin, como um cão de guarda seguiu ambas, deixando Louis e Zayn, um do lado do outro com suas respectivas bebidas.

- Eu odeio esse cara – Zayn afirmou, frustrado.

- Caralho, eu sou um monstro – Louis comenta – Eu fiz Clarke beber álcool pela primeira vez na vida dela.

- Realmente, Tommo, você vai pro inferno – afirma Malik bebendo mais um gole da sua cerveja – Eu deveria ir atrás dela?

- Não sei. Mas que isso em? De mãos dadas e tudo – Louis zombou, fazendo Zayn rolar os olhos e cruzar os braços – Ei, não fica nervosinho! Eu só estou brincando. É bom te ver aqui e sem fumar, ainda.

Zayn olhou abismado para o amigo. Ele tinha esse habito de fumar quando não fazia nada ou estava nervoso demais (porque fumar era a única coisa que acalmava ele) e geralmente nas festas de Louis (ou em qualquer outra) ele fumava um ou dois cigarros. Péssimo hábito, todavia, péssimos hábitos não mudam rapidamente, certo?

Louis deu dois tapinhas nas costas de Zayn – Vem. Vamos atrás dos garotos e ficar de olho em Clarke.

A última hora que Zayn viu as horas, eram pouco mais de meia noite. Como era sexta e eles ainda não tinham aulas complementares no sábado, muitos estavam se esbaldando e se divertindo. Louis realmente tinha uma casa grande. Pela sua faixada, provavelmente muitos deveriam pensar que a casa provavelmente era pequena e apertada, mas quando entravam ficavam chocados com o tamanho da sala de estar e principalmente da área de lazer dos fundos.

A piscina não era tão grande, mas era perfeita para uma casa com duas crianças e dois adolescentes. Era um espaço bem moderno e aconchegante; Zayn estava perto a mini academia (realmente mini pois só acoplava uma esteira e alguns pesos, mas Zayn duvidava que Louis ou Lottie se exercitavam aqui) tentando procurar Helena com os olhos, tendo sua missão completamente falhada.

Helena havia saído com Chloe a uns bons minutos, se não uma hora ou pouco mais e só nos vinte primeiros minutos a missão de ficar de olho em Helena Rose Clarke (que estava com um copo de droga lícita para maiores nas mãos) foi um sucesso. Do lugar onde ele estava ele podia ver Harry conversando com a nova aluna da St. Paul do ano dele, que era de algum lugar da América do Sul. Ele havia Liam e Sophia trocando uns beijos mais afastados de todos os presentes (eca! Ver seu melhor amigo beijando não era uma de suas visões favoritas). Louis estava dançando Danielle Campbell, uma das amigas de Chloe e Helena que também era do ano deles.

Até Niall que era o que menos gostava se socializava em festas como as que Louis proporcionava, estava conversando e rindo com alguns atletas do time de Lacross. Todos pareciam excepcionalmente bem. Não que Zayn não estivesse, mas ele tinha a certeza que poderia estar melhor.

Seu celular vibrou (ele tinha colocado no silencioso a alguns minutos atrás).

“Colin está levando Chloe e eu ‘pra casa. Estou sem condições de dirigir (bem, não vamos dizer que foi culpa sua), então você poderia levar meu carro até minha casa amanhã de manhã? Deixei a chave dentro da sua mochila. E sua mochila está no quarto do Louis, deixei em cima da cama dele. Boa noite e divirta-se!”

Realmente, se Zayn estava 6 numa nota de 0 a 10 para sua alegria naquela festa, ela havia abaixado para -3. Deu uma última conferida nos seus amigos e subiu para o quarto de Louis e confirmou o que Helena havia falado. Sua mochila estava perfeitamente posta em cima da cama de Louis quase como se tivesse pensado cuidadosamente onde ela colocaria.

Não demorou muito para achar a chave do carro de Helena na mochila. A mochila tinha apenas duas aberturas e geralmente coisas como chaves sempre ficavam na menor. Olhou para as chaves na sua mão, pensando em como devolveria o carro para ela, pela manhã.

“Tudo bem. Só me passar o endereço. Me mande mensagem quando acordar que eu vou na mesma hora : )

Beijos, boa noite”

Claro que a parte do ‘me ligue quando acordar’ foi totalmente proposital. Se essa era a única desculpa para poder conversar com Helena Rose Clarke, é claro que ele a usaria. Saiu do quarto de Louis (trazendo consigo a sua mochila), indo até o quarto das gêmeas. Geralmente quando havia uma Louis Party, era sempre quando a matriarca Tomlinson não estava em casa com as gêmeas e sendo assim, acabava que Zayn (e Harry, principalmente) dormiam pela residência dos Tomlinson e nas camas das gêmeas. Retirou seu relógio, blusa de frio, tênis e meias e deitou na cama de Phoebe, na direita. Pegou o celular e ligou para sua irmã mais velha Doniya pedindo para avisar a mãe que ele dormiria na casa de Louis mesmo. A ligação não durou mais que alguns segundos e Doniya pediu para que ele tivesse juízo.

Bloqueou o celular e o colocou em cima do criado mudo amarelo que separava ambas as camas das gêmeas. Afundou sua cabeça no travesseiro e fechou os olhos; A última coisa que ele pensou antes de cair no sono foi que ele realmente havia saído com Helena Rose Clarke e que pela primeira vez, não era um sonho.

OBS: a fic tem um grupo no facebook que é administrada pela própria Helena :) Quem quiser entrar no grupo me mande mensagem por aqui, ou procure no face 'Helena Rose Clarke' ou pelo meu twitter @_leticianardy.

Desde já, grata e até o capítulo cinco!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...