História Elementos do coração - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Channel: The Animation
Personagens Personagens Originais
Tags Fairy Tail, Fifth Harmony, Novela, One Direction, Romance
Exibições 1
Palavras 973
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Capítulo 3 (Os hospedeiros dos dragões)


Desci para tomar café, depois meu pai disse que queria conversar comigo e para eu segui-lo até seus aposentos. Assim o fiz e esperei ele voltar da biblioteca. Quando ele chegou, fechou e trancou a porta, pediu para me sentar e estava com um livro nas mãos.

-Querida, como você sabe, somos descendentes de dragões, e você e seus irmãos os tem hospedados em seus corpos.

É claro que sei disso, para aprender a controlar meu elemento eu preciso saber muito sobre os dragões elementares, Kasai, é o meu dragão. Não temos imagens exatas dela, mas sei que posso fazer uma "moldura" de fogo, gastando bastante energia e o controlar como se realmente fosse um dragão. Hisui, é o dragão da água hospedeiro de Akira. Certamente ele pode fazer o mesmo que eu, mas com água.  Chicyũ, da terra. Ayo o controla.  E Kukĩ, o dragão do ar.

-Sim pai, mas o que o senhor quer me falar?- Pergunto confusa.

-Esse livro, irá mostrar algumas magias para você e seus irmãos. Mas quero que você o tenha.- Ele me entrega um livro com uma capa com quatro dragões desenhados. Kasai, Hisui, Chicyũ e Kukĩ, os quatro dragões gêmeos.

-Sougoy!- Digo admirando e pegando o livro.

-Não conte a ninguém. Principalmente para sua mãe, se não ela mata seu velho.- Rio com o comentário. Sua expressão fica séria.- Não mostre a ninguém, pode ser o inimigo e você não sabe. Cuidado.

-Hai.

Ele faz um sinal para que eu saia e assim fiz. Subi para meu quarto louca para ler. Irei descobrir novas magias perdidas. Abri o livro, tranquei a porta, tirei meus sapatos e me joguei na cama.

Os dragões são conhecidos como seres temidos por todos, mas muitos deles escolheram hospedeiros, para entregar sua magia e viver em seus corpos disfarçadamente. E tem outros que fazem o mesmo por vingança para os quatro dragões gêmeos. Fuun o dragão do azar é um desses. Nokorimono é o dragão das sombras, Kaminari o dragão elétrico, Metalicana o dragão de ferro e o líder dos dragões negros,  Acnologia, o dragão do apocalipse, o dragão que deverá ser derrotado pelo dragão de fogo, para não haver caos no mundo.

A lenda e a profecia diz que a hospedeira do dragão de fogo, estará na lista de morte deles, e o dragão de gelo terá que protege-la a qualquer custo. Ao lado dos outros 3 dragões elementares. Haverá uma grande guerra entre esses dragões, ao lado da luz: Kasai, Hisui, Chicyũ, Kukĩ e Kõri. ao lado das trevas: Acnologia,Nokorimono, Kaminari, Metalicana e Fuun. 

Aqui há magias para ambos os lados, uma luta aonde os dois lados terão chances de vencer. Eu, o Anjo da guerra, o deixo para vocês. Veremos quem vencerá nesse meu jogo.

 

 

Fecho o livro. Anjo da guerra? Não sabia que teria mais alguém envolvido, o anjo está brincando conosco? Ele nos vê como peças de um jogo??  Maldito. Por isso odeio essas coisas de destino, alguém do nada cria profecias como um jogo, e joga para cima de alguém. Acnologia, não sabia que eu deveria derrotar um dos hospedeiros dos dragões. Achei que eu só deveria ser uma princesa. Era isso que meu pai queria me mostrar? Obrigada pai.

-O que está lendo?

-KYAAAAAAA!!- Caio da cama.- Droga Ayo não me assuste assim!!!

-Desculpa.- Ayo ri.- E então? O que é??

-Curioso você não?- Guardo o livro nas cinzas aonde minha espada Enrayha está. A espada de fogo.- Não é nada importante.- digo com as mãos na cintura. 

-Pareceu bem importante. É o seu diário?

-É...- Melhor do que contar a verdade.

ESPERA!

-Como entrou aqui?? Eu tranquei a porta.- Digo irritada.

-Eu pulei a sacada.

-AYO!

-Desculpa desculpa. Mas eu fiquei curioso.

-Eu não vou te contar nada que está escrito no meu diário! Agora vaza tenho que escrever!- O empurro para fora do quarto e fecho a porta.- Garoto intrometido.- Rio balançando a cabeça. Me desencosto da porta.

-E aí.- Querem que eu infarte só pode...

-Oi Drake.- Digo ofegante.

-Então, eu queria te contar uma coisa....

-Eu aprendi uma magia incrível! Quer ver??- O interrompo.

-Claro.- Sua expressão estava triste, irei anima-lo.

-Olha! Kasai dansu kasai ryūshi.- Mexo as mãos as distorcendo fazendo várias partículas alaranjadas dançarem em volta de nós, elas queimavam e voltavam das cinzas como uma fênix e rodavam com minhas mãos. Depois de um tempo, elas caíram e se desfizeram.

-Sougoy!

-Legal né?

-Eu queria te contar que eu sei sobre os hospedeiros dos dragões e eu sou um deles....- Ele diz tudo de uma vez.- Kõri, o dragão de gelo...

-Drake.... Isso é muito legal!- Digo feliz por ele. Faz duas semanas que ele me visita e que nos conhecemos, e acabamos nos tornando bem próximos.

-Eu sei fazer isso, mas com partículas de gelo cristalinas e neve. 

Tento imaginar como seria. Parece lindo.

-Mas você sabe qual é meu destino né? O de seus irmãos também....

-Acontece que eu não acredito em destino, através de escolhas o desenhamos em nosso futuro.- Digo.- Não vou deixar que se sacrifiquem por mim.

-As vezes não temos escolhas.

-Sempre temos escolhas! E por isso temos destino.- Respondo brava.- Eu não permito isso. Não vão fazer isso!!

-Essa é a minha escolha. E a de seus irmãos?- Ele também parece frustrado.

-Drake.....- Antes que eu terminasse ele me puxa para um beijo. O que está acontecendo?? Eu fiquei surpresa com isso mas logo cedi. Meu primeiro beijo foi incrível. Parecia que eu estava queimando por dentro e algo de mim gritasse para eu devolver o carinho. Depois de nos separarmos, coramos.- D-ddrake...

-Ddesculpa é que.....- Coramos tanto que acho que nem minhas chamas são tão vermelhas assim.- Tenho que ir.

Depois dele sair, fiquei com os dedos na boca relembrando aquele momento. Foi tao intenso. E eu adorei. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...