História Elit Way Coled - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna, Victorious, Violetta
Personagens Ámbar Benson, André Harris, Angeles "Angie" Saramego, Beck Oliver, Camila "Cami" Torres, Cat Valentine, Delfina, Francesca Cauviglia, Jade West, Jazmin, León Vargas, Ludmila Ferro, Luna Valente, Matteo, Maxi Pontes, Nina, Personagens Originais, Simón, Tori Vega, Violetta Castillo
Tags Soy Luna, Victorios, Violetta
Exibições 27
Palavras 760
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Desmaiada


            Violetta

Hoje o meu sonho se realisa, e agora deixo para trás meu pai e meus amigos para estudar no Elit Was Coled aqui em Buenos Aires ele é um dos melhores internatos Maxi, Leon, Ludmila, Tomás Tanbem vão pra lá, na quela manhã de abril eu deci a às escadas com minhas malas, o futuro estava me chamando

-Divirta-se minha querida-meu pai dizia 

Um sorriso enorme estampava o meu rosto 

-Vou sentir tanta a sua falta pai-eu deixei as malas em pe e abracei o papai

Os olhos do meu pai brilhavam intensamente, o brilhomem nos olhos dele refletia uma nova fase  na minha vida.

-Preciso ir papai, o Táxi já tá me esperando

-Claro meu amor- ele beijou a minha testa e  me acompanhou até a porta 

Paro na porta e tento me imagina no Elit Way Coled, a mesma garota solitária taleveza, caMinho pela calçada que corta o gramado verde que embelezavam a frente da casa, entro no táxi e vou direto para Elit Way Aqui em Buenos, estou bastante anciosa, meu coração bate fora do normal minhas mãos estão soando, bato o pé para me acalmar mais não dá certo, observo a rua pra ver se me acalmo quando sintô o carro anda mais devagar, agente já tá andando a 32 minutos, quando percebo agente se aproxima de uma escola enorme com vários alunos em seu gramado, o carro para é meu coração falta sair pela boca, minha visão começa a escurecer me sinto fraca.

Consigo ver várias pessoas em cima de mim, elas me olham preocupadas, eStou deitada em um quarto com um toque meio sofisticado

-O que aconteceu?-coloco a mão na cabeça 

Parece que tem vários martelos batendo por dentro da munha cabeça

-Você desmaiou no táxi e o dono do carro pediu ajuda, ele disse que você ia estudar aqui-um garoto branco cabelo castanho me respondeu-Me Chamo Simón.

-Meu Nome é Violetta-ele abriu um sorriso 

-E melhor deixa ela descansar, por favor saiam-O Simón disse em um tom Calmo

Todos foramo saindo

-Descansa, se precisar de alguma coisa me procura-Ele dizia com um sorriso estampado

-Obrigada-abri um sorriso meio amarelo com vergonha

[...]

Eu acordei com um passarinho cantando na janela o sol entrava iluminando todo o quarto, me sento na beira da cama e coloco as mãos em frente ao rosto me lembrando de tudo, não era assim que imaginava minha entrada no Elit Way Coled, me levantei e fui até a janela, já tem alunos acordados passeando pelo gramado , algumas árvores em frente só realçam a beleza do internato pessoas semtadas nas sobras lendo livros e eu aqui tomando coragem pra sair, 

"Você só teve um desmaio não foi culpa sua calma Violetta"dizia a mim mesma, abaixei a cabeça tomei coragem e fui para o banheiro, tomei um banho vesti o uniforme que pras meninas e uma saia curta redonda preta, um bleise azul escuro e uma gravata pra da uma charme, então peguei minha mochila e sai caminhando pelos corredores até a diretoria pra saber aonde fica minha sala

[...]

O dia passou rápido no Elit já é final de tarde então vou para baixo de uma árvore ler um livro e aproveita o por do sol, o vento soprava as folhas secas das árvores o sol dava um tom alaranjado as flores e gramado, fico perdida na minha imaginação fazendo da que las palavras no livro uma novela na minha cabeça, uma novela cheia de damas e mistérios, quando sou interrompida 

-Oi-uma voz melodiosa soava pelo ar 

Abaixei o livro e lentamente fui subindo meuse olhos até chegar no rosto dessa pessoa, o vento batia em seus cabelos castanhos e o laranjado do por do sol batia em seu olhos deixando o castanhos de seus olhos ainda mais bonitos, balanço a cabeça ele tava no quarto quando acordei do desmaio

-Oi- respondi meio tímida 

-Você está bem-ele dizia sorrindo em quanto se abaixava para ficar cara a cara com migo-Eu estava no quartô quando você chegou desmaiada, Simón lebra?

-Sim-Abaixei a cabeça em vergonhada-Lembro de você mandando todos saírem pra mim deixa descansa.

-Vilu Você já Chegou!-Ludmila Vina na nossa direção com uma mala enorme 

-Bom eu já vou indo-Simón se levantou e foi andando 

-Quem era ele miga- Ela me olhava com uma garantia tipo "Safadinha"

-É um menino que quer ser meu amigo.

Contei tudo pra Ludmila des do momento em que cheguei até o agora passam as horas e ela foi pro quarto dela e eu pro meu meu, guardei meu livro e procurei meu diário no criado mudo mais eu não acho 

-Cadê meu Diário?-Digo abrindo os braços 

Quando misteriosamente ele cai na minha mão.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...