História Elos de uma outra vida - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~DezaPetamin

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lu Han, Tao, Xiumin
Tags Baekhan, Baekyeol, Chanbaek, Chankai, Chensoo, Exo, Lutao, Taohan
Exibições 25
Palavras 1.320
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Harem, Hentai, Josei, Lemon, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente, to muito animada, sério, esse capítulo veio com tudo, com algumas coisas esclarecedoras, alguns mistérios e situações reais, enfim, chega de spoilers e vamos pra fic.

Capítulo 2 - Memórias da floresta


Fanfic / Fanfiction Elos de uma outra vida - Capítulo 2 - Memórias da floresta

Luhan  continuou  seguindo  o  loiro  misterioso  e  rapidamente  entrou  na  loja, que  se  chamava  “Avalon´s  house”.

Luhan  notou  que  que  tinha  um  filtro  do  sonhos  na  entrada, nas  laterais  loja  tinha  um  corredor  misterioso  com  duas  passagens, uma  era  no mundo  real  e  a outra  era  de  um  mundo  paralelo  com  diversas  portas  onde  tem  diversas  antiguidades  nas  paredes  como  pergaminhos  antigos, um  espelho, uma  estrela  do  mar  pendurada, um  gato  preto  que  parecia  com  o  gato  de  Cheshire, uma  fênix, um  grifo, um  mini  dragão  e  uma  coruja.  Ele  olhava  perplexo  para  cada  detalhe, inclusive  os  quadros  pendurados  na  parede  do  mundo  paralelo, os  quadros  pareciam  lhe  chamar  para  um mundo  longínquo, até  que  um  vulto  negro  lhe  chamou  a  atenção  e  ele  percebeu  que  era  do  loiro  gótico.

 

-É  isso  mesmo, eu  vim  aqui  para  descobrir  quem  ele  é- lembrou  Luhan  de  modo  investigativo-

 

Luhan  acabou  seguindo  o  loiro, que  passava  pela  passagem  do  mundo  paralelo, ele  foi  atrás, depois  chegou  à  uma  fonte, viu  que  o  gótico  a  atravessou, então  ele  fez  o  mesmo  e  acabou  chegando  à  uma  floresta  bem  verde  semelhante  às  paisagens  verdejantes  de  Celta, ele  ficou  boquiaberto  e  adentrou  nela, porém, ele  sentiu  alguém  atrás  de  si, então  ele  se  virou  e  para  sua  surpresa, era  o  loiro  gótico  o  encarando  bem  sério.

 

-AAAAAAAAAAAAAAAAAI!!!!!- gritou  Luhan  assustado-

 

-Quem  é  você  e  por  que  está  me  seguindo?- perguntou  o  loiro  gótico  com  os  braços  cruzados  sobre  o  peito-

 

-Sou  Xiao  Luhan.....arfh..... fiquei  curioso  e....arfh......arfh- balbuciou  o mais  velho  respirando  descompassado-

 

-Me  seguiu, claro- concluiu  o  loiro  gótico  sério  o  encarando-

 

-Er.... Seja  educado.....diga  seu  nome- pediu  Luhan  fazendo  uma  cara  engraçada-

 

-Por  que  eu  deveria?- perguntou  o  loiro  gótico  ainda  sério-

 

-Porque  faz  parte  da  educação, as  pessoas  devem  dizer  seus  nomes, oras- respondeu  Luhan  mantendo  a  cara  engraçada-

 

O  loiro  gótico  acabou  desfazendo  a  expressão  séria  e  começou  a  rir.

 

-Huang  Zi  Tao, hahahahaha- falou  o  gótico  rindo  sem  parar-

 

-O  quê?- perguntou  Luhan-

 

-Meu  nome  é  Huang  Zi  Tao- respondeu  o  loiro  gótico  mais  contido-

 

-Lindo  nome- elogiou  Luhan  se  sentindo  extasiado  com  o  sorriso  do  loiro  gótico-

 

-Obrigado, mas... Posso  saber  por  que  estava  me  seguindo?- disse  Tao  sério  porém  com  um  tom  de  voz  calmo-

 

-Ah, é.... Pra  dizer  a  verdade, nem  sei, quer  dizer....algo  em  você  me  soa  familiar- explicou  Luhan  meio  sem  graça-

 

-Minhas  roupas, claro- falou  Tao  divertindo  exibindo  seu  enorme  sobretudo  preto, a  camisa  preta, as  calças  pretas  e  o  coturno  preto- Só  pode  ser, as  pessoas  sempre  acham  que  me  fantasiei  muito  cedo  para  o  Halloween.

 

Luhan  deu  um  ar  de  riso.

 

-Sabia  que  era  isso, só  pode, sempre  é- falou  Tao  entediado-

 

-Er.... Tao, me  deixa  explicar o  que....- pediu  Luhan  mais  contido-

 

Porém, antes  de  completar  a  frase, um  enorme  aquário  apareceu  diante  deles  separando-os  e  acabou  mostrando  imagens  que  o  deixaram  boquiabertos.

 

 

Bem  distante  dali, Chanyeol  ia  para  o  cassino  quando  se  deparou  com  seu  amigo  Kyungsoo  parado  na  porta, o  mais  baixo  o  encarava  com  um  sorriso  psicótico, ele  levou  um  susto  devido  aos  olhos  bem  arregalados  de  Kyungsoo.

 

-Ei, que  cara  é  essa? Quer  me  matar, é?- perguntou  Chanyeol  sério-

 

-Entra  logo  e  não  faça  perguntas- respondeu  Kyungsoo  com  um  sorriso  misterioso-

 

Chanyeol  engoliu  em  seco, pois  pensou  mesmo  que  ia  morrer, porém  ao  entrar  no  recinto, deu  de  cara  com  o  dono  do  lugar, um  homem  chamado  Jongdae  cabisbaixo, ele  estava  sentado  em  uma  enorme  cadeira  giratória  e  segurava  um  copo  com  vodca  em  uma  das  mãos.

 

-Cruzes, que  cara  de  enterro  é  essa?- perguntou  Chanyeol  sem  entender-

 

-É  isso  mesmo  que  você  está  vendo, Chanyeol, enterro, acabei  de  vir  de  um- respondeu  Jongdae  cabisbaixo  girando  a  cadeira  para  olhar  o  interlocutor-

 

-E  quem  morreu?- perguntou  Chanyeol  sem  entender-

 

-Minha  antiga  mercadoria, acho  que  exagerei  nos  tratos, também, fui  deixar  o  coitado  nas  mãos  do  Kyungsoo, deu  nisso- respondeu  Jongdae  olhando  para  o  baixinho  de  olhos  grandes  com  um  olhar  fuzilador-

 

Kyungsoo  deu  uma  risada  maléfica.

 

-E  o  que  você  quer  de  mim?- perguntou  Chanyeol  sério-

 

-Que  me  arranje  uma  mercadoria  nova, você  é  bom  nisso- respondeu  Jongdae  com  um  sorriso  enigmático-

 

-Você  está  louco? Eu  posso  ser  preso, já  me  basta  o  imprestável  do  Jongin- retrucou  Chanyeol  sério-

 

-Eu  quero  conhecer  esse  Jongin- falou  Kyungsoo  com  um  olhar  psicótico-

 

-Cala  a  boca, Kyungsoo, o  assunto  é  entre  eu  e  o  Chanyeol, não  se  meta!- mandou  Jongdae  o  encarando  bem  sério-

 

Kyungsoo  deu  um  grunhido  de  raiva.

 

-Ok, Jongdae, ok, eu  te  ajudo, afinal, foi  você  quem  vendeu  o  Jongin  pra  mim, uma  mão  lava  a  outra, agora  só  quero  saber  o  que  vou  ganhar  com  isso- disse  Chanyeol  sério-

 

-Isso  pra  começar- respondeu  Jongdae  sorridente, ele  fez  várias  notas  de  dólares  aparecerem  e  jogou  para  o  mais  alto-

 

-Adorei!- exclamou  Chanyeol  com  um  sorriso  de  satisfação- Hoje  mesmo  vou  atrás  da  sua  nova  mercadoria.

 

-Me  traga  o  mais  rápido  possível- impôs  Jongdae  sério-

 

-Calma, acha  que  as  coisas  se  resolvem  assim? No  seu  mundo  talvez, mas  no  meu  não, ninguém  vira  mercadoria  de  uma  hora  pra  outra, terei  que  estudar  o  alvo- rebateu  Chanyeol  sério-

 

-Detesto  esperar!- retrucou  Jongdae  aborrecido-

 

-Será  preciso  e  aposto  que  você  não  vai  se  arrepender- rebateu  Chanyeol  com  um  sorriso  maléfico-

 

Os  três    riram  maleficamente  e  brindaram  com  vodca.

 

 

Na  floresta  do  interior  da  loja   “Avalon´s  house”,  Luhan  e  Tao  ficaram  petrificados  de  espanto, um  som  de  flauta  ensurdecedor  ecoou  na  mente  de  Tao  enquanto  palavras  cabalísticas  ecoaram  na  mente  de  Luhan, os  dois  acabaram  desmaiando  devido  à  carga  energética  que  receberam.

 

QUEBRANDO  TEMPO

 

Ano de 1.300

O  bruxo  e  o  flautista  lutavam  de  modo  incessante. O  exército  do  bruxo  havia  invadido  a  colônia  do  flautista  e  o   dançarino, que  era  irmão  do  flautista, havia  sido  feito  de  refém, por  isso  que  o  flautista  iniciou  a  luta  contra  o  bruxo.

 

-Deveria  parar  com  isso, feiticeiro, o  que  ganha  seqüestrando  meu  irmão?- disse  o  flautista  sério  porém  com  um  tom  de  voz  calmo-

 

-Ganho  prestígio, é  uma  honra  pra  mim  acabar  com  essa  escória  que  vocês  são- rebateu  o  bruxo  de  modo  maquiavélico-

 

-Não  queria  prosseguir  com  essa  luta  idiota- lastimou  o  flautista entristecido-

 

-Ah, não? Eu  te  dou  um  motivo  pra  lutar- disse  o  bruxo  maquiavélico, em  seguida, ele  encarou  o  exército- Homens, tragam  o  prisioneiro!

 

Os  outros  bruxos  trouxeram  o  irmão  do  flautista, que  era  o  encantador  dançarino, acorrentado, ele  era  um  moreno  de  cor  exótica, exuberante  e  corpo  bem  definido, porém  estava  com  hematomas  pelo  corpo  e  uma  expressão  triste.

Ao  ver  seu  irmão  assim, o  flautista  sentiu  seus  olhos  se  encherem  de  lágrimas, ele   avançou  sobre  o  bruxo  pegando  o  athame  do  próprio, que  estava  na  bainha  da  sua  cintura  e  acabou  o  arranhando  no  braço, o  bruxo  deu  um  grunhido  de  dor. Com  isso, o  exército  do  bruxo  recuou, então  o  flautista  correu  para  salvar  seu  irmão.

 

-Está  tudo  bem?- perguntou  o  flautista  preocupado-

 

-Estou  sim- respondeu  o  dançarino-

 

-Maldiiitos!!!!- xingou  o  bruxo  caído  no  chão-

 

O  flautista  e  o  dançarino   o  olharam.

 

-Vocês... vão  me  pagar  da  próxima  vez.....Me    aguardem!- jurou  o  bruxo  enfurecido  ainda  no  chão-

 

 

VOLTANDO   AO  TEMPO  NORMAL

 

 

Do  lado  de  fora  da  loja, Baekhyun  dava  várias  voltas  procurando  Luhan.

 

-Que  droga, onde  vou  arrumar  uma  nova  mercadoria  pro  Jongdae?- perguntava  Chanyeol  a  si  mesmo  enquanto  chegava  no  centro  comercial  da  cidade-

 

-Aquele  maldito  Luhan, ele  que  me  aguarde, farei   ele  se  arrepender  de  ter  me  deixado  falando  sozinho, ele  vai  ver- retrucou  Baekhyun  irritado-

 

-Preciso  encontrar  esse  alvo  logo- falava  Chanyeol  caminhando  pelo  centro-

 

Até  que  não  tardou  para  os  dois  se  trombarem, Baekhyun  ia  caindo  no  chão, mas  Chanyeol  o  segurou.

 

-Ainda  bem  que  me  salvou, ou  você  experimentaria  a  minha  fúria!-  exclamou  Baekhyun  irritado-

 

-Você  está  bem?- perguntou  Chanyeol  se  fingindo  de  preocupado-

 

Baekhyun  não  conseguiu  responder, pois  ficou  extasiado  com  a  beleza  do  homem  à  sua  frente, então  ele  ficou  gaguejando.


Notas Finais


Eu disse que me inspirei, aiai, esse encontro entre o Luhan e o Tao foi de tirar o fôlego eu sei e essas memórias do passado hein, certamente liga os dois, mas muita coisa pode acontecer e mostrar o que realmente é.
Chanyeol metido com o mercado negro, medonho, ainda mais o Kyungsoo, esse jeito psicótico dele eu me inspirei por causa daquela cara que ele faz no mv de Lotto.
essa:
https://pbs.twimg.com/media/CqG7i74WcAA8GAt.jpg


E o Jongdae hein, mafiosão de marca maior, montado na grana, kkkk
Coitado do Baekhyun, será que ele será vítima do Chanyeol?
O que acham?

Ah, assim é a loja "Avalon´s house":
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/236x/ef/80/8b/ef808bc3d30c040fa3cb8b4083c4a4d6.jpg

E para quem não sabe, um athame é assim:
http://www.warband.org.uk/uploads/6/2/2/8/6228732/7257548.jpg?357


Espero que tenham curtido.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...