História Elsword's Downfall - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Elsword
Tags Elsword
Exibições 36
Palavras 2.742
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yo pessoal mais um capítulo para vocês,espero que gostem boa leitura!

Capítulo 5 - Um Adeus...?


Fanfic / Fanfiction Elsword's Downfall - Capítulo 5 - Um Adeus...?

6 horas se passaram desde da luta entre Chung e Elsword, O ruivo recobrou a consciência com uma forte dor de cabeça.

- A luta...  Chung...  eu não morri?- percebeu que tinha uma faixa enorme no seu peito e alguns curativos pelo seu rosto. – Afinal,  o que aconteceu?

6 horas antes:

Quando Elsword pensou que era o fim de tudo ele desmaiou por conta da hemorragia no seu peito. Chung pensou que assim que os mísseis entraram em contato com o corpo do ruivo o mesmo teria morrido, mas se surpreendeu quando viu o ruivo intacto e se levantar devagar com a cabeça baixa e os cabelos lhe cobrindo os olhos o loiro se assustou e disse:

- O que é você?? Era para você ter morrido! Porque ainda se levanta?- ele se assustou quando viu um vulto vermelho em milésimos de segundos lhe acertar um soco no estômago. Chung cuspiu um pouco de sangue e olhou para Elsword, ele estava diferente: olhos mais vermelhos como se quissese devorar-lhe a alma e uma aura mais sombria

- Elsword...  é você...? - o ruivo apenas deu um soco no rosto do loiro tão forte que o fizera voar e bater a cabeça na árvore mais próxima e desmaiar. O Cavalheiro recobrou um pouco da consiência e caiu no chão de joelhos exaustos e olhou para suas próprias mãos:

- Esse poder..  é meu..?- tomou um baque quando ouviu uma voz na sua mente

- Não..  ele é nosso- logo após o ruivo desmaiou- logo em seguida Raven,Ara ,Aisha e Rena chegaram no local todos se espantaram com a magnitude da luta: Chung estava desmaiado encostado na árvore saindo um filete de sangue pela sua boca e Elsword estava desmaiado deitado com uma poça de sangue ao seu redor Raven se aprontou e disse:

- Rena pegue o Chung porfavor, deixe que eu pego o Els- Rena pegou Chung no colo e Raven pegou Elsword nas costas. Iampara o hospital mais próximo quando Raven pensou:

- Els o que aconteceu com você? Eu senti seu poder triplicando antes de você desmaiar. Ara estava apreensiva e ficava olhando Elsword nas costas de Raven e desejava que ele se recuperasse logo não queria perder mais uma pessoa importante na sua vida.

Atualmente:

- O que aconteceu..?  Eu só lembro dos mísseis indo na minha direção e..  só lembro de ficar tudo escuro.. - botou a mão em um dos olhos sentindo um pouco de dor..  – Eu acho que está na hora de eu ir a uma jornada sozinho em busca de poder.. Ainda não tenho o suficiente para proteger a todos... Não mereço ser líder do grupo.. Vou deixar nas mãos de Raven e Rena..

O ruivo se sentia inútil fazia um tempo: mesmo treinando ao máximo não conseguiu salvar o irmão de Ara nem tirar Chung e Aisha da escuridão mesmo depois de todos seus esforços. Ver Ara chorando daquele jeito, Chung um menino que sempre fora inocente e puro sendo um verdadeiro sangue frio juntamente com  Aisha despedaçava seu coração aos poucos. Tinha se decidido. Iria partir o mais cedo possível. Queria poder... Mas não para se sentir superior e se exibir, e sim para salvar seus amigos, queria o velho Chung e Aisha de novo juntamente com a Ara sorridente com seu irmão. Ele sabia o quanto ela sofria com a ausência do mesmo.

- Certo! Eu vou partir hoje a noite em nome de todos os meus amigos!- bateu os punhos um no outro-

Um pouco longe dali a aprendiz da raposa indagava ao mercenário:

- Raven...  Els vai ficar bem...?  Eu estou muito preocupada..

 e...  - o moreno a interrompeu botando a mão em sua cabeça e acariciando seus cabelos sorrindo

- Não se preocupe. O Els é forte, vai ficar tudo bem - A Elfa sorriu meigamente. O loiro estava se recuperando no hospital e apertou os punhos fortemente:

- Maldito..  o que foi aquilo? Como eu perdi...? Não é possível..  Mas porque ele não me matou quando teve a chance...?- uma memória veio na cabeça de Chung, era a de quando ele conheceu o Ruivo e seu grupo:

- 3 anos atrás -

Chung estava lutando contra os demônios e avistou seu pai de longe. Ele estava diferente, sua armadura estava ao contrária do tradicional, estava escura e com um poder maligno o menor gritou:

- PAI!! Me espere...  Não  me deixe aqui...  - o Colosso branco de Hamel apenas virou e disse:

- Eu não tenho filho- e o príncipe tombou no chão de joelhos pelo choque que as palavras lhe proporcionaram e sem perceber já chorava aos prantos. O colosso virou e atirou contra seu próprio filho. Chung apenas fechou os olhos esperando o fim, mas se espantou quando viu um vulto vermelho falar

- Golpe fatal! - o espadachim falou bradando sua espadada e colidindo com o míssel, explodindo-o pelo impacto. O cavalheiro lhe estendeu a mão e disse:

-  A cavalaria chegou! E você está bem?- sorriu animado o ruivo Chung ficou meio atordoado e disse

- Sim,estou bem precisamos salvar hamel- disse preocupado e logo viu os companheiros de Elsword abater os demônios ali por perto. E o loiro reparou que mesmo o ruivo dar de frente com demônios equivalente a duas vezes sua altura ele não abaixava a cabeça ou ficava com medo ele apenas ia com tudo. Depois de um tempo com todos os demônios mortos Chung reparou que seu pai havia sumido e sentia uma dor agonizante no peito pela perca, seu pai não lhe reconhecera era um estranho aos olhos dele.o cavelheiro percebeu a situação abatida do guardião e botou a mão em seu ombro dizendo:

- Não fique assim, junte força conosco e iremos exterminar o mal juntos!- falou alegre e estendendo sua mão em direção ao loiro Chung apertou a mão dele e lhe perguntou

- Qual é seu nome?- falo meio acanhado e o espadachim respondeu

- Elsword Sieghart,muito prazer e o seu?

- Chung..  Chung Seiker- e o guardião pensou em meio a pensamentos:

- Elsword, hm...  espero que sejamos grandes amigos e o cavalheiro completou seu pensamento deixando um loiro espantando

- Espero que sejamos grandes amigos, Chung!

O executor agora se culpava pelo ocorrido vinha tratando Elsword com desprezo e inferioridade enquanto o ruivo sempre fora seu amigo tudo mudou depois daquilo, para ser mais exato Chung mudou que de certa forma contribui para esse ódio todo e pensou tristemente:

- Me Desculpa por tudo Els..

-3h depois-

Depois de muita insistência por parte de Elsword e alguns exames finais o médico o liberou, mas o que ele não sabia era que o ruivo não ia descansar estava indo em direção ao perigo mais uma vez por um sonho. Elsword chegou em casa e botou tudo o que era necessário na mochila e quando já estava de partida e olhou para um baú embaixo da sua mochila que continha uma espada mágica chamada Cornwell ele a olha e percebe que poderia ser útil em sua jornada mal sabia ele que estaria carregando a sua queda. Elsword escreve uma carta para todos e a deixa em cima da mesa:

Caros companheiros

Sei que não sou o melhor líder muito menos o mais forte mas irei em uma jornada para conseguir proteger todos vocês, primeiramente queria agradecer a Rena e Raven por tudo..  Por serem meus pais..,  por me darem carinho quando eu precisei, pelas dicas e treinos sem vocês eu não teria chegado até aqui.

Já Ara queria agradecer por sempre está do meu lado e sei que é uma garota forte e vai se superar a cada dia ,eu desejo tudo de bom para você.

Chung você sempre foi meu melhor amigo e mesmo a gente distantes eu ainda te considero meu amigo

Aisha desculpa por todas as brigas e minha imaturidades,  sei que é uma grande maga e não tenho dúvidas sobre isso.

E isso pessoal espero que fiquem  bem e se cuidem,talvez nossos caminhos se cruzem novamente.

Com carinho, Elsword.                                                                                                              Logo após saiu em sua jornada com sua roupa tradicional de lorde e a espada mágica nas costas junto com sua tradicional após um tempo Raven Rena,Ara,Chung e Aisha foram visitar Elsword no hospital.

- Ehh?? - Aisha exclamou surpresa- ele já foi?

- Sim fora faz umas duas horas exatamente ele estava muito ansioso para algo- todos ficaram confusos

- Vamos para a casa dele- disse o corvo e todos se locomoveram para lá. Todos estavam a procura do cavalheiro e Ara falou

- Els-kun! Cadê você??- o loiro encontro uma carta perto da mesa e exclamou

- Pessoal achei uma carta parece ser do Elsword venham ver- todos leram a carta e ficaram chochados até Chung e a maga ficaram surpresos Elsword tinha mesmo partido..?- Ara perguntou preocupada:

- Raven ,Rena o Els-kun volta logo?- os maiores apenas assentiram. Chung sentiu o sentimento de culpa aumentar no seu peito juntamente com Aisha. Se passaram 3 meses desde da partida de Elsword e Ara já evoluída como Asura que treinou muito duro para um dia reencontrar Elsword se encostou numa árvore que sempre a fizera lembrar do ruivo e a memória feliz veio logo em sua mente ela tinha acontecido no mesmo dia de noite depois do primeiro confronto com Victor:

Depois da difícil luta contra Victor e seu bando de dêmonios o grupo de busca de El foram descansar em um acampamento Ara e Elsword foram ver as estrelas sentados em um árvore e a morena o indagou:

- São lindas né?- o ruivo sorriu e assentiu.a maior queria desabafar e sabia que Elsword era a pessoa certa e prosseguiu:

- Els-kun..  você acha que...  eu sou capaz de trazer meu irmão de volta?- falou meio triste e abaixando a cabeça o ruivo se adiantou e segurou com carinho o rosto da sakra:

- Claro que sim, você é uma garota destemida,forte,corajosa e gentil ele deve sentir orgulho de você.- a maior sorriu e Elsword continuo:

- Deveria sorrir mais...  fica linda assim- a maior sentiu seu rosto se avermelhar rapidamente e desviou o olhar ficando com um sorriso bobo no rosto. Era a ultima prova que precisava era ele só ele que fazia seu coração palpitar daquela maneira.

- Els..  cadê você...? sinto tanto sua falta seu baka... - suspirou tristemente.

Algum lugar longe dali:

Elsword nesses 3 meses aprendeu coisas novas como táticas de batalhas, estratégias e até manusear duas espadas mas ainda preferia sua postura clássica de lorde: mais força em custo de velocidade. E ali estava ele seguindo o rumor que scar o demônio comandante estava pelas redondezas. Elsword o detestava ele tirou tudo de si o que era mais valioso: sua família. E observava a paisagem naquela noite com a chuva densa caindo sobre sua cabeça e a única coisa que lhe protegia era uma capa preta até que ouviu um barulho de metais se chocando e correu para ver o que é, depois de muita correria se espantou ao ver quem era os donos das espadas: Lowe seu mentor  que sempre lhe ajudou e Scar o demônio que lhe tirou tudo. E em volta vários demônios percebeu que lowe estava exausto fisicamente scar parecia se divertir ao ver o sofrimento do seu professor. Elsword não agüentou e saiu em disparado em direção aos dois gritando:

- Lowe!!, aguente firme eu estou chegando!- o menor falou correndo e matando vários demônios que apareciam no caminho. Lowe se surpreendeu

- Elsword..?- falou olhando para Elsword e  segurando o golpe de scar  tentando uma estocada sem sucesso,era colossal a força do demônio segurou a sua espada apenas com uma mão

- Sim sou eu..  e.. .- as palavras lhe faltavam Elsword acabara de ver o comandante que tinha lhe tirado tudo tirar mais uma pessoa importante de sua vida. O líder das tropas demoníacas jogou a espada do cavalheiro mais velho para cima e o estocou na barriga sem chances de defesa. Lowe caiu de joelhos no chão sentindo o gosto de amargo de sangue sobre sua boca. Scar apenas rio de escárnio e o chutou para longe o mais velho apenas caiu no chão e proferiu suas últimas palavras:

- Se cuide..  Elsword.. - e se entregou para a outra vida. Elsword sentia seu mundo cair. Primeiro o demônio tira tirado sua mãe de si, depois seu pai e logo em seguida sua irmã agora tinha lhe tirado seu mentor. O cavalheiro caiu de joelhos no chão frustrado. Sentia as lágrimas grossas lhe percorrer o rosto:

- L-Lowe...  porque..? porque...? porque as pessoas mais importantes da minha vida morrem na minha frente..?- sentiu os demônios lhe agarrar os pulsos o imobilizando. E ouviu a mesma voz na sua mente:

- Quer se vingar dele Elsword? Quer poder para salvar a todos? Me use e absorva esse sangue maldito dos demônios e use como fonte de poder.- o ruivo agora tinha certeza..  essa voz..  era de cornwell! Sentiu a espada drenando o sangue dos demônios abatidos anteriormente e sentia seu corpo mais forte enquanto olhava para o corpo já sem vida de lowe e a posição implacável de Scar. E a voz lhe dissera de novo na sua mente:

- Agora Elsword..  mostre sua fúria a esse maldito..  mostre que ele não vai sair impune o cavalheiro sentiu uma intensa fúria misturada com ódio no peito e uma aura sombria lhe cobrir e gritou:

- Seus desgraçados!!! Tempestades de lâminas!- fincou a espada mágica no chão fazendo espadas se erguerem de lá e empalando os demônios no ar e fazendo a chuva se misturar com o vermelho sangue. Elsword corria em uma velocidade inimaginável para seus padrões em direção ao demônio e gritou durante o caminho:

- Você tirou meus pais ,minha irmã e agora meu mentor eu não vou te perdoar!!- falou saltando e o comandante rio sacarstico:

- Acha mesmo que consegue me ferir criança inso... - foi interrompido por um soco na face desferido pelo ruivo o fazendo voar longe e o ruivo prosseguiu:

- Eu ainda não acabei com você! Infinite chaser!!- falou  correndo e invocando um portal saindo várias espadas do mesmo. Scar aterrissou no chão defendendo as espadas e disse sacarstico:

- Acha que isso vai me parar? Mas se espantou ao ruivo desaparecer na sua frente e dizer nas suas costas:

- e isso?- deu um soco forte no rosto do demônio que o fizera recuar alguns passos e tentou revidar outro soco, porém o espadachim foi mais rápido e se abaixou dando uma cotovelada na barriga do demônio que cuspiu sangue e recuou um pouco e o ruivo se adiantou:

- e mais isso?-teleportou para trás do demônio e gritou: morra! Tempestade de lâminas falou invocando as espadas e mandando o comandante pelos ares e o menor sorriu de escárnio. Teleportou-se para o lugar que scar foi lançado e deu um potente soco em seu rosto tendo tanta potência que fizera o ar se dissipar ao seu redor mandando o demônio de encontro ao chão que pensou:

- Os Siegharts ficam muito fortes quando lutam pelo emocional... Hm interessante..- mas nem tempo de pensar o ruivo deu, caiu com tudo chutando a barriga do chefe o fazendo cuspir sangue em uma grande quantia. Scar queria prolongar essa batalha queria se divertir com esse garoto em outro lugar o fazer implorar pela vida e nada mais justo do que seja no seu império com esse pensamento saltou para trás e o cavalheiro logo pulou atrás chocando as espadas e o comandante defendeu recuando alguns passos e lançando o cavalheiro para frente. Elsword apenas se apoiou em um árvore próxima e o demônio se adiantou falando:

- Iremos ter essa luta, mas agora não é o momento adequado- falou desaparecendo em meio as sombras. agora que o espadachim parou para reparar Scar fez uma emboscada viu vários demônios o tentando encurralar, aparecendo ao seu redor. ele apenas sorriu e o que se pode ver e ouvir fora os gritos de dor das criaturas e sangue por todo o chão depois da batalha sangrenta e se sujar todo de sangue até mesmo em seu rosto Elsword foi até o corpo do seu antigo mentor e sentiu novamente suas lágrimas, agora ela caíram sob o rosto do mais velho que agora infelizmente jazia morto, o Ruivo se agachou e abraçou o corpo já sem vida e disse pesadamente:

- Eu estou... no inferno..

 


Notas Finais


provavelmente no próximo cap eu irei parar um pouco a timeline da história e voltar um pouco ao passado mostrando a história do Chung e o que levou a tal caminho


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...