História Em algum lugar, de todo lugar - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Viagem No Tempo
Exibições 4
Palavras 476
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Científica, Mistério, Sci-Fi, Sobrenatural
Avisos: Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Você com certeza achou que esse seria Espectros parte dois não?

Capítulo 4 - A Morte é apenas o início da vida


Fanfic / Fanfiction Em algum lugar, de todo lugar - Capítulo 4 - A Morte é apenas o início da vida

Acordei com meus ferimentos curados, no mundo dos espectros, aparentemente alguém me curou e matou os espectros. Não estava encontrando ninguém. Andei um pouco e encontrei Ásri sorrindo feliz dizendo:
_Uau que incrível! You Win! Sinceramente pensei que você ia sobreviver menos que a garota ingênua mas uau! Você foi incrível.
_Onde a Lia está?_ perguntei com desconfiança.
_Ela morreu._disse ainda sorrindo_ Pelo menos ela se sacrificou para salvar a garotinha aqui.
_Como assim ela morreu?
_Sim, ela morreu. Sem retorno nem segunda chance. O deus do tempo não é incrível?
_Cala a boca!_ disse com raiva _ Sua desgraçada! Você nos deixou pra morrer aqui!
_Como assim?_ disse ela de forma sínica_ eu não fiz nada de errado.
_Logo quando estávamos depositando confiança em você.... Não percebe que a Lia era uma pessoa comum e inocente? Que  ela era a pessoa que mais confiou em você? Ela tinha um coração puro e bom como o de uma....
_Que patético_ Disse Ásri me interrompendo_ você diz tudo isso dela baseado nas 3 horas de convivência que você teve com ela? Escute, ela confiou em mim por ser uma idiota, e morreu por ser ainda mais idiota do que eu pensava. Caso não tenha percebido eu não tenho objetivo de fazer amizades com você, pois meu único objetivo é purificar o tempo dos espectros e consertar os erros  do meu passado, quando tudo isso acabar, você estará morto e tudo isso vai morrer com você.
Naquele momento eu estava perplexo. Como alguém conseguia ter esses tipos de sentimentos? Não acreditar em ninguém....isso é.....
_Você não tem coração?_disse perplexo com a atitude dela.
_Se quiser falar sobre sentimentos fale com o corpo dela bem ali, quando terminar sua sessão de choro e estarei te esperando lá na frente_ disse ela com um tom de deboche.
Eu andei até o corpo dela, os cabelos dela estavam escondendo o rosto ensanguentado, ela tinha um buraco enorme em seu peito. Mas que droga! Por que eu estou me sentindo tão fraco. Ásri mesma disse que eu conheço ela a apenas 3 horas.
Enquanto eu observava o corpo dela no chão morto, a garota que eu tinha salvado lá no outro mundo estava agora do meu lado, observando a Lia ao meu lado. Ela disse:
_Eu também queria agradecer a ela. Eu fico triste só de lembrar, quando ela pulou na frente daquela coisa e.....
Ela então começou a chorar. Eu não iria conseguir acalmá-la pois eu também estava triste. Eu me lembro pouco do que aconteceu durante a luta contra os espectros. Eu.....eu......
_Eu morri?_disse com lembranças confusas e malucas vindo a minha cabeça.
Eram lembranças sem sentido mas de toda maneira era a única coisa que eu tinha.
_O que foi?_ disse a garota percebendo minha expressão mudando.
_Ela ainda está viva_ disse com os pensamentos voando pela minha cabeça.


Notas Finais


Gcffghzsdfcgvbxc


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...