História Em busca da felicidade.... - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Família, Originais, Revelaçoes, Romance
Exibições 8
Palavras 1.312
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 6 - Eu e minha vida...


Pov Luciane

Cheguei em casa depois de um dia lixo na faculdade!! Cara eu odeioooo moda e minha mãe me obriga a fazer uma faculdade babaca!! Para que eu tenho que fazer facul?? Ela não entende que eu so quero me diverti?? Quero ser eu, sem me preocupar com os problemas, com socialite, com que roupa da moda eu vou usar, com o que vão pensar de mim.. Eu to pouco me fudendo com a opinião dos outros!!
Ja tenho 18 anos, e daqui 6 meses faço 19. So to nessa casa ainda por causa do meu pai e dos meus irmãos. Pq se não fosse por eles, eu ja tinha vazado daqui a muuito tempo. Morar com a minha mãe ta por fora, ela não se importa comigo so com o que os outros vão pensar da nossa familia caso eu não me transforme em uma dama da alta sociedade!! Mas e claro, ela não ta nem ai para o que eu penso... Poxa o que custa deixar eu viver a minha vida em paz?? Custa nada!!
  Continuando cheguei em casa, e fui direto para o meu quarto. Tirei o meu all star e sem pensar duas vezes me joguei na minha amada cama.
Alguem bateu na porta, e eu morrendo de preguiça mandei a criatura entrar ja que eu não ia levantar para abri:
-Oi anormal- Biel entrou e fechou a porta.
-Oi Belo- eu disse sorrindo
-Eai?- perguntou meu irmão gemeo.
-Eai o que?- perguntei sem entender nada
-Como foi seu bendito dia animal?- perguntou meu irmão meio sem paciencia.
-O mesmo dia dos de sempre... Um lixo- disse indiferente
-Sem novidades?- perguntou Biel puxando a cadeira do computador e se sentando.
-Sem novidades- afirmei e continuei -e você?- perguntei meio que desinteressada.
-O que tem eu?- perguntou sem entender nada e me fazendo bater a mão na testa irritada.
-COMO FOI A PORRA DO SEU DIA O ANTA?- gritei claramente irritada.
-Calma ai o anormal.. Foi tb- ele disse calmo
-Hum.. Novidades?- perguntei sem um pingo de animação.
-Bem.. Nada- ele disse e parecia lembrar de algo, tive certeza que era algo bom, pois depois que ele deu um sorriso enquanto balançava a cabeça negativamente. Não parecia um sinal negativo para mim,o que parecia era que ele estava negando algo a si mesmo ou um não envergonhado.
-Sei.. Então explique senhor Gabriel, esse sorrisinho e essa cara de vergonha? O que aconteceu?- perguntei curiosa
-Nada- ele disse olhando para um quanto qualquer do quarto.
-Quem nada e peixe, e não tente me enganar pq eu te conheço desde que estavamos no utero da nossa mãe- eu disse me sentando na cama pq esse veado conseguiu chamar minha atenção:
-Conheci uma garota- ele disse
-E?- perguntei ja tendo um ataque de tanta curiosidade
-E ela e.. Diferente- ele falou se levantando e indo ate um porta retratos(que tinha uma foto minha e da Cris no bobs) em uma pratileira.
-Diferente como?-
-Ela e doce,simpatica,educada,sincera e divertida- ele falou de uma maneira diferente com o tom de voz suave, enquanto olhava a foto.
-Oshi e dai?- perguntei estranhando meu irmão
-Me senti bem conversando com ela- afirmou e eu sorri travessa.
-Ta interessado nela Biel?- perguntei maliciosa e o vi cora
-Que?? Mana você ta exagerando na maconha. Pq eu tenho N-O-I-V-A e eu amo a Livia- afirmou isso
-Eu não disse isso que você não tem noiva ou que você não ama a sucuri. Mas que você ta interessado nessa tal garota você ta!! E afinal qual e o nome da tal garota?- afirmei e perguntei.
-Sofia- ele disse e sorriu
-To falando você ta interessado na tal Sofia, Gabriel. Assume logo merda- Eu disse estressada pq meu irmão e muito teimoso.
-Affz!! Não dar para conversa com você mesmo Luciane- Disse e saiu batendo a porta.
Suspirei cansada e olhei as horas e eram exatamente 12:30. Peguei minha toalha preta e fui tomar banho. Depois de 10 minutos, sai do banho e fui ate meu closed  escolher minha roupa:
Uma legg preta, uma regata branca, tenis ask branco, touca preta.
Deixei o cabelo solto e peguei minhas chaves e minha bolsa de alças preta com franjas. Sai do quarto e desci as escadas e vi Helena(nossa governata) dando algumas instruções a Beatriz(nossa cozinheira), só estranhei não ver Renata(a nossa empregada):
-Boa tarde- eu disse sorrindo
-Boa tarde senhorita Luciane- as duas disseram juntas e eu sorri.
-Por favor so Lu- eu disse e vi as duas concordarem
-Onde esta Renata?- perguntei a Helena
-Esta de licença maternidade Lu- Helena disse sorrindo
-E mesmo!! Mas e agora que ela ta de liçença,como e que vocês vão dar conta de arrumar essa casa?- perguntei preocupada ja que as duas não iam dar conta de arrumar a casa toda sozinhas.
-Não se preocupe.. Ja conversei com a sua mãe e ela me autorizou a contratar uma empregada provisoria.- ela disse e sorriu.
-Ok. Se perguntarem por mim diz que eu fui me diverti- eu disse,ela acentil e eu sai em direção a garagem:
La tinha uma BMW cinza(do Biel),uma cavasaqui preta(do meu maluquinho mais velho),BMW preta(da minha mãe),BMW azul escuro(do meu pai), E e claro o meu bebe: meu jipe preto.
Ele era meu companheiro de aventuras. Eu cuidava dele como se cuidasse da minha propria vida!! Amo aquele carro..
Entrei no meu bebe e dei partida. Resolvi ir ao shopping, e chegando la, resolvi ir direto para a livraria onde comprei:
A coleção completa de o diario de uma garota nada popular, gibis da TMJ e a coleção do Percy Jackson.
Passei em frente a uma loja e vi um skate preto com as rodas roxas e vinha escrito Hungria forever de letras roxas na parte de baixo. Não resisti e comprei. Passei no bobs para comprar alguma coisa, pq eu tenho quase certeza que meu figado não deve estar totalmente inteiro kkkk. Sai do shopping e entrei no carro e dei partida.
Tava sem nada para fazer, então fiquei dando umas voltas de carro para colocar os pensamentos em ordem.
Resolvi ir ate a praia de copacabana,ja que eu moro no Alto Leblon.
La era lindo, me sentei em um banco para observa a paisagem e era incrivel.... Esse era uns dos raros momentos em que eu me sentia em paz!!
Comprei uma agua de coco de um cara que tava vendendo em um carrinho, e fiquei saboreando minha agua e curtindo o meu dia. Quando meu celular toca e eu o olho e vejo o numero da minha mãe, resolvi não atender pq eu não tava afim de ficar com raiva.
Depois de um tempo, olhei as hs eram 15:46. Dei um suspiro cansando e me levantei do banco e fui para o meu carro e dei partida.
Fui para casa e guardei o carro. Entrei em casa e vi minha mãe sentada no sofa com cara de poucos amigos:
-Onde você estava?? Te liguei a tarde toda e você não me atendia- ela disse nervosa
-Calma dona Paola- eu disse revirando os olhos
-Luciane eu não quero saber de desculpas...- ela começou a dar chilique que eu ignorei e subi as escadas.
Tranquei a porta, coloquei as sacolas do shopping em cima da cama e fui tomar banho. Depois do banho, vesti meu blusão de frio que ia ate o meio das minhas cochas e prendi meu cabelo em um coque mal feito.
Guardei os livros e gibis nas pratileiras, e o skate de baixo da minha cama.
Pus meu celular para carregar(e o mesmo marcava 16:50) e liguei a tv e coloquei na fox onde estava tendo uma maratona de filmes..
Passei o resto da tarde e a noite assistindo filme e quando deu 21:00 eu fui dormi pois amanha tinha mais um dia infernal naquela droga de faculdade...

E esse foi o meu dia...



Notas Finais


Gostaram?? Odiaram??
Opinião nos comentarios!!!
:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...