História Em busca da salvação (Sans e Frisk) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Mettaton, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Ação, Alphys, Asgore, Chara, Drama, Frans, Frisk, Grillbys, Mettaton, Papyrus, Romance, Sans, Srisk, Suspense, Toriel, Undertale, Undyne, Wd Gaster
Exibições 53
Palavras 870
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - A chegada


Fanfic / Fanfiction Em busca da salvação (Sans e Frisk) - Capítulo 8 - A chegada

P.O.V Sans
Estamos a caminho. Está frio. Frisk parece aquecida, então decido não oferecer meu casaco a ela. Ela, está pensativa. Por um lado eu entendo. Deixar tudo o que ama para trás, sem a certeza de retornar, apenas para manter quem você ama vivo.
Um silêncio constrangedor reina entre nós, até que decido quebra-lo

Sans- sei como se sente... Papy's sempre foi tudo o que eu tenho, tudo o que eu amo, e de repente tenho que me separar dele

Ela fica em silêncio

Frisk- Sans... Posso te perguntar uma coisa?
Sans- Claro pirralho
Frisk- Você... Você conheceu seus pais?

Ela não tem culpa. Não sabe o quanto esse assunto mexe comigo.
Sem que perceba, começo a chorar

Frisk- me desculpe Sans, eu não... Eu não queria...

Ela para de caminhar e me abraça. Só que, há algo estranho em mim, algo que eu nunca senti. É amor. Ela consegue me acalmar com um simples ato. Sinto minhas magoas sendo neutralizadas por aquele abraço.

Sans- Eu acho que sim.
Frisk- como assim acho?
Sans- Depois da luta com a força eu perdi minha memória. Só me lembro de pouquíssimas coisas antes desse acontecimento.
Frisk- Deve ser difícil para você... Se serve de consolo eu também não me lembro de meus pais, depois que eu cai no subsolo eu... Não sei, apenas não me lembro.
Sans- Talvez tenha sido melhor assim

Mudamos de assunto, decidimos colocar um nome na "força" afinal seria mais fácil de nos referirmos a ele, seja lá quem for. Decidimos chama-lo de Rick.

(Quebra de tempo)

Depois de algum tempo caminhando chegamos ao buraco que leva às ruínas.

P.O.V Frisk
Foi aqui. Aqui tudo começou. Amigos, familia, Sans... Tudo que tenho foi resultado de uma única ação, a minha queda e chagada nas ruínas.
Sans pega uma corda e amarra em uma árvore próxima ao buraco. Tento olhar para baixo mas está escuro e não consigo ver nada. Começo a me aprontar para descer. Amarro uma das cordas em mim, Sans se amarra na outra, prendemos essas cordas na que leva até o fundo do buraco.
Pego uma lanterna para iluminar o caminho.

Frisk- Sans... Antes de descermos, eu gostaria de dizer que... Eu te amo. Sei que já falei isso mas, eu te amo nunca e de mais.
Sans- Eu também te amo pirralho.

Sei que são poucas palavras, mas me tocam profundamente.

Começamos a descer. Enquanto deslizo suavemente para baixo, me pergunto se alguem já sentiu nossa falta... Não dissemos nada a ninguém, devem estar preocupados. Fico em dúvida se isso foi realmente uma boa ideia. Tarde de mais. Já chegamos ao fundo do buraco. Agora não tem mais volta.

Como está de noite pego a lanterna e ilumino o chão. Até que... Vejo algo anormal.  Aquilo seria... Um... CORPO!

Frisk- SANS, OLHE LÁ!!! PARECE QUE ALGUEM CAIU AQUI.

Sans parece confuso. Eu corro e verifico se ele está vivo. Sim.
Balanço um pouco o corpo. Parece que está acordando.

Frisk- Olá?

Ele acorda

Frisk- Oi! Você está bem?
??- sim eu... Só estou com a cabeça doendo
Frisk- Qual seu nome? Consegue se lembrar?
Bryan- Sim, eu me lembro. Meu nome é Bryan.
Frisk- Meu nome é Frisk e esse é o Sans - falo apontando para ele- Como caiu aqui?
Bryan- Eu estava fugindo de lobos, até que tropeçei e cai aqui.

Sans me ajuda a levantar Bryan. Quando se levanta, olho para ele e percebo que ele é lindo. Seus olhos contrastam de maneira maravilhosa com sua pele, alem do mais ele parece ter minha idade. Já que estamos nas ruínas, caminhamos um pouco até chegar na velha casa de Toriel. Enquanto faço um curativo para suas feridas, memórias me enchem a cabeça. Sans parece um pouco incomodado com a presença de Bryan aqui. Ele deve ter percebido a maneira que olhei para... Bem, Sans sabe que o amo, então não tem porque se preocupar. Após fazer os curativos, Bryan dorme. Aproveito para ir até a sala para conversar com Sans.

Frisk- ele teve muita sorte. Se não estivéssemos vindo aqui... Ele morreria
Sans- Verdade...
Frisk- não vai me contar mesmo?
Sans- contar o que Frisk?

-Ele nunca me chamou assim- penso

Frisk- desde que encontramos Bryan, você se mostrou estranho e... Bem, me chamou de Frisk.
Sans- Eu percebi como olhou para ele. E digamos que fiquei com ciúmes.
Frisk- você sabe que a única pessoa que eu amo é você. Não sabe?
Sans- Sim... Eu sei

Percebo o alivio em sua voz. Sans nunca foi de muitas palavras quando o assunto é sentimento, então decido melhorar as coisas por conta própria

Frisk- Sans, largue de ser preguiçOSSO, seja um bom namorado e venha me dar um beijo de desculpas.
Sans- Vem você heh heh, estou cansado

Faço uma careta para ele e me viro. Antes que possa sair, sinto o chão desaparecer. Ele me levita e me põe em cima dele.

Sans- Onde pensa que vai!?

Ele me beija calorosamente. Retribuo o beijo. Após alguns minutos vamos para a cama e dormirmos, afinal ambos estavam cansados da caminhada.
Acordo no meio da noite e me sinto sendo observada. Olho em volta. Ninguém. Abraço o sans e volto a dormir


Notas Finais


Hehe estava inspirada hoje... :))


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...