História Em busca de um sonho - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Knightwalker, Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel
Tags Elfgreen, Gale, Gruvia, Jerza, Lislow, Lyju, Nali, Nalu, Rokagu, Rovy, Stinlu, Stinyu
Exibições 156
Palavras 1.589
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


yoo minna, cheguei tentando ser dramático sabe, só tentei mesmo, não sou muito bom com essas coisas uahsuahsauhsaus.
Eu peço que não parem de ler essa fic, sei que ela é meio simples, ja que é minha primeira. Tem muitas coisa legais para acontecer, Vocês ainda precisam descobrir quem é o "rei da zaga" que talvez apareça no próximo capitulo kkkjk. é isso
TENHAM UMA BOA LEITURA !

Capítulo 4 - Descobrindo o segredo -- São todos uns idiotas


CONTINUANDO...

-GRAY!!- vejo espantado a cena de meu amigo, na verdade não sei se é amigo, patinando no gelo com total perfeição:- ele realmente é bom- penso

Eu até acho legal esse esporte por conta das vezes ter assistido quando ainda passavam as olimpíadas. Não tenho preconceito nem nada, apensa dei risada quando entra outro garoto e Gray pula em seus braços

-Mandou bem menino paçoca- ouço uma risada que invade o local. Era Lucy, a mesma estava assistindo.

Gray olha até a arquibancada e mostra o dedo pra ela, ele segue o olhar em mim que nesse momento dou um tchauzinho pra ele, ele travou. E assim eu segui meu caminho até o campo já que o relógio marcava 16:30, o tempo passou rápido, mas antes de sair eu olhei para a loura que naquele momento estava me olhando, estranho

Alguns minutos depois...

- estão todos aqui ? Então vamos as apresentações- disse um cara com cabelos azulados e uma tatuagem estranha no olho ?!:- Meu nome é Jellal Fernandez , 2° ano e capitão do clube de futebol, sou volante- nesse momento todos cochichavam coisas estranhas, não entendi

-Você, se apresente- O capitão apontou para um cara que media pelo menos 1,90 de altura, provavelmente jogava de goleiro

-Meu nome é Gajeel Redfox, 1° ano, jogo de goleiro- o cara era cheio de piercings era cada louco que eu via aqui.

E assim continuavam as apresentações

- sou Natsu Dragneel, 1°ano, jogo de atacante- nesse momento todos falavam entre si, vejo que Gray não exagerou tanto

-Hahaha, então é você o nosso nova craque ? – pergunta jellal com um sorriso no rosto. Os jogadores do segundo ano não gostaram muito de ter me chamado de craque

-Imagina, eu sou normal assim como todo mundo

-estou contando com você- diz o capitão ordenando que todos façam fila

Os testes eram fáceis, pequenas corridas a toda a velocidade em volta do campo e depois uns 30 minutos na velocidade média, eu já estou acostumado com isso, corro normalmente 1 hora quando treinava na outra escola. No final tivemos um coletivo

- Você é um monstro, onde conseguiu tanta resistência – Diz Gajeel ao meu lado suando feito um porco

-Eu treino sozinho desde quando tinha 10 anos, já me acostumei com isso

-Me passa esse regime de treinamento- ainda ofegante

-Claro, corra por 1 hora sem para e ....

- já me cansei só de ouvir- me interrompe se deitando ao meu lado

-bom galera,será dividido assim- o tal de Jellal chega e começa a falar:- o treinador estava os observando o tempo todo e me passou a listagem de garotos que já iram entrar para o time, sendo esses, Natsu, Gajeel, Bickslow e Droy, o resto de vocês continuaram na semana de teste e veremos o seu potencial. Dispensados- o Capitão vai até o treinador que estava de costa para a gente até então

Eu já estava seguindo ao vestiário para me trocar e ir embora, preciso descansar, não dormi direito hoje. Isso não foi possível

- Natsu, Gajeel, Bickslow e Droy, o treinador quer ver vocês treinando agora com o time principal- Chega um aluno secundarista:- Se dirijam ao campo 2 agora

-Eu não acredito, vou morrer- Disse Bickslow quase chorando

POV LUCY

A Juvia tinha razão, os garotos do clube de Futebol são realmente gatos. Principalmente aquele  Natsu

-É, vejo que ele é bom mesmo – penso vendo o mesmo jogar. Ele simplesmente fez o capitão do nosso time ir para o chão com um drible e depois chutou a bola entre as pernas do goleiro

-Levanta amor, você não pode perder- grita uma ruiva desesperada, pra que isso ? Não é como se ele conseguisse pegar a bola do Natsu, mesmo treinando ele não vai conseguir derrotar pessoas que já nasceram com o dom

FLASHBACK ON

desculpe, mas teremos que recusar sua entrada, achamos uma pessoa com um talento melhor”.  Ouço uma voz no telefone falando com virgo com um olhar triste

“Ela realmente tem talento, peça que não desista, um dia ela irá conseguir”. Continuava falando

-Hi, muito obrigada-. Virgo desliga o telefone

Já era o 8 não consecutivo que eu tomava, e eles sempre diziam as mesmas coisas, “Nunca desista”. Isso se tronou uma palavra sem sentido para mim

 

FLASHBACK Of

-Por que você ainda o apóia sabendo que não tem como ele ganhar de um gênio ?- pergunto a ruiva, só agora percebo que era Erza Scarlet, a presidente do grêmio estudantil

-Pra ele não parar de jogar, com muito treino eu tenho certeza que ele conseguira impedi-lo- diz a ruiva ainda olhando para o campo

- Mesmo treinando, nunca conseguimos superar as pessoas que já nasceram pra fazer determinada coisa- vejo ela me olhando:-  Você apenas se arrisca sabendo que tem 99% de chances de fracassar, que graça tem nisso ?- continuo

-Você ira conseguir se realmente acreditar de verdade- diz a ruiva

- Vocês são todos uns bandos de idiotas- Vou para o portão esperando taurus para me levar. Assim que ele chega, entro sem demoras no carro e peço pra ele me levar para casa. Chegando la eu vou direto para meu quarto, ignoro virgo me chamando para tomar o café

-Por que essas pessoas vivem para uma coisa simples, que não tem certeza se vai dar certo ?! por que elas são tão idiotas ?- falo sozinho deitada em minha cama e olhando para o teto:- Realmente são todos idiotas...

POV GRAY

-Merda, Bosta, Mas que cacete, por que aquele bosta veio ver os testes ? AAAh- Disse em frente a maquina de refrigerante:- ninguém devia saber esse meu segredo

-E por que ninguém deveria saber disso ?- me pergunta uma garoto muito linda com os cabelos e olhos pretos:- Você se envergonha de patinar ?

-Não... Só não queria ser zoado

-Por que zoado ?- Interrogatório ?

-Você sabe como as pessoas são, se elas te verem praticando alguma coisa com o uniforme coladinho elas serão taxadas de gay´s, eu não tenho nenhum preconceito mas eu não sou gay

-Como você mesmo disse você não é gay, e todos sabemos disso

-An ?

-Você esta olhando para os meus peitos desde que começamos a conversa- ela diz

-Ah foi mal, foi mal, eu tenho uma certa atração por peitos- Disse envergonhado, nem eu tinha percebido que estava olhando para os oppais

-Hahaha, seu tarado

-ei, eu não sou tarado ta bom, sou HOMEM- disse:- qualquer um olharia pra esses airbags que você tem

-T-Tarado – ela fala corada tampando aqueles dois montes Everest. Eu e minha mania de falar as coisas sem pensar

-M-me desculpe. Prazer, meu nome é Gray, Gray fullbuster- ofereço a mão, pedindo um aperto

-U-Ultear- disse a morena ainda vermelha. E assim passamos um grande tempo conversando, até que ela teve que ir embora, infelizmente. Olhei para o relógio e vi que já era 18:35, putz já esta tarde

- liguei para meu motorista vir me buscar, ainda sou de menor e por isso não posso dirigir meu carro, triste

-Yoo, shweiz-san- cumprimentei meu motorista assim que ele chegou. Schweiz era como um irmão para mim, foi ele que sempre cuidou de mim, o mais novo sucessor da família Fullbuster

Minha família é dona de uma grande rede de hospitais que ficam espalhados não só pelo Japão mas sim pelo mundo também. Eu já nasci no luxo , sendo tratado como um príncipe, uma coisa que eu odeio, porra eu sou normal assim como todo mundo

-Meu Pai já esta em casa ?- pergunto entediado ao Schweiz. Minha família era a típica clássica sabe, tipo aquele nobres

-Silver-sama chegou mais cedo hoje e saiu para jogar crockett

-Ah, aquele jogo chato- Eu odiava aquele jogo

Chegamos em frente a porta gigantesca, pra que esse tamanho ?. Schweiz ia abrir a porta para mim mas eu abro antes e entro em casa correndo

-Esse garoto hahaha- ouço ele falando atrás

Subo direto pro meu quarto para descansar, o dia foi longo hoje

POV NATSU

Os treinos acabaram e eu já estava de frente para minha casa, só queria tomar um banho e descansar. Entro em casa e...

-Boa noite meu filho, como foi a escola hoje ? fez algum amigo ? é chique- pergunta minha mãe. Eu já imaginava que ela iria me encher de perguntas

-Foi bem legal mãe (foi péssimo), digamos que fiz um amigo e sim, a escola é muito chique- respondo o bombardeio de perguntas:- A janta esta pronta ?- pergunto

-Èééé... me desculpe- fala minha mãe tristemente- Seu pai não recebeu o pagamento e não tínhamos dinheiro para comprar o que comer... me desculpe- minha mãe fala tudo com lagrimas nos olhos

Bom, durante o passar dos anos meu pai foi demitido do seu ultimo emprego e teve que arrumar um de ultima hora, a remuneração não é tão boa como a outra já que meu pai diz que o chefe dele é um homem extremamente frio e não liga pra nenhum de seus funcionários

-Não chore mãe- doeu meu coração de ver minha mãe chorando:- eu comi hoje na escola- minto:- eu não estou com tanta fome assim- faço um sorriso forçado:- vou para o meu quarto

Entro no meu quarto que é um espaço pequeno, mas muito confortável para mim.Olho para o teto

-Juro que vou tirar vocês dessa situação, eu vou me tornar o melhor jogador do Japão- falo pra mim mesmo

“Você consegue tudo o que quer se acreditar de verdade”. Me lembro dessas palavras antes de dormir

 

 

 

 


Notas Finais


Até o próximo capitulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...