História Em busca de um sonho - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Knightwalker, Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel
Tags Elfgreen, Gale, Gruvia, Jerza, Lislow, Lyju, Nali, Nalu, Rokagu, Rovy, Stinlu, Stinyu
Exibições 208
Palavras 1.435
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yoo mina-san, estou aqui trazendo para vocês mais um capitulo, ouyeah.
Vocês devem estar se perguntando "cade o vilão dessa história ?" e outras coisas, bom aqui ta um super spoiler, terão dois vilões nessa história, isso mesmo dois para o Natsu aguentar heuheuhue, tem muita treta para acontecer ainda kkk, é isso
TENHAM UMA BOA LEITURA!!

Capítulo 7 - Amizades


POV NATSU

Já fazia uma semana desde que aquilo aconteceu, depois disso eu não falei mais com ela, na verdade nem olhar na minha cara ela quer

Nesse momento estou indo para um lugarzinho meu que eu achei enquanto voltava do treino, falando nisso tenho que treinar hoje, o capitão disse que as eliminatórias para a copa primavera esta chegando, temos 1 mês no Maximo. Enquanto estava andando eu vejo uma multidão ao redor de alguma coisa e como eu n sou nem um pouco curioso eu vou la ver, chegando lá vi Gray e Gajeel brigando, na verdade Gajeel estava mais pra apanhando

-Ora seu filho da puta- ouço Gray gritar antes de ir pra cima do Gajeel novamente

Ei, ei se acalmem – Chego separando - O que aconteceu ? – pergunto a Gray

-Cala a boca seu viado de cabelo rosa, me solte e deixe acabar com a raça desse filho da puta- Ele me chamou do que ?

- Ei cara era na brincadeira okay ? não sabia que você iria levar pro coração- fala Gajeel se defendendo

-Minha mãe morreu num acidente – Ele grita e todos ficam em silencio naquele pátio

-F-foi mal cara, eu não sabia- diz Gajeel

-Ah, não importa mais –ele se solta de outro garoto que estava o segurando- Realmente não importa mais- ele pega sua mochila e vai para algum lugar

-Ei ferro de passar roupa – que apelido legal – Você pegou pesado agora- falo . vocês devem estar se perguntando o por que de eu falar assim com o Gajeel, pois é, ficamos bem próximos um do outro nessa semana ( não estranhem)  

-Cala a boca Pink pie – ele fala :- Eu tenho que pedir desculpas para ele

-Esquece, do jeito que ele esta, provavelmente ele te ataque de novo, deixa que eu vou- falo indo atrás do moreno, o problema era como iria achá-lo nessa escola imensa, procuro, procuro, procuro e nada, eu estava pensando em desistir quando olho e vejo um garoto sentado encostado em uma arvore atrás do prédio

-GRAY!!-grito:- esta tudo bem  ?- foi quando vejo lagrimas escorrerem de seu rosto e ele apertar o colar, ele estava chorando:- espera, você esta chorando ?- não animal esta lavando os olhos por dentro (Sdds chavinho)

-Não...- ele tenta limpar as lagrimas que caiam

-Ei – vou até mais perto e vejo seus olhos completamente vermelhos:- você lembrou da sua mãe certo ? – pergunto

-N-não te interressa- A gente conversou por dois dias, eu não sabia o por que de eu estar ali, matando aula e tentar ajudar uma pessoa que sequer é minha amiga

-Vamos cara não precisa segurar pra si

-Por que eu iria contar a minha vida para alguém que nem é meu amigo ? – ele diz

-Ei, eu estou aqui matando aula para poder te ajudar e você ainda fala que eu não sou seu amigo ? –faço graça:- Era aula de Matemática, vai que o professor passa alguma matéria que ira me ajudar no futuro – brinco

-Jogadores não precisam de matemática- ele fala e nesse momento eu já estava parando de chorar, eu parecia um pai que tenta animar o filho que perdeu alguma coisa

- o que ?

-Você irá se tornar jogador Natsu, todos sabem disso, não precisa ficar estudando mais sim treinando- ele fala tirando uuma paçoca da mochila, denovo

- É lógico que preciso, senão como vou calcular minhas fortunas de dinheiro- brinco novamente

-Eu- ele ta louco- Eu se tornarei seu empresário e cuidarei de todo dinheiro que você ganhar- ele diz

-Mas você não vai suceder os negócios da sua família ? Deve ser assim não é mesmo ?- acho que deve ser igual os reis não é ? o posto de chefa é hereditário

- Ih é memo rapaz- ele se desmotiva- Não. Eu deixo com meu irmão mais novo- ele se motiva

-Você tem um irmão mais novo ? – eu pergunto, essa é nova para mim

-eu nunca te contei ?-ele fala- é mesmo eu nunca te contei nada- que burro

-Sim, eu não sei nada sobre você e nem você sobre mim

-Vamos fazer o seguinte então, eu te conto tudo e você me conta tudo- Gray fala animadamente

-Okay... Você começa- eu peço pra ele começar a me contar

-Não, você começa- ele diz

-Você

-Você

-Você...- E assim ficamos um tempo dizendo apenas “Você”. Decidimos tirar no Jokempo e eu ganhei haha

Gray me contou tudo, tudo mesmo, até coisas desnecessárias, eu não precisava saber que uma vez ele era criança, estava no andador, acabou se borrando todo e saiu cagando pela casa inteira, que nojo

POV JUVIA

1 semana antes...

-Sua desgraçada- Lucy vem correndo atrás de mim- por que me deixou la caída como um pombo atropelado no meio do caminho, você nem me ajudou

-Foi mal luzinha do meu core- falo com medo, quando essa garota fica nervosa vira um demônio - Eu não te vi caindo

- Como assim não, eu cai que nem bosta no chão e você do meu lado não me ajuda

-Já pedi desculpas okay- estávamos rodeando a mesa dos professores, a sala se encontrava vazia por todos estavam no intervalo

-Desculpas o caralho- ela pula pela mesa, essa merda é um macaco ?

-Kyaaaa- grito antes de sentir o peso da loira caindo por cima de mim e ela começar a me bater, vadia

-C-com licença- entra uma azulada com uma marmita na sala:- eu vou almoçar então não precisam se incomodar com a minha presença hehe- diz com um sorriso sem graça

-Levy-chan ? você almoça aqui sozinha ?- Lucy sai de cima de mim e pergunta para a baixinha, Lucy fala com outras alem de mim ? quando isso aconteceu

-E-eu não conheço ninguém nessa escola então eu almoço sozinha- diz ela meio tímida, ela até que é fofinha

-Você me conhece, pode ir almoçar comigo se quiser- ain nossa estou com ciúmes

-M-melhor não- tome vadia ela não quer você por perto, agora vamos sair e almoçar como boas amigas- Você tem uma reputação a zelar e eu sou apenas uma nerd- eu não sei se essa menina é boa mesmo ou só esta se fazendo, por que né

-Deixa de frescura Levy-chan, a partir de hoje você vai almoçar com a gente todos os dias- Ótimo

Eu não gostei muito dessa pirralha do fundamental não, porem eu tenho que agradecê-la pois Lucy não me deu uma surra

Agora...

E aqui estamos, eu, Lucy e aquele rato que se chama Levy, as duas ficaram bem intimas nessa semana, Lucy conta tudo para ela e esta me deixando meio que de lado, maldita, fui eu que fiquei com ela todos esses anos, eu manchei minha vida escolar pra não deixar ela sozinha e agora ela me troca por um hamster humano

-Vou ir no banheiro- dou uma desculpa e saio de perto das duas que nem ligaram pro que eu disse, malditas

-Kyaa- abro a porta do banheiro com tudo e escuto um grito, entro e vejo que esmaguei uma garota na parede- Me desculpe, mas você também é meio burra de ficar na porta né- digo

-D-desculpe Juvia-san- San ?

-Da onde você me conhece garota ?- pergunto

-Como assim ? você é conhecida como a dama das águas aqui na cidade, alem de que você é muito popular- diz a garota de cabelos curtos e brancos, interessante:-você não deve se lembrar de mim, sou Lisanna Straus, sou do clube de natação também

Lisanna, aquela vadia que quase me venceu no ano passado? mas que dro...!!

POV GRAY

-Yeah, não vou mais ficar sozinho na escola tuturutu- falo fazendo uma dancinha no pátio mesmo, pouco me lixando. Agora eu também tenho um amigo verdadeiro houyeah

Eu nunca tive amigos assim, que se importavam comigo, a maioria dos garotos que eu falava era apenas filhos de pessoas que bajulavam meu pai, e eles me bajulavam também por eu ser o futuro dono dos hospitais Fullbuster

-Vejo que o senhor esta bem feliz, diferente daquele nervosinho tarado que eu conheci- fala uma garota

-Eai garota Everest- Digo para Ultear

-Garota Everest ?- ela me pergunta com uma cara engraçada

-Hai hai, você tem dois montes Everest ai na frente- aponto para o seios dela

- H-hentai – ela grita tampando os seios novamente- Você tem sorte de ser bonitinho e de eu ter gostado de ti, senão já tinha levado alguns tapas- ela fala baixinho pensando que eu não ia escutar, ingênua

-Hou hou, então você me quer ? – pergunto com uma cara maliciosa e a vejo corar ao extremo

Interessante...


Notas Finais


Até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...