História Em Busca de uma Guerra Perdida... - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 6
Palavras 677
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Pollux: seguint, quero agradecer a minha querida ~PoetaPorta por estar lendo e comentando s2 é noix.

Capítulo 3 - Capítulo III: Localização.


Desculpa, viajei um pouco no final do último, mas enfim, Ezra e um gato.
Fiquei mais um tempo viajando pelo corpinho dele até que Maryene me acordou com um estalo.
- Ele tá solteiro...
- É complô agora?
Odeio gente enxerida...
- Faço o que agora?
- Primeiro eu desenho – Maryene disse – sou a mais inteligente, então desenho o símbolo.
- Você me chamou de burro?!
Eu ja estava andando pra cima dela ate que Ezra segurou meu ombro e complementou.
- Os arcanistas medem o poder em inteligência, não ligado a conhecimento, mas sim ao nível de energia que a pena deles canaliza, minha pena e azul, especifica para símbolos de defesa, a dela e azul claro, para símbolos de proteção, a pena dela gasta menos energia para desenhar um símbolo protetor, por isso dizemos que nesta situação ela e a mais inteligente, entendeu?
- Sim...
Eu ainda estou irritado.
- A minha e branca, o que significa?
- De sua mão.
Ele pegou minha mão e minha pena, depois, com a ponta dela, perfurou meu dedo e pingou uma gota de sangue na parte mais alta da pena, que logo ficou cinza.
Olhei pra ele e ele estava sem reação, sem expressão.
- Oi? Depois de furar meu dedo vai ficar ai sem fazer nada?!
Ele pegou um curativo e colocou no meu dedo.
- E uma pena de utilidade máxima, você pode fazer símbolos de cura e de localização sem gastar praticamente nada de energia, mas ela gasta o triplo para símbolos de ataque por ser muito clara.
- Quanto mais escura melhor pro ataque, e quanto mais clara melhor para defesa?
- Basicamente.
- Venham garotos!
Maryene chamou e nos aproximamos, havia um grande símbolo na parede e Ezra disse que devíamos circular a pena em volta dele.
- Vai fazer um link, nossas penas e a dela, toda a energia para um ponto apenas.
- Que filosófico...
Depois daquilo fui para onde Uriah estava antes, mas ele não estava la, quem estava la era o folgado do Louis, dormindo no sofá todo.
- Sai dai que eu quero sentar.
Ele acordou assustado e eu ri, afinal foi engraçado .
- Senta ai...
Que voz de sono, mas mesmo com voz de sono ele tinha uma bela voz, ao contrário da minha que parecia alguém arranhando um quadro negro até quando tento fazer parecer bonita.
- Você devia dormir.
Ele falou me dando um travesseiro, ele não parecia tão velho assim, o cabelo castanho baixo e os olhos azuis ofuscados pelas gigantes olheiras estavam dando a impressão da idade.
- Tem quantos anos?
- Dezesseis...
- Sério? Em que colégio estuda?
- No colégio norte...
- Quer saber dorme ai, vc tá  morto.
- Eu to *bocejo* bem...
- É, eu sei.
Joguei ele no sofá e estiquei um cobertor sobre ele, dormia como uma criança, baixinha e bunduda.
Fui atrás de Uriah, e então pensei em algo, Marco, e minha pena brilhou, no espelho do meu lado surgiu um simples símbolo, que explodiu me jogando no chão, Ezra apareceu logo depois assustado, analisando o símbolo no espelho.
- Símbolo de localização, você deve ter pensado em alguém e sua pena encontrou pra você.
- Como assim?
Ele pegou um pedaço do espelho do chão e me deu, eu vi Marco, em casa dormindo, parecia tão calmo dormindo... Foco Daryl! Foco!
Ezra pegou o pedaço de vidro da minha mão e sorriu, então correu até Uriah, e como eu sou um idiota, corri atrás dele, porque ninguém tem o direito de tirar aquela imagem do meu gostoso com aquela resolução perfeita das minhas mãos.
- Uriah – esse cara alem de chato, é escandaloso – veja isso!
Ele deu o espelho na mão de Uriah.
- Ótimo, ainda estão vivos.
- Podem me explicar que poha tá acontecendo aqui?
- Isso que você fez foi um feitiço de localização.
- você buscou onde Marco está, e se ele apareceu, ainda esta vivo.
Ezra completou.
- E se esta vivo, podemos acha-Lo.


Notas Finais


Pollux: cabou.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...