História Em Busca de Vingança - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Luta, Morte, Revelaçoes, Suspense, Vingança
Exibições 17
Palavras 775
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Boa leitura😉

Capítulo 6 - Treinar novos agentes?


​​Melanie

O que essa desgraça de homem ta fazendo aqui? Eu to bem dormindo no meu canto e esse pateta vem me encher o saco. Eu pensando que era alguém importante, tipo o Dark, mas não é. As quatro da manhã Scott está na minha porta feito uma estátua com olhos arregalados, não fala, não entra, não se mexe so fica com cara de idiota olhando pra mim, espero que seja algo super, hiper, mega importante.

-Scott? O que você quer a essa hora? Pelo amor de Deus, quer encher o saco da gente de noite também é?-falo e abro mais a porta pra ver se ele acorda pra vida e entra.

-Me desculpe, é algo importante!-fala ele entrando e sentando no sofá, curiosa eu entro e sento no outro sofá. Sempre é bom manter uma distância segura desse aí.

-A sede da DALTON foi atacada e perdemos muitos agentes ​com isso, estou sem proteção!-fala ele, eu seguro meu queixo para não cair no chão. Dark fez isso achando que Eduard estivesse lá, e se estivesse mesmo não estaria mais.

-Espera, você veio aqui a essa hora pedir proteção?-fala Arthur indignado.

-Quase isso, vim avisar vocês porque sei que o próximo alvo de Dark será a Melanie.-fala ele, Arthur da um murro no sofá, eu coloco a mão no ombro dele para confortá-lo.

-O que você planeja fazer?-pergunto quebrando o constrangedor silêncio.

-Não sei, há muito o que decidir.-fala ele, pela cara dele já vi que ele vai me pedir algum favor e eu não vou gostar nem um pouco.-Melanie, você pode recrutar agentes e treiná-los para lutarmos contra Dark?-nossa, acho que estou virando vidente.

-Você sabe muito bem que eu sou horrível em treinar pessoas, em além do mais quem vai querer lutar contra alguém como o Dark?-falo olhando para ele esperando uma explicação concreta ou uma desistência da parte dele.

-Você é uma das melhores agentes da DALTON e eu tenho certeza que muitos no mundo odeiam Dark como você o odeia.-com isso ele da um sorrisinho de vitória por ter um argumento quase convincente.

-Veremos o que posso fazer, mas com uma condição.-falo e ele confirma com a cabeça para que eu continuasse.-Não quero que recrute crianças, apenas maiores de idade. Certo?

-Está combinado!-fala ele, fica parado olhando para o teto.

-Bom, agora eu quero dormir, você já disse tudo que tinha para dizer né?-digo torcendo para ele disser ​sim, ​se levantar e siar por aquela porta.

-É so isso mesmo, vou mudar a sede central da DALTON amanhã te ligo deixando o endereço.-fala e se levanta, eu me levanto junto e vou em direção a porta, abro a mesma e ele sai, mas antes de ir.-Me desculpe pelo incomodo e se atrapalhei algo.-fala com uma certa malícia.

-Atrapalhou sim, meu sono. Agora, boa noite e durma com os anjos!-falo seca e fecho a porta na cara dele sem ao mesmo esperar uma resposta. Quem ele pensa que é pra se intrometer na minha vida desta forma? Que raiva!

~~~~~~~No dia seguinte ~~~~~~~~

Acordo com um sono dos infernos, culpa daquele ser que as 4h da manhã estava batendo a minha porta. Me levanto tomo um banho e quando vou no quarto Arthur já havia acordado , visto um vestido mesmo cero que eu tenho que ir na DALTON mas até agora o Scott não me ligou para me informar o novo endereço, como poderei ir lá se nem sei onde é lá? Vou para a cozinha e vejo Arthur fazendo o café, pelo cheiro deduzo que é ovos mexidos, coisa que eu amo para o café da manhã, me sento na cadeira esperando ele acabar de fazer o café.

-Bom dia, como dormiu?-fala assim que me vê.

-Bom dia, apesar de estar com um sono dos infernos, dormi bem. E você?-respondo, ele pega dois pratos e coloca os ovos mexidos neles, me entrega um junto com uma xícara de suco e se senta ao meu lado.

-Apesar dessa mesma coisa que você falou, dormi bem!-fala e vira o meu rosto pra si.

-Scott já te ligou?-pergunta após um longo beijo que dá em meus lábios.

-Não, por isso não estou arrumada ainda!-falo. Após terminamos o café, meu celular toca e Arthur vai busca-lo para mim.

-Alô?-falo assim que ele me entrega.

-Bom dia, Melanie, sou eu o Scott. Vim te passar o endereço da nova sede!-fala e eu faço um sinal para Arthur, que pega a agenda de telefone e uma caneta.

-Pode falar!-falo e ele falo o endereço eu anoto.-Obrigada, Scott. Logo estarei aí!-falo e desligo.

Será que eu vou saber li dar com novos agentes, que nem estão treinados?


Notas Finais


Tchau, até o próximo capítulo lindos!!!!
Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...