História Em Busca do Meu Norte (Interativa) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 30
Palavras 1.762
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Lemon, Luta, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Pessoal estou pedindo desulpas pela demora, but isso não voltará a acontecer, amo meus leitores e espero que gostem do capítulo nele apareceu um grande número dos personagens e hoje vai haver três escolhas u-u <3 <3 <3 <3, espero que gostem de verdade :3

Capítulo 3 - Arco l- O Tecer das Flores


Medb desistiu de tudo que tinha para fazer e resolveu seguir Tobias, foi tomado por um impulso seus olhos queriam ver o que o jovem estava fazendo, andando pelo corredor, subindo as escadas com toda calma até que chegou no topo do mosteiro, um lugar que conseguia ver parte da floresta e do Reino, não era pleno como o Castelo do Rei, mas ainda sim era belíssimo, com riquezas de detalhes você conseguia ver camponeses trabalhando e a Plebe, até que se deparou com uma discussão entre Tobias e um garoto que mesmo estudando em um mosteiro conseguia ver seu bonito rosto, levemente bem cuidado, com algumas marcas e cabelo despenteado, além de estar sem jóias e brasão, era claro, ele só poderia ser camponês, isso Medb reconheceria fácil.--Vamos fugir, Tobias!-- Exclamava o maior. --Você sabe que não posso, João… Mesmo que meus sentimentos ardam por você, eu não posso.-- O menor responde carinhosamente e com voz trêmula, seu rosto levemente avermelhado está marcado pelo nervoso, mas ainda sim está cheio de desejo, o clima daquele lugar estava belíssimo, Medb nunca havia visto tão de perto quando duas pessoas se amam e mesmo que não afirme aquilo com palavras, sabe que aqueles dois sentem isso um pelo outro. --Me esforcei para entrar nessa escola! Queria que pelo menos uma vez me escutasse Tobias.-- Tobias olha para o maior até que percebem a presença de Medb. João olha para Medb e aponta para ele. --O que uma garota está fazendo dentro do mosteiro?-- Tobias responde de imediato a grosseria de João --Ele é o príncipe, Medb, João.--

--É como os comentários, você realmente aparenta ser uma garota!--

Medb olha para João com a face de raiva.

--Eu não sou uma garota! Sou muito mais homem do que pensam. -- Cruzando os braços.

Tobias se curva levemente para o príncipe.

--De.. desculpe a grosseria dele, isso é natural!--

--Tobias não precisa se curvar, isso não é necessário!-- Disse Medb.

--Você escutou a nossa conversa?-- Preocupado João pergunta para o Príncipe.

--O suficiente.--

Tobias olha nervoso para o Príncipe e se aproxima segurando sua mão, ambos são meninos frágeis.

--Príncipe. Por Favor! Não conte a ninguém ou nós seremos assassinados.--

Medb olha para Tobias.

--Entendo perfeitamente como se sente, quando olhei para você pela primeira vez algo falou que éramos parecidos, sei a pena que dão para isso, mas acredito que todos devemos ser livres para amar, independente de classe, sexo e cor da pele!--,

João que estava com o pé atrás para com o Príncipe imediatamente, sorriu.

--Nunca pensei que pessoas tão boas sairiam do castelo.--

Tobias agradece o Príncipe calorosamente.

--Bom vou deixar vocês a sós, Tobias tenho certeza que seremos muito bons amigos!--

Tobias ri para o príncipe com seu rosto jogado para o lado, descendo as escadas, encontra Robert pelos corredores, que acompanha o jovem príncipe até sua sala.

 

Um homem com roupas dignas de uma das mais altas posições abaixo do Rei, está andando pela cidade, aparenta também está se dirigindo para o melhor mosteiro da região, contudo sua aparência deixa claro que ele não pertence a cidade, seus olhos que mais parecem duas bolas de sangue chama atenção da Plebe, assim como seu cabelo loiro que chega até seus ombros, ele é sério causando medo em alguns camponeses. Passando por uma rua deserta encontra uma camponesa com roupas carmesim, ela possui jóias claramente falsas e seu cabelo é escondido por um pano aparentemente velho. Sua roupa carmesim é bonita, entretanto o resto de seus trajes faz com que ela se pareça uma mendiga, ela carrega um objeto oco em suas mãos recebendo moedas e doações, Nero passa pela mulher que implora.

--Rapaz… Me doe alguma moeda de ouro, sei que possui tal preciosidade, não lhe fará falta, Príncipe.--

Nero mesmo sobre os trajes chamativos saberia que ninguém o reconheceria como principe ao menos que ele falasse.

--Quem é você? Mulher! Como sabe minha posição?--

A mulher solta uma pequena risada.

--Sou Morgana Carmelina, meu nome é em homenagem a Morgana Le fay,  responsável por trazer a desgraça do Rei Arthur. --

Os olhos de sangue que amedrontavam qualquer um que se aproximasse, serra contra os de Morgana.

--Seu nome é em homenagem a Maligna Fada Morgana? Sua mãe com certeza deve ser louca.-- Diz sem hesitação.

Com uma voz sensual, ela toca levemente a mão de Nero. -- Alguém que carrega o nome do imperador romano sangrento. Nero! Não tem direito de falar de meu nome Morgana.-- Sua risada ecoa pela rua deserta. -- Você vai ter muita prosperidade nessa cidade Nero, vejo que é um ótimo guerreiro, tenho uma taverna além da floresta, quando quiser saber melhor sobre seu futuro, visite-me!-- Morgana salta e rodopia enquanto anda, antes de virar as costas para Nero.-- Recomendo que visite também o castelo querido, se quer mais prosperidade!-- Nero tira sua espada que estava em sua cintura. -- Me recomenda ir até uma taverna para saber da sorte, sabe a pena por fazer uso de magia, Morgana!-- Quando Nero olha de novo a “feiticeira” havia desaparecido, no lugar da espada em suas mãos uma rosa vermelha que de comum não tinha nada, aquele enigma o homem teria que descobrir, mas no final fez o que a feiticeira pediu mesmo odiando receber ordens, contudo a situação não era comum, iria seguir até o Castelo, decidindo não ir para o mosteiro pelo menos por aquele dia.  

 

As aulas do mosteiro haviam terminado, então a carruagem esperava Medb na porta, seu pai faz questão de fazer o ruivo continuar a ser aprisionado, odiaria que seu filhote de cabeça aberta se envolvessem com os camponeses e a Plebe. Passando pela cidade viu inúmeras pessoas trabalhando para pagar impostos, a Plebe na total miséria, ficou decepcionado, mas estava ansioso para saber o porquê da distribuição de cartas pela escola, e principalmente para a Nobreza, Burguesia e soldados. A carruagem agora atravessando os portões do castelo vislumbraram uma linda visão do castelo, contudo, Medb não estava na carruagem, os cocheiros preocupados não quiseram entrar ambos passando a mão no pescoço, procurariam pelo Principezinho até voltar para o Castelo de novo, então havia um soldado descansando sobre as sombras da árvore os cocheiros chegaram perto dele, e se ajoelharam pedindo ajuda. Acordando solene. -- Soldado! Por tudo que é mais sagrado no mundo, nos ajude a encontrar vossa alteza, Medb, ou perderemos a cabeça.-- O soldado encara os homens, ele passa a sensação de que é forte, não é atoa que trabalha para a família Real. --Claro que posso ajudar! Sou Andy Sinclair, como não poderia ajudar na procura do pequeno Príncipe, podem confiar em mim cocheiros, por hora, apenas descansem.-- Com uma audácia inabalável, Andy ajeita seu fiel companheiro um lindo corcel branco, sobe e já sobre ele salta para a cidade.

Andy procura por cada parte da cidade, quando lembrou das lendas contadas no Castelo que o Principezinho adora ir para o lado mais perigoso da cidade o norte. Andy a todo vapor querendo mostrar força e competência, galopou até lá… O cair da noite já era nítido, mas Andy não desistiria até que encontrou uma mulher de longos cabelos escuros e ondulados uma pele clara, enfrentando um bandido que tentará atentar com a vida do príncipe, os olhos de Andy brilharam com a coragem da mulher, ela era bela e corajosa, com um sorriso lindo, após tomar uma surra o bandido correu, muito ferido. A mulher deu a mão para o Príncipe. Que segurou e levantou com muita dificuldade, após o susto. --Não deveria vir para essa região se pertence a Nobreza, meu jovem.-- Medb ficou feliz, pois ela se referiu a ele como meu, não havia pensado que era uma garota. --Eu sou Medb, desculpe isso nunca havia acontecido. --Oh! Seu nome é igual o do Príncipe. Prazer sou Allison D’argent!-- Medb preferiu não falar para ela que era príncipe gostou muito da jovem, ela o protegeu é forte e não quer que as posições de classe o afastem um do outro.

Andy se aproximou e percebeu que Medb não queria contar sobre sua posição. --Medb seus pais estão preocupados, precisa voltar para casa…-- Falou dando pequenas encaradas com Allison.

--Você… trabalha como soldado? Esse sempre foi meu sonho, mas mulheres não podem ser dessa posição.-- Disse para Andy. --Você realmente luta melhor que muitos soldados homens.-- Diz Andy com um pouco de vergonha após o elogio.

--Vocês pelo visto estão se dando muito bem, deveriam se encontrar para conversar.-- Disse o príncipe jogando baixo para aproximar o que talvez o destino possa estar unindo… --Allison lhe enviaram uma carta esteja pronta para receber.-- Allison deu uma afagada na cabeça do príncipe. --Está bem, Vermelhinho.-- Disse rindo… Andy partiu para o Castelo com Medb, e o sorriso da jovem Allison não saia de seus pensamentos… Allison sendo uma mulher difícil, não deixou se abalar pela bravura e charme de Andy, mas não deixou de achar ele interessante… principalmente após aquela fala de Medb… e Andy…

 

Medb foi agarrado com Andy sobre o cavalo, ele era tão lindo, tão corajoso, mas Medb sabia que algo lhe afligia, será que a presença de Allison fez aquilo com ele?

Andy que sempre conversava bastante com Medb naquele dia permaneceu calado toda viagem chegando no Castelo, se despediu do soldado que aparentava estar preocupado. Foi direto para o banho havia até esquecido das cartas, se lavou, passou ervas aromáticas em seu corpo, elas que estavam na água, vestiu seu traje para perambular pelo Castelo, ainda haveria muito tempo antes de dormir e aquela agitação não era normal, será que vai haver algum baile?

 

Enquanto passava pela sala da orquestra, treinando arduamente. Ouviu na sala ao lado aquela música que tanto amava deslizando pelo piano, só poderia ser uma pessoa… ele, sem hesitar. Medb entrou na sala, levantando levemente a sobrancelha, com um olhar sedutor, aquilo parecia um tiro, alto e com uma presença inabalável. -- Evan Semery!--

Ele olha para o príncipe como um predador, seu olhar causaria rebuliço em diversas damas no Reino. Ele que quase nunca sorria, exibiu seus lindos dentes para o pequeno príncipe… Se levantou aproximando-se, suas mãos deslizaram até a cintura do príncipe, enquanto sua mão segurava a do menor. -- O que me diz de aproveitarmos o lindo som dessa orquestra? E treinarmos para o baile dessa semana?-- Medb corou, o rosto de Evan estava perto, assim como seus olhos sedutores… Medb não conseguia dirigir uma palavra ao maior… A bela música tocava, e naquela sala pequena o coração de Medb pulsava?

 


Notas Finais


Leiotes-san <3 hoje tem três escolhas.

Momento que Medb falou "Vocês pelo visto estão se dando muito bem, deveriam se encontrar para conversar."
A)Andy convida Allison para sair.
B)Andy elogia Allison pela sua Beleza.
C)Andy convida Allison para treinarem em equipe.
D)Andy não fala nada para Allison.


Medb e Evan Semery... Momento final.

A)Medb aceita dançar com Evan.
B)Medb recusa dançar com Evan.
C)Evan convida Medb para o baile.
D)Evan fala que tudo é brincadeira e larda o Príncipe.

Nero quando chega no Castelo.

A)Fala para o Rei sobre uma Feiticeira na cidade.
B)Encontra Medb no corredor e pensa que ele é uma princesa.
C)Tenta ficar amigo do Rei, para ficar em estadia no Castelo.
D)Encontra Evan Semery.


Hoje teve bastante, vou fazer o próximo capítulo baseado em suas escolhas, qualquer erro de português, narrativa confusa críticas construtivas podem falar que irei me esforçar muito para melhorar, espero que tenham gostado do capítulo e do entrosamento entre os personagens... e fiquem de olho na Morgana u-u (Dicas Intensifies) <3 Prazo de 36h ou até mais para escolherem, pretendo postar o capítulo logo. Beijão


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...