História Em coma - [Jikook] - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Jimin, Jungkook, Vhope
Exibições 92
Palavras 1.517
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olar pessoas, preparados para sofrer? Ahsuahsush

Boa Leitura!!

Capítulo 2 - Carta 02


Fanfic / Fanfiction Em coma - [Jikook] - Capítulo 2 - Carta 02

                       [15/07/2016]

Sweet Redhead:

Hoje é sexta, normalmente Namjoon SeokJin iriam me chamar pra ir na casa deles porém agora o casal está ocupado fazendo os preparativos para o casamento, sim eles vão se casar. Emocionante não? Quando eles me disseram eu fiquei com um pouco de inveja confesso, pois poderia ser nós dois, oficializando o nosso relacionamento pra sempre, como se o nosso romance fosse eterno, mas depois eu só conseguir sentir alegria e orgulho deles, afinal eles eram nossos amigos de longa data.

Quando tudo aconteceu, sabe o acidente eu evitei todas as pessoas que eu pude, eu pensava em chorar todas as noites, bom eu não só pensava como eu realmente chorava todas as noites, todas as manhãs e todas as tardes, eu acabei alcançando o que eles chamam de fundo do poço, e lá era escuro, frio e na maior parte do tempo eu sentia medo, mas não era aquele tipo de medo que quando você acende a luz ele some, que você se esconde dentro do guarda roupa ou debaixo da cama e se sente protegido, era pior que isso. Mas meu amor, você deve estar se perguntando do que eu tinha medo exatamente.

Eu tinha medo das vozes. As vozes. Elas pioraram desde então, saíram dos meus sonhos e começaram a particpar da minha rotina. Você se lembra delas Jiminnie? 

                      ~~~

Flashback - 28/02/2011

Era a primeira vez que Jungkook iria dormir na casa de Jimin, eles eram vizinhos, mas isso não os impedia de dormir na casa um do outro, os dois acabaram ficando bem próximos, faziam a maioria das coisas juntos, e essas coisas geralmente eram se empanturrar de porcarias e jogar vídeo game até tarde, que pra eles 00:30 era tarde.

- Você está roubando, não vale. - Jimin diz com suas bochechas gordinhas cheias de salgadinho.

- Você que não sabe jogar Jiminnie. - Quando ele diz isso, a partida acaba e Jungkook é dado como vencedor mais uma vez, o ruivo vendo isso bufa de irritação o fazendo ficar mais fofo do que já era. - Calma, um dia você ainda ganha de mim. - O moreno aperta uma das bochechas do baixinho e ele ri de reprovação.

- Jungkook, você é muito idiota. - Jimin sempre tentava ficar sério com as coisas que o mais novo fazia, porém nunca conseguia.

- Para de reclamar, você ri das idiotices, vai mais uma partida? - Jungkook pergunta pegando o controle novamente.

- A não, não quero perder de novo. Estou bem obrigado. - Jimin responde e Jungkook rola os olhos.

- Tá, então o que vamos fazer agora? - O moreno pergunta impaciente.

- Vamos dormir. - Jungkook bufa. 

- Mais ainda está cedo Hyung.

- Não está não, crianças como você já deviam estar no quinto sono. - Jimin fala em tom de deboche e acaba recebendo uma almofada em seu rosto. - Ei! Não é assim que se trata os mais velhos. - O ruivo joga a almofada de volta mas Jungkook consegue rebater. - Agora vai trocar de roupa, pra nós podermos dormir.

- Jimin, você está ficando pior que minha mãe de tão chato. - Jeon sempre falava isso quando o mais velho começava a se implicar demais com ele.

- Se eu sou tão chato assim, porque agora você vive na minha casa? - Jungkook pensa um pouco antes de responder.

- Porque o seu vídeo game é melhor que o meu, óbvio. - Ele corre pegar sua mochila antes que Jimin fale alguma coisa.

- Vai se trocar, antes que eu te faça voar pra fora da minha casa. - Jimin grita e Jungkook ri.

- Você sabe que eu te adoro Hyung, não fique assim, seu bobo. - Jungkook volta pra depositar um beijo delicado na bochecha de Jimin e sai rapidamente para trocar de roupa, deixando o mais velho totalmente constrangido com o que tinha acabado de acontecer, ele não esperava por isso, mas tentou não pensar muito afinal Jungkook tinha apenas 13 anos, era uma criança. Quando o mais novo volta ele está vestindo um pijama do homem de ferro e Jimin não consegue evitar e acaba rindo da cara de Jeon.

- Qual a graça hyung? - Ele pergunta não entendendo muito bem o que está acontecendo.

- Com esse pijama você parece ter 9 anos Jungkook. - Jimin diz no meio das suas risadas.

- Eu pareço ter 9 anos então? - O mais novo fazia cara de quem ia aprontar e chegava mais perto de Jimin.

- Jungkook, o que você está fazendo. - Jimin já havia parado de rir.

- Se eu pareço ser uma criança de 9 anos, irei agir como uma. - Ele diz perversamente e o ruivo entende tudo. 

- Jeon Jungkook nem pense nis... - Jimin é interrompido pelas mãos de Jeon que alcançam sua barriga e faz com que o ruivo acabe gargalhando alto. - J-jungkook! Meus pai... - Ele tenta falar ao meio de suas risadas, com o fôlego que ainda o resta. - Meus pais, eles vão acordar. - E assim o mais novo para, Jimin precisa de alguns minutos para conseguir voltar com sua respiração normal. - Você não presta Jungkook. - Ele fala e o mesmo ri. - Vem vamos para o quarto pirralho, está na hora de irmos dormir. - Os dois sobem as escadas e chegam no quarto de Jimin, que a esse ponto já não era mais estranho pra Jungkook.

- Onde vou dormir? - O moreno pergunta.

- Comigo. - Jimin consegue ver surpresa nos olhos de Jeon, mas em nenhum momento ele viu reprovação. - To só brincando, tem um colchão pra você.

- Aah! Só porque eu queria dormir com você Hyung. - Jungkook diz brincando e mesmo Jimin sabendo que é brincadeira, seu coração acelera.

- Aí fica quieto e dorme. - Jimin apaga a luz e se cobre.

- Boa noite Hyung. - Jeon fala docemente, e ambos adormecem.

[02:30 am]

Jimin acordara com os gritos estridentes e apavorantes de Jungkook.

- Saiam! Eu não vou ouvir vocês! Vocês não são reais! - O mais novo se contorsia no colchão e lágrimas caíam de seus olhos, Jungkook estava tendo um pesadelo.

O ruivo ficou sem saber o que fazer, olhar Jeon sofrendo no chão de seu quarto era dolorosamente torturante, antes que seus pais acordassem Jimin resolveu fazer algo, ele se levanta e vai até Jungkook.

- Kookie! - Jimin chama. - Kookie acorda! - Os gritos de Jeon continuavam e então o mais baixo começa a chorar junto por desespero. - Por favor, acorde Jungkook. - O mesmo implora e então o moreno acorda, sua respiração está ofegante e a lágrimas caindo de seu rosto.

- Saiam da minha cabeça, saiam! - Jungkook diz e se encolhe juntando suas mão em suas pernas, se afastando de Jimin.

- Elas já foram embora. - O ruivo tenta chegar perto mas Jungkook se afasta ainda repetindo baixo para si mesmo a palavra saiam. - Fique calmo, eu estou aqui. - Jimin toca o braço do mais novo e dessa vez ele não recua, surpreendentemente Jeon abraça Jimin.

- Eu estou com tanto medo, tanto medo Minnie. - Ele diz sussurrando no ouvido de Jimin, e o abraço ainda continuava. - Elas não vão embora, nunca.

- Eu estou aqui, conte comigo. - Jimin pega as mãos de Jungkook e o puxa para cama. - Deite comigo, eu irei te proteger essa noite. - Os dois se deitam na cama e o mais velho abraça o mais novo por trás, deixando uma de suas mãos nos cabelos do moreno, fazendo ali um leve carinho para que Jungkook ficasse mais calmo, afinal sua respiração ainda estava acelerada.

- Obrigado h-hyung. - Jungkook diz gaguejando.

- Não agradeça, eu só estou fazendo o que um bom hyung iria fazer, estou te protegendo. - Naquela noite apenas Jungkook voltou a dormir, Jimin não conseguiria fazer tal ato, com medo de que o surto podesse voltar a se repetir. Mas isso não veio a acontecer novamente porque Jeon se sentia calmo junto ao seu hyung, Jeon se sentia protegido.

                          ~~~

Eu dormia melhor quando você estava comigo, e você sempre soube disso era como se você fosse o meu anjo da guarda, o anjo da guarda mais bonito de todos, o melhor anjo da guarda que eu poderia ter, quando eu estava com você, tudo de ruim que havia em minha vida sumia, você era a minha luz Jimin, o seu único erro foi ter se apaixonado pela escuridão.

Eu sempre fui um peso pra você e por mais que você nunca adimitisse eu sabia que era, Jimin você me protegeu de tantas coisas meu amor, e quando foi a minha vez de te proteger eu falhei terrivelmente e por culpa do meu erro, estamos vulneráveis, ambos na fila do viver ou morrer, só que um de nós está conciente. Eu tenho apenas uma dúvida de toda essa história horrivelmente trágica e melancólica.

Quando você acordar dessa transe subito e inconsequente será que eu ainda estarei acordado?

Com amor: Jeon Jungkook

                                🔺


Notas Finais


Eu to em dúvida com essa fic se continuo ela ou não.
Quando comecei ela pensei que seria uma fic de poucos cap mas agora eu to mudando e pensando em deixar ela maior, não sei ainda.

Me sigam no Twitter @JrLounrenco


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...